domingo, 1 de janeiro de 2012

Senhor do Movimento

  "É o que as pessoas dizem que o tempo muda tudo.
   Não é verdade. 
   Fazer coisas é o que muda algo. 
  Não fazer nada, deixa as coisas do jeito que eram." 
 [House]

  Certa vez eu tive um debate antológico com um indivíduo no GD Terra sobre movimento.
  Como os debates nos fóruns ficam muito fracionados transcreve-lo aqui para o Blog ficaria sem nexo.

  Tudo no Universo conhecido esta em movimento.
  O debatedor defendia a existência do tempo e que ele, o tempo, era o agente de mudança das coisas.
  Eu defendia e defendo que o tempo [pelo menos nesta dimensão] não existe, não sei se existe em outras e nem se há outras dimensões, só sei que nada sei...


  O tempo aqui no nosso mundo é uma convenção, não existe de fato.


  O tempo é uma abstração humana como o metro ou o litro.
  O metro usamos para medir o comprimento. O litro usamos para medir volume. O tempo usamos para medir o MOVIMENTO.
  Até onde sei, até onde consegui chegar no Abismo, não é possível parar o movimento. 

  Teorizamos que se esfriarmos qualquer coisa a -273,15 °C conseguimos cessar todo e qualquer movimento, o famoso zero absoluto, mas como nunca conseguimos atingir esta temperatura então por hora é impossível pararmos o movimento.
  Será que se chegarmos a essa temperatura realmente o movimento para?
  Desta forma tenho que discordar do House embora entenda que seu pensamento se aplique a maioria das situações.


==========================
  Mesmo que não façamos nada as coisa mudam, não tem a ver com o tempo que como eu disse não existe, tem a ver com o movimento.
  Daqui 1 ano estarei com o corpo mais degastado não por causa dos 365 dias e 365 noites. 

  O ano é uma medida convencionada do movimento que a Terra faz contornando totalmente o Sol, ao completar este percurso ela terá se movimentado [girado] 365 vezes em torno de seu próprio eixo, cientificamente a passagem de um ano não tem como danificar meu corpo.
  O que desgasta meu corpo, me envelhece, é o movimento em minhas células que ao produzirem energia acontece de alguns elétrons "escaparem", ficarem desemparelhados. 

  Como física quântica é muito complicada pense em uma explosão nuclear onde uma partícula solta vai atingindo outras como um carro desgovernado, provocando estrago por onde passa.
  Acontece até algo interessante, por vezes temos que agir para que as coisa não mudem muito rapidamente. 

  Se os radicais livres surgem da produção de energia nas células, comendo menos, produzimos menos radicais e envelhecemos menos rapidamente, uma vez que não dá para parar de comer, pois morreríamos por falta de energia.
  Você que chegou a esta Filosofia Matemática por acaso não deve estar entendendo nada, deixa eu ilustrar com um exemplo, ligue a tela gigante de sua mente, pense em 3D.


  Imagine uma rua no meio de uma floresta, uma rua ligando nada a lugar nenhum, inacessível.
  Você coloca ali um asfalto de excelente qualidade, vai embora e se voltar depois de alguns anos verá que esta tudo destruído, ocupado pela mata.
  Não houve ação do tempo porque o tempo não existe.
 Acontece que o asfalto é feito de átomos e seus elétrons estão em constante movimento. 

  Calor de dia, frio a noite fazem o asfalto dilatar e contrair. 
  Toda região da Terra treme, em alguns lugares são imperceptíveis para nós, mas toda esta movimentação vai criando trincas no asfalto onde pequenas sementes caem e vão criando seu espaço empurrando o asfalto.
  Mesmo você não fazendo absolutamente nada, aquele trecho de asfalto esta em constante "mudança". 

  Você pode agir de forma a conserva-lo por mais tempo preenchendo as trincas, podando a mata em volta...você esta agindo para que as coisas não mudem, pelo menos tão rapidamente.

  Claro que você também pode agir de maneira a aumentar o trecho asfaltado.


  Portanto senhoras e senhores, mesmo que não façamos nada a vida esta em constante movimento, em constante mudança.


  Tudo muda um pouquinho a cada dia, até a posição de nosso planeta no espaço.
  Quando você se decidir movimentar, decidir agir, busque a forma mais eficiente, se tudo sempre muda, que tal tentarmos que mude a nosso favor?
  Tire uma foto hoje, compare com uma de dez anos atrás e veja como sua aparência mudou.
  Se há 10 anos atrás você tinha mais de 18 anos, deve estar próximo dos 30 ou já ter passado. 

  Depois dos 30 a produção de radicais livres é muito acelerada, nosso corpo já não tem a mesma capacidade para anular seus efeitos.
  Mesmo que você não faça nada, em 2022, provavelmente terá saudades da aparência e disposição física que tem hoje porque inevitavelmente as coisas mudam independente de nossa vontade.
  Se ainda não começou, comece agora mesmo a AJUSTAR SEUS PENSAMENTOS.
  Cabe a você emparelhar estes elétrons do que gosta de fazer e do que precisa fazer, para conseguir isto tem que se conhecer muito bem e não tem nada melhor que Filosofar para conseguir este auto conhecimento.
  Como o daemon de Sócrates não tenho como dizer o que deve fazer, mas posso dizer o que não deve fazer.


  Não pode se deixar ser tragado nem pelas obrigações nem pelos prazeres, esta em suas mãos buscar este equilíbrio entre planejar o futuro e viver o momento.


  Não, não pense mais no tempo, ele não existe, controle o Movimento.
  Suas atitudes, seu agir irão definir as coisa ruins ou boas que farão mais parte de sua vida nos próximos 10 anos, espero que realmente saiba o que esta fazendo, defenda as ideologias certas, veja se elas resistem a outros argumentos, por que o movimento não para.
  Daqui há 10 anos [ou hoje mesmo] quando se olhar no espelho verá fisicamente a ação dos radicais livres, neste momento esqueça o entorno, olhe no fundo de seus olhos, veja sua alma refletida no mundo dos pensamentos e entenda que na vida para sermos livres não podemos ser radicais...
  Um feliz, um maravilhoso próximos 10 anos, se um de nós ou os dois não estivermos mais aqui... "alem do horizonte deve ter um lugar bonito para vivermos em paz, o paraíso, o paraíso começa, é só começar um sorriso".


Um forte abraço e tudo de bom!






Quem sabe um coração me dirá




anterior                       <>                                próximo
Postar um comentário