quinta-feira, 5 de julho de 2012

Batatinha Feliz

"O amor é a gasolina da vida... custa caro, acaba rápido e pode ser substituído pelo álcool."
  "Eu disse que você era especial, não única." [Charlie Harper]

  Charlie é um devasso, saiu com tantas mulheres que é impossível lembrar de todas.

  Bebe todo tipo de bebida destilada com preferência pelo whisky, passa embriagado boa parte do dia, gosta de jogatina, as vezes fala com Deus, mas só pedindo favores que geralmente recebe.
  Alan não odeia propriamente o irmão, ele tem raiva desta situação onde ele tão certinho tem uma vida medíocre e seu irmão tão desleixado parece tão abençoado.
  Em uma sessão a psicóloga dá um daqueles bastões de espuma para Alan e ele bate no Charlie, espanca tudo que Charlie“representa”.
   A injustiça da vida que dá muito a poucos e pouco a muitos.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Ódio não posso dizer que senti, mas fiquei com muita raiva ao perceber essa incongruência da vida.
  Eu poderia narrar inúmeros fatos reais na vida das pessoas que me cercam e me cercaram, mas seria deselegante além de me render algum processo.
  Eu vejo as pessoas se vestindo de glórias por coisas que francamente, foram fruto de um trabalho desgastante e os resultados nem foram lá aquelas coisas, mas a pessoa se acha uma grande vencedora, um protegido de Deus, um salvo com certeza.
  Vou dar exemplos genéricos.


  O cidadão depois de muito esforço, anos de trabalho, consegue uma casinha humilde lá na periferia distante e se declara o bambambã, tá bom é melhor isto que nada, mas tem criança que já nasce herdeira de muitas propriedades.
  Tem cara que começa com bem pouco, surge uma grande oportunidade e a casa dele fica situada em um elegante condomínio valendo mais de 1 milhão de reais, se você conversar com a pessoa perceberá que ela não é nenhum gênio simplesmente estava no lugar certo na hora certa.

  Você tenta fazer tudo certinho, com eficiência, não falta, não atrasa, é colaborador, aplica aquelas coisas que leu nos livros de autoajuda, frequenta a igreja é temente a Deus e o trabalho só faz aumentar, dinheiro que é bom você pouco vê.
  Claro que tudo não se resume a ter dinheiro, mas as outras dificuldades em relacionamentos, saúde, familiares todos também tem.
  Ou favelados não se separam, não tem dificuldades com filhos!?
  Cornice, violência, câncer, assalto, gonorreia, tédio, chateação só acontecem na vida de ricos?

  Por favor olhe a sua volta, me diga o que vê, sei que a grande maioria está si vendo nessa situação que eu apresento, tudo é conseguido com muito esforço... “quando” conseguimos alguma coisa, por vezes ficamos só no esforço.
  Ou você vê um mundo justo onde os melhores cidadãos estão no topo da pirâmide?

  Você é mulher está apaixonada por seu namorado, ele é um cara trabalhador honesto, alguém que você tem planos de casar, você também é uma boa pessoa, os dois tem tudo para dar certo, mas ele lhe troca por uma cidadã que você fica pensando “como é que pode?”

  Imagine o que a esposa daquele caso da Yoki deve ter pensado.
  O cara se casar com outra acontece, mas uma garota que faz programas pela Internet!
  Se era um amor tão arrebatador que Marcos sentia por Elize porque em pouco tempo estava saindo com outra?
  Não estamos falando de um homem sem cultura nenhuma ou um “novo rico” deslumbrado com a fortuna.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Vamos para um plano mais amplo.

  Na minha mente apenas homens honestíssimos, grandes intelectuais chegariam ao Senado.

  Afinal, na Câmara e no Senado são desenvolvidas leis que regem toda a sociedade, ali deveriam estar nossos melhores cérebros, pessoas de reputação ilibada.
  Prefeitos, Governadores, Presidentes pela lógica deveriam ser os cidadãos mais aptos para trabalhar em prol da coletividade.

  Os cidadãos de bem, votariam em cidadãos de bem.

  Porque chegam ao poder político tantos corruptos e incompetentes!?
  E com a benção de muitos uma vez que são ELEITOS.

 Indo para um plano ainda mais amplo chegaríamos a Deus e seus anjos.

  Porque um ditador sanguinário, desumano não sofre um infarto fulminante antes de praticar barbaridades?
  Bastaria um anjo de Deus aparecer para ele e sugerir um caminho mais democrático e justo ou a morte.

  Mães e pais irresponsáveis seriam tornado estéreis pela simples vontade de Deus.

  A paternidade seria uma benção não disponível para quem não tem respeito pela vida.

  No entanto vemos tanta gente boa sem poder ter filhos enquanto outras desprezíveis tem até sem desejar tê-los.

  Crianças só nasceriam saudáveis, se fosse para nascer com graves sequelas, nem nasceriam, seriam naturalmente abortadas.
  Afinal se não existe a reencarnação é extremamente injusto uma criança nascer com hidrocefalia, sofrendo e provocando tanto sofrimento aos familiares, mesmo existindo uma reencarnação tal acontecimento seria muito questionável, uma alma encarcerada em um corpo extremamente debilitado é cruel demais.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  É evidente que em um mundo tão complexo eu não esperaria a ausência do mal, já escrevi várias vezes que a luz e a escuridão fazem parte da dinâmica da vida, mas assim como os rios correm para o mar, eu espero que logicamente priorizemos o bem, o certinho, a boa conduta, o mérito, o respeito às leis, e leis bem feitas por cidadãos respeitáveis legitimamente eleitos.

  Bandidos comandando crimes da prisão, padres e pastores pedófilos, políticos corruptos reeleitos, gente com moral e competência altamente questionáveis sendo lideres nas empresas e no mundo!!!
  Se Deus não ajuda que a falta de lógica aconteça ao menos a permite, um Davi sanguinário como era jamais seria um de seus escolhidos, um mentiroso enganador como Jacó nem teria sua história publicada [ao menos com final feliz para ele].
   Isso nos leva de volta ao Alan...
                                            
    O Alan percebe que seria perda de tempo tentar conseguir com Deus o status de Charlie, então ele deixa de ter raiva de Charlie, que culpa teria Charlie ou como ir contra os desígnios do poderoso Deus? [Ou do “destino”]
  Alan se posiciona em uma situação que ao menos consegue boas migalhas, ele mora em uma bela casa em Malibu, faz companhia para Charlie fica por perto, pega algumas mulheres que ele dispensa...
  Aqui entramos em uma Filosofia Complexa:

  Quando ganhar 100 mil na loteria é decepcionante?
.
.
.
.
  Oras, quando você esperava que o prêmio fosse de 1 milhão.
  Para nós criaturas tudo se resume a isto.

NÃO ESPERAR MUITO DA VIDA.

  De repente os mesmos 100 mil usados com SABEDORIA passam a ser uma maravilhosa fortuna.
  Esse texto não é para você optar pelo comodismo: “não vou lutar porque nunca conseguirei nada”.
  Como você sabe o que vai conseguir ou não se não tentar!?
  O objetivo do texto é que você não desenvolva um “ódio de classes”, ter raiva mortal de quem por sorte ou mérito tem muito mais que você, “acabar com tudo isso que esta aí.”

  As coisas podem melhorar, você tem que fazer sua parte cuida dando bem da sua vida o que inclui votar com qualidade.
  Se acredita em Deus torça para que ele esteja fazendo a parte dele.
  No mais é tentar viver o melhor que puder mesmo que não tenha todos seus sonhos de riqueza e poder realizados.
  Meditem sobre isto, que todos tenham um dia muito AFORTUNADO!



   Charlie não queria ter sentimentos, mas tem, e terá que conviver com isso o melhor que puder. Clique Aqui

  Você não queria ser pobre, mas tem que lidar com isso o melhor que puder, sem ficar desejando o mal de quem tem mais que você.
  Não lute contra classe, lute para melhorar de classe...boa sorte!


Anterior          <>        Próximo