sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Delegacia da Mulher

   Não entendo porque mantemos delegacias especializadas para o atendimento as mulheres ... "no caso de prédios inteiros exclusivos".

“Alckmin entregou oficialmente as novas instalações da 1ª DDM de Campinas.
  Localizado na Avenida Doutor Antônio Carlos Salles Junior, 310, no bairro Jardim Proença.
  Por mês, o Governo do Estado investe R$ 12,5 mil na locação do imóvel.
   A 1ª DDM possui um terreno de 450 m² e tem uma área construída de 520 m², em dois pavimentos.”

  Não sou radicalmente contra, desde que isso não vire uma "onda", uma obrigação de todo governante.

  O único crime que mulheres estão mais sujeitas que o homem é o de estupro, não vejo porque criar toda uma estrutura física para tratar exclusivamente de estupros.
  Poderia ser um departamento dentro das delegacias gerais já existentes.
  Um lugar em separado, amplo de acordo com a demanda.
  Se as mulheres preferem ser atendidas por outras mulheres, que seja.
  Da recepcionista a delegada só funcionárias, não vejo problema.

  E a violência doméstica?

  Já conversei com muita gente, não encontrei nenhuma mulher que sofresse violência no casamento que já não sofresse violência no namoro.
  A não ser no caso daqueles casais que se uniram muito rapidamente como se o mundo fosse acabar a semana que vem e nesse caso não dá para dizer que a mulher não foi conivente com a falta de juízo do homem.

  A verdade incomôda é que muitas mulheres gostam de apanhar.
 (Não confundir com ser espancada, e muito menos assassinada, óbvio) 

  Elas se apaixonam por caras que gostam de bater. 
  Aquele homem mais cortês, respeitoso, romântico é "sem tempero" para elas.

  Não escolhemos o que sentir.
  A moça de certo, se pudesse escolher, iria querer se apaixonar por um cavalheiro que a tratasse como uma dama.
  Mas aquele sujeito grosseiro, que as vezes lhe da umas chacoalhadas e tapas provoca um tesão danado.
  Essa meditação fica para outro dia.

  O prazer de levar uns tapas vira vicio.
  Como no caso dos drogados algumas percebem que o vicio esta sendo altamente destrutivo.
  Chega uma hora que o prazer não esta compensando a dor, a violência fica alem do que a mulher esta disposta a suportar, ela quer dar um basta...tudo bem!

 A agressão física é prevista em nosso código penal.

  Protege preto, branco, índio, gay, idoso, estrangeiro e ... mulheres, podem acreditar.
  Tá, lá no passado não tão distante sabemos que o marido bater na esposa era algo normal, aceitável.
  Mas sabemos também que isso ficou para traz.
  Não dá para dirigir um carro olhando preferencialmente pelo retrovisor.
  Não dá para fazermos leis e estruturas olhando para a sociedade de 1950.

  

  Meu pai batia na minha mãe já no namoro, ela mesma conta.
  Assim mesmo casou gravida e apaixonada.
  Depois de anos quando decidiu dar um basta procurou a Delegacia "comum" do bairro São Bernardo e foi bem atendida.
  Os policiais detiveram meu pai, ameaçaram até dar umas "borrachadas".
  Assistentes sociais começaram a dar todo apoio jurídico para o divórcio.
  Mas minha mãe depois de chamar a a tenção de meio mundo, retirou a queixa, apanhou por mais alguns anos...
  Isso poderia ser um caso a parte, mas todos que se interessam pelo assunto sabem que não é.

  Mas vamos fechar essa meditação.

  Eu entendo que as mulheres são maioria, pagam impostos e puxam a sardinha para seu lado querendo benefícios especiais como delegacias exclusivas.
  Acontece que ocorre um subaproveitamento do imóvel e consequentemente grande aumento de custos, desperdício do dinheiro dos impostos.

 Se uma região tem tanto estupro que demanda uma unidade exclusiva para esse tipo de crime ... a ação pela lógica deveria ser outra.
  Melhorar a iluminação, instalar câmeras com monitoramento efetivo, aumentar o patrulhamento, pena dura para estupradores, prisão longa e regime fechado sem direito a saidinhas.
  É melhor evitar o estupro que deixar estuprar e ver o que faz depois.


    “CUIDA DE EVITAR OS CRIMES, PARA QUE NÃO SEJAS OBRIGADO A PUNI-LOS.”
    [Confúcio]

  Por isso este texto não é direcionado ao homem ou a mulher, mas a você SOCIEDADE com indivíduos de ambos os sexos, de todas religiões e bandeiras ideológicas.
  Há homens masoquistas, mas eles são uma parcela menor da população de homens, o mesmo acontece com as mulheres, poucas gostam ou admitem ser espancadas.
  Logo, a maior parte da sociedade não é MASOQUISTA.

  Nós cidadãos mantemos com o dinheiro dos impostos uma estrutura policial para atender apenas mulheres masoquistas, nem o cidadão homem masoquista é atendido, é uma aberração lógica.
  Para muitos (talvez a maioria) o machismo em nossa Sociedade explica tudo, para eu explica bem pouco...
  
  
  Época: Você considera a sociedade brasileira hoje machista?

  Letícia Lima : "Com certeza. 
  Mas a diferença hoje é que o espaço para qualquer mulher existe de verdade.    E, infelizmente, criticar o machismo da sociedade ainda parece ser a melhor desculpa para várias delas."

* O vídeo foi tirado do ar, mas a entrevista ilustra bem este texto. 
  Certas coisas são proibidas de ser ditas por irem contra a unanimidade Freudiana, lamentável...

http://feminismo.org.br/amanda-a-nova-e-polemica-amelia/




.



17/08/2018

  Se você homem sofreu alguma violência e só tem Delegacia da Mulher perto de você ... seus pobremas acabarancesse.

    “Mulheres trans e travestis passam a ser atendidas nas Delegacias da Mulher”

  Não saia de casa sem uma roupa feminina na mochila 😆


"Dona guarda eu quero registrar uma queixa."


domingo, 22 de janeiro de 2012

Grande Mal

  "Há pessoas más que seriam menos perigosas se não tivessem nenhuma bondade."
[François de La Rochefoucauld ]

  Nem sempre as pessoas fazem conscientemente, mas é comum o individuo ser super generoso com alguns ao mesmo tempo que é sovina com outros em situações muito semelhantes.
  Não há uma lógica orientando o comportamento de "bondade ou maldade".

  Até com filhos é assim, em famílias numerosas o pai ou a mãe são tão tolerantes com um filho, são até meio bobos, enquanto com outros são mais rigorosos.
  Se o filho "mais querido" é aquele que se comporta melhor, mais "civilizado" ... faz sentido, tem lógica.
  Mas não raro um filho que traz mais transtornos é também o mais protegido.

  Porem essa meditação não é sobre "paranoias familiares", essa introdução é só para ilustrar que mesmo pessoas no geral "más" (dependendo da situação) podem parecer muito bondosas.

  Um pai tem 5 filhos, mas o caçula é "seu xodó".
  Os 4 filhos mais velhos passaram horrores sob o domínio de um pai muito rigoroso e o quadro que temos é de um ditador intolerante.
  Entretanto, para o caçula, a imagem é totalmente diferente.

  No computo geral esse individuo é um pai tolerante ou intolerante?
  Se para 4 filhos ele foi rigoroso e apenas para um tolerante a "historia" deve retrata-lo como intolerante sem deixar de registrar suas ações de tolerância. 
  O 100% bom ou 100% mau não existe.

  Vamos trazer para essa meditação mais um ingrediente importante, a boa intenção.
  O pai em sua fase rigorosa agiu assim porque acreditada ser a melhor maneira de educar os filhos, sua intenção foi boa.
  No entanto percebeu que foi rigoroso demais, despertou mais medo que respeito nos 4 filhos e não queria repetir esse "erro" com o caçula.
  Esse pai poderia manter seu rigor com uma maior flexibilidade, mas é bem comum em nossa espécie os movimentos pendulares.
  Vamos para um lado e se ele "não da certo" vamos radicalmente para direção oposta. 

  Nesse nosso exemplo "hipotético" eu registraria o pai em analise como cheio de boas intenções, mas com resultados insatisfatórios.
  Eu o usaria como exemplo de como um pai NÃO deve ser.
  Ele conseguiu errar em suas duas fases.
  Com 4 filhos foi intolerante excessivamente e com o caçula foi tolerante excessivamente.
  A vida não é exata, há momentos de mudanças radicais, mas em geral a "SABEDORIA"  esta na ponderação.

  PONDERAÇÃO: Característica da pessoa que se comporta com reflexão; em que há meditação.
 Atributo de quem possui bom senso; age com prudência e/ou tino.
 Ponderar é “dar pesos”, decidir o que é mais relevante/importante.
 Equilíbrio apresentado entre forças que se opõem entre si.
  
 Nos debates o que mais encontro é a "demonização ou santificação" de personagens históricos e/ou políticos.
 Quem o cidadão "percebe" como do mal é 100% mal.
 Quem o cidadão percebe como do bem é 100% bem.

  Por vezes a boa intenção basta para o personagem ser santificado independente dos resultados alcançados.
  Com outro, alguma falha coloca no campo da "demonização" um personagem que no geral foi bom, trouxe bons resultados.

    Nem sempre as pessoas fazem conscientemente, mas é comum o indivíduo ser super generoso com alguns ao mesmo tempo que é sovina com outros em situações muito semelhantes.
  Não há uma lógica orientando o comportamento de "bondade ou maldade".

   Um exemplo clássico (entre tantos possíveis) é Che Guevara.
  Suas boas intenções bastaram para sua "santificação" independente dos resultados alcançados e até os meios utilizados.

  Um outro exemplo clássico (vou evitar citar algum personagem) é o Cristianismo.
  No computo geral as nações cristãs são melhor organizadas, oferecem melhor qualidade de vida ao povo que nações "não cristãs".
  No entanto há uma "demonização do cristianismo".
  Gostam de falar da inquisição e da idade média.
  Oras, a idade média vai de 476 a 1453, pesquisem e verão que não havia um predomínio cristão no mundo.
  O que chamamos de Brasil hoje nem tinha sido "descoberto".
  Africanos e Asiáticos em geral não tiveram grande contato com civilizações cristãs no período que classificamos de idade das trevas (Idade Média).
  Idade das "Trevas" ... olha a demonização aí geennte! 😊
  A pergunta é:

  Se o cristianismo foi um grande atraso intelectual, porque concentrações humanas que estavam livres dele não prosperaram mais que a Europa!? 

  Chegamos a dedução fácil que se o cristianismo foi ruim as outras denominações foram piores.
  Ou.
  Se outras denominações eram boas o cristianismo conseguiu ser melhor.

  A China por exemplo não teve e não tem grande influência do cristianismo.
  Passou  ser potencia faz pouco tempo aplicando estratégias desenvolvidas por povos cristãos.
  Mesmo assim é uma economia forte devido ao tamanho de sua população, são mais de 1 Bilhão de pessoas.
  Em qualidade de vida perde até para o Brasil.
  
   “Se dividirmos seu PIB pela população a renda per capita é menor que no Brasil.
   Brasil 8,5 Dólares – China 7,9 Dólares
   Esse é o dado internacional mais favorável a China fornecido pelo FMI em pesquisa referente a 2015 com o Brasil já em recessão.”

   O IDH dá China é 90 o do Brasil é 79.
  IDH é genericamente o índice que mede a qualidade de vida, quanto mais alto, pior.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Lembrei agora de uma bondade histórica realizada por Mao Tse Tung:

  Preocupado em aumentar a oferta de alimentos para o povo da China, Mao teve uma daquelas idéias "geniais", uma formula mágica para o sucesso.
  De posse de alguns estudos (pouca ciência) chegou a conclusão que cada pardal consumia até 4 quilos de grãos por ano.
  Para aumentar a produção de grãos um jeito muito fácil e eficiente seria matar pardais, esses "ratos do ar".

  E assim toda população foi convocada pelo Pai da nação a matar pardais.

  Crianças devidamente armadas de estilingues mataram milhões de pardais.

  Olha que "matemática linda", beleza de raciocínio lógico:

  Cada milhão de pássaros mortos significam 4 milhões de quilos de grãos na mesa do trabalhador. 
  Grande Mao!

  Faltou o Pai Mao combinar isso com os companheiros gafanhotos.😆
  Pardais comem grãos, mas seu prato principal são insetos, entre eles gafanhotos.
  Quanto menos pássaros, mais, muito mais gafanhotos.
  Os chineses descobriram que os gafanhotos destroem muito mais a plantação que os pardais.
  Como fechamos esta equação?
  Esta foi a primeira das formulas magicas que ao final do governo de Mao matou mais de 30 milhões de chineses de fome, fechamos a equação com milhões de cadáveres.


  Viver é perigoso, a boa intenção é perigosa, a bondade é uma besta fera que precisa ser guiada pela inteligência, bom senso, conhecimento.

  Deixo registrada a boa intenção do Grande Mao, mas no computo geral foi um grande mal.






.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Viver da própria Luz

  "Ouvi dizer que são milagres noites com Sol."
    [Flávio Venturini / Ronaldo Bastos]

    MILAGRE em seu conceito mais básico vem de maravilha, maravilhoso, maravilhar-se.
  É um acontecimento extraordinário que à luz dos sentidos e conhecimentos até então disponíveis, não possui explicação científica conhecida, há apenas hipóteses.
   A ocorrência sugere uma violação das leis naturais que regem os fenômenos ordinários.
  Para teístas em geral milagres são atribuídos a intervenção de outras formas de vida que chamamos de espírito.
  Para ateus é uma coincidência ao acaso e/ou algo que um dia será explicado pelo conhecimento cientifico.

   Eu não descarto a possibilidade de coincidências, nem de milagres.

   No caso de "noites com Sol" não é coincidência nem milagre ... embora quem não esta acostumado "maravilhe-se".

    Em algumas regiões da Terra o Sol não se põe por 45 dias em outras não se põe por incríveis 100 dias.

   É uma questão de inclinação do planeta em relação ao Sol.
  Para quem nasce nessas regiões é uma ocorrência banal.
  Para quem sempre viveu no Brasil (só um exemplo) ver o "Sol da Meia Noite" é algo que encanta.

  Se a ocorrência de Sol a noite é algo bem explicado pelo nosso conhecimento ... nosso planeta ser essa "nave espacial" portadora de tanta vida não é.
  Somos tão frágeis diante do Universo, há tanta desolação a nossa volta, é incrível que nosso planeta se mantenha habitável por tanto tempo.
  

  Mas essa meditação é mais "intimista/pessoal".


▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   Alguns anos atrás, cansado, muito cansado, deitei na minha cama e olhando pela janela vi uma lua cheia maravilhosa e estava de bom tamanho.
   Se fosse me tirado a Lua ainda havia as estrelas e também estava de bom tamanho.
   Se o céu ficasse encoberto ainda assim teria a luz artificial trazida pela eletricidade estaria de bom tamanho, mas e se até esta luz me faltasse?
   Eu ainda estaria ali, meu coração continuaria a bater, meu corpo permaneceria quente, por que há uma luz dentro de mim.
   Embora maravilhado com aquela Lua cheia eu esta terrivelmente triste.

   O que havia me arrasado de manhã foi receber intimação judicial de uma
ex-funcionaria que estava me processando, foi a gota d’agua para uma série de problemas que eu já vinha enfrentando.
   Quando li a intimação estava dentro do carro, eram tantos compromissos que eu levava a correspondência para o porta luvas e lia no tempo que sobrasse, quando vi do que se tratava...meu coração quase parou, lá no campo do valor pretendido R$18.000,00!!

  Em dias quentes se possível eu tomo vários banhos, não gosto de sentir minha pele engordurada, mesmo a comida que eu ingiro não pode estar muito gordurosa, não gosto de sentir minha boca oleosa, engordurada.
  Digo isso porque na Igreja haviam me "dado" [contribui com algum dinheiro] um vidrinho com óleo ungido que deveria ser passado no peito e na testa, eu fiz como me disseram afinal estava sempre atrás de um milagre, uma luz que viesse de fora.
  Este desconforto do óleo já vinha a cerca de 1 mês.

  Ao ler aquela intimação...

  Meu coração começou a bater muito de vagar, se eu tivesse um infarto fulminante ... seria algo a comemorar, minha vida estava um fardo tão, tão pesado.
  Como o infarto não veio, pensando na minha esposa e filhas não achava um momento lógico para o suicídio ... ato continuo, peguei um lenço de papel e comecei a limpar toda aquela desconfortável gordura em meu corpo, o vidrinho com óleo ungido joguei pela janela do carro ... foi junto toda minha fé.
  Se era mais um teste/provação ... eu estava pedindo pra sair.
  CHEGA!

  Naquela noite olhando pela janela eu decidi viver sem religião.
  Não, para um cara que já viu tudo que eu vi ser ateu é impossível, não estou negando a existência de espíritos até porque a seqüência de coisas desagradáveis que aconteciam em minha vida desafiava toda e qualquer probabilidade lógica
  Como disse, apenas estava cansado, muito cansado.
  Repassando minha vida percebi que embora eu não seja muito inteligente e minha memória deixe muito a desejar, foi meu bom senso, minha luz interior a única coisa que sempre pude contar.
  Até então eu colocava minha Fé acima de tudo, naquela noite decidi colocar meu bom senso acima de tudo.
  A primeira coisa a fazer era parar com tantas orações, claramente elas não estavam me servindo para nada, era um terrível desperdício de tempo.
  Parei de me dizer e me sentir cristão.
  Não foi fácil, por toda minha vida nunca dormi sem orar ao menos um Pai Nosso, mais ou menos por um mês sem perceber me pegava orando.

  Claro que tudo piorou, as coisas desagradáveis continuaram acontecendo e eu não tinha nenhuma muleta para me escorar, não tinha mais aquela oração onde eu "falava com Deus" e ficava confiante que tudo iria melhorar.

  Como coisas ruins aconteciam a todo momento  eu pensava em tudo que podia dar errado em qualquer circunstancia e planejava um plano de contingência B e até C.  
  Isto tomava tempo, mas com o fim das orações e leituras bíblicas o tempo começou até a sobrar.
  A ida a Igreja foi substituída por mais caminhadas e exercícios, buscar a melhor resposta para tudo se tornou uma obsessão ... o Livre Pensamento.

  Sabem, 2011 foi um ótimo ano. 
 (Em comparação com o inferno que vivi a partir de 2005)

  Evidente que seria leviano de minha parte recomendar essa ruptura com o sentimento de fé, afinal foi a experiência desesperada de um cientista [Filosofo fica mais apropriado] tido como maluco.

  "Aparentemente" viver sem fé é possível, ou pelo menos viver sem ficar implorando por auxilio, ficar implorando por migalhas.

  Um colega me perguntou: 
  "E se você perder tudo que tem?"
  Oras, isto irá acontecer fatalmente com todos nós, um dia uma grave doença irá nos alcançar e perderemos tudo que temos, até as forças, independente de nossa Fé "No final tudo desmorona."
  
  Se 2012 for um péssimo ano voltarei as orações, procurarei alguma igreja?
  Minhas conversas com meus amigos mortos se intensificaram bastante neste período, sem poder "desabafar com Jesus" eu tinha que falar com alguém ... com meus amigos pensadores nunca falta assunto.
  Saul preferiu o suicídio, talvez eu faça isto um dia, mas não hoje.
  Meu amigo Sócrates sempre teve o daemon falando com ele e quando este silenciou, Sócrates entendeu que era hora de morrer.
  Quando a vida ficar insuportável para mim ... é ora de morrer nem que eu precise acelerar o processo.
  Então sobre voltar a orar , ser cristão ou frequentar alguma religião ... um dos meu amigos pensadores me provocou muito.

  "A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original."
  [Einstein]

  Permaneci orando a maior parte da minha vida e minha vida nunca foi satisfatória, agora minha mente se abriu para (como o Sol) eu viver da própria luz e minha vida esta satisfatória.
  Hoje a noite quando eu olhar pela janela, mesmo que esteja escuro lá fora eu posso ver o Sol dentro de mim mesmo, é uma sensação muito boa, um dia tudo irá desmoronar, mas enquanto meu coração insistir em bater o bom senso irá prevalecer.

  Cada um deve procurar o melhor jeito de viver, eu penso que encontrei o meu, viver da própria luz.
  Quando apagar ... apagou ... não sou o primeiro nem serei o ultimo, apenas mais um.

  



  ME PERGUNTARAM COMO FOI DESISTIR DE TER RELIGIÃO DEPOIS DE SER RELIGIOSO POR TANTO TEMPO?










sábado, 14 de janeiro de 2012

A Dor e a Delícia

   "O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer."
  [Albert Einstein]

  Acredito que todos concordam que se não existisse pessoas más o mundo seria um lugar muito melhor para vivermos.
  Como não conseguimos evitar que pessoas más nasçam então devemos ir para o próximo nível de pensamento.


  
Podemos deixar o mal acontecer por impotência.
  Se eu observar o motorista a minha frente sendo assaltado com uma arma em sua cabeça ... quais as chances de eu enfrentar o bandido e sair "vitorioso"?
  Sabemos que os assaltantes agem em duplas, tem sempre um para dar cobertura.
  Se sair do meu carro a chance de eu levar um tiro é grande, mais ainda, no susto o ladrão pode atirar na vitima cuja minha intenção foi defender.
  O melhor que posso fazer é tentar acionar a policia.


  Quero dizer que muito mal que acontece como doenças, catástrofes naturais, assaltos, guerras, terrorismo..
. somos impotentes para combater individualmente.
  

  Vamos para a brecha do pensamento que o amigo Einstein nos provoca a percorrer.
  Se atacar um bandido armado é imbecilidade, lutar por uma policia bem equipada me parece lógico.

 Se ao invés de investirmos em uma policia de melhor qualidade, preferimos gastar dinheiro com estádios e trens bala, estamos observando o mal, mas não estamos fazendo nada para impedi-lo.
  Nossas prioridades enquanto povo são outras, a meu ver nos falta SABEDORIA.

 

  “Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos.
  Mateus 11:25

  “Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia.”
I Coríntios 3:19

  “Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes.”
I Coríntios 1:19

  Observem que nosso poço cultural é ainda mais fundo, esta mais para "fossa cultural". 😊

  
  Fossas sépticas são unidades de tratamento primário de esgoto doméstico nas quais são feitas a separação e a transformação físico-química da matéria sólida contida no esgoto.

  Sou muito hostilizado por simplesmente buscar conhecimento e sabedoria.
  Dizem que sou prepotente, arrogante, que "eu me acho".
  Até criei um novo bordão para essas situações:
 "Argumentos por favor..."

  Se defendemos que a Fé boa é aquela que nos impede de pensar, então todo fundamentalismos que isso provoca e consequentes atos de terrorismo físicos ou mentais ficam justificáveis.

  A maior parte de nossa população não acredita que seja possível nascer pessoas más, toda e qualquer maldade é fruto do meio que o indivíduo foi inserido ou coisa do demônio.
  Logo, se alguém pratica um crime, o indivíduo é uma pessoa boa que a Sociedade corrompeu ou esta possuído...


  Deduzo que muito do mal que acontece somos individualmente impotentes para evitar, podemos no máximo amenizar suas consequências.
  Exemplo:
  Já que eliminar a ocorrência de doenças é impossível, a vacinação em massa é uma boa medida para evitar que doenças ocorram.
  E em ocorrendo um sistema de saúde eficiente ameniza muito sofrimento.

  Fica claro que coletivamente podemos muito, mas temos que entrar em uma "sintonia de entendimento".


    Se a maioria acredita que todos nascem puro e bons e o bandido é a verdadeira vítima ... é um sistema judiciário baseado nisso que vamos ter.

  Esse é só um exemplo entre tantos possíveis.

  Mesmo a maioria de nós sendo pessoas boas o mal encontra um terreno incrivelmente fértil para lançar suas sementes e desenvolver bastante.


  Peguemos o exemplo de um desses bandidões que comandam o crime de dentro da cadeia.

  Imaginem quanto eles já custaram a Sociedade e como esta dinheirama seria melhor gasta em hospitais.
  Sem contar as vidas que seriam poupadas com a diminuição da criminalidade.

  O bom senso/sabedoria diz que quando eles atingissem certo grau de ação crimin
osa deveriam ser executados.

  Mas a maioria acredita que por pior que eles sejam sempre há uma chance de recuperação. 
  Baixa porcentagem de pessoas acreditam que eles sejam realmente maus.
  E mesmo os que acreditam por vezes defendem que só " Deus" pode tirar a vida, uma decisão judicial não...

  Logo, o Brasil fica esse lugar perigoso.

  Observamos a ocorrência do mal não acreditando no que vemos, o enfrentamos timidamente a espera de um milagre.
  Enquanto o milagre não acontece pessoas boas vão passando por muito sofrimento e grandes tragédias.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   "Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo?"
Eclesiastes 7:16

  Esse é um conselho Bíblico que faz algum tempo (infelizmente) decidi aplicar em minha vida. 
  Sair de casa é sempre um tormento porque tenho que fechar os olhos para muitas coisas.
  Sou obrigado a praticar injustiças para não ser destruído, tenho que me calar diante da ignorância para eu mesmo não ser alvo e ser condenado pelo incrível pecado de buscar entendimento das coisas.

  Só aqui em casa posso tentar ser demasiadamente justo e demasiadamente buscar sabedoria e conhecimento.

  Lá fora sou apenas um macaco bem treinado fazendo o que os "pequeninos" (palavra bíblica)  esperam que eu faça, minhas "loucuras diante de Deus" ficam confinadas nesse Blog, quem sabe servindo de consolo a outros loucos como eu.

  Não me convidem para sair porque "aquele garoto que iria mudar o mundo hoje assiste a tudo encima do muro" .


  Só desço do muro quando volto para casa...o melhor lugar do meu mundo, onde eu vivo seguro, onde eu não preciso deixar o mal acontecer e fingir que não estou vendo, onde posso buscar sabedoria e conhecimento, justiça e liberdade, sei que serei destruído, sei que serei devorado, mas é a minha natureza, não consigo mudar, não tenho vontade de mudar, "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é".
  Eu busco sabedoria, sei da minha dor e do meu PRAZER.

  





Lá fora 😨😩😢

  "Para o diretor, é possível que as próprias mulheres, que foram visitar os companheiros presos, tenham levado as drogas e os telefones.
  “Nós só temos cinco agentes. Ontem só tínhamos quatro para vigiar os presos e revistar 200 mulheres e as coisas que elas trouxeram”, relatou.
  O PEP possui atualmente 506 homens presos para uma lotação de 386 detentos."






.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Aceitar Violações

  "Por quê quando se trata de religião aceitamos violações à física e à lógica?"
 [Hélio Schwartsman - Folha]

  Porque como observou meu amigo William Shakespeare e tantas outras mentes brilhantes, a vida viola as leis da física e da lógica.
  A resposta pode não estar na religião, mas também não é lógico excluir a religião da resposta.
  A melhor resposta raramente é trazida por quem tem certezas, é trazida pelos que tem duvidas, que testam outras teorias, olham por outro ponto de vista.

  A vida viola a física e a lógica. 
  Poderia dar muitos exemplos físicos e sociológicos, mas quero algo mais provocador, quero ver gênios indignados com minha ignorância.😊
  A teoria mais aceita para o inicio de nosso Universo como o observamos, é que houve uma grande explosão, o famoso Big Bang.
  Para muitas pessoas esta teoria explica quase tudo, mas como sou excepcionalmente burro esta teoria do Big Bang não me explica quase nada.
  Na escola eu fingia que entendia para tirar nota boa na prova, escrevia o que o professor esperava que eu escrevesse.

  Brincando com aquelas bombinhas de São João sempre que eu explodia alguma coisa tudo era lançado para longe aparentemente na mesma velocidade.
  Com a ação da pressão atmosférica e o atrito com o ar alem da força da gravidade o objeto perdia força e caía em uma curva descendente.
  Consigo entender que em um ambiente de vácuo, sem que o menor atrito estivesse presente, estes objetos lançados jamais cairiam, continuariam com a mesma velocidade inicial rumo ao infinito ou até o fim do Universo.

  Claro que nunca dispus de instrumentos de precisão como uma super câmera lenta, mas nas explosões nunca observei um objeto menor alcançar outro maior e ficar girando a sua volta, mantendo uma órbita.

  Imagine uma grande explosão em sua casa, contrariando todas as leis da física e da coerência lógica a panela alcança a geladeira e passa a ser satélite dela!

  Ou a "poeira" (partículas da explosão) se agrupam em forma esférica, solidificam e passam a girar em torno de objetos maiores que também ficaram esféricos

  Isto é que os cientistas dizem que ocorreu no pós Big Bang.

  O que eu escrevi agora é muito tosco, é para você que não se interessa por astrofísica entenda minimamente como nossa galaxia se apresenta para nós.
  Estrelas como o Sol que emitem muita luz e calor seriam a parte incandescente dessa explosão.
  Planetas são as partes "frias" da explosão que orbitam em torno da estrelas.

  Ainda tem os planetas gasosos...
  Na escola ouvimos falar de como Júpiter é imenso, nele caberia mais de mil planetas Terra.
  Em alguns texto eu mesmo falo de quanto espaço para moradia teríamos em Júpiter porque sei que esse conceito de "planeta gigante" é o que fica na mente das pessoas ... quando fica alguma coisa.
  Em verdade vos digo que Júpiter é um planeta gasoso.
  Como o próprio nome sugere é feito de gases.
  Com algum traje muito, muito, muito especial poderíamos voar em Júpiter, mas não teria onde descer.
  Como "todos" sabem 😉 gás exposto a alta pressão fica liquido.
  Em júpiter pode ter oceanos de "mercúrio liquido".
  Então depois de você ou sua nave passarem por uma atmosfera super gasosa (venenosa para nós), com ventos mais fortes que os maiores furacões da Terra ;teria que submergir em um oceano inimaginável por nós até pousar em algo "sólido".
  A parte sólida de Júpiter (se existir) é igual ou menor que a Terra.

  Percebem?
  Dessa enorme explosão (Big Bang) como explicar um planeta feito de gás!?

  Quer meditar sobre algo mais próximo?

  Houve uma explosão a Terra e a Lua foram lançadas a uma mesma velocidade, no mesmo ambiente e espantosamente em dado momento a Lua alcançou a Terra e começou a girar em torno dela!!

  Se estamos falando de uma explosão, tudo é lançado do interior para o exterior, do centro para fora, Lua e Terra manteriam a mesma distancia, uma nunca alcançaria a outra linearmente e angularmente ficariam cada vez mais distantes, abrindo o circulo.
  
  Contrariando tudo que conhecemos sobre explosões a Lua gira em torno da Terra e em dado momento ela vem na direção contraria a força original que a expeliu!
  Quero dizer que a Lua ao circular a Terra vai contra tudo que entendemos que possa ocorrer em uma explosão.

  Meditem sobre isso, depois eu continuo...







.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Por que não sou vegetariano?

 😡  "Por que eu sou vegetariano?
      Porque não aceito a morte de nenhum animal para minha sobrevivência." 
      [Post no Facebook]

  

  Por que NÃO sou vegetariano?
  O homem come carne desde o tempo das cavernas, observamos em desenhos deixados por nossos antepassados.
  Isso sugere que carne faz parte da nossa alimentação, fomos feitos para comer carne "também".
  Um leão que comesse só vegetais fatalmente deixaria de ser leão com suas características e habilidades.
  Geneticamente, com o passar das gerações, felinos desapareceriam ... tal qual o conhecemos.
  
  Você é religioso cristão?
  Biblicamente o Deus de Abraão aceitava sacrifícios de animais como ovelhas.
  Porque ovelhas e cabras?

  O gado doméstico descende do Auroque na Europa e do Guar na Ásia.
  A domesticação começou há cerca de 5500 anos, mas não era comum criar gado para alimentação.
 (Igual fazemos hoje com o cavalo)
  O animal era comido apenas se morresse ou se não fosse mais útil para carga ou fornecimento de leite.
  Criar cabra para consumo era mais eficiente porque precisam de pastagens menores.
  
  Deduzimos que:

 Deixar de comer carne é ir contra o desígnio de Deus para os religiosos.

  Deixar de comer carne é ir contra nossa constituição genética para os não religiosos.
 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Ainda não encontrei alguém que não gostasse do sabor da carne.
  
  O indivíduo não come por questões ideológicas.
  O cidadão comia carne e gostava, mas se emocionou com alguma situação e deixou de comer.
  É compreensível, todos nós podemos exercitar essa empatia.

  Empatia é a habilidade de se colocar no lugar do outro sem perder a noção que você NÃO é o outro.

  Se você convive com um animal, desenvolve um certo carinho, fica difícil devora-lo na mesa.
  A maioria nem vai comer a não ser que esteja morrendo de fome, seja uma situação extrema.
  O vegetariano (que não é por "modismo") desenvolve esse "carinho" por todos os animais.
  Ele olha para aquele frango congelado na geladeira e não consegue dissociar de um animal que poderia ser seu "amigo".
  Vacas e bois em geral são animais muito pacíficos, dóceis.
  Quando o vegetariano olha uma bife ... não consegue "dissociar" da imagem de um boi vivo.
  Logo, o "vegetariano modinha" pode voltar a consumir carne, mas aquele vegetariano que atingiu esse grau de dificuldade de dissociar o alimento do ser vivo que o gerou ... é um caminho sem volta.

  Quando estou diante de um bife bovino ou pedaços de frango frito (Carnes que mais consumo) procuro não deixar minha mente divagar muito.
  Racionalizo que estando nesse planeta certos procedimentos são necessários.
  Exemplo:
  Eu acho um tremendo desconforto ter que urinar e defecar, me parece algo tão "primitivo", mas ... certos procedimentos nesse planeta são necessários.

  Se alimentar de vegetais é recomendável, indispensável, mas comer carne também é recomendável e indispensável para uma alimentação mais equilibrada e compatível com nossa constituição orgânica.

  A descoberta do fogo e o cozimento (assim como técnicas de conservação de alimentos) permitiu que o consumo de carne pelos Sapiens aumentasse bastante. 
 Muito da nossa inteligência devemos ao consumo de carne, proteína fácil de ser conseguida e de boa qualidade.
  Não preciso lembrar a todos que a inteligencia é nossa principal característica, aquela que nos mantem no topo da cadeia alimentar se ignorarmos os vírus e bactérias 😊

  Comer carne sem exageros/desperdicio é lógico.
  Tratar animais com maior respeito a vida evitando sofrimento desnecessário e até garantindo algum conforto é inteligente, muito civilizado.
 
  Radicalmente cortar carne de nossa alimentação por motivos ideológicos ...  humm o radicalismo é algo a ser evitado no Livre Pensamento.


  Quem não gosta do sabor da carne é aceitável que não coma, mas se gosta e não come por ideologia esta preso a um plano de pensamento pouco eficiente que só trará resultados insatisfatórios.

  É mais eficiente lutar pela melhoria nas condições de abate e consumo com moderação.

 Essa lógica entra em sua mente?





.



 1- Cenas “de carinho” entre humanos e outros animais são bem comuns.
  O que mais vejo são cães sendo muito bem tratados por seus “donos”.


  Mas muitos olham só para cãezinhos sendo abandonados ou caçadores cruéis... e “demonizam” toda a humanidade.
  Tem a questão dos animais que usamos para alimentação, mas é uma imposição desse planeta na condição em que nos encontramos.