segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Mentes Fracas

  "As pessoas fracas não podem ser sinceras." [Rochefoucauld]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  "Uma mulher jogou os filhos gêmeos, de um ano e cinco meses, pela janela do quarto andar de um prédio em Sete Lagoas"  [R7]

  Não sei como definir o que é uma pessoa fraca então vou escolher uma base que pode ser ela ter dificuldade para pensar alem do momento como aquela famosa expressão: "não enxerga um palmo adiante do nariz".
  Uma pessoa que não projeta muito bem as conseqüências de seus atos fica muito mais exposta a acidentes que podem mudar o rumo de sua vida para bem pior.
  Uma mulher que enxerga um palmo adiante do nariz, jamais corre o risco de uma gravidez indesejada.
  As conseqüências de ter uma criança sem uma estrutura aceitável são muito sofridas.
  Pensem naquela moça que no calor do momento transou com um rapaz, ela podia até estar apaixonada, mas para ele era só uma amiga ou ela mesma não sentia amor pelo homem, naquele momento os hormônios falaram mais alto e ela confundiu tudo.
  Ele não assume o filho e a moça ainda tem o desgosto de o ver com outra mulher.


  Aquela paixão pode virar uma grande decepção com ele, com ela mesma e com a vida.


  Toda esta magoa poderia ser apagada pelo tempo...poderia, porque da relação nasceu uma criança.


===========================
  Na psicanálise pode até existir este conceito de que pariu é mãe e deste ato surge todo um amor incondicional materno, a mãe que não ama seu filho precisa de terapia e remédios.
  Na Filosofia não é bem assim, para aquela moça a criança representa um vacilo muito grande, a lembrança infantilizada de que um homem se "aproveitou" de sua pureza e estragou sua juventude.
  Se esta moça fosse [digamos] "forte", primeiro não teria transado correndo riscos desnecessários e se o acidente ocorresse optaria pelo aborto ou doação.


 
Ela seria SINCERA com seus sentimentos por mais que as pessoas a sua volta a condenassem.


  Uma pessoa fraca não consegue ser sincera nem consigo mesma porque o que os outros pensam é a coisa mais importante do mundo então ela finge um sentimento que não tem para ficar bem com todo mundo.

  Claro que não estou defendendo a moça, apenas estou mostrando como as coisas saem do controle.
  Não dá para acreditar que a moça acordou de manhã e decidiu matar as crianças.
  Ela foi se enganando o quanto pode, mas a diversão cancelada, todo trabalho que dá cuidar de gêmeos, o amor pelas crianças que lhe falta, o ódio pela situação que transborda...


==========================
  Seria bom que a justiça fosse menos burocrática com relação a adoção. 
  Estas crianças precisam de amor e sua mãe biológica não esta em condição de da-lo e nem terá.
  Pelo visto até aqui "talvez" ela nem seja um monstro, foi e é extremamente fraca, não enxerga um palmo adiante do nariz.
 Que ela cumpra sua pena e consiga uma vida satisfatória tendo filhos que ela seja capaz de amar, porque decepções no caso dela pode levar a assassinato
  Boa sorte aos bebes! Parece que o pai agora quer a guarda.

  Péssima maneira de chegar ao mundo, lamentável!


anterior                       <>                                próximo

Postar um comentário