terça-feira, 20 de novembro de 2018

Economia Baseada em Recursos


  “O Projeto Vênus foi fundado na ideia de que a pobreza, o crime, a corrupção e a guerra são causadas pelas neuroses e escassez criadas pelo sistema econômico vigente, que é orientado ao lucro e que reprime o progresso de tecnologias benéficas à sociedade.”

  Me pediram para “estudar” esse projeto.
  Li a respeito em 3 fontes diferentes e minha conclusão foi a mesma.
  A base da ideia é mal fundamentada, logo, tudo mais não se sustenta.

   “A pobreza, o crime, a corrupção e a guerra são causadas pelas neuroses e escassez criadas pelo sistema econômico vigente.”

  Vamos dizer que o sistema econômico vigente seja o Capitalismo.
  Antes dele tinha o Mercantilismo, antes disso é difícil nominar sistemas econômicos, vamos dizer que foi o feudalismo nas suas diversas variações.
  Em algumas nações temos o "socialismo".
  Em qual sistema econômico foi eliminada a pobreza, crime, corrupção, guerra!?
  Há pessoas pobres e da paz, há pessoas ricas e de guerra.

  Não sei como ainda tem gente acreditando que a maldade ou bondade do indivíduo se limita a obtenção de bens materiais.

  Muitos crimes são passionais, não tem a ver com "pobreza ou riqueza."
  Outros são por poder, alguns gostam de mandar nos outros.
  Tem indivíduos sádicos com prazer em humilhar, subjugar.
  Tem indivíduos masoquistas que gostam do vitimismo.
  Assassinos em série raramente tem motivação econômica.

  “O sistema vigente é orientado ao lucro.”

  Leio muito isso, não entendo o que querem dizer, se alguém puder me explicar fico agradecido.
  Trabalho para conseguir algum dinheiro (lucro) no final do mês.
  Claro que tento realizar minhas obrigações da melhor maneira possível, mas trabalhar apenas para “servir a sociedade” é um devaneio romântico, até porque trabalhar na maior parte do tempo é desgastante.

  Quando adquiri um pequeno restaurante esperava obter algum excedente (lucro) para me manter, se ocorresse muito excedente melhor, acumularia algum patrimônio para segurança na velhice ou deixar herança para filhas.

  Um sistema econômico funcionando apenas na base do voluntariado ou filantropia ... já ouvi tanto sobre essa utopia.
  


   
  “O sistema vigente reprime o progresso de tecnologias benéficas à sociedade.”

  Caraca, desde a Revolução Industrial nosso avanço tecnológico foi fenomenal.
  Um exemplo prático.
  Lá por 1900 produzimos carros elétricos, mas eles perdiam feio para os motores a explosão, o desempenho das baterias era precário.
  As pessoas obviamente preferiam comprar o carro mais rapido, mais barato, mais fácil de abastecer.
  O industrial que investisse em produzir carros elétricos não teria como sobreviver, não teria lucro.
  Com todo avanço atual ainda produzir carros elétricos sai mais caro.
  Mesmo assim muitos investidores estão desenvolvendo essa tecnologia porque o petróleo é um recurso finito e nossos índices de poluição atmosférica estão alarmantes.

  Deduzimos que não existe “repressão da tecnologia” pelo sistema vigente.

  Quem consegue fazer carro elétrico tão eficiente quanto a combustão e vender ao mesmo preço ... faça isso.
  O carro elétrico substituiria o movido a "petróleo" tão rápido quanto as tvs de LCD plana estão substituindo as tvs de tudo.
  Você acha mesmo que desde o início havia tecnologia para produzir as tvs que temos hoje e isso não foi feito só por uma “conspiração capitalista” voltada ao lucro!?

  Vira e mexe vejo na Internet que existe a cura para todos os tipos de câncer e que isso só não vem a público por interferência da Indústria farmacêutica.
  Caraca, todos os cientistas de todos os países estão mancomunados em esconder a tal formula!?
  Todos os meios de comunicação do mundo todo estão empenhados em esconder essa informação...

  “Pesquisador acredita que substância desenvolvida na USP cura o câncer.”

  “Instituto do Câncer suspende novos testes devido à ausência de benefício clínico significativo”.


  Continuo defendendo que o Capitalismo e a Democracia podem ser aperfeiçoados.
  Isso passa por uma melhora da CULTURA dos povos.
  Esse projeto Vênus é só mais uma proposta atrapalhada de ... 
acabar com tudo isso que está aí”.
(O Capitalismo)
  









sábado, 10 de novembro de 2018

Imposto de Movimentação Financeira


  Bolsonaro tem se posicionado contra a volta da CPMF, espero que alguém o convença da eficiência desse tipo de imposto.

  Lamento porque é uma rara oportunidade de realmente modernizarmos a cobrança de impostos, algo que serviria de modelo para outros países.

    “Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira – CPMF - foi um tributo brasileiro aplicado de 1997 a 2007.
       Sua última taxa foi de 0,38%.”
       [Wikipédia]

  Podemos mudar o nome para IMF.
  Imposto de Movimentação Financeira.


  Vou destacar os pontos principais.
  Se "o povo" for convencido Bolsonaro cede.

  A volta da CPMF como mais um imposto sou contra o que proponho não é isso.
  A proposta é substituir vários impostos pelo IMF.

1- Qual a vantagem?
  É fácil pagar, não precisa nada mais que movimentar sua conta no Banco normalmente.
  É fácil receber, o Governo não tem trabalho para arrecadar, o sistema bancário no Brasil é muito eficiente e bem regulamentado.
 Como a cobrança é on line não tem atraso nem cobrança de juros, é o fim da inadimplência.
  Por vezes vemos dividas de empresas com a União as quais sabemos que não serão pagas, a empresa já faliu ou se pagar vai a falência.

 “Clubes de futebol brasileiros faturam R$ 5 bilhões, mas dívida é maior
   Aumento da receita, porém, é superado pelo crescimento das dívidas, que somaram quase R$ 7 bi no ano passado (2017)”


2 -  É um imposto interessante porque evita distorções, cada um paga de acordo com a renda.

  Vamos a uma visualização.
  Para facilitar os cálculos vamos adotar a taxa do IMF de 1%, meio por cento no depósito e meio por cento no saque.
  Quem ganha Mil reais paga 10 reais.
  Quem ganha Dez Mil paga 100 reais.
  Isso já não acontece?
  NÃO.
  Suponhamos que os impostos os quais o IMF substitua sejam os embutidos no preço do arroz.
  Tanto o "cidadão 10 Mil" quanto o "cidadão Mil" pagam o mesmo valor de imposto sobre o arroz.
  No final das contas quem ganha mais acaba pagando proporcionalmente bem menos impostos sobre itens básicos do que quem ganha pouco.
  Tentamos compensar essa distorção cobrando IR proporcional ao salário de quem ganha mais, acontece que há muitas brechas, isenções, fraudes... um gasto enorme com mão de obra e cruzamento de dados.
  (Não estou propondo acabar com o Imposto de Renda apenas estou mostrando que é mais complexa a cobrança)

  O exemplo do arroz serve para qualquer outro produto, roupa, refrigerante, moto, carro, gasolina.
  Os impostos embutidos nos produtos são os mesmos para todos.
  No caso dos carros tem alguma isenção para deficientes físicos... 

3 - O grande feito de uma taxação tipo IMF é reduzir drasticamente impostos sobre produção e serviços transferindo a cobrança para renda e consumo.
  Produtos e serviços ficam mais baratos, o preço final é basicamente as despesas mais o lucro exposto a livre concorrência.

4 - Porque cobrar no saque e depósito?
  Não importa o sistema, sempre haverá pessoas dispostas a burlar.
  Cobrar na entrada e saída torna mais fácil rastrear o dinheiro, saber  de quem veio e para onde foi.
  Dificulta bastante esquemas de corrupção.

5 -  As pessoas farão transações fora do sistema bancário?
   Lembremos que o IMF não vai ser um imposto a mais e sim substituir impostos já existentes.
  Sonegação de impostos continuará sendo crime.
  A primeira providência é proibir transações em dinheiro até um limite.
 Vamos dizer 5 salários cerca de 5 mil reais (evidente que isso precisa de estudos técnicos)
  Transações acima disso sem passar por instituição financeira pressupõe que seja sonegação sujeito a medidas cabíveis.
  Confisco do dinheiro como no caso Geddel.
  Porem a maioria é gente de bem.
  Porque se arriscar  em ter algum problema na justiça por causa da taxação de 1%!?
  Você vai fazer uma transação de 10 mil reais, por causa de 100 reais vai se arriscar a perder os 10 Mil?
  Agora, se estiver em alguma atividade ilícita entendo sua preocupação, bem feito pra você...😊


6 - As maiores criticas ao IMF são um certo efeito cascata.
    Eu defendo que não procede ... pelo menos ao nível que os críticos dizem.
    A esmagadora maioria das pessoas físicas ou jurídicas recebem o dinheiro uma vez, depois é só saída.
   Ou seja, fica mantido o meio por cento no depósito e meio porcento no saque por mais complexo que seja o sistema produtivo.
   Não importa que um supermercado tenha milhares de fornecedores, cada transação é unica e pode ser resumida a entrada e saída.
  A "pedra no meio do caminho" seriam os investimentos financeiros como poupança. (o exemplo mais fácil).
  Quando coloco parte do meu salario na poupança ele já foi taxado em meio porcento no meu recebimento, vou pagar outra vez para depositar na poupança!?
  Poupança não é renda nem consumo é uma reserva, um "seguro".
  Tenho certeza que há brasileiros formados em grandes Universidades que podem fazer os acertos necessários para que o IMF seja o mais eficiente possível.

  


  Antes de terminar entenda que o "efeito cascata" já ocorre e é bem maior no sistema atual.
  Para administrar a cobrança e pagamento de tantos impostos há um custo enorme para empresas, isso é repassado.
  Tive um pequeno restaurante, não dava para ficar sem contador, claro que o escritório não trabalhava de graça e não pagava as guias emitidas.

    “Empresas gastam 1.958 horas e R$ 60 bilhões por ano para vencer burocracia tributária.”

  Entende agora  por que tantas coisas vendidas nos Estados Unidos são tão mais baratas que no Brasil?
  Lá eles priorizam tributar renda e consumo, aqui produtos e serviços.

  Quando você encontrar alguém contra o IMF alegando o efeito cascata ... é ignorância ou “cascata”.





_________________

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Mulheres e a Pena de Morte


 👩 “Sou contra a pena de morte porque o Brasil é muito desigual.
      Não tem como comparar o Brasil com o Japão em termos de justiça.”
[Comentarista no G+]          

  O Japão não começou aplicar a pena de morte depois de desenvolvido.
  Seu argumento é falho.
  Hoje o Japão pode se dar ao luxo de não ter pena de morte e como país “rico” recorrer a caríssima prisão perpetua, como tantos países “ricos” fazem.

   NO BRASIL TEMOS INSTITUIÇÕES SÓLIDAS O SUFICIENTE PARA APLICAR A PENA DE MORTE.

  Em caso de dúvida, das provas não serem contundentes, NÃO aplicaríamos a pena capital.

  Ficar gastando rios de dinheiro com facínoras, os livrando da prisão depois de pouco tempo, não ter força para impedir que criminosos comandem o crime de dentro dos presídios ... vamos permanecer na selvageria eternamente!?



  O “engraçado” é que nós homens somos naturalmente mais violentos que as mulheres.
  Por conta disso a maior parte dos crimes hediondos são praticados por homens e “boa parte deles” contra mulheres.
  É incrível a quantidade de mulheres que são contra a pena de morte?
  São sempre as defensoras mais ferrenhas dos “direitos dos manos”.
  Se você chamar essas mulheres de masoquistas .... está sendo machista!!!
  Não dá para rir só pra lamentar ...

 "SERIAL KILLER DE GOIÂNIA SUSPEITO DE MATAR 16 MULHERES ATRAI ADMIRADORAS."



   


  Total de 7 execuções de pena de morte em um único dia.
  [Japão 6 de julho de 2018]




.

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Aposentadoria de Militares


POR QUE APOSENTADORIA ESPECIAL PARA MILITARES!?
😩

  A princípio NÃO vejo com bons olhos nenhuma diferenciação entre trabalhadores, quanto ao regime de Previdência.

  Nenhuma categoria me convenceu dessa necessidade.
  Em tempos de guerra todo homem em condições de lutar pode ser recrutado pelo exército, historicamente vemos que se torna quase uma obrigação social.
  Em tempo de paz é raríssimo algum militar ser chamado da reserva, logo, esse papinho dos militares ficarem servindo a nação na reserva é um tremendo 171 😄
  Por eu ter servido o exército fiquei na reserva, mas como não segui a carreira profissionalmente não ganhei nada por ter ficado a disposição da pátria.

  Quando alguém escolhe seguir uma profissão sabe dos riscos.

  Policiais por exemplo.
  Depois de uma certa idade fica difícil fazer parte de uma tropa de elite, mas porque não podem fazer serviços administrativos!?
  Porque não podem ministrar treinamento aos mais novos?
  Porque não podem trabalhar na corregedoria?
  Porque não podem fazer rondas em carros e motos?
  Porque não podem monitorar câmeras?

  Enfim, querem nos convencer que depois dos 50 anos, um homem ou mulher não são mais uteis para força policial ... acredite quem quiser.
  Eu NÃO acredito.



   Tirando o direito de greve todos os outros "benefícios" devem ser estendidos a eles.
   Mas não se enganem, adicional noturno e horas extras são compensados com outros "adicionais" variados.

  “Os militares da intervenção militar também recebem adicionais inerentes ao círculo hierárquico, de habilitação, por causa dos cursos já realizados ao longo da carreira, tempo de serviço, compensação orgânica ligada aos desgastes causados pela função, adicional de permanência, além de gratificações de localidade e de representação, ajudas de custo e auxílios alimentação, de fardamento e assim por diante.”






______________



.




segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Imigração e Salários


👨 “O que aconteceria se toda a mão de obra que chegar ao mercado de trabalho vir de pessoas formadas?
   Quem vai fazer o trabalho pesado?”
[Comentarista no G+]

    Isso é praticamente impossível acontecer porque nem todos gostam de estudar.
   Mas no Capitalismo os salários são valorizados de acordo com a OFERTA E DEMANDA.
   Se precisamos de garis e poucos se dispõe a esse serviço o salário sobe consideravelmente.
  Pode ocorrer mecanização do serviço com menos funcionários operando maquinas e salários maiores.
  Ocorre isso no campo, operadores das mais diversas maquinas agrícolas.

  Em países ricos poucos se dispõe a ser empregadas domésticas, o salário aumentou tanto que as famílias abriram mão desse serviço, e quem se dispõe, mesmo com pouco estudo ganha bem.
  Estrangeiros de países subdesenvolvidos fazem a festa com essa situação.

   NO FINAL DAS CONTAS OS SALÁRIOS SERIAM MENOS DIFERENCIADOS.

  Cada um trabalharia segundo seu talento ... ou falta dele.
  Um engenheiro ganharia bem, mas o pedreiro não ganharia mal.



🙎 “Eu gostaria de entender como a imigração aumenta a concentração de renda... (No EUA).”
[Comentarista no G+]       

  Altera os parâmetros.
  Imigrantes em geral ganham pouco, como entram em quantidade e aceitam qualquer coisa jogam os salários para baixo.

  Se entender o micro vai entender o macro...

  Uma babá americana quer cobrar 100 dólares por seus serviços.
  Mas uma imigrante brasileira faz por 50 dólares.

 Suponhamos que a contratante é uma médica que ganha Mil dólares.

  Veja bem, o salário de uma babá seria 100 dólares para 1000 da médica.
  Com a chegada da brasileira o parâmetro passa a ser 50 para 1000.

  Com a poderosa economia americana os ricos são super ricos.
  E a base da pirâmide vai sendo inchada por imigrantes muito pobres em uma concorrência desleal com os nativos.


  


   Deduzimos que a imigração deve ser muito bem controlada pelo Governo.   
  De forma que entre no país o tipo de cidadão que adicione benefícios mútuos, um jogo de "ganha/ganha".
  Uma politica de imigração sem inteligência, na base do entra quem quer, é algo que não deveria ter mais lugar em "bons governos".


  Depois condenam a construção de muros e barreiras...


  A caravana de milhares de migrantes da América Central que segue rumo aos EUA continua atravessando o México e desafiando os governos dos dois países.

 A região tem uma das maiores taxas de homicídio do mundo, segundo dados da ONU, e Honduras lidera o ranking global, com 55,5 mortes para cada 100 mil habitantes em 2016 - o Brasil ocupa a sétima posição, com 31,3 para cada 100 mil.

  Cerca de 10% da população da Guatemala, El Salvador e Honduras já deixou seus países para fugir da criminalidade, o recrutamento forçado por gangues e as poucas oportunidades de trabalho.


   Eles querem asilo político porquê!?
  Se os bons são maioria porque não se organizam para acabar com as máfias?

  “Em 2017, a Guatemala recebeu mais de US$ 248 milhões em ajuda dos EUA. No mesmo ano, Honduras recebeu US$ 175 milhões e El Salvador, US$ 115 milhões, segundo a Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional.”

  Se a maioria do povo “não presta” porque americanos devem receber de braços abertos gente assim na nação deles!?