quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Papa Romântico


    “São os comunistas os que pensam como os cristãos.” 
      [Papa Francisco]

   Cristo falou de uma sociedade onde os pobres, os frágeis e os excluídos sejam os que decidam.
    Não os demagogos, mas o povo, os pobres, os que têm fé em Deus ou não, mas são eles a quem temos que ajudar a obter a igualdade e a liberdade”.

  Eu li toda Bíblia duas vezes, fora isso já analisei minuciosamente inúmeras passagens.
  “Não lembro” de Jesus falando sobre formas de Governo ou sistema econômico.
  Ele exortava a caridade?
  Sim.
  Porém não conheço nenhuma ideologia/doutrina antes ou depois de Cristo que condene a caridade.
  Alguém pode me citar uma Religião que não incentive a humildade e caridade?

  “Cristo falou de uma sociedade onde os pobres, os frágeis e os excluídos sejam os que decidam.”

  Sério!?
  Alguém pode me mostrar esse capitulo?
  Não estou afirmando que não tem, apenas não me lembro de ter lido algo assim.
  Na frase: “Daí a Cesar o que é de Cesar.”
  Jesus sugere uma sujeição ao poder de Roma.
  “O meu reino não é deste mundo.”
   Nessa frase Jesus justifica sua ação nos exortando a um certo conformismo aqui na Terra porque o que vale mesmo é a vida pós morte física, a vida “espiritual”.

  A única semelhança entre Jesus e Karl Marx é a origem judia.
  No mais para comparar um com o outro é preciso forçar muito a barra.
  Jesus se “considerava” filho unigênito de Deus, Marx era ateu.



  Eu gravo o Jornal da Band, não tenho paciência para assistir ao vivo, nem ele nem outro jornal.
  A maioria das notícias não me interessam, adianto a gravação.
  Um exemplo são as "noticias" sobre a realeza inglesa, desejo tudo de bom para eles, mas suas vidas não me interessam absolutamente em nada.
  Nem sei se foi no Jornal da Band, mas em uma chamada o destaque era a princesa ter sido flagrada com a etiqueta do vestido aparecendo ... nooooossa que importante.

  O destaque dessa meditação é o tempo dedicado ao Papa, acho que nem os católicos prestam atenção.

  Muitos dizem que esse Papa é de esquerda.
  Eu não diria isso ele é mais romântico ... ou se acha na obrigação de aparentar isso por sua ligação com a ordem dos Jesuítas.

   A esquerda é de uma certa forma “romântica” então fazem a associação.

  “O romantismo foi um movimento artístico, político e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que durou por grande parte do século XIX.
  Caracterizou-se como uma visão de mundo contrária ao racionalismo e ao iluminismo.”
[Wikipédia]

  Poderia dar vários exemplos, porem uma frase basta para não perdermos o foco.

   "O homem é bom, quem o corrompe é a Sociedade."

  É uma visão “romantizada/idealizada” do indivíduo.
  A minha pergunta é sempre a mesma.
  Se a sociedade é composta de humanos e todos somos originalmente bons como a sociedade se tornou má/corrompida!?

  A esquerda coloca a origem de todo mal em uma ideia subjetiva de "elite dominante".
  O Papa faz a mesma coisa, porém chama de “poderosos” e culpa também o Diabo...

   “Papa Francisco pede orações contra o Diabo”.

   O problema é que nem os poderosos nem a elite dominante é composta de alienígenas.
  Até onde sei são humanos.
 (Vamos deixar o Diabo de fora para não complicar.)
 
  Se o problema está no topo da pirâmide aqui em baixo todos deveríamos ser bons, então como explicar a criminalidade em regiões pobres?
  Ladrões, assassinos, estupradores, estelionatários não deveriam existir em comunidades pobres.
  Daí colocam a culpa na pobreza, na má distribuição de renda.

  Isso dá um pane na crença que todos nascemos bons.

  Se o humano enriquece "vira elite" faz automaticamente o mal.
  Se o humano permanece pobre faz o mal porque não é elite...

  Nessa questão não tenho como ser romântico crendo que todos nascem bons, nem catastrofista crendo que todos nascem maus... não é o que “racionalmente” observo.

  A maldade e a bondade variam ao infinito, cada indivíduo é um ser único.

  A maioria felizmente é gente de bem, devemos combater o mal onde ele aparecer e exaltar o bem onde ele acontecer.

  Eu prefiro viver em uma comunidade pacifica, justa próspera.
  Observo que esse é o desejo da maioria, cada um tem que fazer a parte que lhe cabe seja rico ou pobre.
 
  Mas os românticos se acham mocinhos e todos que os questionam são vilões ... os “corrompidos” pelo “sistema”, Sociedade.


  Se o Papa fosse mais realista veria que o bem está por toda parte ... o mal também.

  “Vaticano ocupa 8º lugar global em lavagem de dinheiro.”

 “O Banco do Vaticano foi criado em 1942.
  Já em 1958, a Igreja tinha mais de 500 milhões de dólares fora os 940 milhões investido no IOR (Instituto para Obras da Religião), mais conhecido como o Banco do Vaticano.
  Durante a década de 1970, a Igreja resolveu colocar pessoas especializadas para cuidarem de suas enormes fortunas, tendo como um dos principais chefes Michele Sindona junto com Casimir Marcinkus.
  Ambos iniciaram algumas das maiores movimentações de dinheiro da história, TUDO ISSO POR BAIXO DOS PANOS, PARA QUE OS IMPOSTOS NÃO FOSSEM PAGOS.”

  Se o Papa fizesse a parte que lhe cabe no Vaticano eu até perderia tempo ouvindo suas "pregações" politicas.
  O Papa é muito romântico e eu ... não invento a realidade apenas a observo.









  Nunca vi comunistas tão católicos como ultimamente 😆

  Mas já vi muitos católicos esquerdistas ...



.

Postar um comentário