sábado, 1 de dezembro de 2012

A Farsa da Redução do IPI

  “Eu queria fazer um anúncio para vocês antes de encerrar. Eu hoje vim aqui também anunciar que nós vamos prorrogar a redução do IPI até 31 de dezembro de 2012”
____________________________________________________
  Há pouco tempo fui escrever um texto sobre o peso dos impostos nos carros e tive uma desagradável surpresa.
____________________________________________________

  Sim, os impostos encarecem demais os carros como tudo o mais aqui no Brasil, mas mesmo descontando os impostos pagamos mais caro pelos carros que muitos outros povos.

  “Segundo estudo da consultoria Roland Berger, o brasileiro vai gastar ao menos 37,6% a mais que o indiano para comprar e manter o mesmo carro médio durante cinco anos. Em todos os demais países pesquisados essa diferença é ainda maior.”  [Exame]



  Analisando do ponto de vista do Capitalismo não seria um pecado grave, poderia ser uma “estratégia”.
  Permitirmos uma maior lucratividade para as Montadoras atraindo suas plantas para nosso país, fabricas de automóveis atraem bastante investimento e geram bons empregos.
  Acontece que a diferença de preço é muito grande.
  Caraca! Onde está o Governo que não defende os interesses do povo Brasileiro!?
  Em situações como essa precisamos da atuação do Governo, não temos enquanto consumidores como evitar que as montadoras combinem entre si o alto preço dos automóveis.
  Minha mente entra em espiral porque verifiquei todas as variáveis e não vejo sentido é muita incompetência administrativa até para petistas.

  O Governo não reduz os impostos nos combustíveis cujo setor (Petrobrás) está no limite do endividamento, mas reduz os impostos no setor automobilístico que tem gordura para queimar!

  Alguém consegue me explicar?
  Mesmo para o Governo não faz nenhum sentido, não vejo que vantagem pode ter.
  A não ser que as montadoras estejam de posse de provas incriminadoras contra alguém e ocorre uma chantagem ou algum esquema de corrupção muito cabuloso.

  Me desculpem, só sobraram teorias conspiratórias, mas em que aposto mesmo é INCOMPETÊNCIA E BURRICE.

  "A carga é onerosa para o consumidor, mas as perspectivas de redução fiscal permanente são remotas.
  "A quantidade de dinheiro recolhida da indústria automotiva é muito favorável ao governo e por isso não há interesse algum em mudar as regras do jogo", ressalta André Belchior Torres, consultor automotivo.
  Só em 2009, foram gerados 28,1 bilhões de reais em impostos. "E mesmo com uma contribuição fiscal tão pesada, o mercado está mais aquecido do que nunca."  [Exame]

  Sei, sei, você vai dizer que o Governo ganha muito com as Montadoras, mas com qual setor da Industria e Comércio o Governo não ganha muito?
  Essa farsa da redução do IPI é muita sacanagem.
  No meu cotidiano eu não falo palavrões, mas nesse discurso da Dilma me dá vontade de mandar ela para a “PQP”.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  O quadro fica mais dantesco porque com a FARSA das benesses e indução ao consumo a frota aumentou bastante.

  Frota maior consumo de petróleo maior [aqui tem uma falha de estrutura, mas acho que ninguém irá perceber].
  Me parece que nosso Governo quer apagar fogo com gasolina.
  De um lado torna ineficiente a produção de petróleo do outro lado estimula o consumo.
  Onde poderemos reclamar do preço abusivo das montadoras?
  Na ONU?
  E agora, quem poderá nos defender?



  "No México do Chapolin Colorado, por exemplo, o Novo Gol 1.6 sai por 128.045 pesos - ou "modestos" 18.105 reais. No Brasil, o carro deixa as concessionárias valendo quase o dobro: 34.500 reais."



Anterior          <>        Próximo 

Postar um comentário