segunda-feira, 30 de julho de 2012

Roupa de Crente

  “Raramente conhecemos alguma pessoa de bom senso além daquelas que concordam conosco.” [Rochefoucauld]

  Ter “filosofia de vida” não é algo que só acontece a grandes pensadores.
  Filosofia de vida é algo comum a todos, é seu modus operandi, seu “auto programa”.


  Muitas pessoas justificam seu procedimento dizendo “essa é minha opinião.”
  Oras, opinião é igual filosofia de vida, todo mundo tem.
  Na Filosofia Matemática o que procuramos é a melhor ARGUMENTAÇÃO.
  Para eu uma pessoa de bom senso pode ser uma pessoa que discorde de mim, desde que apresente uma argumentação melhor estruturada que a minha, nesse caso passo a concordar com ela.
  Exemplo:
  Tenho colegas e conhecidas que nunca colocam calça comprida... pelo menos em público.
  Isso é uma filosofia de vida, “mulher não deve usar calça”.

   Mulher seguidora dos evangelhos não deve usar calça.

  Isso é um Modus operandi
  Expressão em latim que significa "modo de operação".
  Utilizada para designar uma maneira de agir, operar ou executar uma atividade seguindo sempre os mesmos procedimentos.
   Esses procedimentos são como se fossem códigos.

  Em administração de empresas, modus operandi designa a maneira de realizar determinada tarefa segundo um padrão pré-estabelecido que dita as maneiras de como agir em determinados processos.

  No caso dos assassinos em série, o mesmo modo é usado para matar as vítimas: este modo identifica o criminoso como o mesmo autor de vários outros crimes. [Wikipédia]

  A maioria das mulheres que praticam essa filosofia em suas vidas nunca pararam para PENSAR sobre ela.
  É assim e pronto, o pastor disse, a comunidade cobra.

  Mulher “direita” deve usar saia ou vestido essa é uma opinião, mas qual seria a argumentação?

  Na Bíblia nunca encontrei um capitulo determinando que mulher não pode usar calças, até porque poucos povos usavam algo parecido com as calças que usamos hoje.
  Gregas e Romanas usavam “camisolões”, índias andavam seminuas em climas quente; em regiões frias se cobriam com peles.
  A argumentação de que a Bíblia não proibiu porque não existia não é boa, porque a Bíblia segundo os crentes foi escrita pelo Espirito Santo de Deus, conhecedor do passado, presente e futuro e não prever o uso de calças é uma falha grave para um livro perfeito.
  No entanto um genérico “Não usarás roupas de homens” já seria satisfatório.

  Outra argumentação é que a calça realça as formas da mulher atentando o homem sexualmente.

  É estranho!
  Vá a qualquer igreja evangélica e analise a vestimenta das mulheres, principalmente as mais jovens.
 As blusas são bastante sexys, usam sutiãs que valorizam os seios e não é raro encontrar generosos decotes.
  As saias tem um corte que realça o traseiro melhor do que faria uma calça jeans, explico:


  Um traseiro bem feito fica bonito em qualquer tipo de roupa, mas um mal feito fica bem disfarçado com o uso de saia ou vestido.
  Aqui não precisamos da Matemática precisamos da observação.
  Pense naquela sua colega com um traseiro sem um designe bonito, grande demais, pequeno demais, caído, “chupado para dentro”...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
  Com o uso da calça tudo fica muito visível a calça fecha por baixo delineando o contorno.
  Com a saia é diferente, ela não fecha em baixo, ela insinua o traseiro e o resto fica por conta da imaginação do homem e todos sabemos que a imaginação do homem é bastante generosa.
  Quantas vezes você já viu uma mulher de vestido e a achou extremamente linda, mas quando ela colocou calça, bem... não era aquela maravilha toda.
  Se eu fosse mulher meio deformada fisicamente [sedentárias depois de uma certa idade geralmente ficam assim] só usaria vestido, ou saia com blusas folgadas na cintura.
 Tem cada mulher gorduchinha que anda com a barriga de fora, o jeans divide a barriga ao meio, você vê aquele tolete de banha sobre o cinto como se fosse uma marquise de vagina...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAH!
  Caraca! É altamente brochante.
  Com o vestido é diferente, o vestido tendo um bom corte qualquer mulher fica mais sexy.  [Ou menos brochante]
  Logo, dizer que a saia torna a mulher menos sexy atentando menos os homens não me parece uma argumentação válida.

  Uma evangélica não usar calça é uma filosofia de vida, uma opinião, muito mal fundamentada Biblicamente e cientificamente.



Roupa de Evangélica, viu que belo rab...cabelo!




Anterior          <>        Próximo
Postar um comentário