segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Nível de Sorte

  “São as trapaças da sorte, são as graças da paixão, pra se combinar comigo tem que ter opinião” ♫♫♫♫♫



 ► “Você consegue embasar a sorte cientificamente.” [Daniel no G+]
▬▬▬▬
  A maioria de nós raramente ganha algum sorteio, mas quem não conhece pessoas que vivem ganhando coisas?
  "Cientificamente” as pessoas matematicamente teriam chances iguais de ganhar qualquer sorteio, o raio da sorte cair várias vezes no mesmo lugar vai além da simples coincidência sugere uma interferência.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  “Você não consegue correr atrás da sorte é a sorte que vem atrás de você.” [Roberto, ganhador da loteria]

  O mais difícil de mostrar para as pessoas a Estrutura de Pensamento SORTE é o habito de pensarem linearmente.
  Para visualizar essa estrutura pensar em 3D é indispensável.
  O primeiro maior engano é acreditar que a Sorte não existe.
  O segundo grande engano é em acreditando na sua existência achar linearmente que existe pessoas 100% sortudas e pessoas 100% azaradas.
  Ligado/desligado, certo/errado, bem/mal, sortudo/azarado...
  Lembram-se daquela famosa frase?
  “Sorte no jogo azar no amor.”
  A dinâmica é bem essa em infinitas nuances, nunca na história da humanidade soube de alguém 100% sortudo.

  Jesus era “sortudo” tinha total proteção do Pai?
  Jesus morreu cedo e sofreu bastante a partir do momento que foi capturado.
   Como há “inexplicáveis” 18 anos de lacuna em sua história não dá para falar de outras situações, mas alguém com 100% de Sorte/Proteção não teria uma morte tão sofrida.

  Vejam o meu caso:
  Lendo algumas passagens da minha vida muitos me consideram um grande azarado, bem, realmente se eu me dissesse sortudo seria uma grande contradição com o que vivi.
  No entanto acredito que tive sorte em muitas coisas e não é aquela percepção boba de “agradecer a Deus por tudo fanaticamente.”
  Observem 3 situações:

1 - Desde de criança eu gosto muito de ler.
  Tive sorte, nasci em uma cidade como Campinas com uma grande Biblioteca Municipal.
  Perto de casa também tinha [tem] a biblioteca do SESI, li muita coisa ali, um ambiente muito agradável.
  Claro que sorte mesmo seria nascer em uma família bem estruturada que me comprasse livros ou os tivesse disponíveis.
  Mas eu também poderia ter nascido em uma cidade pequena que não tivesse Biblioteca, a maioria das cidades pequenas não tem.

2 - Vim de uma família muito desestruturada.
       Mas olha que sorte a minha, tenho minha mãe, conheci meu pai, convivi com primos, tios, avós... não cresci em um orfanato, tenho e tive uma FAMÍLIA.

3 - Na minha infância e adolescência só morei em casa de fundo, mas olha que sorte a minha, morei em bairros urbanizados com água, luz, rede de esgoto, escolas próximas... algo bem diferente de favelas dominadas pelo tráfico de drogas.

  Poderia continuar, mas acredito que já é suficiente para nosso propósito.
  Sorte e azar existem, não são ilusão da sua cabeça, mas através do PENSAMENTO você pode construir uma “realidade paralela” que tem pouco a ver com a “realidade observável”.
  Você cria mentalmente um mundo onde a sorte não existe ou onde tudo depende dela.

  É nessa armadilha que muitos caem que tentaremos fugir no próximo texto...






anterior                                           <>                                                próximo