quinta-feira, 14 de março de 2013

Templo da Perdição

  Quando você vê os Shoppings lotados de gente torrando o 13° salário, pensa:
 [Teste da Revista Veja]
__________________________________________________________
  a) Então é para isso que as pessoas querem melhorar de vida, para encher a casa de cacarecos?
__________________________________________________________

  Eu gosto dos Shoppings são lugares que me dão grande satisfação, vejo muitos sorrisos, gente passeando com a família, namorando, adquirindo produtos.
  Feio é guerra, esgoto a céu aberto, depredações, pichações, seca, miséria... enfim dentro dos Shoppings eu vejo muito do mundo que sonho para todos, fartura, prosperidade, segurança, pessoas alegres.

___________________________________________________________
  b) É fácil criticar os sonhos (consumos) dos outros quando você já tem uma TV de 60 polegadas e uma geladeira side by side.
___________________________________________________________
 
  Eu não fico criticando o sonho/consumos dos outros, mas sempre defendo que a pessoa tem que evitar desperdícios e não gastar mais do que ganha.
  Fora isso, se comprar um sapato novo deixa a moça alegre...que compre.
  Minhas filhas gostam de batata recheada, comem com muito gosto.
  Comer é um grande prazer, proporciona momentos alegres.
  Qual melhor coleção para fazer que colecionar momentos alegres?

____________________________________________________
  c) Compreendo perfeitamente a necessidade de consumo.
     Só gostaria que eles tivessem a mesma avidez por cobrar resultados da escola do filho.
____________________________________________________

 Caraca! Que viajada na maionese!
  Você vê o cara comprar um celular novo e já imagina que ele não dê a devida atenção a educação dos filhos!!
  Já que é para “imaginar” ... imagine que é um presente para o filho que passou de ano.

  Quem é dado a imaginar coisas que não estão no texto (ou imagem) porque não dar preferência para imaginar o bem!



  No G+ foi postada a foto de um bebê negro chorando.
  Uma criança bonita, pele saudável, nem gorda nem magra, fofinha como a maioria dos bebês.
  Eu iria passar batido, mas li o primeiro comentário, o segundo, o terceiro... todos falavam de racismo, preconceito, discriminação, o “monstruoso capitalismo” e suas diferenças sociais, a ganância do homem...
  Para todos ali, baseados na imagem a criança estava na desgraça!

  Perguntei:

  - Se a criança fosse branca todos “imaginariam” tanta desgraça?

  Depois de um período de silêncio apareceu mensagens se dando conta do enorme preconceito de quem dizia não ter preconceito.

  Uma pessoa que nasce negra já é motivo suficiente para se considerar “amaldiçoada” só porque a Bíblia sugere isso?
 [Essa foi para provocar]

  Criança chora mesmo, minhas filhas choraram muito e sempre foram bem tratadas.
  Ao ver a foto de uma criança chorando traçaram o pior cenário possível e imaginável pelo simples fato dela ser negra!?

____________________________________________________________
  d) Se eles fizessem as contas, veriam que os juros embutidos nas prestações são um assalto.
____________________________________________________________

  Não sei como interpretando o que está escrito na questão dá para deduzir que todos estão comprando a prestação e pagando juros.
   
  Shopping é um lugar voltado ao comércio, comércio é consumo e consumo é “pecado”, logo Shopping são templos da perdição é isso!?

  O cidadão vê pessoas no shopping fazendo compras e imagina tudo de ruim?

  Leiam a questão novamente:

 “Quando você vê os Shoppings lotados de gente torrando o 13° salário, pensa:”

  EU penso que são pessoas se preparando para as festividades de fim de ano, querendo presentear amigos, agradecendo pelo ano que está encerrando, esperando com carinho o ano novo... coisas que eu também estou fazendo.

  A questão fala de “torrar o décimo e terceiro salário”.
  O que quer dizer exatamente isso?
  Não dá para saber.
  Eu entendo como gastar ao invés de poupar.

  Se pensarmos só em acumular dinheiro deixaremos de viver muita coisa.
  Para que ir ao cinema se dá para alugar um DVD ou assistir o que está passando na TV.
  Porque jantar fora se comer em casa é muito mais barato.
  Porque comprar perfume?
  Banho, sabonete e um bom desodorante são suficientes. 



   Freud dizia que muitas vezes um charuto é só um charuto.
 (Não é desejo de fazer sexo oral.)

  Pessoas fazendo compras na maioria das vezes é só pessoas fazendo compras.

  Não é compensação por frustrações, não é lavagem cerebral dos comerciais da TV, não é a “perdição” que antecede o fim do mundo...
  Shoppings NÃO são templos da perdição consumista.

  A estrutura PRAZER pode existir por si só, não precisa ser necessariamente o reflexo de alguma coisa, algum trauma escondido no seu "subconsciente”.

  Certa vez perguntei a um colega porque ele bebia tanto.
  Ele me deu a resposta que grandes intelectuais nunca conseguiram me dar e me pareceu a mais satisfatória.

“EU BEBO PORQUE GOSTO.”

  Porque gostamos do que gostamos?
  Não tem explicação observável, é da nossa natureza, não escolhemos o que sentir.
  Podemos AGIR de maneira que nosso gosto não nos destrua ou prejudique outras pessoas, mas fora isso não decidimos do que gostar.

  Não nascemos folha em branco, já nascemos com gostos e tendências... genéticas e/ou espirituais...isso não vem ao caso, cada um tem suas apostas.




 Lembram de geometria?
 Qual a definição de ponto, reta e plano?
 Pesquisem isso e entenderão a “definição” do PRAZER.

  Um ponto é um ... ponto.
  Prazer é ... prazer.



  A definição dos entes primitivos ponto, reta e plano é quase impossível.

anterior                       COMENTAR                                próximo



Postar um comentário