domingo, 18 de março de 2018

Originalidade


  “Todos nós nascemos originais e morremos cópias.”
   [Jung]

 
  O teste de DNA comprova cientificamente que cada um de nós é um ser único.
  Nascemos originais e morremos originais ... por isso essas ideologias que pregam o igualitarismo não dão bons resultados.
  
  Entretanto, entendo a provocação de Carl Gustav Jung

  Nascemos originais, mas nos esforçamos para ser cópias.

  


  Esse nosso caminhar para cópias se intensificou nas ultimas décadas, atribuo isso a patrulha xiita do “politicamente correto”, mais um fruto do Freudianismo buscando uma padronização comportamental.

  Cada um de nós é um ser único com um equilíbrio único, mas não olhamos para nós mesmos, olhamos para os outros, criamos ídolos, nos submetemos a análise de mentes externas, nos moldamos dentro do que se espera de nós e vamos perdendo a identidade, a ORIGINALIDADE.

  Outros linearmente correm na direção oposta querendo chocar, “mudar tudo isso que esta aí” com protestos infantiloides, sem muita razão de ser.
  Caras que passaram longe das aulas de História se dizendo neonazistas, por exemplo.
  Vi uma jovem dizendo que o nazismo foi o auge do capitalismo!!
  A principio pensei que ela queria dizer militarismo, mas infelizmente percebi que ela não sabe o que é uma coisa e nem outra. 

  O que dizer daquela cantora que se vestiu com pedaços de carne? 
  Hoje chamam isso de originalidade...

  Se me perguntarem qual o maior escritor de todos os tempos eu...não saberia dizer.
  Cada um dos que gosto tem sua característica, seu "DNA artístico".

  Quem foi mais ator Paulo Gracindo ou Paulo Autran?
  Você pode ser mais simpático a maneira de um dos dois atuar, mas não dá para dizer quem é o melhor porque são talentos originais, tinham seus DNA de atuação.

  Gosto muito do meu jeito de escrever, as vezes visualizando arquivos me emociono comigo mesmo. 
  O que eu escrevo não é cópia de nenhum pensador que já li, do presente ou do passado.
  Sempre me auto analisei muito. 
  Meu encanto pela Psicanálise ou pelo Ateísmo duraram bem pouco porque se apresentaram muito ineficientes para responder enigmas. 
  Observei que as religiões e o Marxismo mais complicam que explicam. 
  Flutuando tão a margem de todas estas correntes minha diferenciação com outros pensadores só fez aumentar.
  Sou eu mesmo, não sou cópia de ninguém, não quero escrever igual a nenhum escritor que eu conheça ou venha a conhecer. 
  Tentar ser cópia me exigiria um esforço extra ... dá preguiça até de imaginar.

    Gosto quando as pessoas me dizem o que querem dizer e não o que elas pensam que eu quero ouvir.

  Certa vez minha mãe disse que eu surpreendi negativamente minha família e muitas pessoas.
  [Depois que me desfiz de um pequeno restaurante fiquei bastante apático.]

  Minha mãe do seu jeito tentou recuperar meu ânimo, disse para eu ter fé em Deus, que eu "tinha nascido para cabeça e não rabo."

   As pessoas esperavam que eu fosse um grande pastor/missionário, um rico empresário ... "cabeça e não rabo".

  Sobre ser pastor ou um palestrante religioso isso fez por muito tempo parte dos meus planos.
  Acontece que pelas religiões que passei (Catolicismo, Protestantismo e Espiritismo) teria que mentir para a platéia a respeito das coisas que penso.
  Ao analisar as doutrinas observo incongruências na sequência lógica ou nos resultados. 
  Como posso afirmar que o deus apresentado na Bíblia é justo e bom!?
  Eu teria que buscar ser cópia de algum palestrante/pastor que admirasse.
  Deixar de lado meus próprios pensamentos para me adequar a uma doutrina.
  
  Sobre ser um rico empresário, bem que tentei, mas fui incompetente ou interferências não permitiram que eu fosse, de qualquer maneira foi um sonho que apodreceu, não vou passar o resto de minha vida correndo atrás de dinheiro, tenho o que me basta então...basta.

  Não precisamos nos esforçar para sermos originais o esforço ocorre de tentarmos sermos cópias, ouvir o que todo mundo ouve, vestir o que todo mundo veste, pensar o que todo mundo pensa.

  As pessoas se abrem muito comigo porque logo entendem que eu só espero que sejam elas mesmas, com seu medos e prazeres, erros e acertos, esperanças e decepções.
  Você nasceu um ser único.
  Ser civilizado não nos obriga a sermos cópias do que alguém pensou por nós que seria o politicamente correto.
  Ser civilizado é respeitar as leis, ser ético, responsável ... cumprido essas exigências básicas ... viva a diferença!
  
  O que me encanta nas pessoas são suas características únicas, o que torna cada um uma belíssima obra de arte.

  Este é mais um grande paradoxo, se as pessoas são tão lindas sendo originais porque se esforçam tanto para serem cópias?

  Decifra-me ou te Devoro!








.

quarta-feira, 14 de março de 2018

Supremacia Branca?

  Fazendo desmoronar o conceito de "privilégio branco"...





  Ótimo vídeo, me fez lembrar de vários textos que escrevi:


  “Quando você acha uma situação insuportável não faz de tudo para muda-la para melhor?
  Isto é uma inteligência básica muito próxima do instinto, se minha mão está em um objeto muito quente eu faço de tudo para tirar minha mão dessa situação prejudicial a ela, tirar dessa situação “insuportável’.

  Eu, por exemplo, sempre achei que meus pais tiveram mais filhos do que tinham condições de criar, imaginem se agora eu fizesse a mesma coisa, como eu posso criticar meus pais e seguir o mesmo caminho!?

  Oras, SE EU REPITO O ERRO DE MEUS PAIS EU SOU UMA PESSOA MUITO HIPÓCRITA OU MUITO BURRA, alguém incapaz de corrigir algo que eu mesmo defini como erro.”




Já vi pessoas perderem um emprego melhor por não terem o segundo grau, no Brasil esse estudo pode ser concluído de graça.

  Quero dizer que ficar só reclamando é usar a garganta quando você deveria usar o CÉREBRO.

  Sei, sei, todo pobre gostaria de ter nascido em melhor condição, mas lembre-se que se você nasceu muito pobre foi por ação de seus pais ou vontade de Deus.

  Se você não culpa seus pais ou Deus porque quer culpar a Sociedade!?





  Escravo é uma pessoa presa, cativa, sob absoluta sujeição a alguém, propriedade de alguém.

  Os Comunistas para manipular as massas dizem que o assalariado é o novo escravo, e tem muito trabalhador realmente se sentindo e se dizendo escravo.

  Eu acho um grande exagero, uma tremenda falta de noção das coisas.

  Se esse pessoal tivesse o habito de ler eu recomendaria que pesquisassem como era a vida de um escravo, você simplesmente não se pertence, é PROPRIEDADE de outro.
  Ser escravo é precisar trabalhar para sobreviver!?
  Ora, no tempo das cavernas o homem precisava caçar seu alimento, construir suas ferramentas? Isto não era um trabalho que lhe permitia a sobrevivência?
  Tirando Adão que por um tempo [segundo a lenda] recebia tudo na boquinha todos os outros humanóides tiveram que produzir para sobreviver.
  Eu não consigo visualizar essa sociedade Comunista onde o trabalho não precise existir e ele existindo qual seria a remuneração justa?
  Há bons exemplos em Cuba ou Coréia do Norte? A URSS era um bom exemplo? A China talvez seja um exemplo de boa distribuição de renda?

  No Capitalismo a lei da oferta e da procura é quase uma constante.
  Com o crescimento da necessidade de engenheiros está profissão está muito valorizada no Brasil já em Portugal que está em crise deve estar sobrando engenheiros que como não são propriedade de ninguém são livres para virem para o Brasil.

  Amanhã se você não quiser ir trabalhar seu patrão não poderá o pendurar no pelourinho nem lhe dar 30 chibatadas, se estiver adoentado nem será descontado este dia que você NÃO TRABALHOU.

  Se tiver algum capital e uma boa idéia pode até ser patrão então não consigo localizar onde está a escravidão se tens liberdade de ir e vir e se não pertences a ninguém.
  Inclusive, assalariado é todo indivíduo que trabalha por salário e nem todo salário é baixo.
  Um indivíduo que ganha 2 mil reais por mês pode ter atualmente uma vida melhor que reis do passado, pode por exemplo viajar de Campinas a São Paulo em 2 horas coisa que D. Pedro levaria dias.
   Pode ter notícias em tempo real do Japão coisa que a Princesa Isabel levaria meses para saber.
  Pode tomar um antibiótico e se curar rapidamente de uma infecção que mataria Faraós…
  Quando você for para o trabalho tire esta patetice de escravidão da sua cabeça, não seja manipulado pelos comunas, pelos “socialistas”.
  Hã? Você queria não precisar trabalhar? Caraca! E que culpa seu patrão ou a empresa tem disso?
   Que culpa seu companheiro de trabalho ou os clientes tem disso?

   Reclama com sua mãe pobre que deu para o pé rapado do seu pai…








.