sábado, 3 de dezembro de 2011

Midiclorianas


   O grande problema dos “cristãos” é não perceberem que a maioria de nós somos CRIATURAS.

   “Davi disse: "O SENHOR me livrou das garras do leão, e das do urso; ele me livrará da mão deste filisteu."
 Como se diria em período da história bem posterior: "alea jacta est", a sorte estava lançada.
  Não importa o tamanho do seu Golias, importa é sua coragem de Davi e em nome de quem você luta.” 
[Blog Sombra do Onipotente]

   Tome cuidado com textos assim, eles sugerem que todos nós podemos ser tão “vitoriosos” quanto Davi.
    A própria Bíblia mostra que não é bem assim, a “sorte” é lançada por Deus, seus critérios não são conhecidos, a princípio ele faz o que lhe dá na telha.

  No magnifico filme Star Wars para ser jedi não basta querer, você tem que nascer com uma “mutação genética”.
  No filme isso é representado pela presença de midiclorianas no corpo.
  A “meu ver” uma falha estrutural filosófica no roteiro é considerar as midiclorianas organismos vivos e independentes que infestam o corpo.
  Então vamos seguir com nossa meditação considerando as midiclorianas uma mutação no DNA.

  Esta alteração genética torna possível que a “Força” flua melhor no indivíduo.
  Quanto mais você treinar, um jedi mais habilidoso você será, mas se não for um ESCOLHIDO, não tem a tal alteração genética, pode ser um grande guerreiro, mas nunca terá o poder de um jedi.
 
  George Lucas de certo tem uma mente superior ou está em contato com uma que lhe sopra alguma coisa, nunca vi uma interpretação tão boa de tudo que há na Bíblia como neste filme Star Wars, uma verdadeira obra de arte.

  Traçando um paralelo nesse caso de Davi podemos dizer que ele nasceu jedi, nasceu com muitas midiclorianas, Deus [a Força] o escolheu.
  Notem que o próprio Davi percebeu que era uma pessoa protegida de maneira especial.

  Davi disse: "O SENHOR me livrou das garras do leão, e das do urso; ele me livrará da mão deste filisteu."

  Davi era confiante (cheio de fé) porque desde cedo percebeu que a “sorte” estava do seu lado.
  Já comentei que nada traz mais AUTOCONFIANÇA que bons resultados.
  Imagine esta cena singela, visualize em sua mente:

Situação A:
  Você compra uma roupa bacana para ir a uma festa, logo que chega 4 garotas bonitas disputam seu olhar.
  Claro que fica todo cheio de si, autoconfiante, é só escolher a que é de seu maior agrado e ter uma noite agradável.

Situação B:
  Ninguém olha para você, chama uma para dançar, recebe não.
  Tenta lançar o olhar para outra garota, ela sai fora.
  Uma garota aceita dançar com você, mas pede informações sobre seu amigo, ela está interessada nele.
  É difícil não ficar com a autoestima baixa, sem confiança para prosseguir.
  É melhor aproveitar a comida e bebida porque “romance” não vai rolar.

  Percebe que ser confiante depende muito dos resultados que obtém?

  Um cara bonito e desinibido não “desenvolveu” isso é um dom "genético".
  Um cara bonito e que não seja um “mala” ... mesmo não tão caprichoso com a roupa vai atrair mais mulheres (oportunidades) que outro que não nasceu com genética “favorável”.
  Os bons resultados desde cedo só vão deixar o homem bonito mais confiante.
  As dificuldades e resultados questionáveis afetam a autoconfiança do cara introvertido (tímido) ou “feio”.

  Voltando a Davi...

  Como se não bastasse todos os bons resultados na infância de Davi, ainda jovem foi ungido por Samuel!

  Segundo a Bíblia o próprio Deus de Abraão mandou que Samuel o ungisse.

  Interpretando com a maior lisura possível a história narrada...

   Não é que um dia Davi acordou e decidiu lutar contra Golias enquanto todos os outros israelenses eram covardes, homens sem Fé.

  Davi já sabia que era um escolhido de Deus, a Força estava com ele e neste caso Golias era infinitamente mais fraco, um guerreiro lutando contra um Jedi.

  Pensem bem, é algo como eu ir na balada com o Neymar e disputar com ele quem pega mais mulher em menos tempo.
  Eu sou bem maior que o Neymar, mas nesse caso o gigante é ele.
 
  O grande problema dos cristãos é não perceberem que a maioria de nós somos CRIATURAS.

  É o que a Bíblia fala a todo momento é surpreendente que as pessoas que meditam sobre as escrituras não entendam.

  Todos sabem que eu não tenho o menor problema em discordar da Bíblia, mas não discordo por discordar, tenho que ter ARGUMENTOS.

  Observando a vida não tenho como argumentar que umas pessoas não tenham mais sorte que as outras.

  Não tenho como afirmar que tudo é fruto direto de nossa ação.

  A lei de ação e reação tão atuante na Física não é observada na dinâmica da vida e deveria ser se não houvesse "interferências".

  Qualquer soldado de Israel que se metesse a lutar com Golias, pela LÓGICA, seria derrotado.
  Você “criatura” tome cuidado com o “tamanho de seu Golias" não é lógico dar murro em ponta de faca.
  Tem muitas coisas que você terá que aceitar e seguir em frente atrás de um resultado "menos ruim".

  A “Força” (Interferência) subverte a lógica, mas só para quem é escolhido por ela.

  Não depende da sua ou da minha vontade.
  “Deus” sopra em quem ele quer, quando ele quer e pelo tempo que quiser.
  Se a história de Davi não te convenceu do que acabei de escrever experimente ler a de Jó ou de Jacó e observe a mesma repetitiva dinâmica.

   Se não gosta ler além do segundo parágrafo assista o filme, veja a dinâmica da vida de Anakin Skywalker.

Texto interessante: A saga Star Wars perante a Bíblia


   


  To be continued...





.