quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Heranças e Ranços

"(Golias) Nasceu depois na Índia, e continuou um louco, devido à sua não identificação do seu valor perante as sociedades." [Nihil]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Você esta "determinando" que o espirito que moveu Golias sempre reencarnou em corpos diferenciados fisicamente, é isto?
  Eu não gosto de viajar nestes devaneios baseados em reencarnação e herança genética porque eles se adaptam a qualquer teoria por mais fantasiosa que seja.
  Eu sou o que sou hoje. Se existe reencarnação não faço a mínima idéia de quem fui em uma existência anterior então qualquer ranço do passado deve estar muito diluído na minha SITUAÇÃO atual.
  Vamos supor que eu tenha sido mulher na existência passada e apanhava muito de meu marido.

   Agora eu sou homem e o que deve acontecer? Tenho que detestar outros homens, bater em mulheres, compensar sendo capacho de qualquer mulher...
  Os reencarnacionistas dizem que o que aconteceu no passado afeta em grande parte meu presente.
  Eu até "matematicamente" aceito que alguma influencia aconteça, mas dizer que este comportamento do passado será "dominante" em mim, é viajar muito na maionese.
  Quero dizer que mesmo o espirito Golias reencarnando em uma situação "normal", ficar revoltado por uma situação passada que ele nem se lembra mais é viajar muito na maionese.
  Eu leio seus textos até a parte que encontro menção a Safo. Encontrei este nome já paro de ler, a não ser que tenha tempo sobrando, você apresenta correlações tão vagas, tão fantasiosas que eu nem comento para não te chatear.
  Você é Lídia e ponto final. 

  Se alguém alimenta devaneios de que é a reencarnação de Cristo porque tem cabelos loiros e olhos azuis sem se importar que esta é uma imagem do cinema americano...o que eu posso fazer?

=========================
  Psicanalistas, propositadamente ou não, tentam explicar certos fenômenos dando um fundo "cientifico" a esta pregação reencarnacionista, chamando certos comportamentos de "herança ancestral".
  Meu sobrinho mais velho é casado e já tem um filho com o nome de um profeta bíblico o qual não sou muito simpático.
  A criança é linda, de olhar não dá para dizer que eu e ela temos algum grau de parentesco e até onde eu conheço de DNA, este exame não seria conclusivo para provar que temos parentesco, por motivos óbvios.
 O DNA de minha irmã misturou com o de meu cunhado gerando meu sobrinho.
 Meu sobrinho casou com uma moça com um DNA diverso da minha família, logo a criança é a mistura da mistura do DNA de minha irmã, não há traço do meu DNA na criança.
  Veja bem que estamos falando de um curto espaço de tempo, como eu e minha irmã estamos bem vivos não dá nem para dizer que passou uma geração.
  Vamos supor que o filho do meu sobrinho goste muito de escrever, dizer que ele me "puxou" é viajar demais na maionese. 


  Muita gente gosta de escrever, dizer que isto é uma herança genética ou lembrança de uma existência passada chega a ser risível.

  Safo fazia poesia, Nihil faz poesia, Safo teve um namorado, Nihil teve um namorado, Safo teve sucesso, Nihil pediu para não ter sucesso, viu esta "provado" que Nihil é "reencadernação" de Safo!!!!
  Observar uma mulher que não liga de apanhar do marido e dizer que isto é resultado de uma herança genética dos tempos da caverna... não sei nem o que comentar.
  Dizem que uma pessoa negra se sente inferiorizada devido a lembrança de uma outra existência. Para isto temos que pressupor que este espirito sempre reencarnou em um corpo de pele escura, seria uma nova lei da reencarnação!??


=======================
  O texto já esta ficando longo e não gosto de textos longos, isto é uma herança ancestral, um ranço de existências passadas?
  Sei lá! A concisão pode ser uma característica da minha alma e quando eu fui branco, preto mulher, índio, soldado...esta minha marca, este meu sinal me acompanhou.
  Dizer que sou conciso por herança genética de um tataravô é um tanto complicado, meu DNA já esta tão misturado que a concisão pode até ter surgida ao acaso [em termos genético uma mutação].
  Definitivamente não entendo teorias baseadas em ranço de existências passadas ou herança ancestral moldando comportamentos.
  É preciso ter muita fé e eu sou um homem sem fé...sinto muito!





anterior                       <>                                próximo



Postar um comentário