quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Tem cul pa todo mundo?

“As explicações místicas são consideradas profundas.
  Na verdade falta-lhes ainda muito para que sejam superficiais.”  [Nietzsche]

  Leiam essa “profunda” explicação mística sobre mais uma chacina ocorrida nos Estados Unidos:
________________________________________________________________
  “Infelizmente os americanos pensam muito em dinheiro e poder e esqueceram de Deus, vamos nós aqui no Brasil não cometer o mesmo erro!” [Fábio no G+]
________________________________________________________________

  Estranho!
 Pelo que sei o USA é uma das maiores nações PROTESTANTES do mundo.
 Não devemos cometer o erro de nos tornarmos maioria protestante aqui no Brasil!?

 Já notaram que tudo de ruim que acontece nos Estados Unidos dizem que é falta de Deus naquele povo?
  Dizem que lá eles adoram Mamon.


  Mamon é um termo, derivado da Bíblia, usado para descrever riqueza material ou cobiça, na maioria das vezes, mas nem sempre, personificado como uma divindade.
  A própria palavra é uma transliteração da palavra hebraica "Mamom" que significa literalmente "dinheiro". [Wikipédia]

  Todos aplaudem essa explicação “profunda”.
  Não sou especialista em Estados Unidos, mas por ser um país tão importante para economia mundial sei o suficiente para dizer que é um dos países mais religiosos do planeta, falam em Deus na sua Constituição, Deus está em seus tribunais, está até em suas notas de dinheiro.
  É um país aberto a religiões de todo tipo.

  “A religião nos Estados Unidos é uma história de diversidades, devido em larga parte à composição demográfica multicultural da nação.
  A maioria dos cidadãos adultos dos EUA adere ao Cristianismo -78.5%.
  Sendo que os evangélicos são maioria, com mais da metade da população.
  Ateus equivalem a 1,6% conforme dados de 2007"

  Sei, sei, religião não é sinônimo de Deus, mas ser religioso é buscar uma ligação com Deus através de uma Instituição ou doutrina.
  Se nos Estados Unidos há muitas religiões podemos deduzir que muitos americanos buscam a Deus.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Muitos pensadores defendem que o sucesso do Capitalismo é “em parte” devido ao crescimento das igrejas Protestantes.

  Não tenho como discordar desses pensadores.
 
  O Catolicismo era muito centralizador, condenava o lucro.
  Papas e Reis não eram favoráveis ao surgimento de uma classe média e a propriedade privada.
  Terras tinham que ser do Rei ou da Igreja.

  Os Protestantes ganharam força justamente na burguesia, famílias da classe média que prosperaram com pequenos comércios, transportando mercadorias e mais tarde no processo de industrialização.

  Em termos de relações econômicas o protestantismo foi bastante modernizante.
  Os protestantes não sentiam algum tipo de culpa por serem ricos, não idolatravam a pobreza apenas ressaltavam a importância da caridade e de contribuir com a igreja.

  As pessoas falam horrores dos dízimos, da contribuição de 10%, mas esquecem que os Reis cobravam em impostos o quanto queriam e a igreja condenava a riqueza, qualquer acumulo de capital deveria ser ofertado a Deus.

  Diante da situação que havia, contribuir com apenas 10% e fazer alguma caridade era sem dúvida uma proposta de religiosidade bem mais interessante.
  Sem lucro não dá para acumular capital e sem acumular capital na iniciativa privada não há Capitalismo.
  O desconcertante é que pensadores atribuem o sucesso do Capitalismo ao Protestantismo quando os resultados são bons, mas diante de qualquer coisa que deu errado ou eles “acreditam” que deu errado o Capitalismo já passa a ser um sistema do demo... o protestantismo não tem nada a ver com isso, “falta Deus!”

  Eu aposto que os ateus desejariam muito que o Estados Unidos fosse um país ateu como foi a URSS, seria um grande trunfo, um bom argumento para sinalizar a superioridade do ateísmo sobre o teísmo.
  Muitos apostavam na inevitável derrocada do EUA diante da URSS justamente porque a Rússia não tinha o “fardo” da religião.
  Os EUA superaram a Rússia, religiosos tem esse trunfo argumentativo nas mãos e ficam desprezando!

  No entanto esse texto é só uma preparação, o próximo foi escrito antes desse, mas ele faria pouco sentido se esse texto não fosse publicado primeiro.
  Ocorreu mais uma triste chacina no Estados Unidos.
  Culpa do Capitalismo, culpa do Protestantismo, culpa da Falta de Deus?
  Eu detectei algo que podemos atribuir “culpa”, não é muito animador, não temos como aprisionar nossa “ré” e ressocializa-la [civiliza-la] é uma tarefa árdua e demorada.
  Vamos audaciosamente seguir nosso amigo Einstein, veja se você concorda com ele:

  “A Tradição é a personalidade dos imbecis”.

  Eu culpo a tradição, nossa ré é a Tradição, vamos flutuar por essa brecha...

  To be continued...




Anterior          <>        Próximo 


Postar um comentário