terça-feira, 31 de julho de 2012

Metade da Festa

  “Antes de desejarmos ardentemente uma coisa, devemos examinar primeiro qual a felicidade daquele que a possui.”
[Rochefoucauld]

  Uma colega me falou de seus planos em ir tentar a vida na cidade de Três Corações.

  “Três Corações é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Com cerca de 828 km² e 72 mil habitantes é um dos principais centros urbanos do sul do estado.
  Situa-se a cerca de 287 km de distância da capital estadual, Belo Horizonte.”  [Wikipédia]

  A colega quer sair de Campinas porque “Aqui não tem nada!”
  O que será que tem em Três Corações que não tem em Campinas?
  Praia eu sei que não é.
  Eu particularmente não invejo quem mora perto do mar, sou chato e não vejo muita graça em estar na praia.
  O Sol escaldante, a areia entrando por todos os poros...me sinto desconfortável e sujo.
  Se a praia está deserta nos sentimos tão solitários, tudo parece tão longe, somos tão pequenos diante da imensidão do mar.
  Se está lotada a sensação é ainda pior, o excesso de gente me incomoda, temos que disputar tudo, até espaço, fila para usar um banheiro encardido...
  Mas minha opinião/gosto não conta, eu sou muito chato, ainda bem que todos não são iguais eu.
  No entanto observo que uma coisa legal na praia é “ir até ela”, sair de nosso habitat natural.
  Para nós do interior viajar, “pegar a estrada” [desde que não esteja congestionada], “ir para o litoral”, mudar nossa paisagem... é metade da festa. 
  Parar na beira da estrada tirar foto, comer alguma fruta ou especialidade da região.
  Morar no litoral tira metade da graça porque tira o prazer da viajem.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Guarde este ditado antigo:

  “Cuidado com o que pede porque pode acontecer”.

  Você acredita que sua alegria estará em morar no litoral e luta insistentemente para que isso aconteça.
  Quando acontece percebe rapidamente que perdeu metade da festa, por consequência a alegria diminui.
  É evidente que se você realmente adora praia mudar para o litoral será bastante satisfatório.
  Quando você visitar parentes no interior será sua festa de viagem.
  Por isso meu amigo Sócrates tem como uma das bases de sua Filosofia o “Conhece-te a ti mesmo.”
  Se realmente gosta de praia ou se é um lugar que gosta apenas de visitar é algo que só você, analisando profundamente seus sentimentos, pode responder.
  É surpreendente o número de pessoas que fazem alguma coisa só para não desagradar os outros ou porque está na “moda”.

  Será que minha colega se conhece bem?
  Ela tem boa vida em Campinas, é muito apegada a família que... mora em Campinas; descartamos saudade de pai, mãe, irmãos.

  Ela é casada, ama o marido então descartamos a hipótese dela ir atrás de um grande amor em Três Corações.

  Existe uma “possibilidade” de negócios lá, transporte escolar, mas é o tipo de negócio que tem muito mais mercado em Campinas.
  Se é para arriscar lá o mais lógico seria arriscar aqui.

  Essa opinião que Campinas [ou sua cidade] não tem nada é interessante, escuto muito isso, vamos seguir por esse caminho, será útil para muita gente.

  To be continued...


Anterior          <>        Próximo