segunda-feira, 4 de março de 2013

Bíblia Revisada

   “Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro.
  E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.”
  [Apocalipse 22:18-19]



  Houve uma fase em minha vida que de tanto ler a Bíblia acabei memorizando certas passagens.

  Por vezes debatendo com alguém eu dizia:
“-Procure tal passagem, capitulo X versículo Y”.

  Atualmente evito fazer isso porque as novas Bíblias estão sendo “adulteradas”, mas dizem que são “revisadas”.

  Conversando com minha esposa ela disse admirar a dedicação de uma de minhas irmãs a igreja.
  Eu comentei despretensiosamente que Jesus mandou o seguirmos nem que isso significasse odiar pai e mãe.
  Minha esposa disse que nunca havia lido isso na Bíblia.
  Falei para ela procurar em Lucas 14 e alguma coisa...

  Surpresa!

  A expressão odiar não estava lá.
  A Bíblia que minha esposa pesquisou é nova, ela comprou recentemente.

Lucas 14: 25 a 27

“25 Uma grande multidão ia acompanhando Jesus; este, voltando-se para ela, disse:
 26 "Se alguém vem a mim e ama seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo.
 27 E aquele que não carrega sua cruz e não me segue não pode ser meu discípulo.”

  Eu acabei passando por mentiroso!
  Pensei, mas não é possível!
  Pedi para minha esposa procurar na Bíblia que ela tinha anteriormente.

 Lucas 14:25 a 27

“Ora, ia com ele uma grande multidão; e, voltando-se, disse-lhe:
  Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo.
  E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo.”

  Aborrecer no lugar de odiar eu já havia visto, na época me pareceu que eles tentaram amenizar a expressão “odiar pai e mãe”.
  De qualquer forma, aborrecer é bem diferente de odiar, já podemos constatar que houve uma adulteração.
  Sem Bíblias mais antigas em casa fui atrás de alguma tradução na Internet e encontrei:

Lucas 14:25 a 27

 “25. Muito povo acompanhava Jesus. Voltando-se, disse-lhes:
  26. Se alguém vem a mim e não odeia seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos, suas irmãs e até a sua própria vida, não pode ser meu discípulo.
  27. E quem não carrega a sua cruz e me segue, não pode ser meu discípulo.”

  Esse acrescentar, tirar, mudar palavras na Bíblia é obvio que tem consequências...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Uma participante do G+ disse que minha interpretação de uma passagem em que Noé ficava bêbado era equivocada e a do Edir Macedo era a certa.



  Edir Macedo disse que Cam “zombou” de Noé, expressão que eu não encontrei em NENHUMA bíblia, antiga, nova ou revisada.

  “Acho também que o bispo tem razão... devido à reação do pai, o filho deve mesmo ter se divertido com a cena e agido com escancarada malícia para que se acendesse de tal forma a ira do pai...
    Aqueles que têm o Espírito Santo, 'como o caso do bispo Macedo', leem os versículos nas entrelinhas pois têm o entendimento do Espírito Santo.” [Comentarista no G+]

  Não sou contra revisarem a Bíblia o que me preocupa é com qual BASE.

  Não me parece que é tradução ou coerência e sim doutrinação.

  Os líderes religiosos estão alterando a Bíblia segundo a crença que defendem e isso é muito perigoso.

  Hitler retirava do cristianismo tudo que ele não gostava.

  “Hitler promovia o chamado "cristianismo positivo", um movimento que expurgava do cristianismo todos os elementos do judaísmo e inseria ideais nazistas.”


  Em um culto eu vi RR Soares dizer que quem tinha a Bíblia antes da revisão leria a palavra caridade, mas na “nova” Bíblia leria “amor”.
  Ficou claro que como os espiritas usam muito a palavra caridade o RR Soares e outros evangélicos decidiram tirar essa palavra.
  Se você procurar pela palavra “caridade” nas Bíblias revisadas observará que é bem difícil encontrar.
  Será que em hebraico ou aramaico não existia a palavra caridade?

 “Mesmo que eu tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência; mesmo que tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tiver “caridade”, não sou nada.”
(I Coríntios 13,2) Bíblia Antiga

 “E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse “amor”, nada seria.” 
(1 Coríntios 13:2) Bíblia revisada por pastores.

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Se hoje diante de tantas testemunhas estão adulterando os livros da Bíblia porque a certeza de tantos que isso não ocorreu no passado?

  No próximo texto vamos submeter a Lógica a seguinte adulteração:

 "Se alguém vem a mim e ama seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo.”

  O objetivo é que você chegue a suas próprias conclusões, pense por si mesmo, seja um LIVRE PENSADOR.



Em qual tradução/revisão da Bíblia está a "palavra verdadeira?"



anterior                      COMENTAR                               próximo



Postar um comentário