domingo, 22 de julho de 2012

Amizade Verdadeira


  “A pior solidão é não ter amizades verdadeiras.”
[Francis Bacon – 1561 a 1626]

  Pedi para inúmeras pessoas definirem o que é “amizade verdadeira”, fiquei abismado com as exigências.
  Nunca serei "amigo verdadeiro” de ninguém, é um fardo muito pesado.

  Selecionei as quatro principais características apontadas:

a) Amigo verdadeiro tem que ser sincero:
  Já perdi colegas por ser sincero.
  Se uma colega pergunta se o novo corte de cabelo ficou bom e não gostei ... eu digo... e lá se vai uma amiga... 😄
  A sinceridade me obriga dizer o que penso, não o que a pessoa quer ouvir.
  A maioria das pessoas que conheço não lidam bem com isso, me toleram, mas preferem não ir além do coleguismo.
  Noto que não é necessariamente o fato de eu discordar de algo que irrita as pessoas, amigos/colegas falam de vários assuntos é comum não concordar com tudo.
  O "problema" é que apresento argumentos muito bem construídos que mechem com as crenças mais profundas das pessoas; sei que isso dói demais da conta.
  Devo ficar em silêncio ou permanecer sincero?
  Não acho eficiente ficar mentindo, dizer que acredito em algo só para não perder o amigo.

b) O amigo verdadeiro está sempre à disposição:
  Não estou sempre à disposição nem da minha mãe, esposa ou filhas porque estaria sempre a disposição de algum colega!?
  Em contra partida não espero que ninguém fique a minha disposição 24 horas por dia, nem minha mãe, esposa ou filhas.
  Cada um deve cuidar o melhor possível da própria vida para não ficar na dependência de ninguém, é isso que passo para minhas filhas.
  Evidente que imprevistos acontecem, pode até ser um desconhecido, se posso ajudar ajudo.
  Já fui ajudado por conhecidos e desconhecidos.
  Não tenho problema com fraternidade/solidariedade, meu problema é em nome de uma amizade ficar à disposição da pessoa o tempo todo para o que der e vier.
  No final das contas eu deixo de viver minha vida para que o outro viva a dele.

c) Amigo verdadeiro é fiel:
  Amizade para mim não é casamento, nada me impede de ter outros amigos, em outras palavras, um inimigo seu não precisa ser meu inimigo também.
  Se esse “fiel” significa não agir de forma a prejudicar o colega ... não é da minha característica fazer isso com quem quer que seja.
  Eu vivo e deixo viver.
  Evidente que se eu ou outra pessoa fizermos algo errado (consciente ou inconscientemente) devemos tentar corrigir o erro ou sermos punidos, isso tem mais a ver com ética/civilidade do que com “amizade”.

d) Amigo tem que estar sempre por perto:
  Caraca!
  Não sou cachorrinho nem “neguinha” de ninguém.     
  (Referente a escravidão).
  A vida segue diferentes rumos, por vezes a distância acontece.
  Imagine dispensar uma boa oportunidade de emprego ou estudo para não se distanciar de um colega!
  Claro que a amizade tem peso em nossas decisões, mas a RAZÃO é que deve nos orientar.
  Hoje em dia com a Internet ficou bem mais fácil manter contato.
  Mas se nem isso for possível, paciência, foi bom enquanto durou, os bons momentos ficarão para sempre em minha memória.

Paradoxo da Amizade Verdadeira

  O mais intrigante é que as pessoas esperam que você como amigo aceite tudo, suporte tudo.

  “Paradoxo é uma declaração aparentemente verdadeira que leva a uma contradição lógica, ou a uma situação que contradiz a intuição comum.
  Em termos simples, paradoxo é "o oposto do que alguém pensa ser a verdade."

  O paradoxo é que se elas fossem “amigas verdadeiras” fariam o mesmo pela gente, principalmente seriam tolerantes com nossas falhas por piores que fossem.
  Deixa eu ver se consigo ser mais “entendível”.
 
  Se você é meu amigo verdadeiro e eu minto para você...continuará a ser meu amigo verdadeiro porque como amigo verdadeiro você tem que estar ao meu lado sempre, mesmo quando eu falho gravemente.

  Na pratica as pessoas querem que você aceite tudo, mas não estão dispostas a fazer o mesmo.

  Esses indivíduos que querem um amigo verdadeiro deveriam aceitar que não estejamos sempre à disposição, que não somos o “dinheiro de reserva” deles e que não somos obcecadamente fiéis a amizade.

  Amizade para eu é uma coisa bem leve, light mesmo.

  Há inúmeras pessoas que gosto, as considero amigas porque gosto delas e sinto que elas gostam de mim.
  Como não saio muito de casa tenho mais amigos/colegas no trabalho. 
  (Já foi na escola e na igreja)
  Não espero muito deles e menos ainda exijo alguma coisa.
  Deixo bem claro que não devem esperar muito de mim e nem exigir alguma coisa fora do profissionalismo.
  Se alguém precisar de auxilio não me negarei a fazê-lo desde que esteja dentro de minhas possibilidades, mas basicamente cada um deve viver sua própria vida, tudo fica bem melhor assim.
  Se quiser conselho eu dou de graça.
  Meus conselhos são bons, as vezes acho que os colegas deveriam pagar por eles... 😄.

  Não vou deixar de viver minha vida para viver em função de um amigo que vive me pedindo favores.
  Também não vou ser um fardo desses para ninguém.

  Se eu for um “pidão”, mal cheiroso, desagradável e as pessoas não gostarem de mim, acho muito justo.
  Também não gosto desse tipo de pessoa, cada um constrói as amizades que lhe convém.

  Amizade para mim, não tem a profundidade que tem para outras pessoas.

  Amigo é só uma companhia agradável que surgiu ao acaso, quando a companhia não for mais agradável termino a amizade ... simples assim.

  Vocês pedem sinceridade...eis aí a tal sinceridade.

  Continuamos amigos?

     


.



9 comentários:

William Robson disse...

“O tempo é perfeito, por simplesmente não apresentar defeito.” [Bom Senso]
-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~~-~-~-~--
Humm... defina o que é tempo.
Se é aquele que marcamos no relógios, ele é diferente em cada lugar, agora no Japão é noite.
Nossa marcação de Tempo é tão imperfeita que de tempos em tempos ajustamos nossos relógios com um marcador atômico...acho que fica em Londres.

Se esta falando do tempo/espaço, segundo Einstein ele é relativo, logo, onde esta a perfeição?
Você tem alguma teoria melhor que a de Einstein?

Encrenca 971,minhas condições... disse...

...para sermos amigos.

(bom dia ao sr.! rsrs...)

Tem que gostar de mim.
Tem que aceitar minha amizade.
Não precisa estar à disposição,nem ser tão sincero,nem fazer nada da lista das ingenuidades sobre a amizade,mas precisa se fazer visível.
Para um papinho todo dia,uma vez por semana,e quando ficar difícil,uma vez por mês.

Amizade é "comunhão de mentes".
Não é invasão de privacidade.
Cada um cuidará de si,da melhor forma que puder.
Mas,todos "estaremos uns com os outros" em pensamento.
Nessa "vibração mútua" parecida com a que existe nas festas religiosas,nos fortaleceremos.
Viveremos melhor.
Irão se passar décadas,e ainda trocaremos e-mails.
Num país cada vez melhor.
Nascerão nossos netos,e bisnetos,e poremos as fotinhas deles,no Google +.

Um dia,eu contarei uma história venturosa para o sr.,e o sr.irá usá-la na "filosofia complexa".

Amizade é um "conceito profundo",mas funciona melhor,sobre as águas,ou boiando na superfície.
É uma planta com raízes, cujas flores,ou copadas,são visíveis só do caule para cima.
É uma agenda permanente-e dinâmica.

Amigos produzem relações que se expandem ao infinito.
Dão assim,origem a novas famílias sociais.

E depois de mais uns dias de contatos fraternos(sejam de que tipo forem) todos nos despediremos com um abraço.
Ou se preferirmos,com uma tapona no ombro.(kkkk!...)

Um ótimo dia a todos os ...candidatos a boas amizades.
Ainda não sei se hoje irei me reunir com os amigos do templo budista,ou se da projeto "minha casa minha vida".

O sol decidirá para onde eu irei.

(bom domingo ao sr.)

°°°°°°°°°°°°°°

Daniel disse...

Eu não tenho amigos porque evidentemente ninguém se decidirá a ser o que eu sou para quem eu quiser. Minhas amigas todas eu já transei. A isto se resume minha amizade feminina. Se falo que é amiga, antes eu crio ocasião só para poder agradar mesmo.
Jogo bola com os amigos, mas com nenhum deles passo mais de duas horas por semana. E brigo e discuto com todos eles. Também converso e brinco. Mas não saio para beber onde eles vão, até porque eu nem bebo.

Sou especial.

Encrenca 973 disse...

Acréscimo à 972.

Tenho em mim um "ranço bolorento".
Se me apego a alguns,"faço tudo" por eles.
Ainda não enfrentei um pelotão de fuzilamento por causa de amizades que "ficam importantes",mas receio que "já fiz" isso(em períodos antigões) e receio a "repetição" da atitude.
Sou uma emotiva,e por essa razão,prefiro "amizades em suas versões medianas".

Que fiquem entre o mar e a terra,não indo nem tanto a um,nem tanto ao outro.
Costumo evitar as "simbioses".

O dia em que minhas "defesas" forem naturais,e não precisarem mais de tanta construção,estarei ..."pronta para casar".
Saberei então que não vou tomar psicotrópicos,se for traída...

(fiu,fiu...)

Daniel disse...

Tudo isso, Nihil, deve estar ao controle da mente.

As crises é você que as inventam.

Anônimo disse...

para mim um amigo verdadeiro é...

...aquele que tem pelo menos alguns minutos para escutar seu amigo.
aquele que sempre esta mantendo contato com o outro amigo.
aquele que deixa seus comentários e ajuda uns aos outros.
aquele que está nem sempre mais algumas vezes a disposição de ajuda-lo. :D

Terapia da Lógica disse...

para mim um amigo verdadeiro é...
...aquele que tem pelo menos alguns minutos para escutar seu amigo. [Anônimo]
-~-~-~-~~-~-~-~-~~-~-~-~-~-~---
Sem tantas exigências fica bem mais fácil, apesar que esta palavra “verdadeiro(a)” sempre complique os conceitos.
Amor verdadeiro, fé verdadeira, liberdade verdadeira, religião verdadeira....

Diante de tantos tipos de amor como definir qual é o mais verdadeiro?

Anônimo disse...

Olhe ainda hoje isso aconteceu
um amiga da minha bbf esta a engana-la... com o namorado dela
que devo fazer? devo contar-lhe?
<3

William Robson disse...

esta a engana-la... com o namorado dela
que devo fazer? devo contar-lhe?
===========================
Depende muito da situação, grau de amizade, se foi um acontecimento eventual ou que se repete.
Mas em 90% das vezes eu finjo que não vi uma traição.
Se foi um deslize acredito que a pessoa irá se arrepender e o relacionamento poderá seguir sem maiores conseqüências, se realmente surgiu um novo amor o antigo relacionamento não tem como se sustentar não sou eu que vou praticar a “eutanásia”.