quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

A Melhor Resposta

"Tudo é racional."  [House]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
W- Como foi sua férias em Minas Gerais.
D – "Lá estava tudo bem, mas a noite quando eu voltava o vento estava tão forte que tive que parar no acostamento."
W – Caraca, o vento estava tão forte assim!?
D – "Para você ter um idéia a luz do farol não conseguia iluminar para frente, o vento vinha e jogava a luz para fora da estrada..."

Em outro dia:


W – Cadê seu carro?
D – "Esta na oficina sem previsão de retorno."
W – Batida?
D – "Não, falha minha. Esqueci que tinha engatado a ré e andei para frente, o motor ficou invertido..."

  Meu amigo D é um mineirinho muito engraçadinho, faz tempo que não o vejo, tudo de bom para ele onde estiver.
 Contei estes causos para entendermos um pouco melhor o raciocínio de House para quem não assistiu o episódio.
  Causo 1 Um vento muito forte arrasta, entorta, quebra muitas coisas, sabemos por exemplo que a água "entorta" a luz, desvia sua trajetória, logo, dizer que o vento forte arrastou a luz que vinha do farol para fora da estrada soa como algo racional, "entendível".


  Causo 2 Quando engatamos a marcha ré só conseguimos ir para trás, mas quem não sabe dirigir ou não tem conhecimento sobre o funcionamento de um carro pode "racionalmente" aceitar que houve um acidente e o motor inverteu.


 Tanto que no causo 2 uma colega que estava participando da conversa realmente acreditou no D, até me deu uma carcada, disse que eu não deveria rir da desgraça dos outros.
  Diante da gargalhada de D ela sentiu que alguma coisa estava errada.
  Assim conseguimos entender porque tantas historinhas conquistam corações e mentes.
  Sem uma analise mais profunda ou pela falta de conhecimento elas parecem ser coerentes, ser muito racionais, plausíveis.


============================
  Aquela parte que não é coerente sempre podem apelar para o "simbolismo" ou para uma "tradução errada".
  Tipo, "ela não gosta de mim porque ainda não me conheceu direito". 

  Sim, para uma pessoa gostar de outra é necessário se conhecerem melhor, mas conhecer melhor também pode provocar uma antipatia.
  Em muitos casos a pessoa já conhece muito bem a outra e só quer amizade, as vezes nem isto. Não é todo mundo que ao te conhecer melhor vai querer ter um relacionamento amoroso com você.
  As pessoas ficam chocadas com o que leem aqui porque não estão acostumadas a "ajustar seus pensamentos" de acordo com a realidade observável, ajustar seus pensamentos com seus sentimentos mais profundos.
  Se esta escrito que a serpente falou, como serpentes não falam, tenho que considerar como uma figura de linguagem, um simbolismo ou uma tradução errada.
  Já quando esta escrito que Jesus andou sobre as águas, é isto mesmo que aconteceu porque nenhuma palavra do livro sagrado pode ser alterada.
  O Espirito Santo surgir como uma pomba, é isto mesmo.
  "Ao homem cabe morrer uma única vez", acontece que Lázaro morreu duas vezes!!
  Não William, você não entendeu direito, Lázaro só estava dormindo, aquilo foi uma figura de linguagem...
  Se tudo isto ficasse só no campo da ideologia já seria muito ruim, mas esta situação vem para o cotidiano.
  Um flanelinha, por exemplo, acredita que esta prestando um grande serviço a sociedade quando na verdade esta nos extorquindo.
  Bom, diante disto a principio aceito tudo na forma literal, aceito a racionalidade tal qual me apresentam.
  Logo em seguida mentalmente duvido de tudo, principalmente dos simbolismos.
  O flanelinha não é alguém que a sociedade monstruosa negou todas as oportunidades, ele poderia estar matando roubando ou "até" estar trabalhando legalmente como qualquer outro cidadão, mas extorquir no estacionamento publico é mais fácil e não dá cadeia...ele esta sendo racional e a sociedade freudiana a sua volta esta usando o simbolismo da "luta de classes", onde o William anda de carro porque usurpou uma oportunidade que era para ser do flanelinha.


===========================
  Como observam tudo pode ser racional, usando um simbolismo marxista eu sou o usurpador, o autor da extorsão e o flanelinha um pobre coitado lutando contra a opressão burguesa.
  Na minha cabeça eu evito ao máximo simbolismos. 

  No caso do flanelinha aceitar que ele me cobre alguma coisa para estacionar em estacionamento publico é a mesma coisa que eu pagar a um médico que atende pelo SUS, ou pagar algum político para conseguir algum favor da prefeitura.

  Todas esta pessoas estão me vendendo um direito que já é meu.


  Bom senhoras e senhores, este "pensamento racional que induz ao erro" é chamado na Filosofia de SOFISMA.


  Então quando estiver diante de uma situação que parece racional, sempre questione, coloque em duvida, sofismas bem construídos já trouxeram soluções magicas que nunca solucionaram nada só aumentaram o problema.
  Tudo é racional, nossa tarefa é descobrir até que ponto uma estrutura de pensamento pode ser defendida com argumentações LÓGICAS. 

  Quanto mais ela resistir, mais podemos a considerar como uma boa hipótese, aqui no Abismo um de nossos passa tempo é decifrar enigmas.
  Como a "pura verdade" ainda não foi encontrada, nem sabemos se existe, então a satisfação é encontrar a MELHOR RESPOSTA.



anterior                       <>                                próximo