segunda-feira, 18 de março de 2013

Tradição Machista?

  “Aceitamos tão bem gays e lésbicas porque o preconceito com relações abertas!?”


   A enorme dificuldade que temos para mudar comportamentos em grande parte vem da força da tradição.


  As tradições não surgem do nada, elas surgem de uma necessidade de fato ou “necessidade inventada”.

“Passar em baixo da escada dá azar.”

  Se há outro caminho não convém passar em baixo de escada.
  A escada está ali provavelmente porque alguém está realizando algum trabalho na altura e algo pode cair na sua cabeça.
  No entanto, uma vez que você passou, não há notícias de que alguma “energia negativa” passe a te acompanhar o dia todo atrapalhando sua vida.
  Talvez alguém que usava muito escada INVENTOU a historinha do azar na boa intenção de que principalmente crianças não brincassem perto da escada.
  A tradição se espalhou e hoje em dia há adultos que não passam de baixo de escada de jeito nenhum.

  Notem que mesmo a Tradição tendo como base uma necessidade inventada (não passar de baixo de escada para não ter azar) depois de estabelecida fica difícil mudar o habito/costume/cultura.

  Tem uma tradição muito interessante que já foi alvo de muitos debates que participei.

  Lavar as mãos antes de comer é uma tradição fascinante.

  Não tenho notícias que quando essa tradição surgiu os antigos tinham conhecimento de vírus e bactérias.

  Suponho que algum “espirito” tenha soprado que lavar as mãos era algo bom.

  Não, não estou louco, tem uma razão para eu pensar assim.
  Sabemos que os Pajés faziam suas curas espirituais em transe, mas não era só com orações, sempre tinha umas “ervas”, uns “tóxicos”

  O fato é que faziam chás utilizando plantas que francamente, fora de alguma “interferência”, não sei como eles poderiam localizar.

  Pense bem, você tem uma floresta cheia de folhagens e frutos, sem laboratórios como separar o que é remédio, veneno ou não serve para nada?

  Veja o caso do chá de Santo Daime:
 
  "A bebida tem uma farmacologia bem complexa, que inclui pelo menos quatro substâncias importantes.
  Três delas atuam no sistema de transmissão da serotonina e a quarta, chamada de dimetiltriptamina ou DMT, ativa a área do cérebro que induz a visões de caráter realista".

  O chá de Santo Daime tem um longo processo de fabricação, mistura cipó com folhas, demora quase 24 horas para ficar pronto.
 Como o pajé desenvolveu o processo!?
 Observando qual bicho!?

  O índice de acerto dos pajés vai muito além das probabilidades matemáticas, muitos remédios desenvolvidos pela ciência moderna foram pesquisas de princípios ativos de plantas usadas por índios.

  Então vimos que uma Tradição se estabelece por:

Uma necessidade de fato.

Alguma historinha inventada.
Por meios misteriosos que fogem a compreensão.

  Vamos aplicar essa Filosofia Complexa ao tema de hoje ...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Mesmo mentes medíocres conseguem observar a REALIDADE que a mulher é bem mais tolerante com a traição sexual que o homem.

  A explicação para isso é sempre muito simples:

  “É a Tradição de uma sociedade machista”.

  Um pensador disse algo muito provocante:

"Para cada problema há sempre uma solução clara, simples e errada."
[H. L. Mencken]

  Não sejamos radicais, claro que soluções simples para problemas existem, mas quanto mais complexo o problema mais essa possibilidade é rara.

  Dizer que a intolerância masculina com a traição é apenas uma tradição machista que deve ser abolida é muito simples.
  Vamos audaciosamente onde nenhum homem jamais esteve...

  Não é fácil acabar com uma tradição, mas vamos para esse universo paralelo.
  De repente, depois de tantas campanhas feministas 100% dos homens deixam de ser “porcos machistas”.

   Nesse mundo de relacionamentos abertos a mulher teria uma enorme vantagem sobre nós, sabe porquê?

  Nossa maior intolerância com a traição é bem FUNDAMENTADA, não é uma historinha inventada e inocente como o não passar de baixo da escada.
  É algo bem profundo e com muita razão de ser como o lavar as mãos antes de comer.

  [Respire fundo que nessas profundezas do Abismo o ar fica rarefeito, poucos conseguem acompanhar o raciocínio.]



“PAI É QUEM CRIA.”

  Uma frase bem “tradicional”.
  Sim, nós humanos temos muito amor em nosso coração, uma coisa que nem sabemos explicar de onde vem, se convivemos com uma criança, cuidamos dela, passamos a trata-la como se fosse nosso filho biológico.
  Mas não conseguimos ignorar o grito da natureza, queremos transmitir NOSSOS GENES.


  Eu William posso adotar um filho, mas a força da paternidade que mais grita em mim é ter meu filho, um filho que seja a mistura de meus genes com minha esposa.
  Se quando eu conheci minha esposa ela já tivesse um filho dificilmente eu a pediria em namoro, talvez o romance não acontecesse, sei lá eu poderia a desejar muito, mas na minha juventude cuidar do filho de outro homem... sinto muito se decepciono alguém, mas para escrever não posso ficar maquiando meus sentimentos.

  Eu e minha esposa começamos a sair o amor foi desenvolvendo, mas se ela tivesse um filho... não iria rolar, se eu saísse uma ou duas vezes com ela seria muito.

  Você mulher que está lendo horrorizada esse “machista” escrevendo use um pouco a “Dialética.”
  Sem deixar seu mundo feminino SE COLOQUE NO MEU LUGAR.

  Você é jovem livre, descomprometida, é evidente que qualquer namoro pode vir a ser casamento.
  Um cara muito bonito e legal se encanta por você, te convida para sair e você não vê razão para desprezar o convite.
  No primeiro encontro tudo corre bem, sim pode vir a ser seu namorado.
  No segundo você descobre que o cara tem um filho, vive com ele ou paga pensão.
  Seja sincera, não faz diferença nenhuma para você?

  A realidade nua e crua é que ninguém quer criar filho biológico de outro(a).

  Se acontecer a gente “se adapta”, mas não é uma situação que busquemos.

  A mulher sempre sabe que o filho biologicamente é seu, ela gera em seu ventre.

  Em uma relação aberta uma certeza a mulher sempre terá, ela pode não saber quem é o pai, mas de certo ela é a mãe, aquele bebê tem seus genes.

  Para o homem é diferente, sem teste de DNA ou diferenças gritantes no biótipo facilmente você pode criar genes de outro e isso é naturalmente INCOMODO.
  [Lembremos que o teste de DNA é algo bem recente na humanidade]

  Vamos supor que você naturalmente se apegue a criança e lá pelos 2 anos de idade percebe que ela é filha de outro... complicado hein?
  É preciso um desprendimento muito grande, é preciso ir contra a natureza o que é incrivelmente difícil.

  Entendam que a preocupação maior do homem com a traição sexual não é uma tradição machista sem razão de ser, é uma tradição muito bem fundamentada.

  Depois de uma certa idade quando a mulher decide não ter mais filhos fica mais fácil os casais aceitarem uma relação aberta.
  Se entendemos essa dinâmica podemos pensar em uma vida mais satisfatória e EFICIENTE, com menos “pré conceitos”.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  No fundo esse é mais um texto que fala da importância da PATERNIDADE RESPONSÁVEL.

  Socialmente não é tão importante se seu relacionamento é aberto ou fechado, que você se deleite seja com quem for. ♫♫♫♫

  Mas é extremamente importante com quem você decide ter um filho.

  Tenha amor a próxima geração, não traga uma criança a uma condição que você não gostaria de viver.

  Eu não gostaria de nascer filho de uma mãe solteira sem eira nem beira, de destruir um casamento com meu nascimento, de nascer com grave deficiência, de nascer sem ter o que comer, de nascer sem ter um lugar decente para morar, nascer filho de um drogado/alcoólatra...enfim:

  Sexo é lazer, ter filho é uma enorme responsabilidade COM A VIDA.
  Senhoras e senhores SEJAMOS RESPONSÁVEIS.

  Essa Filosofia Complexa entra em sua mente?






  Aqui no Blog não apresento fórmulas magicas, mas acredito que a Paternidade Responsável é uma solução complexa (não dá para proibir as pessoas de terem filhos) que resolveria boa parte de nossos problemas sociais complexos.
  Não é a solução para tudo, mas sem dúvida o mundo seria um lugar muito melhor.
  Se cada um cuidasse muito bem de sua FAMÍLIA ... que mundo maravilhoso iriamos ter.



  Cuide bem dos seus filhos, mesmo antes deles nascerem...



anterior                      COMENTAR                                próximo






Postar um comentário