sábado, 24 de dezembro de 2011

Símbolos Cristãos

 "Não temais os que matam o corpo, e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo."
[Mateus 10:28]

 

  A penúltima pessoa que minhas filhas precisam temer nesse mundo sou eu, a ultima é minha esposa.
  Mesmo que elas cometam algum erro eu tentarei amenizar as conseqüências, nunca tornaria o fardo delas ainda maior.
  Vamos supor que uma delas engravide na adolescência, eu ficarei muito chateado, ela será mãe com todas as responsabilidades que isso acarreta, mas no que eu puder ajudar tenham certeza que farei, nada de expulsar de casa, negar comida, desprezar de qualquer forma.
  Se acontecer envolvimento com droga e recusar tratamento, caso sua companhia se torne insuportável então será melhor que cada um siga seu caminho afinal não cultuo o sofrimento, não vou viver um inferno por erros que minha filha cometeu.



  Tirando o caso de cometer crimes ou uso de drogas que muitas vezes criam situações insustentáveis não consigo pensar em outra situação em que minha filha não pudesse ficar ao meu lado usufruindo dentro de certos limites a minha proteção.
  Eu quero que minhas filhas sejam cidadãs bem inseridas na sociedade, mas suponhamos que elas não queiram nada com o trabalho, oras, que fiquem em casa, comida e abrigo não irão lhes faltar.
 Como disse, sou a penúltima pessoa que minhas filhas podem esperar algum mal, se eu não puder ajudar ... aumentar suas dificuldades é que não vou.


  
Por isso considero a passagem bíblica Mateus 10:28 terrivelmente assustadora.
  Um "Deus Pai" que eu tenho que temer mais que todos os homens!
  Um Deus Pai que pode fazer perecer no inferno tanto a alma quanto o corpo.

  Se uma filha estivesse sofrendo com uma doença terminal eu não hesitaria em autorizar o desligamento dos aparelhos, minha filha nasceu para sorrir, para brincar, não para ficar presa a uma cama.
  Sim, na minha forma de amar, prefiro ver minha filha livre de um corpo problemático que mante-la ao meu lado viva não importando sob qual condição.
  Se a eutanásia é pecado, ele seria todo meu, eu aceitaria ir para o inferno para poupar minhas filhas de sofrimentos inúteis como doenças sem perspectivas de cura que debilitassem muito seus corpos.
  Talvez por isto eu aceite tão bem a aniquilação, se eu não passei no teste de Deus que ele retire minha consciência, me faça voltar ao pó e não se fala mais nisto.
  Mas um Deus que eu preciso temer!?

  Um Deus tão vingativo que pode me fazer sofrer por milênios em um inferno até decidir que eu morra...francamente é assustador. 
  Não tenho como admirar, até evitaria a companhia de um ser assim.

  Quando alguém me diz que acredita 100% na Bíblia, e que ela é a palavra de um Deus justo e bom ... não acredito que a pessoa tenha lido.

  Não é possível.

  Como hoje é Sábado, véspera de Natal não quero terminar esse texto assim tão deprê.
  Vamos pensar na Bíblia apenas como um simbolo.

  Quem a leva ao pé da letra são religiosos fanáticos e ... ateus 😄.  

   A Bíblia são escritos muito antigos.
  Se alguém perguntasse a um “sábio antigo” para onde a água do mar vai ele diria que ia para o céu ao olhar o encontro do mar e céu no horizonte.
  Sua dedução era lógica pra época, mas a “concepção” estava “errada”.
  Um aluno do ensino fundamental hoje sabe que a água vai para o céu, o sábio estava parcialmente certo.
  Mas hoje conhecemos os estados da água, ela evapora para o “céu” e volta em forma de chuva.

  A Bíblia virou um símbolo cristão tal qual a cruz.
  A cruz é "boa ou má"?
  Ela lembra um momento bíblico terrível, a crucificação.
  No entanto cristãos preferem associá-la com a ressurreição.

  A Bíblia é boa ou má?
  Nela há citações terríveis.
  No entanto cristãos preferem as partes que exaltam a fé dos antigos em uma força inteligente, criadora.
  Ignoram as partes que sugerem ideias primitivas sobre as ações de "espíritos" ou tradições e costumes comportamentais daqueles tempos.
  
  Uma tradição do nosso tempo é comemorar o nascimento de Jesus.
  Considero uma simpática tradição, tão boa que mesmo quem não é cristão vê a data como um "simbolo bom".

   




FELIZ NATAL!





sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Algum Motivo para Viver

"Sofrimento é melhor que nada."
  [House]

  Poucas pessoas chegam a conhecer o que é apatia profunda.
  [Se é muito prolongada considero depressão de fato]. 
  Já vivi essa situação de apatia em alguns momentos da minha vida, consegui não deixar que virasse depressão.
  Você não quer deixar de viver, não chega a querer morrer, mas se a morte acontecesse seria um grande alivio.
  Confesso que já fui muito alem da sensação, tive realmente muita vontade de morrer, mas não vou falar novamente sobre isso para o texto não se afastar da frase de House.


  A apatia é uma estrutura de pensamento que eu não recomendo que ninguém visite, o caminho pode ser sem volta.
  Não entrarei em detalhes dessa situação porque pode causar mal a muitas mentes.


  
  A gente não quer absolutamente nada, a não ser dormir e não acordar mais. 

  Muitas mentes felizmente chegam apenas ao estado de extrema tristeza, uma grande vontade de chorar a todo momento.

  Você se importa com alguém que foi e não vai mais voltar (morte), se importa com a perda do amor de alguém, você se importa com um grande fracasso profissional, você se "importa".


  A apatia profunda é um estado que você já não se importa com mais nada. 
  Se um carro te reduzisse a carne moída esfarelada no asfalto seria algo maravilhoso. 
  Só de pensar no pneu passando por cima de sua cabeça e triturando qualquer pensamento dá vontade de se atirar logo na frente de um grande ônibus, acabar com tudo, porque nada mais importa.
  (Evidente que cada individuo tem sua própria visão do momento da morte)

  Lembrei agora de quando estipulei uma data para fechar o restaurante que eu tinha, de fevereiro de 2007 não passaria.

  Para quitar as dividas [rescisões trabalhistas] eu provavelmente teria que me desfazer de muitas coisas, mas já não me importava com quase mais nada. 
  Faria quase qualquer coisa para não continuar naquela situação de muito trabalho, muitos problemas, muitos compromissos e pouco retorno financeiro.
  Não posso dizer que fiquei totalmente apático porque me importava muito com minha esposa e filhas.
  Nesta época eu começava a trabalhar ás 8 horas da manhã e ia até as 22 horas ... se conseguisse baixar as portas, sempre tinha alguns clientes que queriam esticar a noite.
  Foi difícil arranjar um tempo, mas consegui ir a uma apresentação da escolinha de minhas filhas, uma estava com 3 anos a outra com 5, foi magico ver meus anjinhos dançando, não consegui me controlar, meus olhos ficaram cheios de lágrimas.
  Sei lá! 
  O cara trabalhando feito louco para conseguir dinheiro não era eu, não era minha essência.
  Aquele cara ali emocionado ao ver as filhas dançando era EU.
  Direcionei meus pensamentos para uma vida mais tranquila com minha família, nem que tivesse que ganhar salário mínimo, só queria um trabalho simples com pouca responsabilidade, que não me tomasse mais que 8 horas diárias.
  Eu estava sofrendo muito, mas o sofrimento é melhor que não sentir nada, melhor que ficar totalmente apático.

  Muitas pessoas cultuam o sofrimento, acreditam que ele purifica suas almas, as transforma em pessoas melhores.

  Eu não cultuo o sofrimento, me importo em viver com paz e prosperidade.
  Definitivamente o sofrimento não me tornou uma pessoa melhor, se tudo dependesse só de mim, optaria por não sofrer e me sentiria uma pessoa tão boa quanto qualquer outra.
  Mas acreditem, a pior situação de uma alma é já não se 
 importar com mais nada.
  Até o sofrimento é melhor que a apatia profunda.
  Muitos são masoquista até tem prazer no "vitimismo".
  No meu caso quero de alguma forma parar de sofrer, busco desejar alguma coisa não muito distante que proporcione algum alivio, porque ...
   Quando não desejamos mais nada o único alivio é a morte.


“Mas quem sofre sempre tem que procurar
Pelo menos vir achar razão para viver
Ver na vida algum motivo pra sonhar
Ter um sonho todo azul
Azul da cor do mar”
☛♫♫♫♫

  





Nota em 26/07/2018: Em situação de apatia profunda busque por "objetivos alcançáveis", se traçar grandes metas difíceis de alcançar ... por motivos óbvios só vai se afundar mais.
  Me desfazer do pequeno comércio era factível precisava só não me importar com o prejuízo, ter o "firme propósito" que uma vida mais tranquila seria melhor para mim.
  Conseguir um emprego com salario minimo, convenhamos que não é uma meta difícil de alcançar.
  Confesso para vocês que meu principal objetivo era estar presente para minhas filhas pelo menos até completarem 18 anos. 
  Minha esposa é muito forte e independente, mas não seria justo deixa-la arcar sozinha com tanta responsabilidade.
  Minha lógica sugeria me manter vivo pelo menos até 2021, quando minha filha Ellen fizesse 18 anos.
  O que minha lógica me diz hoje?
  As coisas se ajeitaram bem.
  Tracei uma meta possível de conseguir, algum cargo no serviço publico, mesmo que fosse com baixa qualificação.
  No geral os salários são acima da média e as condições de trabalho bem mais "flexíveis".
  Minha situação atual esta bem tranquila, ganho pouco, mas isso não é novidade na minha vida, no comércio tinha mês que não ganhava nada, até perdia.
  Tenho tempo para cuidar da casa, fazer minhas comidas, escrever meus textos, minha esposa e filhas estão bem ... acho que posso viver para sempre. 
😆



.




quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Você não vale Nada


"Amor incondicional não existe.
 Só necessidade incondicional".
 [House]

  O egoísmo é natural em nós, até certo ponto é desejável, esta ligado ao instinto de sobrevivência.
  Eu primeiro, depois os outros.

    “EGOÍSMO é o hábito ou atitude de colocar seus interesses, opiniões, desejos, necessidades em primeiro lugar, em detrimento (ou não) do ambiente e das demais pessoas com que se relaciona.
    Neste sentido, é o antônimo de altruísmo.”


  Eu me amo, eu me amo...já cantava o Ultraje a Rigor

  VOCÊ gosta de uma pessoa, quer ficar ao lado dela, logo, não cede as vontades dela por ela, mas por si mesmo.

  Você cederá  aos caprichos de uma pessoa quanto mais estiver sentindo necessidade de ficar junto dela.
  Você ama alguém  é evidente que quer impor condições, vamos pensar em uma.

  Não quer que sua namorada converse com o ex.

  A moça não faz sua vontade e ainda reverte a situação.

  👧 "Não confia em mim? Acha que sou uma qualquer!?"

   Você sente vontade de gritar que não confia, continua querendo ela longe do ex, mas se forçar a barra a possibilidade de perder a amada existe.
   O que sai da sua boca?

  👦 - Confio amor,  me desculpe.

  Evidente que em uma situação dessa há inúmeras variáveis.
  Quanto você gosta da moça, quanto tem medo de perde-la e o principal como é seu temperamento.
  Do lado da moça também há inúmeras possibilidades de acordo com a personalidade dela.

   Importante nessa meditação é entender que você vai ceder (ou não) segundo SEU interesse/necessidade.
  É o egoísmo companheiro.
  Primeiro você.

  O homem (ou mulher) gostaria de impor condições, fazer exigências a pessoa amada.
  Se você está perdidamente apaixonado surge a necessidade incondicional de estar com a pessoa por vezes tolerando até chifre.
  Quantas pessoas já reataram o namoro mesmo sabendo que o relacionamento terminou justamente por alguma infidelidade do homem ou da mulher?

  "Você não vale nada, mas eu gosto de você".

  ou   melhor

  "Você não vale nada, mas EU PRECISO de você."

  
  Vamos a outra provocação sem sair do mesmo pensamento.

  O amor do “Deus Bíblico” é incondicional?

  Nos meus tempos de religioso sempre ouvi que sim, mas isso não resiste a analise lógica.
  Segundo os antigos que escreveram a Bíblia o Deus de Abraão espera que nós o amemos mais que qualquer coisa, o coloca-lo acima de tudo ...se isso não é impor uma senhora condição então por favor me estourem os miolos, estou completamente louco.

  E porque tantos cedem a essa imposição?
  Porque se esforçam para amar a Deus sobre todas as coisas?
  Em verdade voz digo que o individuo acredita que a vida continua pós a morte física e atender os caprichos da "doutrina que participa" (Travestida de vontade de Deus) "garante" a passagem para um paraíso. 

  Você sente necessidade incondicional de ser imortal e não basta viver para sempre, tem que ser em um maravilhoso paraíso.

  VOCÊ quer viver para sempre em um lugar maravilhoso.
  Amar algum deus é só um detalhe que você tem que aceitar porque na realidade egoisticamente esta pensando apenas em si mesmo.
  Se para conseguir o que quer tem que ficar louvando a Deus noite e dia então ... oh glória a Deus!

  E eu nisso, como "suporto" o Livre Pensamento?

  Claro que a principio eu gostaria de ser imortal, ir para um lugar muito agradável, quem sabe passar as férias viajando pelo sistema solar a velocidade da luz, mas eu não tenho essa grande necessidade de ser imortal.

  Sinto que se eu deixasse de existir hoje também não seria de todo mal, afinal não terei mais consciência de nada, todas a vozes em minha mente silenciarão.
  Como minha necessidade de ser imortal não é incondicional eu leio os livros sagrados sem ceder na qualidade da razão.
  Se "Deus" (Outras formas de vida) existe espero que seja meu amigo, assim como sou para minhas filhas.
  Quero respeita-lo como Pai, mas ter um relacionamento muito agradável, não de medo ou puramente interesse.

  Meu pai biológico era um tanto ditador e pouco racional, com uns 10 anos praticamente fugimos dele então nem chegamos a ser amigos, não teve como.
  Sim, eu quero crer que existe um Deus justo e bom e mais que isto quero ter o prazer de ser seu amigo.
  É a minha condição! 
  Que ele seja justo e bom para que possamos ser grandes amigos.
  Se o preço de continuar a existir é a escravidão, prefiro ser um espirito livre até o dia que eu deixar de existir.


Qual é a sua condição?


Eu não sou diferente de ninguém
Quase todo mundo faz assim
Eu me viro bem melhor
Quando tá mais pra bom que pra ruim

Não quero causar impacto
Nem tampouco sensação
O que eu digo é muito exato
É o que cabe na canção

Qualquer um que ouve entende
Não precisa explicação
E se for pensar um pouco
Vai me dar toda razão

A senhora, a senhorita
E também o cidadão
Todo mundo que se preza
Nega fogo, não

Eu não sei viver sem ter carinho
É a minha condição
Eu não sei viver triste e sozinho
É a minha condição
Eu não sei viver preso ou fugindo


  




.


quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Baixa Hormonal

 "Nós suportamos muito bem o mal; que acontece aos outros."
 [François de La Rochefoucauld]

 Se tem uma coisa que não gosto é que me consolem. 
  Deixa eu quieto no meu canto com minha dor.
  Já vi casos em que a mãe de alguém morre e vem outra pessoa lhe consolar dizendo: 


 👱 "Sua mãe foi para um lugar melhor".

  
Dá vontade de dizer:
 - Se é assim espero que sua mãe morra também!

  E quando você esta desempregado e na reta final da seleção perde a vaga de emprego?


  🙎 "Não era para ser seu, Deus está te preparando coisa melhor."

  Caraca Deus! 

  Então anda logo que estou cheio de contas para pagar. 
  Enquanto não vem o emprego bonzão deixasse eu ir me virando com esse mesmo....

  O mal que acontece aos outros suportamos com louvor.

  Talvez por isso sejamos no Brasil tão tolerantes com assassinos.
  Vemos os crimes pelos jornais, só nos importamos de fato quando acontece com alguém bem próximo, quando o mal acontece para nós.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  "O motoboy Sandro Dota estava casado com a irmã de Bianca Casoli, mas não deixava de "dar cantadas na cunhada" antes de supostamente assassiná-la."

  Já disse que meu desejo sexual baixou bastante, sei que a Sociedade Freudiana abomina isso.
 "Sexo é vida".
  Como não sou freudiano vamos meditar sobre isso.

  Mais ou menos dos 16 aos 30 anos meu desejo sexual era absurdo.

  Não, não era por uma garota em especial, em se tratando de sexo qualquer uma mais bonitinha já me fazia ficar imaginando coisas ... feinha também ... sempre tem alguma parte aproveitável.
  Quem não lembra da "Raimunda" ... 
 😆
 

  Hoje (20/12/2011) com uma filha de 11 anos, quando vejo uma moça bonita de 18 penso em minha filha ficando mocinha, o sentimento é meio de pai.
  É mole uma coisa dessas? 
  Quem diria heim!

  Logo, se eu tivesse uma cunhada de 19 anos a chance de um relacionamento amoroso com ela seria próximo de zero, ficaria constrangido até de dar uma cantada.


    “O corpo da universitária Bianca Consoli, 19 anos, foi achado pela mãe dela, caído próximo à porta de saída de casa, na zona leste de São Paulo, no dia 13 de setembro de 2011. Segundo a polícia, a jovem foi atacada quando havia acabado de tomar banho e se preparava para ir à academia.”  
 [R7]

  O que leva um cidadão de 40 anos aparentemente "normal" atacar uma cunhada de 19 anos a ponto de mata-la diante da recusa de um ato sexual?


  A violenta briga deixa claro que ele tentou estupra-la.

  Percebam que nada disso teria ocorrido se depois dos 30 o cidadão fosse esfriando sexualmente.
  Mas "sexo é vida", o homem tem que ser um "pegador" por toda vida, a melhor coisa do mundo "tem que ser" transar...
  

 “No âmbito da psicanálise, de acordo com Freud, a libido consiste em uma energia psíquica que resulta maioritariamente do instinto sexual e que determina o comportamento da vida do homem. Segundo Carl Jung, é uma energia ou força vital psíquica.
  Falta de libido
 Vários motivos podem diminuir tanto a libido masculina como a feminina.   
 Uma baixa autoestima e alimentação inadequada podem reduzir a libido tanto em homens como mulheres.”
[Significados]

  Viu, não importa a idade, se seu desejo sexual baixou é algo para se preocupar.


  Eu defendo que é normal depois da fase de "procriação" nosso desejo sexual diminuir, considero isso algo alem de natural ...BOM.
  Nossa ciência indica que para melhores resultados a mulher deve engravidar até os 35 anos.
  No caso do homem a produção de espermatozoides permanece "normal" pela vida toda, mas ... em geral com 35 anos já é casado, com filhos e todas as obrigações que isso implica.
  Convenhamos que procriar não é mais um "sonho", o desejo da paternidade já foi satisfeito.
  Alem do mais casamento envolve o conceito de fidelidade sexual, persistir em ser "pegador" não vai dar muito certo para essa nova situação.

   O objetivo dessa meditação é mostrar para você que diminuir seu "libido sexual" depois dos 30 é normal e muito vantajoso.

  Desejo sexual intenso depois de uma certa idade é PROBLEMA.

  Continuemos analisando esse triste caso.

  Mesmo que a cunhada se apaixonasse pelo cidadão, correspondesse ao seu assédio ...  pensem no transtorno familiar.
  Você mulher imagine seu marido te traindo com sua irmã.
  Você homem imagine sua esposa te traindo com seu irmão.

  Sem duvida o pior mal aconteceu com a Bianca que foi assassinada.
  Mas e o mal que esta acontecendo com a irmã?
  O marido dela, matou a irmã dela ... como apagar uma coisa dessa da mente!?

  O mal que acontece aos outro é fácil para nós suportarmos, quando é com nós não é brinquedo não.


  Companheiro, companheira você já passou dos 30, esta casado com filhos?
  Seu desejo sexual baixou bastante?
  PARABÉNS!
  Desejo sexual é PROBLEMA!
  
  A baixa do libido com o passar dos anos ocorre na maioria de nós, é algo até desejável, mas a sociedade Freudiana transforma isto em algo monstruoso, um grande mal a ser evitado a qualquer preço, com remédios antidepressivos e vaso dilatadores.
  Sei lá! 

  Quando sentir inveja daquele seu amigo(a) que mesmo com o passar dos anos continua "tarado", a partir de hoje coloque sua inveja em duvida, talvez não seja a melhor coisa para você sentir
  Ser um bom pai ou mãe é encantador, enquanto ter uma sexualidade exagerada fora de época traz muitos transtornos.


 
 Acredito que tem melhor sorte quem tem o libido diminuído com o passar do tempo e não o contrário como diz a Psicologia que prega que o normal é nos mantermos sempre muito ativos sexualmente até o final de nossas vidas.

  Vamos tornar ainda mais interessante este texto puxando para o mundo dos pensamentos, separei um link interessante onde alguns testes mostram que nosso, comportamento, pensamento [VONTADE] interfere na produção de hormônios:


  
  "A baixa hormonal, no entanto, não quer dizer que estes homens tornaram-se menos viris.
  Isso, segundo os pesquisadores, é apenas uma concepção cultural, e das mais capengas.
  A menor produção de testosterona fez até bem para os pais.
  Segundo o estudo, os homens que constituíram família e preocupam-se com ela são menos suscetíveis a envolver-se com álcool e drogas, ou mesmo a desenvolver doenças cardíacas e câncer de próstata."
[O Globo]


  




terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Sexo com Colegas

 "O problema de dormir com estranhos... é que são estranhos."
[House]

  Sei que a estrutura de pensamento PRAZER é muito complexa, tem até aquela expressão: 


 "Gosto não se discute, aceita-se ou lamenta-se."


  Eu aceito, mas não discutir é impossível.
  Já vi indivíduo contando "vantagem", se gabando de ter beijado 11 garotas em  festa de rodeio.
  A saliva passa tantas doenças, não entendo que prazer pode ter beijar tantas estranhas.
  Tá, são mulheres bonitas, e daí!?
  É saliva do mesmo jeito, a moça não significa nada para você, você não significa nada para ela, foi só um beijo sem pé nem cabeça.


  Não sou moralista, mas confesso que não entendo o sexo sem ao menos uma amizade.


  Meditemos sobre o caso da prostituição, você vai lá paga uma mulher, ela transa por alguns trocados.


  Se você é muito tímido ou tem grande dificuldade para conseguir uma parceira, é até compreensível.
  Você não é bom de papo, tem que fazer alguma coisa com seu desejo sexual, a masturbação não é suficiente quando os hormônios estão no auge.


  Porem,  se você é um cara "dentro da média" e descompromissado não vai faltar mulher disposta a transar com você, nem precisa ser por amor, mas por uma boa amizade ou até para tornar o final de noite mais interessante.



  O mesmo auge de hormônios que atinge os homens atinge as mulheres e sem duvida o sexo entre duas pessoas que se desejam é muito mais legal, mais prazeroso que quando um dos parceiros esta fazendo apenas um trabalho (caso da prostituição), se pudesse nem estaria ali.

  
  Casamento baseado apenas em atração física não tem como dar certo, precisa de sintonia mental, sintonia de interesses.


  Se você sai com aquela sua colega de escola, trabalho, igreja ... alem de sexo você esta conhecendo melhor a pessoa, uma mulher que tem algo a ver com você, tem assunto para conversar não é só sexo pelo sexo.
  Dessa relação pode sair com bom casamento.

  Conversando com um colega moralista ele me disse que na Bíblia esse tipo de sexo com colegas e com várias parceiras no decorrer da vida é proibido.
  Ele até usou uma justificativa "lógica": 


 
👨 "O corpo das mulheres tem pouca diferença entre si, o mesmo prazer que você sente com uma sente com outra, por isso o sexo só depois do casamento é um plano perfeito de Deus"


   Perguntei porque Deus permitiu que Davi e Salomão tivessem tantas mulheres se isso não é permitido nem justificável!?
  Sendo homens escolhidos, verdadeiros representantes de Deus aqui na Terra, deveriam ser exemplares em conduta moral.

  Para provoca-lo ainda mais pedi que imaginasse a seguinte situação:


  Nós somos colegas, trocamos idéias interessantes, nos damos bem, vamos supor que nós dois não tivéssemos compromisso e você fosse uma mulher "graciosa" [muito da gostosa], seria algo tão horrível terminar alguns de nossos papos na cama... 😆


  [Ele riu, mas preferiu imaginar que eu fosse a mulher "graciosa".]




  Eu não consigo imaginar que com tanto problema na Terra, tantos assassinos soltos, guerras acontecendo, catástrofes naturais, Deus vai ficar bolado com um casal transando com responsabilidade.

  Aposto que meu colega tem fantasias sexuais que inundam sua mente a todo momento, ele não viveu sua sexualidade.
  (É casado, não teve outros relacionamentos)

  Sou casado, estou em um grau de emoção que não tenho necessidade de ficar fantasiando relação com outras mulheres, vivi minha sexualidade.

  Lá pelos meus 23 anos eu tinha um lema, o melhor de ter amizade com mulheres é que sempre pode acontecer o sexo, logo, nenhuma amizade masculina era páreo para uma amizade feminina.

   O bom de transar com uma colega é que ela é uma colega, não uma completa estranha.

  Essa "amizade colorida" pode evoluir para o amor, um relacionamento mais longo, não baseado em sexo, mas em compatibilidade de interesses, compatibilidade de mentes.
  Mesmo que o relacionamento mais longo não aconteça,  tivemos a chance de escolher entre pessoas que foram agradáveis a nós, a probabilidade de uma boa escolha é bem maior.

   (Não somos Davi nem Salomão, temos que optar por uma mulher.)

  Se você tem seus 20 anos e acredita que o sexo por amizade é pecado...tudo bem!

  Se você se interessa por Filosofia e quer que ela seja útil em sua vida entenda que transar por amizade pode evitar que você case com uma "inimiga", uma alma que alem do sexo você tem pouca coisa em comum.

  O problema de ter relacionamento sério baseado em hormônios é que os hormônios não são para serem levados tão a sério, é uma química do corpo.
  Ao envelhecermos a pele lisa/macia e a bela forma vão desaparecendo, os hormônios sexuais vão com elas.

 
 Comandando o corpo feminino ou masculino há uma MENTE, é isso que você tem que levar a sério, é isso que vai definir se o relacionamento vai continuar quando a "química" e a “estética” já não nos forem favoráveis.

 Essa lógica entra em sua mente?


  




.




segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Mentes Fracas

  "As pessoas fracas não podem ser sinceras."
 [François de La Rochefoucauld]

  "Mãe é presa suspeita de jogar gêmeos pela janela do quarto andar em Sete Lagoas – MG.
  Crianças de um ano e cinco meses estão internadas.
  Eles caíram da altura de 12 metros.
  De acordo com a polícia, a mulher, de 25 anos, sofre de depressão.
  Ela teria discutido com a mãe e, em seguida, atirado as crianças pela janela.
  Os meninos foram levados para o hospital municipal da cidade.
  A mãe das crianças foi presa, vai responder por tentativa de homicídio."


  Não sei como definir o que é uma "pessoa fraca".
  Fisicamente é fácil, mentalmente é complicado.
  Nessa meditação vamos dizer que mente fraca é aquela que tem grande dificuldade em pensar para alem do momento como naquela famosa expressão:

  "Não enxerga um palmo adiante do nariz".

   A pessoa que não projeta muito bem as conseqüências de seus atos fica muito mais exposta a acidentes que podem mudar o rumo de sua vida para bem pior.
  Uma mulher que enxerga um palmo adiante do nariz, não corre o risco de uma gravidez indesejada. (Só um exemplo entre tantos possíveis)
  As conseqüências de ter uma criança sem estar preparada são muito sofridas.


  Pensem naquela moça que no calor do momento transou com um rapaz.

  Os hormônios falaram mais alto ela seguiu o instinto.
  Se era um relacionamento "sério", já consolidado, complica a vida do casal, mas as coisas acabam se ajeitando.

  E quando a moça ou o rapaz não tinham grandes planos para a relação?
  Estava naquela fase de test drive.

  Vamos para aquela situação tão comum do homem não querer assumir o filho.

 
  Aquela “paixão” ou “grande desejo” ou “curtição” ... vira uma grande decepção com ele, com ela mesma, COM A VIDA.

  Toda magoa poderia ser apagada pelo tempo...poderia, se não tivesse nascido uma criança.



  A maioria de nós acredita que "pariu é mãe" e desse ato nasce o "amor incondicional materno".
  Isso é o que mais acontece, porem não é o que sempre acontece.
  A vida não é exata.

  "Especulando" sobre a notícia em questão...

  Para a moça os gêmeos representam um vacilo muito grande, a lembrança infantilizada de que um homem se "aproveitou" de sua pureza, estragou sua juventude.


  Se essa moça fosse "forte", não teria transado correndo riscos desnecessários e se o acidente ocorresse optaria pelo aborto ou doação.


  
  Seria SINCERA com seus sentimentos por mais que as pessoas a sua volta a condenassem.

  Uma pessoa fraca não consegue ser sincera nem consigo mesma porque o que os outros pensam é a coisa mais importante do mundo, então finge um sentimento que não tem para ficar bem com todo mundo.

 [Claro que não estou defendendo a moça, apenas estou mostrando como as coisas saem do controle.]

  Não dá para acreditar que a moça acordou de manhã e decidiu matar as crianças.


  Ela foi se enganando/suportando o quanto pode, mas as diversões canceladas, todo trabalho que dá cuidar de gêmeos, o amor pelas crianças que lhe falta, o ódio pela situação que transborda... tudo isso sem poder contar com o pai das crianças.


  A maioria de nós sabe quanto mães podem ser irritantes.
  Sim, amamos nossas mães, mas isso não quer dizer que o relacionamento é carinho, atenção, tolerância 100% do tempo.
  Nos coloquemos no lugar da avó.
  Para ela toda aquela situação de certo não era um mar de rosas.
  A discussão mãe e filha foi só o estopim de um longo processo de dor e frustração.

  Tudo poderia ter sido evitado com o uso correto de anticoncepcionais (preferencialmente); aborto ou adoção.

  Seria bom que a justiça brasileira fosse menos burocrática com relação a adoção. 
  Os gêmeos precisam de amor e a mãe biológica não esta em condição dar.

  Amor não é algo que possamos comprar na farmácia, anticoncepcional é.

  Pensem nisso antes de transar.


  "Talvez" a moça nem seja um monstro, foi e é extremamente fraca, não enxerga um palmo adiante do nariz.
  Que ela cumpra sua pena e consiga uma vida satisfatória tendo filhos que ela seja capaz de amar, porque decepção/estresse no caso dela pode levar a assassinato.


  Esse tipo de noticia é difícil acompanhar o desenrolar pela mídia, vira uma nota esquecida no jornal, até os links somem.
  Só quem é próximo dos fatos, conhece os envolvidos, sabe o que veio depois.

  Até onde foi possível eu saber, o pai (depois do ocorrido) reivindicou a guarda dos filhos.

  Boa sorte aos bebês! 

  Péssima maneira de chegar ao mundo, lamentável!
  Por vezes é melhor não nascer.
  

"Sou forte o bastante" para admitir que tenho duvidas.






.