sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Mundo dos Pensamentos

  "Todo relacionamento que não acaba com separação, acaba em morte.
   Tudo desmorona no final."
       [House]

* Esse texto foi escrito em 3 de Novembro, mas não achei apropriado publica-lo.
   Foi dividido em duas partes e mesmo assim ficou muito confuso então deu origem a uns 10 textos que o precederam e foram detalhando alguns de seus trechos.
  Para quem acompanhou vai ser fácil entende-lo, não parecerá confuso, o texto de um louco, para quem não acompanhou, melhor nem ler, dito isto o original é este que segue:


 Isto não vale só para relacionamentos, vale para tudo.
 E se não desmoronar o que podemos esperar?


 
Vamos tentar flutuar por este enigma até onde nos for permitido, já aviso que não é possível ir muito longe, eu até poderia seguir mais algumas casas depois da virgula, acontece que seria ininteligível.
  Jesus em uma passagem bíblica diz que se tivermos Fé do tamanho de um grão de mostarda podemos mover montanhas.
  Para que a Fé revele este poder você tem que ser ou estar na companhia de um espirito muito desenvolvido como é Jesus, mas esta possibilidade não é para nós, lembre-se que Jesus escolheu apenas 12 para estar mais próximo dele e se fossemos espíritos poderosos de certo não teríamos uma vida tão medíocre.

                                        

  Vamos para parte que nos interessa, que esta dentro de nossas possibilidades.
  Nas minhas meditações sempre encontro brechas novas e assim os textos vão sendo produzidos, não sei até que ponto ainda conseguirei chegar, mas acredito que o ponto que já cheguei uma fração mínima da humanidade conseguiu chegar, das poucas pessoas que me deram algum crédito algumas me perguntaram: 


  "Daquilo que você não transforma em textos, daquilo que você não consegue traduzir em palavras como você definiria?".


PENSAMENTO

 Descartes disse: "penso logo existo"
  Nós podemos existir sem pensar, mas os seres mais evoluídos do Universo podem assumir muitas formas mantendo sua essência que é o pensamento.
  Toda nossa consciência pode habitar algo tênue como um feixe de luz.
  Em uma meditação muito profunda vi esta estrutura de pensamento onde se eu saísse de meu corpo ocuparia um espaço mínimo neste mundo, seria algo menor que a cabeça de um alfinete não precisando mais que este volume para caber a essência de tudo que sou, uma partícula mínima de energia, um ponto de luz.
  O meu e o seu pensamento tem uma enorme capacidade de moldar a matéria a nossa volta.
  Mesmo neste estado de luz nós também somos matéria, mas em um estado difícil de traduzir fora do Abismo, você só verá isso quando morrer ou ser acometido por um coma em  estado de quase morte.


 
Se eu moldo a matéria posso também construir realidades posso mover montanhas com a força do meu pensamento.

 
Não, não tem nada a ver com "inventar realidade" no nosso mundinho.

  Não! Você não pode fazer o que quiser fazer e nem ser o que quiser ser, existe regras, muitas regras e só seres [digamos, para ser inteligível] do porte de Jesus conseguem manipular a matéria e as situações de forma mais complexa.
  No entanto nosso poder é inimaginável.

  Nesse estado em que nos encontramos eu posso lhe dizer que se eu estivesse "livre" das amarras do tempo eu seria uma das pessoas mais poderosas que já passou pela Terra, mas isto não é vantagem, pois o mesmo poderia ocorrer com você se gozasse da mesma liberdade.
  Como no caso do Super Man que no planeta dele era só mais um, mas aqui na Terra se torna o mais poderoso dos seres.
  Como todos estamos presos nos igualamos na mediocridade, fazemos o que nos é permitido fazer, enquanto nossa consciência é testada construímos o mundo dos pensamentos para onde nós iremos, mas agora entramos na brecha em que nem todos se aventuram a querer conhecer, qual o essencial de nós?
  Se estivesse livre das amarras biológicas como se comportaria?
  Como lidaria com tanto poder?



  Conhecemos tantas pessoas que pareciam boas e ao conseguirem algum poder se transformaram em tiranas só não sendo mais destruidoras porque a lei não lhes permitia.
  Lembrei de um vídeo do passado onde um cidadão espancava cruelmente uma criança, era um bandido cruel que felizmente esta morto, mas imaginem uma consciência desta detentora de grande poder.
  Algo semelhante acontece com a preocupação do mundo com a posse de armas nucleares pelo Irã. 

  O temor que uma nação fundamentalista use este poder de maneira imatura, preocupa outras nações que fazem de tudo para atrasar a posse deste conhecimento embora saibam que mais cedo ou mais tarde ele será alcançado.
  Claro que o povo do Irã se acha preparado, o povo mais evoluído da Terra, mais merecedores de tal poder que qualquer outro, acontece que nós conseguimos defender com argumentos e resultados muito bons o Capitalismo e a Democracia, não dá para dizer a mesma coisa em relação a Teocracia e a Ditadura de uma economia muito fechada.



   As pessoas quando entendem a necessidade de conhecer melhor a elas mesmas vão atrás de uma visão encantada de que são essencialmente puras e boas.
  Voltam para trás aterrorizadas quando descobrem sua porção monstruosa, seus dogmas fundamentalistas de que só elas sabem o que é certo ou errado e todas as outras vozes devem ser caladas ou convertidas.
  Não acho que o "Ocidente de bom senso" queira que os muçulmanos mudem sua frequência  suas crenças, sua essência, apenas gostaríamos de observar uma maior capacidade de controle sobre o monstro que esta em todos nós inclusive no Ocidente. 

  Detemos tanto poder que poderíamos facilmente varrer o Irã da face da Terra, mas já atingimos um grau de consciência que ao menos respeita a vida e outras formas de PENSAMENTO.



To be Continued... 





PS: Esse link é recente, sabemos que a Irmandade Muçulmana e seu fundamentalismo é ganhadora das eleições no Egito com grande apoio das mulheres, as mesmas mulheres que vira e mexe entidades de defesa dos direitos humanos de outros países querem chocar o Ocidente com abusos de todo tipo cometido contra elas, como se o Ocidente tivesse obrigação de mudar a situação [frequência] delas.
  Oras, mais uma vez elas tiveram a oportunidade de escolher e escolheram a submissão.
  Frequento sites de Ateus e muitos dizem que a culpada é a religião, oras as católicas também são religiosas e a maioria não gosta da submissão, a religião é um reflexo de nossa essência, do que pensamos.

  

  A religião NÃO molda nossos pensamentos, nossos pensamentos é que moldam a religião e toda sociedade que construímos a nossa volta.

   O que eu encontro no escuro do meu quarto que não consigo traduzir em textos?  

   Um mundo criado com a qualidade dos pensamentos, um MUNDO DE PENSAMENTOS.





anterior                       <>                                próximo


segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Revisionismo

    Temos que nos conscientizar que certas dividas não devem ser pagas.
   Quando o pagamento implica em injustiça ainda maior.
  [William Robson]

   🙍"É justo que suas famílias e amigos recebam do Estado a explicação definitiva sobre os fatos, a ser registrada pela história.
 Pois, se governos mudam, o Estado é um só, há uma linha de continuidade institucional."
 [José Serra defendendo a Comissão da Verdade]

  É justo/desejável que nós enquanto sociedade busquemos verdades históricas baseadas em FATOS.

  Esse revisionismo dos livros de história é comum sempre que a "oposição a qualquer regime" chega ao poder.

  Claro que não sou contra meditar sobre o que foi registrado oficialmente e pesquisar se as evidencias corroboram ou não.
  O problema é quem esta fazendo essa revisão.

  Lembremos que a vertente marxista do "socialismo" esta no poder desde 2003, encabeçada pelo PT. 
 (Texto escrito em 2011)
  Antes disso tivemos o PSDB, também uma vertente marxista do socialismo, um pouco mais branda que o PT.
  José Serra e Fernando Henrique são "esquerdistas" históricos foram inclusive exilados pelo regime militar.

  E o regime militar, foi de "direita"?


a)  Os militares estatizaram tudo que puderam, criaram mais de 500 estatais, coisa de esquerda.

b) Censuraram o máximo que puderam, mídia repressivamente controlada pelo Estado, coisa de esquerda.

c)  Quem falava contra o regime era preso como subversivo ou expulso, coisa de esquerda.
  “Brasil, ame-o ou deixe-o!”


  E aqui temos evidencias históricas que não houve uma luta entre direita e esquerda no Brasil.
  O que a turma de José Serra queria era um Estado Gigantesco, Totalitário.
  O que os militares queriam e implementaram foi um Estado Gigantesco, "Totalitário".

  A diferença do Regime Militar ocorrido no Brasil e o totalitarismo clássico é que nossos militares em um acordo de cavalheiros decidiram revezar o general no poder.

1 - 1964–1967 Humberto de Alencar Castelo Branco
2 - 1967–1969 Artur da Costa e Silva
3 - 1969–1974 Emílio Garrastazu Médici
4 - 1974–1979 Ernesto Geisel
5 - 1979–1985 João Figueiredo

  No entanto essa meditação é para alertar que esse revisionismo "marxista" vai resultar no pagamento de mais pensões/indenizações.
  Para um pessoal que dizia lutar pela "democracia", mas queriam tirar a ditadura militar para colocar no lugar a ditadura deles ... que também seria militar.
  Olhem para Cuba ou Coreia do Norte.
  Fidel e Kim Jong-un não conseguiriam dominar toda a população sem a conivência das Forças Armadas. 

  Se eu tivesse poder acabaria com essas pensões a esquerdistas.
  Os indenizar por conta da luta armada ou militância politica, não faz nenhum sentido.

  José Serra e seus companheiros de esquerda dizem que o Estado "é um só".
  Ou seja, o "Brasil" prendeu e torturou algumas pessoas em 1970.
  O "Brasil" tem que indenizar essas pessoas em 2010. 

  Isso não é tão simples quanto parece.
  Em uma democracia a maioria tem responsabilidade sobre o governo que elege.
  Ficamos 20 anos sem Democracia, logo não sei como responsabilizar toda Sociedade brasileira pela ação de alguns militares.
  Também não dá para nos inocentar enquanto povo, os militares são brasileiros, fazem parte do nosso povo.
  
  A questão ignorada por José Serra e tantos outros é:

  É justo que quem pague a conta?

  Você que nasceu em 1980 esta em 2010 com 30 anos.
  Faz parte da Sociedade, obvio.
  É povo, obvio.
  Se começou a trabalhar com 18 já pagou bastante imposto e ainda vai pagar por anos.
  Mas boa parte desse dinheiro não vem para a Sociedade atual, vai para "indenizar" erros que de certo você não cometeu nem participou.
  Você acha certo que o General de hoje seja preso ou pague indenização por algo que o General Costa e Silva fez lá na ditadura militar?
  De certo não.
  Logo, dizer que o Brasil deve alguma coisa a qualquer cidadão e tem que pagar não importa que passem décadas ... é preciso lembrar que não existe um ser chamado Brasil, existe pessoas, cada qual deve arcar com sua responsabilidade.
  Se o General responsável esta vivo que seja preso (caso haja provas) se morreu ... não cabe mais punição.


    Cada geração deve pagar por seus próprios erros.

   Vejam algo recente em nossa historia.
  Collor foi eleito em 1990.
  Quem nasceu em 1972 provavelmente votou em Collor ou Lula.
  O Collor confiscou a poupança.
  A geração de 1970 é responsável pela eleição de Collor.
  Através de acordos essa geração destituiu Collor, foi feito acertos a respeito da devolução do dinheiro.
  O problema foi criado pela geração de 70 e foi resolvido pela geração de 70.
  Já pensaram se isso não tivesse sido providenciado.

  Seria justo que em 2030 algum cidadão processasse o Estado pelo plano Collor pedindo indenização para sua família?
  Justo pode até ser, dependendo do ponto de vista.
  Mas quem vai acabar pagando a conta é quem nasceu em 2012.
  (Estará completando 18 anos em 2030; genericamente)
  Aquele cidadão que não tem absolutamente nada a ver com quem estava no Governo na década de 1990.

  O Estado é um só, mas FILOSOFICAMENTE devemos repensar até que ponto uma geração deve ser punida pelos erros de outra.
  Devemos repensar até que ponto uma geração deve usar o dinheiro dos impostos de hoje para pagar indenizações de um passado já distante.

  Sinto muito pelo que aconteceu com Vladimir Herzog e tantos outros, mas me obrigarem a ficar resgatando uma divida com o filho dele é algo surreal.
  Mesmo que Herzog estivesse vivo, os homens que o torturaram já devem estar mortos.
  Se já seria estranho cobrar a divida dos filhos dos torturadores, cobrar de mim e de você que não tivemos absolutamente nada a ver com a ditadura é algo que desafia a Lógica, desafia uma INTELIGÊNCIA BÁSICA.


  Temos que nos conscientizar que certas dividas não devem ser pagas.
  Quando o pagamento implica em injustiça ainda maior.


  Prejudica a maioria para benefício de alguns.

  Mais uma vez o ininteligível DOGMA de que é justo o inocente pagar pelo pecador!?


  

 



💣 ONU elogia Comissão da Verdade, mas pede revogação da Lei da Anistia


💣  “Os jornalistas Ziraldo e Jaguar ganharam o direito de receber mais de R$ 1 milhão em indenizações pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça por alegados prejuízos que sofreram com a perseguição política durante o regime militar.
  Vão receber pensão mensal permanente e contínua de R$ 4.375,88 cada um.”



O "Brasil" paga a conta ou é VOCÊ?


Comentários

.




domingo, 11 de dezembro de 2011

Qual é a Sua Condição?

 "Perseverança não é igual a merecimento."
[House]



  O grande problema com os livros de auto ajuda é que foram escritos por pessoas que alcançaram um sucesso razoável.
  Vejam o César Cielo, ele faz o que gosta na vida e conseguiu ser bem sucedido na carreira o que mais César pode dizer a você que não seja: 

 
 "Dificuldades existem, mas com Fé e perseverança você consegue superar todas elas".

  Poxa, que lindo! 
  Não foi qualquer um que falou, foi o César Cielo campeão de natação, se deu certo para ele irá dar certo para eu também...

  Medite um pouco, você realmente acredita que os concorrentes de César não perseveraram, não tiveram "Fé"? 
  Nadar 100 metros em menos de 1 minuto não é para qualquer um e todos seus concorrentes diretos fazem esse tempo.
  O cara tem que treinar e perseverar bastante.


  Lembram do Guga? 

  Grande tenista, sofreu uma lesão séria, quem pode dizer que não houve perseverança em seu tratamento?
  O Guga é um cara legal, se não acontecesse a tal lesão não tenho duvida que permaneceria por muito mais tempo no topo da carreira.



  Logo, tem esse lado da perseverança onde você treina bastante, persegue sua meta, obtém bons resultados, merece ser campeão, merece o cargo mais alto, mas... tem alguém que foi melhor que você.

  Vamos descer a um nível ainda mais profundo.

  Você perseverou, perseguiu sua meta, mas nunca a alcançou, nunca obteve nem ao menos o índice olímpico.

 
  Muitas pessoas se acham merecedoras das coisas pelo simples fato de terem tentado insistentemente.

  Vamos a uma ilustração mental.
  O Cara depois de cantar a garota por um ano acredita que merece namorar com ela.

  Por ele perseverar existe uma "lei cósmica" em que a garota "é obrigada" a namorar com ele. 😱
  Você pode jogar por 10 anos seguidos os mesmos números na megassena  se não acerta-los a Caixa não esta obrigada a pagar-lhe o prêmio.

  Sim , estou falando daquela triste situação a qual ninguém gosta de lembrar que acontece ,mesmo sendo tão comum.

  Nos esforçamos, damos o melhor de nós e não conseguimos sair da "mediocridade."
 (No sentido de estar dentro da média, não ser um grande destaque/sucesso)
  
  Para cada César Cielo há centenas de "atletas desconhecidos" que deram o melhor de si, mas conseguiram algum destaque só na região que moram.
  No caso do esporte sabemos que a genética influencia bastante.
  Cada corpo tem capacidade diferente de recuperação, respiração, desempenho muscular.  
  Eu nunca tive muito folego, jogando futebol conheci colegas que corriam os 90 minutos com uma vitalidade incrível, sem nenhum treinamento especifico, "nasceram assim".
  E comida?
  Tem uns que comem bastante e não engordam, outros engordam até com o cheiro da comida. 😊

  Mesmo que você tenha boa genética para o esporte que adora, tem o fator "sorte".
  Qual a estrutura familiar que nasceu?
  Pais que te apoiam emocionalmente e tem condições de te bancar? 
  Para nos mantermos no exemplo da natação ... é preciso ter fácil acesso a piscinas de boa qualidade.
  É preciso ter tempo disponível.
  Não precisa ser um gênio da filosofia para entender que se você nasce em "família precária" tudo fica bem mais difícil. 

  A "sociedade Freudiana" diz que se não alcançamos certa situação de sucesso é porque nos sabotamos, não perseveramos o bastante, não fizemos por merecer.
  A tristeza, a frustração toma conta de nós; afinal "tudo" dependia da nossa força de vontade e "falhamos com nós mesmos".
 

  Não estou sugerindo que você a partir de hoje fique radiante por NÃO ter realizado seus sonhos de grandes realizações. 


  Estou lhe apresentado evidências facilmente observáveis que por vezes nascemos com limitações além da nossa capacidade de supera-las.

  Todos nós nascemos com o desejo de ser o máximo.
  É saudável tentar superar nossos limites, mas é "doentio" não reconhecer que temos limites.
  Querer saltar sobre uma distancia que você não consegue ... alem de não te fazer alcançar a outra margem lhe fará cair no precipício.
   Uma situação pior que se você tivesse se contentado com o que já havia conseguido, se contentado com a mediocridade.
  Filosoficamente esta é uma das decisões mais difíceis a ser tomada, um enigma que só você pode decifrar.

  Até quando tentar?

  Um método eficiente é definir até o que esta disposto a perder, lembram sobre traçar um plano B e C?

  Exemplos:

► Ficar correndo atrás daquela garota faz com que você não preste atenção em outras garotas mais simpáticas a você, faz você perder um tempo precioso.
  Se imponha um "limite negativo".
  Estou disposto a perder até um ano tentando namorar com aquela garota se não conseguir desisto e parto para outra.


►  Vou apostar no meu comércio até o ponto que não colocar em risco a posse de minha casa própria.


►  Gosto da igreja que frequento  quero que ela prospere, mas contribuir com mais de 10% não irei fazer de jeito nenhum. 


►  Entendo a importância do meu emprego, mas se o excesso de trabalho esta me afastando de minha família é melhor pensar em outro emprego ou impor um limite de horas extras, não estou disposto a destruir meu casamento para colaborar com a empresa.

  O que estamos fazendo?
  Estamos estabelecendo condições para nossa persistência/perseverança.

   Leia seus livros de auto ajuda, siga aquelas formulas magicas, tente o máximo.
  Apenas sugiro que estabeleça seu "limite negativo" para caso não alcance seu sonho dourado, sua vida não se transforme em um pesadelo.
  Que a tristeza não se transforme em depressão, que a frustração não se transforme em inação.
  É possível ter bons momentos mesmo sendo medíocre, afinal você já é bem grandinho papai Noel e Felicidade não existem.
  Se dê algum presente, cultive momentos alegres.


  Minha condição para persistir em busca de um sonho é que essa busca não me deixe cego para a brevidade da vida.


  De que adianta chegar no topo e ao olhar em volta ver vidas arrasadas.



  “Não há a nada a perder, não há nada a ganhar.
  A não ser o prazer de ser o mesmo, mas mudar.
  Não há nada só bom nem ninguém é só mau.
  Se o início e o final de nós todos é um só eu digo: SÓ!”
 [Lulu Santos]


  “Eu” digo PÓ!




.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Seu Plano

   Lúcifer é o pai da mentira, da enganação, afasta os homens do plano da salvação de Deus.
   Lúcifer induzir alguém a falar a verdade e agir com dignidade ... é uma tese difícil de defender.

  A moça não quis mentir, não quis enganar, mesmo correndo todos os riscos preferiu por um fim no casamento, ir morar com outro.
  Podemos dizer que ela agiu honestamente, não mentiu, não enganou e esta sofrendo bastante por conta disto.
  Caraca! 

  Sofrer pelo que acha certo, não mentir, não enganar, arcar com as conseqüências... isto é coisa de um seguidor de Lúcifer ou de Deus?
  Qual de nós pode sentenciar que ela foi errada em se apaixonar, como evitamos uma coisa dessas!?


  A raiva/ódio "geralmente" tem uma justificativa.
  A pessoa te prejudicou bastante.
  Ficar com raiva de um ladrão é esperado.
  Ficar com ódio de um estuprador é esperado.

  A paixão/amor não tem uma justificativa.
  A garota te trata como trata qualquer outro, mas uma atração muito forte vai acontecendo.
  Tá, ela poder ser bonita, mas tem tantas garotas bonitas.
  Ela é simpática, mas tantas garotas são simpáticas.
  Por vezes a pessoa nem sabe que você existe é a "mina do condomínio" ♫♫♫♫😊

  De qualquer forma, Lúcifer poderia agir provocando na moça um grande desejo.
  (Vamos hipoteticamente aceitar que "demônios" tenham essa capacidade)

  O amor é um sentimento muito forte de difícil controle para muitos, o desejo é algo mais "trabalhável".
  Exemplo:
  Tem alguém no trabalho que é o tipo de mulher que você gosta, surge o desejo
 (Por acaso ou obra do demônio 😉).
   A moça até te dá mole, está disposta a "colaborar".
  Mas você é comprometido, (Por vezes ela também) PENSA em todo o transtorno que isso pode trazer para sua vida e ... é melhor manter tudo apenas na imaginação.

  E aqui chegamos na "Terapia da Lógica" em si.


 Não escolhemos o que sentir, mas podemos decidir como agir.
  
    Se há anjos ou demônios a nossa volta influenciando nossos desejos, claramente não temos controle sobre essas entidades.
  Nem sabemos de fato se existem ou não.

  Se os sentimentos surgem ao acaso em uma complexa e por enquanto indecifrável ação de feromônios ... não temos controle sobre isso.

[Feromônios, são substâncias químicas que, disseminadas entre seres de uma mesma espécie, promovem reações específicas em seus indivíduos.]

    Diante dos desejos/sentimentos precisamos submete-los a RAZÃO.
  Aquele difícil, mas necessário, cálculo de custo/benefício.

  Se tem dificuldade com o pensamento abstrato, use um pedaço de papel ou o bloco de notas do seu celular.


  [Abstrato é tudo aquilo que só existe na ideia, no conceito.
  Você constrói situações e adiciona variáveis mentalmente, chega a um resultado que pode ser aplicado na realidade ou não.
  Exemplo simples:
  Se você faz um cálculo matemático de cabeça utiliza o “pensamento abstrato”.
  Se precisa colocar no papel está usando o “pensamento concreto.”]

  De um lado a satisfação de realizar o desejo do outro todos os riscos e possíveis consequências.


  "Raciocinar é pesar probabilidades na balança do desejo."
[Ambrose Bierce]


  Diante de desejos que podem alterar significativamente os rumos da nossa vida a razão é indispensável.

 Mesmo aceitando "hipotética mente" que Deus e Lúcifer disputem a nossa alma ... é pouco provável que a vida se resuma simplesmente a esta luta entre o "bem e o mal."

  
  O personagem principal é você, sua capacidade de ser racional, usar sua INTELIGÊNCIA ou se deixar levar pelos sentimentos.  

  Vamos raciocinar sobre os planos de Deus e Lúcifer segundo o que "acreditamos" que sabemos.

  Segundo a doutrina Cristã.

  Deus não precisa de você nem de ninguém, é totalmente autossuficiente, porque precisaria de nossas almas, nossa energia vital!?

   Quanto a Lúcifer não sei nem o que dizer, a Bíblia fala bem pouco sobre ele.

  Não sei qual é a fonte de informações de pessoas que dizem conhecer muito bem os planos de Satanás.

  E o Inferno?
  Por mais que eu medite não consigo ver esse lugar onde vamos ficar sendo espetados, sendo cozinhados em óleo fervente por toda a eternidade, é infantil demais para minha mente.


  Vamos supor que seja a vontade de Deus mandar para o inferno quem não aceita Cristo, oras, um Deus de amor não seria tão vingativo, simplesmente nos aniquilaria ou nos daria infinitas chances de buscar um mundo melhor.


  Além do mais se ficarmos sofrendo no inferno é a vontade de Deus, Lúcifer rebelde como "dizem que é" não iria cumprir a vontade divina.

  Entendeu?
  É difícil imaginar Lúcifer e seus auxiliares, torturando eternamente "humanos" só por torturar, porque essa foi a vontade de Deus para quem não alcançou a graça da salvação.
  
  Que tipo de inferno eu consegui ver?

  Penso que Lúcifer conquistará espíritos humanos que vibram mais próximos a sua frequência  desta forma o reino de Lúcifer pode ser ruim para alguns, mas não terrível para todos.

  Exemplo? 
  Vai precisar do seu pensamento abstrato😊

  Construa em sua mente aquele ambiente dos bailes Funk.
  Apesar das mulheres gostosas aquilo é o inferno para mim, no entanto as pessoas que o frequentam me parecem bastante alegres.
  Eu nem ao menos tenho vontade de ir a um baile Funk, enquanto muitos se pudessem não sairiam dali. 


  Por outro lado:

  Construa em sua mente aquele ambiente de retiro espiritual.
  Apesar de ser um lugar de paz ... aquela quantidade enorme de orações e estudos bíblicos é o inferno pra mim.
  Já fui em alguns retiros, foi legal porque duraram no máximo 2 dias, eu ainda estava naquela fase de conhecer a Bíblia e  garotas 😊
  Hoje casado garotas foram riscadas da minha lista de desejos.
  Conheço tão bem a Bíblia que posso debate-la com qualquer teólogo.

  Enfim, "me conhecendo tão bem", tanto o baile funk quanto o retiro espiritual são lugares infernais pra mim.
  Se for pra passar a eternidade em lugares que vibram nessas frequências, prefiro a aniquilação, voltar literalmente a ser poeira cósmica. 

  Parece que algo extremamente importante é CONHECER A SI MESMO.

  Senhoras e senhores.
  Sem dados suficientes para saber quais os planos de deuses e demônios é melhor que tenhamos nosso próprio plano de vida.

  



  Eu sugiro vivenciar nossos sentimentos, tentar realizar nossos desejos, colocando a razão sempre a frente.

  “Pensamentos abstratos constroem muitas ideias de infernos e paraísos.
  No entanto, a vida para ser eficiente, precisa ser “colocada no papel”, precisa de ações concretas.
  Nossos sentimentos são palavras ao vento a RAZÃO é a correção automática ... ou deveria ser.”
[William Robson]






sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Ter Princípios

"Só é teimosia se estiver errado.
 Se estiver certo é seguir seus princípios."
[House]


  Não tenho grande expectativa quanto a ser um escritor de sucesso. 
  Já escrevi tanto e nunca aconteceu nada de grandioso então não tem porque apostar que isso ocorrerá um dia.

  Escrevo porque gosto, escrevo porque quero, não tenho apoio de ninguém, minha família não concorda com o que escrevo, acham que deveria parar com o Blog e me converter a alguma religião evangélica antes que seja tarde.😊


  Minha esposa esta conformada, mas ela preferia que eu ocupasse meu tempo com outra coisa.
  Logo,  sou considerado teimoso em escrever o que escrevo, mas como acredito que estou certo em minhas duvidas, na minha visão estou seguindo meus princípios.


  Eu sinto que as pessoas tem um choque tão grande quando acessam o Blog pela primeira vez, muitos me acham um "porco capitalista", outros um ateu, outros o próprio demo. 

  É comum que a pessoa mantenha distancia por algum tempo ... caso ela faça parte do meu cotidiano.
  Na Internet é comum me bloquearem pelas "blasfêmias" e/ou "desonestidade intelectual".

  Passeando por outros Blogs é comum ser chamado de troll, idiota e coisas do tipo...o que mais acontece é minha mensagem não ser publicada.
  Estes dias passeando pelo Facebook me deu vontade pela primeira vez de assumir um nickname.
  Conto aqui minha "tentação" para tentar enterra-la de vez, apesar de me parecer um projeto bem divertido.


 
 
  Vejo tanto as pessoas responsabilizarem o Diabo por tudo que está errado que pensei em assinar como Lúcifer e "me defender".
  😆

  Por esses dias estava conversando com uma senhora, ela disse que sua filha era uma boa moça até que "o Diabo entrou na vida dela".
  A moça era casada, tem dois filhos, largou o marido e foi viver com outro, levou os filhos, o marido briga pela guarda.
  Por motivos óbvios a vida da moça esta um inferno.

  Familiares e amigos a condenam, os filhos não querem o novo pai.
  Não tem como o novo companheiro morrer de amor pelas crianças, filhos que não são dele e o tratam com desprezo.

  A vida da moça esta um caos, é de se perguntar se este novo amor que surgiu na vida dela compensa tanto transtorno que inevitavelmente é sinônimo de dor e sofrimento.


  Será que a mãe dela esta certa? 

  Vou aceitar essa provocação mental.

  Lúcifer entrou na vida da mulher e trouxe o caos, o inferno em vida.

  
  Uma mulher casada só se apaixona por outro homem se Lúcifer agir em seu coração, conseguimos mesmo defender esta tese?
  Sei lá, relacionamento marido mulher é complexo, tanta coisa pode abalar o casamento ... até a rotina por melhor que ela seja.
  Surge um forte desejo de aventura, confunde-se com paixão/amor e a caca esta feita.

  Mas se Lúcifer fez a cabeça da moça qual seria sua linha de atuação?

   Em se apaixonando seria melhor a mulher apenas trair o marido sem trazer tantos transtornos para sua vida ou seria melhor assumir esta nova paixão...como Lúcifer a instruiria?



  Se eu fosse Lúcifer e quisesse ganhar a alma da moça a influenciaria no sentido de trair o marido e ir enrolando o amante.
(Sou o pai da mentira, não é o que dizem?)

  A moça teria o melhor dos dois mundos sendo tremendamente egoísta, eu a ajudaria no que pudesse para que ela não fosse descoberta em sua traição, esta seria minha parte no pacto.

  
Se Deus espera sofrimento em vida para merecermos o prazer no céu, Lúcifer tem que oferecer algo diferente, prazer em vida e nossa alma após a morte.

  O grande ponto a favor de Lúcifer é que não temos como ter certeza da salvação divina.

  Por mais  corretos que sejamos ainda assim podemos não ser salvos.
  Segundo a Bíblia não somos salvos por obras,a salvação é uma graça concedida por Deus de Abraão.

  Nem se há uma vida após a morte conseguimos ter certeza, tudo pode não passar de um funcionamento errático do nosso cérebro. 

  Com os prazeres terrenos a situação fica mais favorável, menos duvidosa, eles são garantidos, acessíveis e imediatos.
  O prazer de um carro novo é o prazer de dirigir um carro novo.

  O prazer de boa comida é o prazer de comer bem.
  O prazer do conforto e do sucesso é o prazer de se viver bem e ter seu trabalho reconhecido.
  Se você tem seu trabalho reconhecido é um homem de princípios, que acreditou em si mesmo.

  Se não tem seu trabalho reconhecido é um imbecil teimoso, um cara desorientado e sem noção, um fracassado.

  
  Podemos dizer que na vida da moça havia uma ação efetiva de Lúcifer?
  Como a vida dela não esta algo agradável dizemos que é uma teimosa desorientada sem noção que seguiu o voz do demo.
   Porem,  se analisarmos com ISENÇÃO fica fácil defender a tese de que ela seguiu seus princípios de elevado valor moral.
  Ela preferiu a verdade com todos os seus riscos que a mentira com todo seu conforto.

  
A moça fez o que um espirito maligno inspiraria nela?
  Me parece que não.
  Ela tentou de todas maneiras agir de maneira certa e honrada, ao se interessar por outro não quis manter uma mentira diante da sociedade a sua volta, não quis trair o marido, enganar sua família...


  Lúcifer levando a pessoa a fazer o que é certo e digno...complicado hein?


To be continued...

  




.

1 - 😡 “Viver segundo os mandamentos de Cristo não é sofrimento”
[Comentarista no G+]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬   
  Me referi as “provações”.

  Quem é do meio evangélico ou católico sabe que quando passamos por dificuldades dizem que “Deus está testando nossa fé”



quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Teoria Indigesta

  "Se suas ações contradizem suas palavras eu nunca vou acreditar em você".
[House]

    Porque espiritas (Kardecistas) tem a ação de serem contrários a pena de morte?
  (Sem generalizações, sei que muitos são a favor.)

   Se espiritas tem certeza que passamos por varias existências ... porque seria tão catastrófico abreviar uma existência daquele espirito que esta abreviando a existência de outros?


   No grupo espirita argumentaram que ninguém merece morrer antes da hora.
  Então concluímos que quem foi morto pelo bandido tinha chegado a sua hora.
  Morreu porque tinha que morrer, estava predeterminado pelos “espíritos superiores”.

  É um argumento difícil de defender.
  Se esta predeterminado, os marginais são pessoas enviadas pela espiritualidade para não deixar que as pessoas vitimadas fiquem encarnadas alem do planejado!?


  Imaginem a cena:


  É para eu morrer dia 9 de Dezembro de doença grave, mas já é dia 8 e estou com muita saúde então a espiritualidade "toca o coração" 😟 de um marginal para que ele acabe com minha existência dia 9 como havia sido planejado no "intervalo entre as encarnações." 


  Ou:

  Já estava planejado/determinado que o marginal cometesse latrocino no dia 9 de Dezembro contra mim.
  Nesse caso espiritualmente o marginal é inimputável, não terá nada a resgatar porque cumpriu determinação dos espíritos superiores. 

  O que não entendo é porque o mesmo raciocínio da morte estar predeterminada desde de nosso nascimento (encarne) não serve para pena de morte aplicada ao marginal!


  O marginal que me assassinou, depois de 5 anos será morto na aplicação da pena de morte.
  Porque 5 anos depois de minha morte não pode ser o dia que o marginal tem que morrer?


  A doutrina espirita dá dois pesos diferentes para a "inutilização do nosso corpo biológico"

 Quando o bandido mata cumpri missão divina/espiritual.

 Quando o Estado mata como punição ao crime ... "abreviou indevidamente uma existência"!

  Sei lá, não é coerente.

  Para pessoas evangélicas que acreditam em uma única vida até que é aceitável não destruir uma vida por pior que ela seja.

  Porem, se ela vai ficar dormindo até o dia do juízo final então podemos dizer que apenas antecipamos seu sono.😊
  Mas tenho teoricamente que aceitar que enquanto há vida há uma chance de conversão, isto para quem acredita que a pessoa é salva por obras.


  Para
Calvinistas a salvação é Dom de Deus, esta determinada desde o início dos tempos, logo NÃO é um crime brutal ou uma sentença de morte que mudará os desígnios de Deus para aquela alma.




  Concluindo a meditação.

  No caso da pena de morte os Kardecistas não acreditam na reencarnação,  agem tal qual os evangélicos.
  A vida tem uma única existência que deve ser preservada sobre qualquer hipótese, sempre há uma chance de conversão (evolução espiritual)

  
  Se as ações contrariam o que os espiritas dizem ... como posso acreditar no Kardecismo? 


  Para Kardecistas abreviar a existência de uma alma errática deveria ser algo natural.
  O espirito cometeu o erro gravíssimo de tirar a vida de uma pessoa então perde sua chance de evolução nessa existência para tentar em outra.
  Quem sabe pode passar um tempo naqueles hospitais espirituais que tanto  a doutrina fala.

  Uma alma errática tem grande probabilidade de continuar numa vida de crimes e acumular mais situações para serem resgatadas, ou seja, mante-la aqui alem de não aliviar seu problema ainda pode trazer tristeza profunda para muitas famílias, basta matematicamente analisar os números da reincidência criminal.


 
Meu argumento é obvio.
  Crimes brutais são sempre crimes brutais.
  A não ser que marginais sejam anjos a serviço da espiritualidade ... não tenho dados para defender isso.
  Não sei quanto a vocês, mas para eu é uma teoria pra lá de indigesta.