domingo, 16 de dezembro de 2012

Povo Eleito

  “Nenhuma das ovelhas que o Pai me confiou se perderá”. (Jesus?)

  Eu não gosto da Filosofia de Jesus [a que chegou até nós] é muito fraca porque é cheia de lacunas.
  A própria vida de Jesus tem uma grande lacuna, por longos 18 anos não sabemos o que ele fez aqui na Terra, como ele viveu 33 anos mais da metade de sua vida é um grande enigma.
  Não é uma metade qualquer, é a fase que vai dos 12 aos 30 anos, uma parte da vida onde acontece muitas coisas até com o mais simples dos mortais, fim da infância, toda adolescência, começo da fase adulta.

  Quando uma Filosofia é cheia de lacunas cada um completa como quer.

  Vamos tentar chegar a deduções “satisfatórias” aplicando o Raciocínio Lógico.
  Sei que esse tipo de assunto envolve muito sentimento e não estou pedindo para deixa-lo de lado, se a Lógica puder ocupar 30% que seja da sua mente... é o que me basta.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  A premissa é: “Nenhuma das ovelhas que o Pai me confiou se perderá”.

a) Podemos afirmar com certeza que “nenhuma” ovelha se perderá?
    NÃO dá para afirmar isso.
    Se há 1000 ovelhas e Deus confiou a Jesus 100 então 900 ovelhas podem se perder ou serem salvas por outro método que não dependa de acreditar no sacrifício de sangue de Jesus.

b) Podemos afirmar com certeza que a maioria será salva?
    NÃO! Não sabemos quantas ovelhas são.
    Desde que surgiu a espécie humana na Terra quantos bilhões de almas passaram pelo planeta? Quantas passarão?

c) Podemos afirmar que todas que clamam por Jesus serão salvas?
    Aqui a Filosofia fica muito Complexa, será que todos que clamam por Jesus foram confiados a ele por Deus?
   A Bíblia diz que a salvação é um Dom de Deus... eu querer ser musico não me transforma em musico, ter habilidade musical é um dom de nascença.
  Sim, qualquer um pode aprender tocar um instrumento, mas ter o dom, ter o talento vai muito além disso.
  Você clamar por Jesus não significa necessariamente que é um escolhido de Deus, notem que Deus confiou ovelhas a Jesus, é algo que vai além da própria vontade de Jesus... mas paremos por aqui para não complicar demais.

  Observe que estamos cheios de proposições “falsas”.
  No Raciocínio Lógico uma proposição falsa não quer dizer que não seja possível ou verdadeira, quer dizer que não podemos AFIRMA-LA COM CERTEZA.
  Se o Raciocínio Lógico não nos dá certeza vamos “espremer” a lógica para ver se conseguimos alguma coisa.
  Se todos fossem ser salvos Jesus não faria o parênteses: “das ovelhas que meu Pai me confiou”

  Jesus claramente se responsabiliza pela salvação de uns, não de todos.

  Podemos dizer que pelos quais ele se responsabiliza são “escolhidos de Deus”?
  SIM, podemos.
  Segundo a Bíblia há um “povo eleito” confiado a Jesus.

  Mesmo lendo toda a Bíblia e espremendo a lógica não dá para ir muito além disso.
  Quem faz parte desse povo eleito?
  Você pode se dizer escolhido, o que não quer dizer que seja.
  Alguém pode não acreditar que é um escolhido, o que não quer dizer que não seja.
  Judas andou com Jesus e o traiu o ladrão na cruz não andou com Jesus e o exaltou.
  Se voltássemos um ano daquele tempo “com certeza” Judas seria considerado salvo e o ladrão um perdido.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Da minha parte não me preocupo mais com isso de ser “salvo”.

  Pensando em tantas outras religiões além do Cristianismo e até em bons cidadãos ateus...não acredito que aceitar a Jesus como filho de Deus seja o único caminho.
  Segundo muitos teólogos isso já me elimina de fazer parte de um povo eleito.
  Mas o que eu posso fazer!?

  Não posso deixar de lado meus SENTIMENTOS, como posso enganar um ser como Deus!?

   Sim eu poderia ME ENGANAR como tantos fazem, mas não é da minha natureza.

   Não me criei fui criado se minha natureza me levará para o inferno não tenho como me sentir totalmente culpado, se fosse para sentir alguma coisa me sentiria vítima, tento ser o melhor que posso se não é o suficiente...paciência!

  Jesus nos fala de um Deus misericordioso ao mesmo tempo que diz que ele nos mandará eternamente para o inferno, entre a misericórdia e a vingança há uma enorme lacuna.

  É senhoras e senhores não consigo acreditar que Jesus é o único caminho, mas tenho a esperança de um Deus misericordioso.

  Tenhamos uma boa vida aqui na Terra e quem não for do povo eleito que seja aniquilado, desintegrado ou tornado pó, sem infernos, sem consciência, sem deixar lacunas...

  Deus, tende misericórdia de nossas almas!

   Por quanto tempo será permitido a essa garotinha não se curvar diante da tradição de seu povo?
   Quais as probabilidades lógicas dela rejeitar a Maomé e adorar Jesus Cristo como filho unigênito de Deus?
  Por não me curvar as tradições de nosso povo estou tão condenado quanto essa garotinha?

  “Decifra-me ou te Devoro!”


Não é nossa culpa
Nascemos já com uma bênção (ou maldição)
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração

Até quando esperar
A plebe ajoelhar

Esperando a ajuda do divino Deus... ♫♫♫♫



  Viva uma boa vida.
  “Se Deuses existirem e eles forem justos, então eles não vão se importar com o quão devoto você foi, mas vão lhe acolher baseado nas suas virtudes vividas por você.
  Se Deuses existirem, mas injustos, então você não deve querer adorá-los.
  Se Deuses não existirem, então você partirá, mas terá vivido uma nobre vida, que irá perdurar e continuar nas memórias dos seus amados.”  [Marcus Aurelius]

Anterior          <>        Próximo 
Postar um comentário