domingo, 21 de outubro de 2012

Ficar Desnecessário

"Todos amam o poder, mesmo que não saibam o que fazer com ele."
  [Benjamim Disraeli]

  O desagradável é que quem não sabe o que fazer com o poder atrapalha outros indivíduos.
  Tem aquele cidadão poderoso que ocupa um cargo importante, tudo a sua volta está relativamente bem então ele é pouco consultado.
  Ele não se conforma em não estar sendo consultado!
  Só o fato de não ser consultado é sinal que apesar das aparências as coisas não estão nada bem, o que ele faz?
  Começa a procurar pelo em ovo, ele precisa de qualquer forma exercer seu poder.
 
“O melhor do poder é não precisar exerce-lo.”

  Eu concordo.
  Tenho poder para proibir minha filha de ver televisão, mas é ótimo não precisar exerce-lo.
  É desejável que ela faça bom uso da televisão sem precisar da minha intervenção.
  Um tempo atrás houve um problema, minha filha dormia e deixava a TV ligada a noite inteira.
  A Aléxia, que até os 6 meses olhava para mim e pensava:
  "Não é a mamãe."
  [Ela só queira ficar com minha esposa.]

  Era sempre a mesma história, eu ia desligar ela dizia que estava terminando de ver o filme e já desligaria, eu pedia ao menos para ela programar o timer.
  É ruim quando você está assistindo algo que lhe interessa e por algum motivo é impedido de ver até o fim, claro que não faço isso com ninguém.
  No outro dia lá estava a TV ligada.
  Lamentavelmente tive que exercer meu poder, por um método que prefiro não revelar programei a TV para não pegar canal nenhum depois das 21 horas.
  Como não gosto que o inocente pague pelo pecador se minha filha Ellen de 9 estava assistindo eu deixava sob sua responsabilidade se a filha de 12 estava assistindo a programação era descontinuada.
  Essa situação se manteve por 5 dias até que a Aléxia se comprometeu a fazer bom uso da TV.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Eu defendo que um pai tem que aprender a ser desnecessário.

  Vou além, essa situação tem que ser construída e desejada.

  Um pai que não se torna desnecessário é como um professor que não sabe ensinar.

  Gosto de estar com minha filha não porque eu preciso dela.
  [Qualquer um sabe que na pratica filhos são um grande peso, sinônimo de muito transtorno]
  Gosto da minha filha simplesmente pelo prazer da sua companhia.
  Ela nasceu do meu desejo de ser pai, do desejo de minha esposa ser mãe.
  Não quero que minha filha fique comigo só porque precisa.
  Espero que um dia ela não precise mais de mim, tenha mais sabedoria e melhor condição econômica.
  Espero que nesse dia ela fique comigo simplesmente pelo prazer da companhia.
  Talvez ela tenha algum poder sobre mim e que bom será se ela não precisar exerce-lo.

  PS: Esse texto era para seguir por um caminho e seguiu por outro, as vezes acontece, nem toda “desobediência” é mal vinda, vamos ver se no próximo eu consigo exercer meu poder de controle ou se como nesse será desnecessário.

 To be continued.
"Não é a mamãe."


▬▬▬//▬▬▬
  Revisando esse texto hoje [16/02/2016] eu confesso para vocês que a Aléxia continua muitas vezes dormindo com a TV ligada.
  O que aconteceu?
  Sei lá, eu entendi que dormir assistindo TV é um grande prazer da minha filha.

  Com o surgimento da Internet eu já não leio muito livros e revistas, até porque a maior parte do tempo eu passo escrevendo.
  Mas eu gostava de ler até adormecer, era um prazer meu.

  Se minha filha gosta de assistir TV até adormecer ... não é um prazer dela que eu não possa suportar, desde que o volume fique reduzido ou ela use fones.
  Comprei mais um televisor e que minha filha curta seu prazer.
  Ela é boa aluna, acorda sozinha para ir à escola.
  Tem garotas de 15 anos que tem prazeres bem mais complicados com consequências nefastas.
  Minha filha é calma, tranquila, ajuizada, estudiosa.
  Deixa ela assistir TV em paz.

  Se de manhã a TV estiver ligada ... eu desligo ... não preciso ser totalmente desnecessário...

Anterior          <>        Próximo