sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Delegacia da Mulher

   "Eu questiono até a lei Maria da Penha, as mulheres não são minoria, sua condição não causa alguma debilidade mental ou física".

  Não entendo porque mantemos delegacias especializadas para o atendimento as mulheres.
  O único crime que elas estão mais sujeitas que o homem é o de estupro, não vejo porque criar toda uma estrutura física para tratar exclusivamente de estupros.
  Este poderia ser um departamento dentro das delegacias gerais já existentes.
  Eu até digo as pessoas que esta cada vez mais difícil ser um cidadão hétero e honesto, não sei porque homens héteros estão desenvolvendo este complexo de culpa com relação ao restante dos indivíduos como se fossemos a escoria da sociedade ou devêssemos "historicamente" algo a eles [supostas minorias], vamos para este plano de pensamento.


1) A mulher é o sexo frágil?
  Hoje tudo é apertar botão, uma mulher consegue dirigir uma poderosa carreta sem muito esforço.
  Qualquer garota com 10 anos se ensinada consegue atirar com um revolver.


2) A mulher é burra? Menos inteligente que o homem?
  O homem estatisticamente parece ter uma mente mais matemática, mais cientifica, mas a inteligência é bem mais abrangente que isso, não se limita a capacidade de fazer cálculos, para isto temos poderosos computadores.


3) A mulher tem debilidade física?
  Em programas como "No Limite" fica claro que o corpo da mulher em muitas coisas é até mais resistente que do homem.



  Tá, todo mundo deve estar pensando na violência doméstica.
  Já conversei com muita gente, não encontrei nenhuma mulher que sofresse violência no casamento que já não sofresse violência no namoro a não ser no caso daqueles casais que se casaram em menos de 4 meses como se o mundo fosse acabar a semana que vem e neste caso não dá para dizer que a mulher não foi conivente com a falta de juízo do homem.
  Como diria Nelson Rodrigues, muitas mulheres gostam de apanhar, não se trata de debilidade física ou mental, é um prazer para elas.["não escolhemos o que sentir"]


  Elas se apaixonam por caras que gostam de bater, não entendo porque a sociedade deve manter delegacias para atender prazeres particulares!!!


  Como no caso dos drogados que ás vezes percebem que o vicio esta sendo altamente destrutivo, chega uma hora que o prazer não esta compensando a dor, a violência fica alem do que a mulher esta disposta a suportar e ela quer dar um basta...tudo bem!
  A agressão física é prevista em nosso código penal e protege preto, branco, índio, gay, idoso, estrangeiro e vocês podem não acreditar, mas protegem mulheres também.


  Eu entendo que as mulheres são maioria, pagam impostos e puxam a sardinha para seu lado querendo benefícios especiais como delegacias exclusivas.

  

  Por isso este texto não é direcionado ao homem ou a mulher, mas a você SOCIEDADE com indivíduos de ambos os sexos, de todas religiões e bandeiras ideológicas.
  Há homens masoquistas, mas eles são uma parcela menor da população de homens, o mesmo acontece com as mulheres, poucas gostam ou admitem ser espancadas.


  Logo, a maior parte da sociedade não é MASOQUISTA.


  Nós cidadãos mantemos com o dinheiro dos impostos uma estrutura policial para atender apenas mulheres masoquistas, nem o cidadão homem masoquista é atendido, é uma aberração lógica.
  Se a mulher se sente melhor sendo atendida por mulheres...tudo bem!


  Podemos manter ao menos uma delegada em cada delegacia, mas gastarmos dinheiro com uma estrutura física exclusiva para masoquistas mulheres é uma agressão ao bom senso.


     Época: Você considera a sociedade brasileira hoje machista?

  Letícia Lima : "Com certeza. Mas a diferença hoje é que o espaço para qualquer mulher existe de verdade. E, infelizmente, criticar o machismo da sociedade ainda parece ser a melhor desculpa para várias delas."

* O vídeo foi tirado do ar, mas a entrevista ilustra bem este texto. Certas coisas são proibidas de ser ditas por irem contra a unanimidade Freudiana, lamentável...

http://feminismo.org.br/amanda-a-nova-e-polemica-amelia/







anterior                       <>                                próximo

domingo, 22 de janeiro de 2012

Grande Mal

  "Há pessoas más que seriam menos perigosas se não tivessem nenhuma bondade."
   [Rochefoucauld]

  As pessoas nem se dão conta, não entendo a capacidade de serem generosas com alguns ao mesmo tempo que são sovinas com outros em situações muito semelhantes.
  Até com filhos é assim, nestas famílias numerosas o pai ou a mãe são tão tolerantes com um filho, são até meio bobos, enquanto com outros são mais rigorosos.
  Na Empresa uma funcionaria pode achar o chefe maravilhoso porque ele realmente é muito legal com ela [não estou falando de relacionamento amoroso ou sexual] enquanto que para a maioria é um cara desagradável.
  Isso pode até criar um ambiente hostil para funcionaria, qualquer promoção que ela consiga, mesmo que seja por mérito, sempre será colocado em duvida sua competência. 

  Se ela não for competente e simplesmente receber a promoção por ser simpática ao chefe aí que o ambiente fica carregado com inúmeras fofocas e sabotagem.
  Já escrevi aqui o quanto a generosidade, a caridade usada sem sabedoria pode ser maléfica para o mundo.




  Lembrei agora de uma bondade histórica realizada por Mao Tse Tung:
  Preocupado em aumentar a oferta de alimentos para o povo da China, Mao teve uma daquelas idéias "geniais", uma formula magica para o sucesso.
  De posse de alguns estudos [pouca ciência] chegou a conclusão que cada pardal consumia até 4 quilos de grãos por ano.
  Oras, para aumentar a produção de grãos um jeito muito fácil e eficiente seria matar pardais, estes ratos do ar.


 
E assim toda população foi convocada pelo Pai da nação a matar pardais.


 
Crianças devidamente armadas de estilingues mataram milhões de pardais.
  Olha que "matemática linda", beleza de raciocínio lógico:
  Cada milhão de pássaros mortos significam 4 milhões de quilos de grãos na mesa do trabalhador. Grande Mao!
  É, faltou o Pai Mao combinar isto com os companheiros gafanhotos
  Pardais comem grãos, mas seu prato principal são insetos, entre eles gafanhotos.
  Quanto menos pássaros, mais, muito mais gafanhotos.
  Os chineses descobriram que os gafanhotos destroem muito mais a plantação que os pardais.
  Como fechamos esta equação?
  Esta foi a primeira das formulas magicas que ao final do governo de Mao matou mais de 30 milhões de chineses de fome, fechamos a equação com milhões de cadáveres.


  Viver é perigoso, a boa intenção é perigosa, a bondade é uma besta fera que precisa ser guiada pela inteligência, pelo bom senso e CONHECIMENTO.


  A caridade sem bom senso é parecida com a bondade de Mao, meus irmãozinhos chineses diriam: "Grande mal!"









anterior                       <>                                próximo

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Viver da própria Luz

"Ouvi dizer que são milagres noites com Sol."

[Flávio Venturini / Ronaldo Bastos]


  Me disseram também que noites com Sol só acontecem se for por milagre.
  Alguns anos atrás, cansado, muito cansado, deitei na minha cama e olhando pela janela vi uma lua cheia maravilhosa e estava de bom tamanho, se fosse me tirado a Lua ainda havia as estrelas e também estava de bom tamanho, se o céu ficasse encoberto ainda assim teria a luz artificial trazida pela eletricidade estaria de bom tamanho, mas e se até esta luz me faltasse?
  Oras eu ainda estaria ali, meu coração continuaria a bater, meu corpo permaneceria quente, por que há uma luz dentro de mim.


  Em algumas regiões da Terra o Sol não se põe por 45 dias em outras ele não se põe por incríveis 100 dias, isso acontece naturalmente não depende de um milagre.


  Quero dizer que se um milagre acontecer tudo fica bem mais fácil, mas como aqueles cientistas malucos que testam neles mesmos uma nova invenção, uma nova teoria, eu me dispus a fazer esta experiência de não esperar nem pedir por milagres, se eles acontecessem claro que aceitaria de bom grado, mas não iria mais atrás disto, queria ver se era possível viver de minha própria luz.




  O que havia me arrasado de manhã foi receber uma intimação judicial de uma
ex-funcionaria que estava me processando, foi a gota d’agua para uma série de problemas que eu já vinha enfrentando.
  Em dias quentes se possível eu tomo vários banhos, não gosto de sentir minha pele engordurada, mesmo a comida que eu ingiro não pode estar muito gordurosa, não gosto de sentir minha boca oleosa, engordurada.
  Digo isto porque na Igreja haviam me "dado" [eu contribui com algum dinheiro] um vidrinho com óleo ungido que deveria ser passado em partes do meu corpo, principalmente na testa, eu fiz como me disseram afinal estava sempre atrás de um milagre, uma luz que viesse de fora. 

  Este desconforto do óleo já vinha a cerca de 1 mês.
  Quando li a intimação estava dentro do carro, eram tantos compromissos que eu levava a correspondência para o porta luvas e lia no tempo que sobrasse, quando vi do que se tratava...meu coração quase parou, lá no campo do valor pretendido R$18.000,00.
  Meu coração começou a bater muito de vagar, mas como ele se recusava a parar ato continuo eu peguei um lenço de papel e comecei a limpar toda aquela desconfortável gordura em meu corpo, peguei aquele vidrinho com óleo ungido e joguei pela janela do carro.
  Naquela noite olhando pela janela eu decidi viver sem Deus, não, para um cara que já viu tudo que eu vi ser ateu é impossível, não estou negando a existência de Deus ou espíritos até porque a seqüência de coisas desagradáveis que aconteciam em minha vida desafiava toda e qualquer probabilidade.
  Como disse no inicio do texto, apenas estava cansado, muito cansado e repassando minha vida percebi que embora eu não seja muito inteligente e minha memória deixe muito a desejar, foi meu bom senso, minha luz interior a única coisa que sempre pude contar.


  Até então eu colocava minha Fé acima de tudo, naquela noite eu decidi colocar meu bom senso acima de tudo, a primeira coisa a fazer era parar com tantas orações, claramente elas não estavam me servindo para nada, era um terrível desperdício de tempo.


  Não foi fácil, por toda minha vida nunca dormi sem orar ao menos um Pai Nosso, mais ou menos por um mês sem perceber me pegava orando.
  Claro que tudo piorou, as coisas desagradáveis continuaram acontecendo e eu não tinha nenhuma muleta para me escorar, não tinha mais aquela oração onde eu conversava com Deus e saía confiante que tudo iria melhorar.
  Como meu coração não parava ato continuo eu pensava em tudo que podia dar errado em qualquer circunstancia e planejava um plano de contingência B e até C.   

  Isto tomava tempo, mas com o fim das orações e leituras bíblicas o tempo começou até a sobrar. 
  A ida a Igreja foi substituída por mais caminhadas e exercícios, buscar a melhor resposta para tudo se tornou uma obsessão.
  Sabem, 2011 foi um ótimo ano.
  Evidente que seria leviano de minha parte recomendar isto a qualquer pessoa, afinal foi a experiência desesperada
de um cientista [Filosofo fica mais apropriado] tido como maluco.


  "Aparentemente" viver sem Deus é possível, ou pelo menos viver sem ficar implorando por auxilio, ficar implorando por migalhas.


  Um colega me perguntou: "E se você perder tudo que tem?"
  Oras, isto irá acontecer fatalmente com todos nós, um dia uma grave doença irá nos alcançar e perderemos tudo que temos, até as forças, independente de nossa Fé "No final tudo desmorona."
  O importante é entendermos que não dependemos de Deus para tudo, ele mantendo nosso planeta em segurança e habitável no resto nós podemos ser nossa própria luz.
  Hã? Se 2012 for um péssimo ano eu voltarei as orações?
  Minhas conversas com meus amigos mortos se intensificaram bastante neste período, sem poder conversar com Jesus eu tinha que falar com alguém e com meus amigos pensadores nunca falta assunto. 

  Saul preferiu o suicídio, talvez eu faça isto um dia, mas não hoje.
  Meu amigo Sócrates sempre teve o daemon falando com ele e quando este silenciou, Sócrates entendeu que era hora de morrer.
  Então sobre voltar a orar um dos meu amigos pensadores me provocou muito.
Sobre isto Einstein disse: 


  "A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original."

  Eu permaneci orando a maior parte da minha vida e minha vida nunca foi satisfatória, agora minha mente se abriu para como o Sol eu viver da própria luz e minha vida esta satisfatória.
  Hoje a noite quando eu olhar pela janela, mesmo que esteja escuro lá fora eu posso ver o Sol dentro de mim mesmo, é uma sensação muito boa, um dia tudo irá desmoronar, mas enquanto meu coração insistir em bater o bom senso irá prevalecer.


  Cada um deve procurar o melhor jeito de viver, eu penso que encontrei o meu, viver da própria luz.






Posso entender o que diz a rosa

Ao rouxinol

Peço um amor que me conceda


anterior                       <>                                próximo

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Aceitar Violações

   "Quando se trata de religião aceitamos violações à física e à lógica.
  Por quê?"
 [Hélio Schwartsman - Folha]

  Porque como observou meu amigo William Shakespeare e tantas outras mentes brilhantes, a vida viola as leis da física e da lógica, a resposta pode não estar na religião, mas também não é lógico excluir a religião da resposta.
  Uma melhor resposta raramente é trazida por quem tem certezas, a maior probabilidade é sempre que a traga os duvidosos e as duvidas não terminam nunca.


  Eu não tenho pudor em duvidar da soberania dos deuses porque confiaria cegamente na certeza dos Homens?


  A vida viola a física e a lógica. Eu poderia dar muitos exemplos aqui físicos e sociológicos, mas quero algo mais provocador, quero ver gênios indignados com minha ignorância.
  A teoria mais aceita para o inicio de nosso Universo como o observamos, é que houve uma grande explosão, o famoso Big Bang.
  Para muitas pessoas esta teoria explica quase tudo, mas como sou excepcionalmente burro esta teoria do Big Bang não me explica quase nada.
  Na escola eu fingia que entendia para tirar nota boa na prova, escrevia o que o professor esperava que eu escrevesse.


============================
  Brincando com aquelas bombinhas de São João sempre que eu explodia alguma coisa tudo era lançado para longe aparentemente na mesma velocidade. 
  Com a ação da pressão atmosférica e o atrito com o ar alem da força da gravidade o objeto perdia força e caía em uma curva descendente.
  Consigo entender que em um ambiente de vácuo, sem que o menor atrito estivesse presente, estes objetos lançados jamais cairiam, continuariam com a mesma velocidade inicial rumo ao infinito ou até o fim do Universo.
  Claro que nunca dispus de instrumentos de precisão como uma super câmera lenta, mas nas explosões nunca observei um objeto menor alcançar outro maior e ficar girando a sua volta, mantendo uma orbita.


  Imagine uma grande explosão em sua casa, contrariando todas as leis da física e da coerência lógica a panela alcança a geladeira e passa a ser satélite dela!!!!


  Isto é que os cientistas dizem que ocorreu no Big Bang.
  O que eu escrevi agora é uma aberração, mas é para você que não se interessa por Física possa entender a essência do pensamento.
  Houve uma explosão a Terra e a Lua foram lançadas a uma mesma velocidade, no mesmo ambiente e espantosamente em dado momento a Lua alcançou a Terra e começou a girar em torno dela.
  Se estamos falando de uma explosão, tudo é lançado do interior para o exterior, do centro para fora, Lua e Terra manteriam a mesma distancia, uma nunca alcançaria a outra linearmente e angularmente ficariam cada vez mais distantes, abrindo o circulo.
  Quando a Lua mantém uma orbita sobre a Terra em dado momento ela vem na direção contraria a força original que a expeliu!!
  Quero dizer que a Lua ao circular a Terra vai contra tudo que entendemos que possa ocorrer em uma explosão.
  Meditem sobre isto, depois eu continuo...


  I’ll be back!


anterior                       <>                                próximo

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Sexo Vegetariano

  "Porque eu sou vegetariano?
  Porque não aceito a morte de nenhum animal para minha sobrevivência."  
[Post no Facebook]

  Porque não sou vegetariano?
  Biblicamente porque até Deus ACEITAVA sacrifício de animais como ovelhas. 

  O homem come carne desde o tempo das cavernas, como observamos em desenhos deixados por nossos antepassados.
  Isto sugere que carne faz parte da nossa alimentação, fomos feitos para comer carne "também".
  Um leão que comesse só vegetais fatalmente deixaria de ser leão com suas características e habilidades e geneticamente com o passar das gerações esta espécie desapareceria tal qual a conhecemos.


  
  Deixar de comer carne é ir contra o desígnio de Deus para os religiosos, e ir contra nossa constituição genética para os não religiosos.

Podemos dizer que é ilógico, não faz sentido.

  Eu ainda não encontrei um humano que não gostasse do sabor da carne, o indivíduo não come por questões ideológicas.
  Interessante que também ainda não encontrei quem não goste de batatas ou bananas...seria uma pesquisa interessante.



  Já ouvi falar de homens que fizeram um furo na melancia e praticaram sexo com ela, e mulheres que se deliciaram com um grosso pepino, um sexo vegetariano. 
😆

  Mas para fins de procriação "comer uma mulher" seria mais indicado [detesto esta expressão, foi só para aproveitar o trocadilho], se deliciar com uma carne quente e latejante deve ser mais interessante que o frio pepino.
  Se alimentar de vegetais é recomendável, indispensável, mas comer carne também é recomendável e indispensável para uma alimentação mais equilibrada e compatível com nossa constituição orgânica.
  Eu acredito que com a descoberta do fogo e o cozimento assim como técnicas de conservação permitiram que o consumo de carne pelos Sapiens aumentasse bastante, muito da nossa inteligência devemos ao consumo de carne, proteína fácil de ser conseguida e de boa qualidade, mas fica para um outro dia, no mês de Janeiro até meados de Fevereiro o Blog ficará em banho maria...


 
Comer carne ou qualquer outra coisa sem exageros é lógico, tratar animais com maior respeito a vida evitando sofrimento desnecessário e até garantindo algum conforto é inteligente, muito civilizado.

  
  Radicalmente cortar carne de nossa alimentação por motivos ideológicos...acredito que meu amigo Sócrates diria: Para sermos livres pensadores não devemos ser radicais.

  Se alguém não gosta do sabor da carne é aceitável que não coma, mas se gosta e não come por ideologia esta preso a um dogma pouco eficiente que só trará resultados insatisfatórios.


  Seria mais eficiente lutar pela melhoria nas condições de abate e consumo com moderação.






anterior                       <>                                próximo

domingo, 1 de janeiro de 2012

Senhor do Movimento

 "É o que as pessoas dizem que o tempo muda tudo.
  Não é verdade.
  Fazer coisas é o que muda algo.
  Não fazer nada, deixa as coisas do jeito que eram."
  [House]

  Certa vez eu tive um debate antológico com um indivíduo no GD Terra sobre movimento.
  Como os debates nos fóruns ficam muito fracionados transcreve-lo aqui para o Blog ficaria sem nexo.

  Tudo no Universo conhecido esta em movimento.
  O debatedor defendia a existência do tempo e que ele, o tempo, era o agente de mudança das coisas.
  Eu defendia e defendo que o tempo [pelo menos nesta dimensão] não existe, não sei se existe em outras e nem se há outras dimensões, só sei que nada sei...


  O tempo aqui no nosso mundo é uma convenção, não existe de fato.


 
O tempo é uma abstração humana como o metro ou o litro.
  O metro usamos para medir o comprimento. O litro usamos para medir volume. O tempo usamos para medir o MOVIMENTO.
  Até onde sei, até onde consegui chegar no Abismo, não é possível parar o movimento. 

  Teorizamos que se esfriarmos qualquer coisa a -273,15 °C conseguimos cessar todo e qualquer movimento, o famoso zero absoluto, mas como nunca conseguimos atingir esta temperatura então por hora é impossível pararmos o movimento.
  Será que se chegarmos a essa temperatura realmente o movimento para?
  Desta forma tenho que discordar do House embora entenda que seu pensamento se aplique a maioria das situações.


==========================
  Mesmo que não façamos nada as coisa mudam, não tem a ver com o tempo que como eu disse não existe, tem a ver com o movimento.
 
Daqui 1 ano estarei com o corpo mais degastado não por causa dos 365 dias e 365 noites. 

  O ano é uma medida convencionada do movimento que a Terra faz contornando totalmente o Sol, ao completar este percurso ela terá se movimentado [girado] 365 vezes em torno de seu próprio eixo, cientificamente a passagem de um ano não tem como danificar meu corpo.
  O que desgasta meu corpo, me envelhece, é o movimento em minhas células que ao produzirem energia acontece de alguns elétrons "escaparem", ficarem desemparelhados. 

  Como física quântica é muito complicada pense em uma explosão nuclear onde uma partícula solta vai atingindo outras como um carro desgovernado, provocando estrago por onde passa.
  Acontece até algo interessante, por vezes temos que agir para que as coisa não mudem muito rapidamente. 

  Se os radicais livres surgem da produção de energia nas células, comendo menos, produzimos menos radicais e envelhecemos menos rapidamente, uma vez que não dá para parar de comer, pois morreríamos por falta de energia.
  Você que chegou a esta Filosofia Matemática por acaso não deve estar entendendo nada, deixa eu ilustrar com um exemplo, ligue a tela gigante de sua mente, pense em 3D.


  
Imagine uma rua no meio de uma floresta, uma rua ligando nada a lugar nenhum, inacessível.
  Você coloca ali um asfalto de excelente qualidade, vai embora e se voltar depois de alguns anos verá que está tudo destruído, ocupado pela mata.
  Não houve ação do tempo porque o tempo não existe.
 Acontece que o asfalto é feito de átomos e seus elétrons estão em constante movimento.

  Calor de dia, frio a noite fazem o asfalto dilatar e contrair.

  Toda região da Terra treme, em alguns lugares são imperceptíveis para nós, mas toda esta movimentação vai criando trincas no asfalto onde pequenas sementes caem e vão criando seu espaço empurrando o asfalto.
  Mesmo você não fazendo absolutamente nada, aquele trecho de asfalto está em constante "mudança".

  Você pode agir de forma a conserva-lo por mais tempo preenchendo as trincas, podando a mata em volta...você está agindo para que as coisas não mudem, pelo menos tão rapidamente.

 
Claro que você também pode agir de maneira a aumentar o trecho asfaltado.


  Portanto senhoras e senhores, mesmo que não façamos nada a vida esta em constante movimento, em constante mudança.


  Tudo muda um pouquinho a cada dia, até a posição de nosso planeta no espaço.
  Quando você se decidir movimentar, decidir agir, busque a forma mais eficiente, se tudo sempre muda, que tal tentarmos que mude a nosso favor?
  Tire uma foto hoje, compare com uma de dez anos atrás e veja como sua aparência mudou.
  Se há 10 anos atrás você tinha mais de 18 anos, deve estar próximo dos 30 ou já ter passado. 

  Depois dos 30 a produção de radicais livres é muito acelerada, nosso corpo já não tem a mesma capacidade para anular seus efeitos.
  Mesmo que você não faça nada, em 2022, provavelmente terá saudades da aparência e disposição física que tem hoje porque inevitavelmente as coisas mudam independente de nossa vontade.
  Se ainda não começou, comece agora mesmo a AJUSTAR SEUS PENSAMENTOS.
  Cabe a você emparelhar estes elétrons do que gosta de fazer e do que precisa fazer, para conseguir isto tem que se conhecer muito bem e não tem nada melhor que Filosofar para conseguir este auto conhecimento.
  Como o daemon de Sócrates não tenho como dizer o que deve fazer, mas posso dizer o que não deve fazer.


  Não pode se deixar ser tragado nem pelas obrigações nem pelos prazeres, esta em suas mãos buscar este equilíbrio entre planejar o futuro e viver o momento.


  Não, não pense mais no tempo, ele não existe, controle o Movimento.
  Suas atitudes, seu agir irão definir as coisa ruins ou boas que farão mais parte de sua vida nos próximos 10 anos, espero que realmente saiba o que esta fazendo, defenda as ideologias certas, veja se elas resistem a outros argumentos, por que o movimento não para.
  Daqui há 10 anos [ou hoje mesmo] quando se olhar no espelho verá fisicamente a ação dos radicais livres, neste momento esqueça o entorno, olhe no fundo de seus olhos, veja sua alma refletida no mundo dos pensamentos e entenda que na vida para sermos livres não podemos ser radicais...
  Um feliz, um maravilhoso próximos 10 anos, se um de nós ou os dois não estivermos mais aqui... "alem do horizonte deve ter um lugar bonito para vivermos em paz, o paraíso, o paraíso começa, é só começar um sorriso".


Um forte abraço e tudo de bom!







Quem sabe um coração me dirá







  👨 “Tempo e espaço não existem, são padrões criados pelo homem no sentido de se orientar, mas não tem existência em si mesmos!”

[Comentarista no Face]          
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Espaço existe em nossa dimensão.
  Se algo está há “dez metros” de distancia ... está há dez metros de distância.
 A unidade de medida metro é uma convenção humana, mas o espaço entre dois corpos é perceptível.
  Eu posso me aproximar do objeto ou me afastar alterando o “espaço” (distancia).
.
  Com o tempo é diferente, não podemos altera-lo.
  Você não consegue mover o objeto para o passado ou para o futuro, ele sempre está no “tempo presente”.
.
 (Isso é complexo eu sei, é preciso ter uma razoável capacidade de pensamento abstrato e conhecimento de Física)

O tempo “não existe” em nossa dimensão.
(Não conseguimos interagir com ele)
 Interagimos com 3 dimensões:
 Altura, profundidade e comprimento.