terça-feira, 16 de outubro de 2018

Aperto de Mão

 Dinamarca discute negar cidadania a quem recusar aperto de mão.

  “O alvo explícito da medida seriam os muçulmanos que, por razões religiosas, preferem, em lugar do tradicional aperto de mãos, colocar a mão sobre o peito em sinal de reverência.”

  Por esses dias ao contestar que o Nazismo foi de extrema direita o comentarista disse que eu não poderia ir contra historiadores alemães que defendem essa tese.
  Até onde sei não são todos os historiadores alemães a defender que o Nazismo foi um movimento de direita.
  Esquerdistas estão no mundo todo, é difícil encontrar isenção mesmo entre historiadores e "intelectuais".

  O Nazismo foi o nome dado a ditadura de Hitler na Alemanha.
 
  “Nazismo foi uma política de ditadura que governou a Alemanha entre 1933 e 1945, período que também ficou conhecido como Terceiro Reich, liderado por Adolf Hitler.
  Em 1919 surgiu o Partido Nazi, abreviação de Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães (Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, em alemão)”
   [Significados]

  Embora o Nazismo permitisse empresas privadas, os empresários eram obrigados a estarem alinhados com a ideologia de Hitler senão eram expropriados, a empresa passava a ser dirigida por alguém submisso ao Governo.
  
  Nessa meditação estou expondo que o fato de alguém ser europeu e defender uma tese não me obriga a concordar.

  Eu foco em argumentos.
  Independente da raça, religião, nacionalidade, opção sexual...

  Me sinto à vontade para ir contra essa proposta de alguns dinamarqueses sobre a obrigação do aperto de mão para concessão do visto para islâmicas.
  Vou lhes apresentar os meus argumentos.

  No caso da proibição do pano cobrindo totalmente o rosto em local público eu entendo.
  É o mesmo caso dos motoqueiros serem proibidos de usar capacete em certos locais aqui no Brasil
  Quem não deve nada nem está com más intenções não vai ter problemas em ser identificado.
  Estar com o rosto a mostra é uma questão de segurança que precisa se sobrepor as tradições religiosas ou vontade dos motociclistas.

  Cumprimentar dando as mãos ... não tenho argumentos para defender.

  O aperto de mão é um costume ocidental que eu “abomino”.
  😄

  Se faz tempo que você não vê uma pessoa querida e quando encontra sente vontade de beijar, abraçar, apertar a mão ... tudo bem, é “emocionalmente” compreensível.
  Com colegas de trabalho, pessoas que vemos sempre, encontro de negócios ... apertar a mão é "problemático".
  Sabe aquele colega que vive coçando o saco e vem apertar sua mão.
  Você acaba pegando no saco dele por tabela 😄
  Para quem gosta de saco tudo bem, para eu é desagradável.

  E aquela colega que vive alisando o cachorro?
  Para quem gosta de bichos tudo bem, para eu é desagradável.

  Claro que tem questões mais sérias, o nome do Blog é Terapia da LÓGICA.

  Não sei como é em outros países, aqui no Brasil as pessoas tem o costume de cobrir o espirro/tosse com as mãos.

  Geralmente é a mão direita, a mesma que usa para cumprimentar.
  O cidadão aperta sua mão e ... compartilha vírus.
  Por causa de uma tradição dispensável como o aperto de mão corremos o risco de ficar gripados por uma semana, com todo desconforto dessa situação.

  Hoje em dia muitos ambientes tem álcool gel, mas imagine a cena.
  Um indivíduo aperta sua mão e logo em seguida você se desinfeta.
  Até seu colega coçador de saco vai dizer:

  🙎 "Mano, agora você exagerou."

  É, ficamos presos a essa tradição de compartilhar vírus com apertos de mãos.

  E se os dinamarqueses estivessem querendo aprovar uma lei proibindo o aperto de mãos?

   Eu seria contra.
   Não iria concordar com eles só por serem europeus.
   Considero uma intervenção excessiva do Estado/Governo na vida das pessoas.
  Nosso colega coçador de saco diria:

 🙎 "Pô Estado, menos mano, isso pega mal para um governo que se diz de direita".

  NÃO, o coçador de saco não sou eu, é um colega meu.

  Se bem que coçar o saco é bem gostoso. 😄

  Considerações finais:

  DINAMARQUESES, admiro a cultura de vocês, espero que essa questão de obrigar islâmicas ao aperto de mão seja uma vacilada para ser esquecida.
  Isso acontece nos melhores povos, o importante é não levar essa “imbecilidade” adiante.

  MINAS E MANOS.
  Se você enfia o dedo no nariz, espirra nas mãos, coça o saco ou vive tirando a calcinha do rego ... lave a mão antes de pegar na mão dos outros, desinfete com álcool gel.
  Se tossiu na mão desinfete com maçarico 😄

  Ou, tem tantos outros tipos de cumprimento.
  Faça joinha, dê um sorriso, acene com a cabeça.
  Se curve “levemente” igual os japoneses.
  Se curve com a mão no coração, um cumprimento tão bonito feito por islâmicos.
 
  


  Curvou demais, mão esquerda no saco, espero que não tenha espirrado na mão. 
😆




.


sábado, 13 de outubro de 2018

Haddad

 Me pediram para analisar o que ocorrerá se Haddad vencer as eleições.

  Evidente que não será o fim do mundo, ainda mais se tratando de América Latina.
  O Mundo (desenvolvido) não espera muito de nós, é sempre uma cultura em busca de "Estado Babá".
  Não, não corremos o risco de virar uma Venezuela, nossa economia é bem mais diversificada,o Congresso que foi eleito de certo não vai permitir nada que cheire a bolivarianismo.

  Porem, esqueçamos qualquer melhora significativa na economia do país, vamos continuar rastejando pelo subdesenvolvimento.
  Minha aposta infelizmente é em alguma piora, isso se Haddad conseguir um ministro da economia muito bom.
  Se conseguir alguém meia boca ... tempos bem difíceis virão.

  No primeiro mandato de Lula ele conseguiu o competente Henrique Meirelles que tinha a companhia do eficiente Palocci.
  FHC tinha dado uma boa ajeitada no país.
  Mas o principal foi que  o mundo experimentava um grande crescimento que estouro com a crise de 2008.
  Antes disso o preço de commodities como ferro e soja dispararam fazendo entrar muito dinheiro no país.
  Lá por 2010 a economia já dava sinais de desaquecimento, mas Lula chamou de marolinha, começou as maquiagens contábeis e estímulos ao consumismo que se estenderam pelo governo Dilma...

  E hoje, o que Haddad teria a seu favor?

  Temer deu uma equacionada na situação, a Petrobras vem se recuperando a Eletrobras está a venda, segurou aumentos para o funcionalismo.
  Mas é sabido que o rombo só faz crescer porque reformas importantes não foram feitas.
  Nossa população esta envelhecendo, os gastos com aposentadoria aumentando exponencialmente.
  Com a vitória da esquerda o funcionalismo ganha muita força, a pressão por salários só vai aumentar.
  Historicamente  quem apoia o PT é contra qualquer reforma na Previdência, logo, caso Haddad queira alguma mudança significativa irá contra sua própria base.

  Haddad diz que vai gerar empregos tocando obras que estão paradas.
  A pergunta é com qual dinheiro!?
  A governo tá no osso com um rombo gigantesco.
  É difícil acreditar que a iniciativa privada vai tocar grandes obras em um ambiente desses.
  Como se não bastasse Haddad diz que vai "enquadrar os Bancos".
  Vai baixar juros por decreto como Dilma fez com a energia elétrica!?

  Pedaladas não são mais possíveis porque todos estaremos de olho.

  Para aprovar alguma coisa Haddad precisará recorrer a velha tática de negociar cargos com outros partidos e todas as consequências nefastas que isso traz, mas a grande questão é ... aprovar o que?

  Ele já disse que vai acabar com o teto de gastos, um dos maiores avanços do Governo Temer.
  Haddad quer aumentar o limite de crédito mesmo já estando devendo horrores no rotativo.
  Vai fazer o que?
  Imprimir dinheiro e trazer de volta a inflação alta!

  Quer revogar toda a tímida reforma trabalhista, nossa legislação trabalhista vai permanecer em 1940, um mundo antes até da televisão! (No Brasil)

  Geralmente nessa altura da campanha já deveríamos saber quem será o ministro da fazenda para pelo menos especularmos sobre seus planos, traçar o perfil, mas nem isso Haddad nos oferece.
  Ele fala “em convidar” Josué Gomes o tipo de homem que de certo defende uma reforma mais agressiva da previdência e modernização da legislação trabalhista.
  Um homem que até pouco tempo era cotado para ser vice de Geraldo Alckmin, mas que ficou claro para todos que ele não quer o holofote de estar no Governo.
  Vai aceitar pegar uma bomba prestes a explodir em um Governo Haddad!?
  Lembram de Joaquim Levy?

  Enfim.

    Se Haddad vencer serão 4 anos como se fossem uma continuação levemente melhorada do Governo Dilma, melhor o suficiente para não ocorrer novo impeachment, nada mais que isso.



  



Algumas notas complementares:
  
💣 Dos candidatos que se apresentaram Geraldo Alckmin era o mais indicado para o momento que estamos vivendo.
  Porém sua campanha foi terrível, mereceu perder.


💣 A campanha de Haddad é muito voltada para semear o ódio a Bancos como se eles fossem os grandes vilões da economia ... não são.
  A melhor maneira de “enquadrar Bancos” é VOCÊ ser responsável com seus gastos e não precisar pedir empréstimos.
  Fora isso é dar tiro no pé.


👨 Bolsonaro tem a proposta de levar o Brasil um pouco mais para “fundamentos de direita”, apesar de ser histórico defensor da estatização generalizada.
  Ele aparentemente reavaliou sua posição e boa parte dos brasileiros também.
  Pobres vivem melhor em países “mais à direita”.
  Sou pobre, um Governo Bolsonaro me dá mais “esperança”.









.

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Armada e Perigosa


 “Ter arma não é garantia de defesa é a possibilidade de defesa contra outra pessoa armada, mais forte ou pessoas em maior número.”
[William Robson]
 

  Liminar fixa distância mínima de 100 metros que mulher deve manter do ex-marido.
  O marido sustentou que vem sofrendo agressões físicas e verbais por parte da esposa, expondo-o à vexame e humilhação, além de ser por ela até ameaçado de morte, tendo tais agressões ocorrido em seu local de trabalho, em sua própria casa e na presença do filho do casal.” 

  Esse tipo de liminar raramente é concedida a homens com relação as mulheres.
  Peguei esse link justamente por ser raro.
  A ocorrência mais comum é mulheres restringindo a distância de seus ex parceiros.

  Vamos meditar sobre isso.

1- Geneticamente homens são mais violentos que as mulheres, logo, não há campanha ou "educação" que vai tornar homens comportamentalmente iguais as mulheres ... para bem ou para mal.
  Essas estatísticas de violências nos casais sempre vai ser maior do lado masculino.

2 - O fato de homens serem mais violentos obviamente não quer dizer que todos os homens são igualmente agressivos.
  O fato de mulheres serem menos agressivas não quer dizer que não sejam capazes de atos de extrema violência.

  A grande maioria dos homens aceitam o fim do relacionamento sem maiores transtornos, não precisamos de estatísticas para percebermos isso, basta olhar em volta.
  Namoros e casamentos acabam todos os dias e não temos uma carnificina por conta disso.

  


  A situação mais comum é a mulher conseguir liminar contra a aproximação do ex companheiro.

  O papel aceita tudo, mas como efetivar a ordem judicial?
  Se a coisa chegou a esse ponto provavelmente estamos diante de um cidadão transtornado pela paixão ou sentimento de posse/ciúmes.
  Não é um pedaço de papel que irá impedir uma tragédia.

  Se no bairro houver rondas frequentas é possível que os policias sejam informados da situação e olhem para aquele imóvel com mais atenção, porem convenhamos que será um segurança pequena.
  Não consigo pensar no Estado/Sociedade tendo condições de oferecer muito mais que isso.
  Quanto custaria colocar policiais armados fazendo segurança 24 horas de toda mulher que se sente ameaçada e consegue uma ordem judicial contra o ex?

  Mulheres deveriam ser as maiores defensoras do direito ao porte de arma.

  A moça conhece o ex que tem, se acredita que corre risco de vida ou de ser gravemente agredida não vejo solução mais eficiente que solicitar o porte de arma.
  Atirar é fácil, fazer anos de alguma arte marcial para talvez ser páreo fisicamente para um homem é ... complicado.
  A moça pode ser faixa preta em Karatê, mas se o kara te arma... 😊
  (Essa foi horrível, eu sei)

  Atirar é fácil, com a regulamentação mais flexível cursos de tiro seriam mais comuns.
  Eu tive treinamento militar, dei muitos tiros.
  Porem a “cidadã de bem” não será treinada para guerra, apenas aprenderá usar a arma como auto defesa.
  Noções básicas sobre a arma que adquiriu e uns 20 disparos são suficientes para alcançar o propósito.

  Um curso desse poderia ser ministrado em 1 semana, dependendo da carga horaria e disponibilidade de tempo.

  Depois disso, na rua, é só ficar atenta.
  Se o cidadão se aproximar e tentar alguma coisa é passar fogo e alegar legitima defesa.
  Ter arma não é garantia de defesa é a possibilidade de defesa contra outra pessoa armada, mais forte ou pessoas em maior número.



  Em casa com pouco investimento é possível ficar mais relaxada.
  Câmeras e sensores de movimento baratearam bastante.
  Em caso de invasão do ex (ou algum ladrão) chame a polícia e pegue a arma.
  Se a proteção do Estado não chegar a tempo ... azar do invasor.

  Uma das bases do “pensamento de direita” é o respeito a propriedade.
  Se uma propriedade não é sua, não pode entrar nela sem autorização do proprietário.
  Se fizer isso e for recebido a bala ... é direito do cidadão proteger sua propriedade com os meios que estiverem disponíveis.
  Se você é um “cidadão de bem” não terá problemas.
  Cidadão de bem não pega nada que não é dele, não invade propriedades.
  Nem agride mulheres...

  


  




.

sábado, 29 de setembro de 2018

Violência contra Homossexuais


  No Brasil teve 60 mil homicídios (2017), gostaria de ver essas estatísticas apontando que homossexuais foram maioria, ou parte muito significativa, fico no aguardo.

  Outra coisa a ressaltar é que quem “curte a noite” está muito mais exposto a violência e assaltos.
  É quase impossível eu ser assaltado ou ser agredido por algum bêbado ou drogado de madrugada pelo simples fato de eu dormir por volta das 22:30 ... alguém teria que invadir minha casa.

  



  Minha filha trabalhava próximo à avenida Aquidabã, eu a buscava no emprego por volta da 19 horas e já tinha inúmeros travestis fazendo ponto nas esquinas.
  Eles varam a noite, se relacionam com qualquer um que apareça.
  É obvio que é uma situação de alto risco assim como para as prostitutas.

  Quem conhece gays sabe que parte significativa deles tem uma vida bem promiscua, eles não são tão seletivos quanto as mulheres.
  Os ambientes que frequentam são regados a muita bebida e drogas mesmo que eles próprios não consumam.

  Enfim, os gays recatados do lar 😄 estão tão seguros em suas casas, escola, trabalho, igreja ... quanto qualquer hétero ou mulher recatada.
  Os gays baladeiros  e de programa estão tão mais expostos a violência quanto qualquer hétero baladeiro ou garota de programa.

  Isso é fato, não é boato ou tendenciosidade ideológica.





.


1 - 👩 “já que vc tá querendo generalizar que todo gay é promíscuo,”

  No texto eu digo que gays recatados e do lar se expõe a menos riscos.
  Mas se quer uma prova cabal que gays PERCENTUALMENTE mantem uma atividade sexual mais “liberal”...

  “Fazer sexo sem camisinha é a causa da maioria absoluta de casos de HIV no país: é o motivo apontado pelo Ministério da Saúde para 81,7% das 136.945 infecções pelo vírus em pessoas maiores de 13 anos reportadas entre 2007 e junho de 2016 ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).

Heterossexuais representaram 36,7% dos homens brasileiros contaminados nos primeiros seis meses do ano passado - eram 47,3% em 2007. Homossexuais e bissexuais responderam por 59,5% dos novos casos de janeiro a junho de 2016 - eram 43,8% em 2007”
[BBC]
 

2 -  Para quem vive dizendo que precisamos conhecer História e fica revirando décadas, séculos atrás...

  Vejam essa história bem recente:

 “PREFEITURA DE SÃO PAULO PAGARÁ SALÁRIO MÍNIMO PARA TRAVESTIS ESTUDAREM.”

(Janeiro de 2015, gestão Fernando Haddad)


 Ter uma vantagem a mais pelo simples fato de ser travesti?
  Esse é o Brasil que você quer!?
 
 





sábado, 22 de setembro de 2018

Estelionato Eleitoral

  “É ilógico percorrer os mesmos caminhos e esperar chegar em lugares diferentes.”
[William Robson]


   Todos os candidatos estão falando contra a volta da CPMF, podiam pelo menos ficar em silêncio.

  Sem dúvida essa seria uma ferramenta importante para cobrir o enorme rombo fiscal que já está aí, não é algo para o futuro distante.
  Segundo estimativas "otimistas" estamos falando da conta no vermelho em 120 bilhões para 2019.

  Quando Dilma estava perto de cair eu defendi a volta desse imposto para equilibrar as contas.
  O governo Temer não me ouviu 😄 preferiu aumentar o imposto sobre combustíveis.
  Além de não arrecadar tanto dinheiro quanto a CPMF poderia, gerou problemas que explodiram na greve dos caminhoneiros.

   Sim, precisamos de muitas reformas, precisamos cortar gastos, mas isso leva tempo.

  Quem acredita que a reforma da previdência virá de brinde para o próximo governo com apoio dos deputados e da mídia!?


  Uma “pérola” que escuto muito é:

 👨 “Se o cidadão contribui para a Previdência por 30 anos, quando se aposenta tem direito a receber pelo menos por 30 anos, estão nos roubando!”

  Escuto gente de nível universitário falando isso com uma convicção impressionante.
  Não tem o mínimo de conhecimento da legislação trabalhista, não entende o detalhamento do seu próprio holerite.

  Vamos lá, mais uma vez...

  Se olhar para seu extrato de pagamento verá que são descontados para Previdência 10% do seu salário.
  Se você ganha 1000 reais, paga 100 reais a Previdência. 
 (Simplificando só para facilitar a visualização, escrevo para leigos)

  Se por 30 anos você pagou 100 reais mensais a Previdência que matemática é essa em que a Previdência pode te pagar 1000 reais mensais por 30 anos!?
  De onde sairá os 900 reais restantes!?
  Se você pagou 100 reais por mês tem direito a receber 100 reais por mês, essa é a matemática que o mundo civilizado conhece.

  Se você prometer morrer no máximo em 15 anos a Previdência pode te pagar 200 reais por mês ... 😄

  Imagine a Mídia explicando essas contas básicas a população.



▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Falar em "cortar gastos do Governo” é fácil.


 Mas saiba que isso implica em aumentar a idade minima de aposentadoria dos militares, tirar benefícios do judiciário, equiparar salários e benefícios do funcionalismo publico ao que é pago na iniciativa privada...

 Grandes mudanças passam pelo poder legislativo, são mais de 500 deputados, de certo o próximo Presidente terá que negociar muito para conseguir alguma coesão.

  Grandes mudanças passam pelo poder Judiciário, todos sabemos que a qualidade da nossa corte suprema deixa muito a desejar.

  Grandes mudanças passam pela vontade do nosso povo, todos sabemos que a maioria quer um governo paizão, isso exige um Estado grande e caro.

  POVO BRASILEIRO!

  Todos os candidatos tem esse discurso magico de apertar os cintos do governo, reduzir a máquina.
  Não se iluda, isso é bem mais difícil do que parece.

  Ao ser taxativamente contra a volta da CPMF o próximo presidente, seja quem for, está cavando a própria cova.
  Eu estava contando com uma eleição sem paixão, mas infelizmente caminhamos para o oposto disso ... "dinovo"😟

  Isso quer dizer que a racionalidade ficará em terceiro ou quarto plano, depois das eleições quem ganhar já começa com alto índice de rejeição/oposição.
 O mesmo "caminho" de 2014.

a)  Depois do impeachment de Dilma mesmo a menor pedalada fiscal será alvo de contestação da oposição.
  Até porque é errado mesmo.

b)  Havia alguns recursos represados do PIS e FGTS que ajudaram manter a economia estável, Temer já disponibilizou todos.

c)  Ampliar o imposto sobre combustíveis é impraticável.
  O mesmo serve para outros produtos como cigarro e bebidas que já tem taxação gigante.
  Aumentar mais só estimula o tráfico.

  Se o candidato se posiciona taxativamente contra a CPMF, Reforma da Previdência, diz que vai acabar com os tímidos avanços da reforma trabalhista... depois fica difícil convencer os deputados do contrário.

  


  Mais ainda, se ele foi eleito com discurso contra reforma e assim que assume a Presidência muda ... estelionato eleitoral.
  
  Quem não votou no vencedor fica "pruto da vida" quem votou ... também

    “Não acho que quem ganhar ou quem... Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder.”

   Eu acho que vamos todos "sefoder" 😆😆😆 "dinovo".

    “Se tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teria ouvido verdades que teimo em dizer brincando, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria.”
[Charles Chaplin]


  

.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Verdade Mentira Ilusão


1- “Empresas pioneiras de um esquema conhecido como "máfia na merenda", entre os anos de 1999 e 2000, estão por trás das fraudes descobertas na operação Prato Feito, diz a Polícia Federal.
 O dinheiro era destinado à merenda escolar em municípios dos estados de São Paulo, Paraná, Bahia e Distrito Federal.”
[G1]


  Se você ler essa matéria e outras sobre esse mesmo assunto (em grandes jornais) verá que não associam o nome de Geraldo Alckmin a “Máfia da Merenda”.
  A máfia agiu mais fortemente em prefeituras de São Paulo, o Governador do Estado era Geraldo e citam isso sabe-se lá com qual intenção.
  É apenas um detalhe jornalístico ou uma tentativa de ilação?

  No entanto vejo pessoas dizendo que a prisão de Geraldo por conta dessa ocorrência é questão de tempo.
  Baseado em quais evidências!?

  Será que toda Policia Federal está empenhada em proteger Geraldo Alckmin?

  Será que PT, PMDB, PDT ... estão igualmente empenhados em proteger o ex governador de SP?

 Tantos jornalistas investigativos atrás de furos de reportagem e não encontram nenhuma ligação direta entre Geraldo e a Máfia da Merenda!?

  Que houve uma Mafia da Merenda é verdade.
  Que Geraldo esta envolvido ... com as evidencias que temos, é mentira.
  Que todos os partidos, Policia Federal e Jornalista protegem Geraldo é ilusão.




2  “Em 2008, o jornal norte-americano "The Wall Street Journal" revelou investigações em 11 países contra a Alstom por pagamento de propinas entre 1998 e 2003.
  As suspeitas atingiam obras do Metrô e funcionários públicos.
  Foi neste ano que o Ministério Público de São Paulo entrou no caso, pedindo informações à Suíça e instaurando seu próprio inquérito.

  Também em 2008 um funcionário da Siemens denunciou práticas ilegais no Brasil à sede alemã, dando detalhes do pagamento de propina em projetos do Metrô, CPTM de SP e Metrô DF.
  Em 2013, a Alstom recebeu multa milionária na Suíça e um de seus vice-presidentes acabou preso nos Estados Unidos.

  No Brasil, a Siemens decidiu então fazer a denúncia ao Cade delatando a existência do cartel.
  Em dezembro, a ação chegou ao Supremo Tribunal Federal.
  A investigação se ampliou e mostrou que o esquema poderia ser bem mais amplo do que se imaginava.

  Em 2014, o Cade ampliou o processo e passou a investigar licitações (de 1998 a 2013) em mais locais, além São Paulo e Distrito Federal.
  Entraram também nas apurações Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.”


  Para esse tipo de esquema funcionar é imprescindível a participação de funcionários  públicos, no entanto temos ciência que a maquina publica é bem grande não dá para o Prefeito, Governador, Presidente controlar tudo e todos.
 Por isso temos órgãos fiscalizadores paralelos ... que também são servidores públicos.
 Nossa Policia Federal e Ministério Publico tem um certo prestigio entre a população, eu considero merecido.
 Perfeita  nenhuma instituição é, se pesquisarmos ações desastradas da PF e MP não será difícil encontrar absurdos.
  Mas no geral observamos que os caras tem uma grande capacidade de investigação, a prova disso é que esquemas escabrosos vieram a tona por ações dessas instituições.
  As punições estão ocorrendo.

  Vejam o caso do Sergio Cabral (Ex Governador do Rio de Janeiro), o cidadão já esta preso há tempos por esquemas descobertos em sua gestão onde ficou comprovada a participação direta dele e recebimento de benefícios.

  De certo, no Brasil inteiro, todas as denuncias graves feitas contra Governadores acabam provocando o MP e PF.
  Fico me perguntando que super poderes a nível nacional teria Geraldo Alckmin para não ser devidamente investigado no caso Alstom/Siemens!?

  Notem que o caso veio a publico em 2008 com o auge das investigações em 2015.
  Em teoria a Policia Federal é um órgão independente, mas ligado ao Ministério da Justiça.
  Essas investigações ocorreram no Governo Lula e Dilma.
  Até agora não foi encontrado, triplex, sitio, iate, joias, obras de arte, enriquecimento ilícito no que diz respeito a Geraldo Alckmin.
  Lula e Sérgio Cabral estão presos por ação do MP e PF.

  Vejam o caso da Dilma, ela não esta presa embora no seu Governo os mais escandalosos esquemas de corrupção tenham vindo a tona.
  MP e PF investigaram a fundo e não encontraram participação direta dela nos esquemas, nem recebimento indevido de algum beneficio, no nome dela ou de laranjas.
  Dilma não esta em vias de ser presa, muito pelo contrario, teve seus direitos políticos preservados e concorre legalmente para ser senadora por Minas Gerais.
  Ela foi cassada juridicamente pela inegável Pedalada Fiscal e politicamente por não ter mais condições de "governabilidade".
  Por quê  tiramos Dilma?

  



3 “O que o PT fez do ponto de vista eleitoral é que é feito no Brasil sistematicamente.”

Lula disse isso em 2005 quando veio à tona o caso Mensalão.

 Mensalão.
  Assim ficou conhecido e popularizado o esquema de compra de votos de parlamentares, deflagrado no primeiro mandato do governo de Luís Inácio Lula da Silva.
 Já havia rumores desta “venda” de votos por parte de deputados, mas nada fora comprovado.
  Esse esquema foi escancarado pelo então deputado federal Roberto Jefferson (PTB – RJ), em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, no início de junho de 2005.
  Roberto Jefferson era acusado de envolvimento em processos de licitações fraudulentas, praticadas por funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), ligados ao PTB, partido do qual ele era presidente.
  Segundo Jefferson, deputados da base aliada do PT recebiam uma “mesada” de R$ 30 mil para votarem segundo as orientações do governo.
  Estes parlamentares, os “mensaleiros”, seriam do PL (Partido Liberal), PP (Partido Progressista), PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) e do próprio PTB (Partido Trabalhista Brasileiro).
  Um núcleo seria responsável pela compra dos votos e também pelo suborno por meio de cargos em empresas públicas.
   José Dirceu, Ministro da Casa Civil na época, foi apontado como o chefe do esquema.
   Delúbio Soares, tesoureiro do PT, era quem efetuava o pagamento aos “mensaleiros”.
   Com o dinheiro em mãos, o grupo também teria saldado dívidas do PT e gastos com as campanhas eleitorais.
  Marcos Valério Fernandes de Souza, publicitário e dono das agências que mais detinham contrato de trabalho com órgãos do governo, seria o operador do Mensalão.
  Valério arrecadava o dinheiro junto a empresas estatais e privadas e em bancos, através de empréstimos que nunca foram pagos.   
  Fernanda Karina Somaggio, ex-secretária do publicitário, foi uma das testemunhas que confirmou o esquema, apelidado de “valerioduto”.

  Vemos que o Mensalão foi muito alem de caixa 2 para campanha eleitoral.
  Foi um esquema de enriquecimento ilícito para varias pessoas.

  O ponto aqui é que o esquema foi amplamente divulgado e comprovado.
  Do Oiapoque ao Chui só aquele brasileiro muito alienado não tomou conhecimento do ocorrido.
  E o que aconteceu nas eleições de 2006?
  Lula foi eleito com 60,83% dos votos.
  Venceu em 19 Estados e no Distrito Federal.
  Claro que para ele ser eleito teve votação expressiva também no Sul e Sudeste, apenas Norte e Nordeste não o elegeriam por ser regiões com menos eleitores. 
  Mas não foi só Lula que se reelegeu, todo o Congresso teve baixa renovação.

  Fica claro que o povo brasileiro em geral não viu problema no uso de caixa 2 em campanhas, nem no desvio de dinheiro das estatais e muito menos na "bonificação" a deputados.

  Se não fosse o "ponto fora da curva" Joaquim Barbosa o Mensalão seria só "folclore".

  Se o eleitor não viu problema em nada disso porque os políticos de outros partidos devem ser crucificados por fazer o que a população aprovou nas urnas!?

  Agora o povo posa de inocente, traído, guardião da ética e da moralidade! 

  O que aconteceu é que o PT foi ampliando créditos, usou o dinheiro do BNDES para alavancar empresas amigas, foi inchando a maquina publica com comissionados, aumentando os salários do funcionalismo... 
  
  Segundo dados, servidor público ganha 67% a mais que o privado no Brasil.
  O Governo Federal paga salários ainda mais substanciosos: os militares brasileiros, por exemplo, recebem em média mais do que o dobro pago pelo setor privado (55 mil reais por ano), e os servidores federais civis ganham até cinco vezes mais que os trabalhadores do setor privado (130 mil reais por ano).
 O Banco Mundial ainda constatou que a massa salarial também está elevada em comparação a outros países.
  Ela subiu de 11,5% do PIB (em 2006) para 13,1% do PIB (em 2015), superando até mesmo países como França e Portugal – que já chegaram a registrar massas salariais superiores às do Brasil.

  Fica claro que o eleitor foi comprado com seu próprio dinheiro.
 Com a economia aparentemente super aquecida e todo mundo "se dando bem" ... viva o grande Lula, viva o PT.
  Vamos festejar ainda mais com Olimpíadas e Copa do Mundo, Brasil potencia!

  E pessoas iguais eu que falavam sobre o deficit fiscal crescente? 
  Gente chata, recalcada, que se recusa a reconhecer que o Brasil caminha a passos rápidos para ser "primeiríssimo mundo".

  Dizem que quem ri por ultimo ri melhor ... no meu caso ... não tem como rir.
  Eu estava certo e daí?
  A economia foi pro buraco e a quantidade de presidenciáveis "esquerdistas" mostra que nós "culturalmente" ainda não aprendemos a lição.
  Socialismo é um fracasso, um canto de sereia que sempre nos arrasta para a morte econômica.
  Por isso defendo anistia ao caixa 2, não dá para imputar só a políticos a culpa que é "de todos" (da maioria dos eleitores/povo).

  
 Adquiram conhecimento:


Lúcio Funaro operador do PMDB


Renato Duque operador do PT


(Marina Silva esteve no PT até 2009, o Mensalão não foi problema para ela)

Cláudio Genu operador do PP


(Bolsonaro ficou no PP por 11 anos, não sabia de nada)

Paulo Vieira de Souza operador do PSDB


Ciro “Sardinha” Gomes



  4 Rodoanel:
  “São quatro trechos construídos ao longo das gestões Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin: oeste, sul e leste, já entregues, e norte, ainda em obras, com previsão de conclusão em 2019.
  É a obra viária mais cara do Brasil.
  Seu custo final deve ficar em torno de R$ 26 bilhões, um valor 163% maior do que o previsto em 1998, quando o primeiro edital foi lançado, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.”

  De 1998 até 2017 a inflação acumulada foi em média 200%.
  Ler que a obra ficou mais cara em 163% a principio choca, dá uma grande manchete, mas se olhamos para o Índice de inflação no período ... esta razoável. 

  "Nenhuma das duas denúncias criminais apresentadas até aqui pelo Ministério Público Federal em São Paulo envolve os governadores que comandavam as obras do Rodoanel.
  Mas seus nomes aparecem nas delações premiadas da Odebrecht, maior construtora do Brasil, que também tinha contratos no megaprojeto viário.
  Serra, senador com foro privilegiado, é alvo de um inquérito que está sob a guarda do Supremo.
  Um dos delatores da Odebrecht afirma ter pago R$ 23 milhões para a campanha presidencial do tucano em 2010 em troca de obter auxílio em obras, entre outros valores repassados.
  Aloysio também é alvo de procedimentos. Ele e Serra negam ilegalidades.
  Os depoimentos dos executivos da empreiteira também atingiram Alckmin.
   Ele é suspeito de ter recebido R$ 10 milhões da construtora, por meio de seu cunhado, para as campanhas de 2010 e 2014.
  Seu caso estava no Superior Tribunal de Justiça, responsável por suspeitas envolvendo governadores, até o início de 2018."


   Uma coisa que não dá para negar (e não vejo nas matérias jornalisticas) é que as construtoras ... construíam.
  Aqui em Campinas temos varias obras das grandes construtoras e funcionam bem, são interessantes obras de engenharia, demonstra uma grande capacidade técnica de nós brasileiros em fazer grandes estruturas.

  Recentemente caiu uma ponte na Itália, essas coisa acontecem, claro que as causas devem ser investigadas até para que sirva de experiencia para outras construções.
  Evidente que se houve negligencia técnica os responsáveis devem ser punidos.
  Mas temos que entender que cada obra é unica, não dá para garantir que tudo saia sempre perfeito.
  Italianos são grandes engenheiros e brasileiros também.

  Quero dizer que lendo matérias onde falam de favorecimento a certas empresas fica parecendo que tínhamos muitas outras empresas com capacidade de tocar projetos enormes e NÃO TEMOS.
  Há empresas estrangeiras tão boas ou melhores que as nossas, mas nosso povo em geral detesta empresas estrangeiras construindo em nosso país.

  Mas para não me alongar mais ainda...
  O candidato tinha duas opções.
  Fazer campanha apenas com recursos oficiais e ficar em grande desvantagem.
  Ou usar recursos do caixa 2 do partido (coisa permitida pela maioria dos eleitores) e tentar igualar as coisas pelo menos no quesito financeiro.

  Então é aconselhável separar o candidato que fez uso do caixa 2 exclusivamente para campanha eleitoral dos indivíduos (políticos ou não) que enriqueceram ilicitamente recebendo "propina" seja em dinheiro ou bens, em seu nome ou no evidente uso de "laranjas".


  Se nós enquanto povo daqui para frente não vamos tolerar nem caixa 2 ... muito bom, é uma evolução cultural muito bem-vinda.


   Demonizar quem fez uso desse expediente enquanto nos vestimos de santos eleitores ... é uma fuga muito grande da realidade com péssimas consequências eleitorais.
  Quem não reconhece que errou tende a repetir o mesmo erro.

  Que grandes construtoras desenvolveram uma relação “mafiosa” com governos municipais, estaduais e federal dos principais partidos, é verdade.

  Que há algum político “conhecido” (já exerceu mandato) que nunca se beneficiou de nenhuma maneira do esquema de caixa 2, é mentira.


  Que o povo brasileiro como um todo é inocente das relações promiscuas entre empresas e governos que foram amplificadas principalmente a partir de 2003, é ilusão.




 “Delator diz que ‘Santo’ em anotação de propina na Mogi-Dutra não era Alckmin
  Celso da Fonseca Rodrigues, ex-diretor de contratos da Odebrecht em São Paulo, esclareceu à força-tarefa da Lava Jato que codinome se refere a um ex-superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem.”

https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/delator-diz-que-santo-em-anotacao-de-propina-na-mogi-dutra-nao-era-alckmin/





.