quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

TER & SER

 “O ser humano foi a proposta primeira para nossa vida feita por Deus, nos desviamos pagamos o preço por nos vendermos a um sistema que quantifica as pessoas em uma visão de mais valia”
[Pedagoga no Face]
________________________________________________
  "O ser humano tem uma luta árdua debaixo do sol, tornar-se extremamente materialista e deixar de ser humano e se reproduzir enquanto maquina capitalista ou buscar identidade própria ainda que venha ser rotulado como idealista e ingênuo;” [Facebook]
_________________________________________________    

  Essas são as palavras de uma pedagoga, é incrível como no Brasil a palavra Capitalismo está sempre na pauta de nossos educadores como algo extremamente negativo.
  Um Capitalista “é extremamente materialista”, “não tem identidade própria” !?
  Eu apenas copiei e colei o texto da pedagoga.
  Note que a explanação é confusa:

  “tornar-se extremamente materialista e deixar de ser humano e se reproduzir enquanto maquina capitalista”

  Só conseguimos ter uma luz sobre o que ela quer dizer se continuamos ler o texto.
  A pedagoga elogia o indivíduo que deixa de se reproduzir “enquanto maquina capitalista” ainda que venha ser rotulado como idealista e ingênuo.


  “e como è lindo quando nos deparamos com tal espécie em extinção é um prazer inigualável pois o "ser humano" foi a proposta primeira para nossa vida feita por Deus, nos desviamos pagamos o preço por nos vendermos a um sistema que quantifica as pessoas em uma visão de mais valia importante é ter não ser mas como boa idealista desejo fazer parte desse grupo em extinção que ousam crer no humano e buscam ser humano mesmo que tudo diga o contrário." [Facebook]

  Ela diz que esse indivíduo que luta contra o Capitalismo é um ser em extinção, mas como boa idealista deseja fazer parte desse grupo em extinção que ousa crer no humano e buscam ser humano mesmo que tudo diga o contrário.
  Quer dizer, você só é humano se for contra o Capitalismo/Liberalismo...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  “Deparamos com tal espécie em extinção é um prazer inigualável pois o "ser humano" foi a proposta primeira para nossa vida feita por Deus, nos desviamos pagamos o preço por nos vendermos a um sistema que quantifica as pessoas em uma visão de mais valia”

  Aqui vemos mais uma terrível confusão a visão de mais valia pertence ao Marxismo/Comunismo
  No Liberalismo/Capitalismo podemos dizer que a visão que predomina é da oferta e procura.

  Mas a parte mais interessante é quando se refere a Deus, concluímos que:

  Deus nos fez “seres humanos” puros e bons, mas o sistema Capitalista corrompeu a todos.
  Claro que o Capitalismo não deve ser uma criação de Deus deve ser a criação do homem inspirado por demônios.

  É evidente que uma professora/pedagoga com tal posicionamento dificilmente vai educar nossas crianças com isenção.
  Se os professores se ocupassem de transmitir aos nosso filhos apenas conhecimentos científicos acumulados pela humanidade seria algo muito bom, mas os professores brasileiros decretaram por conta própria a total falência moral da família brasileira.

  A prioridade para os professores é transformar as crianças em “cidadãos”.

  E que tipo de cidadãos?
  Que não tenham um censo crítico sobre Deus; Deus é tudo de bom e não se fala mais nisso.
  Um tipo de cidadão que nem tentará entender as engrenagens do Capitalismo porque Capitalismo é sinônimo de tudo de mau.
  “Precisamos acabar com tudo isso que está aí!”

  Eu iria chamar a pedagoga de marxistas, mas me lembrei que Marx era ateu.
  Marx dizia que o Capitalismo é seu próprio coveiro, mas não atribui isso a afronta a qualquer divindade.
  Claro que não podemos generalizar, mas eu separei o texto dessa pedagoga porque ele corresponde (na minha percepção) pelo menos a 80% do nosso ambiente escolar.
  Os professores brasileiros são um caso único, precisamos criar uma classificação.
  Marxistas Teístas?
  Ou apenas: Anticapitalistas?
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Ainda bem que mesmo sendo minoria, muitos professores conseguem ir além do “Idealismo” do qual a pedagoga se orgulha tanto.

  Estava ajudando minha filha resolver algumas questões de matemática e havia muita educação financeira nos problemas propostos.
  Minha filha já sabe que quando ela financia um produto ela está comprando dinheiro, para comprar o produto.
  O ideal é que ela evite comprar dinheiro, poupe e compre o produto que sairá bem mais barato.

  Um professor ensinar matemática é algo maravilhoso, ensinar ter ódio do Capitalismo é lamentável.

“nos vendermos a um sistema que quantifica as pessoas em uma visão de mais valia importante é ter não ser”

  Percebem que o “Sistema” é tido como uma entidade com personalidade própria? 
  É como se existisse um ser demoníaco chamado Capitalismo para o qual nos vendemos.
  O que é se vender para esse demônio?
  Trabalhar, estudar, buscar uma vida mais confortável!?

  Nunca entendo porque para tantos “ideologistas” o ter anula o ser!?

  Pela estranha escala de valores deles os mendigos são o ápice da evolução humana, algo que todos nós deveríamos desejar ser.
  Se ter é algo tão terrível porque os professores brigam tanto por melhores salários!?
  A pedagoga em questão tem um belo carro e uma casa bem grande.
  Se fosse coerente com seu idealismo andaria de ônibus coletivo e teria uma casa menor.
  Mas parece que não ser “materialista” é algo bom para os outros e péssimo para esse tipo de professores.
  Não gosto de pensamentos lineares, mas vou colocar um só para ficar fácil a visualização depois expandimos.

  Concordamos que muito do que somos é o que comemos.

  Porque não concordamos que muito do que somos É O QUE TEMOS?

  Eu e minha esposa não recebemos nenhuma herança, com muito trabalho e juízo financeiro quitamos nosso apartamento.
  O apartamento que temos é muito do que somos, trabalhadores, honestos e ajuizados.

  Vamos supor que nosso apartamento fosse fruto do rendimento de roubos, termos um bom apartamento revela o que somos eficientes LADRÕES.

  Vamos supor que mesmo depois de anos trabalhando sem ter algum acidente financeiro fora do previsto nós não conseguíssemos dinheiro para comprar um imóvel, mas tivéssemos carros do ano, oras, me parece um casal bem irresponsável, o que NÃO temos revela muito do que somos, nesse caso IRRESPONSÁVEIS.

  Saindo da linearidade [não suporto ficar nela por muito tempo] não devemos julgar as pessoas apenas pelo que elas tem ou deixam de ter, mas que tem um peso enorme isso tem!
  Se uma pessoa não tem nenhuma atividade que lhe rende muito dinheiro e tem um padrão de vida muito elevado já sabemos que ela vem de uma família abastada ou está praticando alguma ilegalidade.

  Quero dizer que o TER não anula o SER, pelo contrário, o que temos revela muito do que somos mais do que falamos.
  Se temos cães em casa e nos relacionamos bem com eles fica evidente que gostamos de cães.
  Se você grita contra o consumismo mas tem um guarda roupa com mais roupas do que consegue usar o que eu devo considerar mais revelador do seu caráter, o que você fala ou o que você FAZ?

  SER não é sinônimo de bem, TER não é sinônimo de mal.

   A relação que marxistas fazem com ter e ser como se “ter” fosse Capitalismo e “ser” fosse Comunismo/Socialismo é algo patético.

  Você que é professor, sei que sua mente esta cristalizada em tornar nossas crianças em cidadãs, o conhecimento fica em segundo plano.
  Então humildemente peço que ao menos parem de demonizar o Capitalismo.

  Porque não concentram seu idealismo na anti-corrupção!?

  Os Norte Americanos são um povo Capitalista e por mais que o indivíduo “tenha ou seja” a Lei o alcança.

  “Políticos corruptos são punidos nos Estados Unidos.
   Polícia federal americana prendeu um dos políticos mais poderosos de Nova York.
   Nos EUA, políticos não têm foro privilegiado.” [G1]

  O Fato do indivíduo “ter” melhora muito sua capacidade de defesa, mas não o deixa acima da LEI.
  Fica aí a sugestão.

  Professores, sejam contra a corrupção, não importa se ela seja praticada pela esquerda, direita, centro esquerda, centro direita, religioso ou ateu.

  Nem vou me estender a questão do Deus maravilhoso ... alguém que irá proteger nossas crianças de tudo de mal e só lhes dar tudo de bom, basta ter Fé [acredite quem quiser].

  O Capitalismo nos trouxe uma condição de vida muito boa, nos possibilitou ter muitas coisas, se querem demonizar algo concentrem-se na Impunidade e Corrupção.
  Claro o melhor mesmo seria que vocês professores se concentrassem em transmitir conhecimentos.
  No campo da cidadania eduquem seus filhos que eu educo os meus...


  Não conheço nenhum estudo comprovando que filhos de professores são filhos melhores que filhos de outros profissionais, se alguém conhecer por favor me tragam esses dados, será um ótimo ARGUMENTO.




  Professores são indivíduos melhores que todos os outros?
  Você está certo disso?

“O professor da Fatec (Faculdade de Tecnologia) Luiz Cláudio Marques de Albuquerque, de 41 anos, foi detido ontem e reconhecido como o autor do assassinato do operador de telemarketing Luiz Paulo Oliveira Barbosa, de 20, na véspera de Natal, na Rua Frei Caneca, região central.” 

“Professor premeditou cada detalhe do assassinato de Suênia Farias” 

“Professora é presa por tortura.”

  “Uma professora da rede municipal de educação de Goiânia e Brazabrantes foi presa por tráfico de drogas na última quarta-feira”

Anterior          <>        Próximo 



28 comentários:

William Robson disse...

“Quem não tem uma saúde ímpar, deve pensar algumas vezes antes de sair tomando iniciativas-pois corre o risco de se enganar.” [Nihil]
===========================
Para Nihil qualquer coisa que dê errado é porque você esta doente.
Tome remédios e procure ajuda psicológica.
Se der certo “Gloria a Deus”!
Se der errado “Gloria a Deus”!
E der mais ou menos certo então... “Gloria a Deus”!


Filosoficamente não notei nenhum distúrbio mental no taxista, foi só um cidadão de bem tentando ajudar o próximo.
“O Bem não conhece o Mal.”

Pelo breve relato da Nihil não enxerguei nada de diferente na mentalidade da senhora.
Alguém precisava de troco para o ônibus, ela podia ajudar e ajudou.
Identificar notas falsas não é tão fácil, há falsificações muito boas no mercado.
Eu mesmo [dependendo da correria] poderia ter caído no golpe que a senhora caiu.
Já troquei dinheiro para pessoas e confesso que não reparei na qualidade da nota.
Mas valeu o alerta, eu mesmo prestarei mais atenção.

Tomar remédios, fazer psicanálise, ou só sair com minha mãe e irmãos... acho exagero.

Sinto muito pelo bom taxista, sinto muito pela boa senhora.
Não desistam de ser bons, apenas procurem conhecer melhor as artimanhas do mal.
Filosofem e OBSERVEM mais.

turbilhão 1.206 disse...

Bom dia ao sr.!

De todo modo,obrigada pela atenção ao meu comentário de ontem.

turbilhão 1.207 disse...

A fim de evitar equívocos,esclarecerei que na minha réplica "apaixonada"(ou passional) de ontem,eu não disse de verdade,que o moço da história tem um distúrbio mental.
Ao mencionar sua "limitrofia", usei uma metáfora para indicar que ele está desinformado e "inocente" demais.
Sei que deveria ter falado isso logo,mas eu quis deixar "o clima no ar" por um tempo.

Acho melhor,contudo,"acertar o discurso" logo.

Pessoas com alguns limites na saúde(como os mais velhos,ou os adoentados) e no conhecimento(como os muito jovens) podem cometer erros de julgamento.
Mas,talvez a grande maioria mesmo,erra no julgamento que faz -e se mete em alguns problemas,por ser inocente,ou desinformada demais.

emaranhado 150 disse...

Eu desejo elogiar sua ótima idéia de usar a fotinha do capitão Spock como um dos seus "avatares".
Aquele personagem,é da hora- eu gostava muito dele,quando via o seriado...

tripitaka 797... disse...


...no blog da Selma.

Vejam mais um texto sobre a "felicidade",escrito pela autora do blog,e confiram os comentários.
O nono,foi o meu.

turbilhão 1.208 disse...

(texto principal)

Li seu texto contundente,e a todos os links de acréscimo.
Mais tarde,tentarei comentar "na íntegra",mas deixarei uma nota estarrecida,sobre a conduta de uma professora(numa das notícias) que estava agredindo aos alunos.
Ela merecia uma cana(cadeia) por uns anos,seguida da punição da proibição de não poder se aproximar de nenhum menor de idade,para o resto da vida,sob pena de retorno à cadeia,ou ao manicômio.

Como pode o ser humano ...fico perplexa com uma informação assim_e ainda nos julgamos acima das demais criaturas,por pensarmos.
Mas,também somos criaturas.

Repare que mesmo os bandidos,ou os loucos,se formam em várias profissões.
A presença de elementos errados numa categoria de serviço,ou em outra,não tira a responsabilidade,nem a importância dos que cumprem suas funções nesses serviços.
Nem da "categoria" em questão.

Ainda que possamos discordar do marxismo de muitos professores.

O restante,ficará para depois.

Por ora,um bom dia a todos.

encantadora 66 disse...

marianinha 2

William Robson disse...

“Pessoas com alguns limites na saúde(como os mais velhos, ou os adoentados) e no conhecimento(como os muito jovens) podem cometer erros de julgamento.” [Nihil]
===========================
Adultos com saúde não podem cometer erros de julgamento?

Se todos podem cometer erros de julgamento, porque se eu tiver 30 anos é apenas uma distração enquanto se eu tiver 15 ou 70 é uma doença, falta de experiência ou degeneração mental?
Como eu digo o Freudianismo estabelece uma tabela padrão para tudo.

O Taxista tem cerca de 50 anos, você o considera “adulto” ou um ancião imprestável?

William Robson disse...

“Eu desejo elogiar sua ótima idéia de usar a fotinha do capitão Spock como um dos seus "avatares".
===========================
Anakin é um avatar “espiritual”, Spock é um avatar mental.
Anakin é a Filosofia Matemática, Spock é a Terapia da Lógica.
Mas não procure distinção nos comentários, eu comento com o avatar que esta mais a mão.
Se respondo direto do e-mail é Spock, se respondo no Blog é Anakin.

Eu desejo que você adote um avatar, o Blog ficará mais bonito.

William Robson disse...

“mas deixarei uma nota estarrecida,sobre a conduta de uma professora(numa das notícias) que estava agredindo aos alunos.” [Nihil]
=========================
A desculpa que ela dá rende um bom texto:

“Em depoimento, a educadora acusada alegou que estava estressada em função do baixo salário e da carga excessiva de trabalho. Durante a manhã, ela atuava na rede municipal de Tubarão. À tarde, dava aulas em uma escola de Capivari de Baixo, onde dividia uma sala com outra professora.”

Amanhã eu escrevo.

William Robson disse...



GOOGLE+

Nunca fui Fã de desse arquiteto, principalmente por ele defender tanto o Comunismo, um regime que não deu certo em lugar algum.
Em um texto de 2008 citei o problema em suas obras que privilegia a estética e não se preocupa com o conforto humano...

“ –Ouvi-me todos e entendei: Não é o que entra pela boca que contamina o
homem, mas o que sai pela boca, é isso que contamina.”
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
Entendo que Jesus estava questionando o apego a tradição em detrimento a verdadeira comunhão com Deus, mas o exemplo foi bem infeliz e filosoficamente muito pobre.
A comida que entra pode sim contaminar o corpo e seu oposto seria o vomito.( o que sai da boca).
Se Jesus se referia as palavras então seu oposto seria a audição e o que ouvimos também contamina nosso “coração” (eu prefiro espirito ou alma).
Se fosse o Lula ou Bush que fizesse uma citação destas, cairíamos de pau.
Muitas frases bíblicas são simplórias para não dizer medíocre filosoficamente, igual as obras de Oscar Niemayer que ninguém ousa criticar embora sejam em sua maioria pouco funcionais privilegiam a estética em detrimento do conforto humano, tanto que nenhum presidente suporta aquele Palácio do Planalto.
Jesus e seus discípulos poderiam lavar suas mãos antes das refeições, seria um ótimo exemplo para as criancinhas, evitariam muitas doenças e com sua genialidade poderia encontrar um exemplo melhor que exaltasse as pessoas a questionar o sentido das tradições.
Lavar as mãos é mais que uma tradição é um habito de higiene seguido até hoje.
Como disse, um exemplo infeliz que empobreceu totalmente a grande mensagem que pretendia enviar. [17/Nov/2008]

turbilhão 1.209 disse...

Boa noite ao sr.

(primeiro comentário,após os meus)

Não mencionei nos meus textos,a expressão "ancião ...etc".
E o personagem da história de ontem,talvez não tenha "maiores problemas",mas é confiante demais.
Pessoas da nossa idade(estamos nessa faixa) podem achar que sabem tudo,e aí,as coisas não funcionam sempre.

Por mais que pensemos ser espertos,por termos alguma experiência que os outros não tem,é sempre bom vivermos de "olhos e ouvidos" bem abertos.

Terapia da Lógica disse...

"Não mencionei nos meus textos,a expressão "ancião ...etc".
=========================
Exagerei para ficar dramático.
Lapsos que podem ocorrer com qualquer um você transforma em alguma doença neurologia grave, principalmente se a pessoa tiver uma certa idade.
Já disse que eu cairia no golpe que sua vizinha caiu o que tenho que fazer... tomar omega 3?

emaranhado 151 disse...

sobre "avatares".

Ainda vou decidir qual usarei.
Pensei numa miniatura de uma pintura medieval da Safo de Lesbos,mas aquilo lá é "espiritual demais" pro meu gosto.
Talvez,irei ter dois,que nem o sr.
O da Safo será usado quando eu escrever as tripitakas,e o da Mary Richards,quando eu falar de temas práticos.

Quem é Mary Richards?

Comentei uma vez sobre esse seriado,no primeiro "Terapia da Lógica".
Foi estrelado pela atriz Mary Tyler Moore,e a personagem,é muito semelhante a mim.
Moça de bom temperamento,que trabalhava numa redação de jornal- ia levando sua vida numa época em que a emancipação feminina era quase uma novidade- mas não sofria com os preconceitos típicos da época,porque se relacionava bem com todo mundo.
Comunicativa,bondosa,cheia de vontade de ajudar aos problemáticos que conhecia- e ainda assim afastava o excesso de curiosidade das pessoas sobre sua vida particular.

Nunca esqueceu o rapaz com quem não conseguiu casar,por isso não levava a sério nenhum namoro.
Sua melhor amiga,era uma moça judia,que trabalhava como governanta em sua casa,e que com o tempo,acabou se emancipando financeiramente também.

Foi uma personagem feminista da atriz Mary Tyler Moore,mulher sofrida,cuja vida não foi tão ordeira quanto foi a da sua personagem,mas que ainda assim,tem "algo" dela.(acho que a mesma foi a produtora da própria série)

Talvez,ela não irá se importar,se eu usar um retrato dela,afinal,dificilmente ela irá ler um blog brasileiro.(isso,se eu achar alguma imagem da mesma)
Não consigo imaginar o que essa senhora(já idosa) faz,hoje em dia.
Um tempo atrás,soube que ela andou tentando produzir outros filmes.

Mas,a Mary Richards,com seu senso prático,e seu esforço de adaptar o ego aos linotipos jornalísticos,tem bastante a ver com minha conduta "ordinária"(ou comum)- de viver me "flexibilizando" para caber nos meus limites.
Tanto que virei uma srta Nihil.

turbilhão 1.210 disse...

quaréplica ao sr.

O sr.deveria tomar algum fitoterápico,para melhorar o estado geral.(vejo-o reclamando da memória,vez por outra)

Mas,eu não recomendaria isso,só pro sr.ficar esperto.
A réplica eu escrevi no "1.209".

Agora,que pensamos "saber tudo da vida",precisamos (mais ainda) manter olhos e ouvidos abertos.
Essa é uma precaução principal.

Terapia da Lógica disse...

"Ainda vou decidir qual usarei."
========================
Esta vendo como você sonha demais, planeja demais e realiza pouco?
É só ir no seu perfil escolher editar foto e puxar uma imagem de um link ou do seu computador.
Se não gostar depois coloca outra.
Uma coisa simples sem maiores consequências, só para embelezar o Blog.

Mas tudo para você leva décadas.
Lembra do ultimo texto do Filosofia Matemática?


Flash Back

turbilhão 1.212 disse...

Comentário sobre a réplica minha ao texto principal.

.......Agora de noite,vi na televisão outra notícia de uma mulher que trabalhava numa escolinha,que deu para agredir os alunos pequenos,de uns tempos para cá,caso ocorrido aqui em Sampa.
Detalhes,poderão ser vistos no jornalismo virtual da web.

Ela possui um transtorno mental qualquer,estava sendo medicada,e -segundo seu advogado de defesa,preparava-se para se demitir do emprego,porque se sentia incapaz de continuar na sua função de diretora.

Agora,o MINC irá à escolinha verificar os "métodos pedagógicos" lá usados,e dependendo do que encontrar,a empresa perderá a licença para funcionar.
As professoras sob sua tutela,não sabiam de nada do que estava acontecendo.

Espero que não promovam uma injustiça contra a escola,porque acho que seu dono,e os outros funcionários,não deveriam pagar pelos erros de uma pessoa,que nem teve tempo de causar muito estrago.
Talvez,seria bom a mesma mudar de nome,mas não deveria fechar.

A indignação dos pais é natural,mas oxalá essa instituição se renove,e tenha outras chances.

O sr.realmente acha que a saúde mental "é secundária"?
Não exagere.
Tem muitas mulheres(ainda que perante o todo,elas sejam um porcentual pequeno) que estão sem condições de cumprir certas responsabilidades,devido a transtornos pessoais.
Vamos somar uma deficiência qualquer nas sinapses do cérebro,à uma auto-orientação errada.
(ou seja,a um caráter ruim)
A soma,é explosiva.

Se a "deficiência" se unisse a um "bom caráter" por formação,o resultado também não seria lá muito bom,porque as criaturas em questão,para não errarem,viveriam saindo de todas as cenas.
Mas,um resultado neutro,é preferível,a um resultado ruim.

Terapia da Lógica disse...

O sr.realmente acha que a saúde mental "é secundária"?
=================================
Ela é uma excelente desculpa para advogados defenderem seus clientes safados.
O freudianismo é a base mor da IMPUNIDADE.

emaranhado 152 disse...

quaréplica ao comentário sobre "avatares".

Mas,até poucos dias atrás,eu ainda não sabia qual eu ia usar.

Há outras coisas na fila,aqui na web.
Estou com pouco tempo para "dar um jeito em tudo".
(trocar o antivírus(de novo),me relogar no blog da Selma,publicar lá a prece do mahaparinirvana...)

acréscimo disse...

...ou seja,eu não tinha como fazer algo que eu ainda não tinha em mente.

Mas,a função desse acréscimo,é melhorar uma redação.

"A fila de pequenas tarefas para mim aqui na web,está comprida.
Uma coisa por vez."

Terapia da Lógica disse...

"Mas,até poucos dias atrás,eu ainda não sabia qual eu ia usar."
======================
Entendo!

Boa noite a você, acabei de escrever uma trilogia e estou cansado, amanhã ela começa...fui!

turbilhão 1.213 disse...

O "freudianismo" que o sr.supõe ser "base da impunidade" é apenas Psicanálise.

Muitos casos de pessoas ruins,são psiquiátricos.

Muito boa noite ao sr., disse...

...sr.William,

Tenho a impressão que "cansei sua beleza"...
mas se anime,amanhã será mais um lindo dia de muito calor...(aff...ninguém tá aguentando mais.)

turbilhão 1.213 disse...

(texto principal)

Finalmente irei replicar "na íntegra" a esse texto.

O sr.deve ter razão,mas não tenho certeza.
Acho que os professores(de bom caráter) estão tomando para eles mesmos,atribuições exageradas de educadores,porque muitas famílias estão um pouco desorganizadas.
Os pais estão delegando para as escolas,a função da instrução,e também,da educação "de formação".

Então,os coitados dos professores e as coitadas das professoras,passam a ministrar os valores que eles(elas) acham que devem ser ministrados às crianças.

Eu não discordo totalmente de que eles devem atuar como "educadores" também,até um certo ponto.
Mas,acho que o marxismo confunda as mentes mais jovens.
Assim como uma educação também não deve "seguir ao contrário disso".
Os adultos devem ensinar aos mais novos,a terem senso prático,e a gostarem do Bem,e das coisas bem feitas.
Deve ser ensinada a ética,e a responsabilidade.
Mas,quanto ao "sistema filosófico",deveria haver mais neutralidade-e direito de escolha.
Tanto o capitalismo,como o marxismo deveriam ser esmiuçados em aulas para o final do ensino fundamental,e para os alunos do ensino médio.

A responsabilidade pelo "futuro do país" naturalmente,pertence aos bons profissionais,que possuem idealismo,no sentido de desejarem o bem àqueles que eles ensinam.
Estão excluídos dessa galera,os que seguem o magistério só por interesse econômico,bem como mulheres e homens histéricos.

Histéricos e malucos,também seguem profissões.
A política,inclusive,está cheia deles.
Mas, esses não representam nenhuma classe,a não ser a dos loucos,ou dos criminosos.

Nihil disse...

Resolvi tentar pôr em prática o que o sr.disse,antes das demais "tarefas".
Não consegui.

Colei na barra URL do retângulo da edição de foto o link da imagem desejada-e quando gravei o perfil,ele voltou a ser o que era antes.
O link sumiu, e o círculo assinalado voltou a ser o "do seu computador".

Tentei ainda com um segundo link(derrepente,o problema podia ser do endereço),novamente,não deu certo.

Se o sr.puder,(e desejar),me dê uma orientação.
Também quero embelezar o blog.

encantadora 67 disse...


Cansei de postar as imagens das obras desse arqui-artista no gd do terra,em minhas fases de postagens artísticas.

Ele pode ter sido superado,mas foi importante em começar uma tendência mundial.

Hoje perguntei para a minha sobrinha qual foi a maior realização dele?
Como ela visitou(junto do pai) o museu Niemeyer de Curitiba,disparou logo que "a maior obra dele é aquele museu".
Acredito que muitos "nubentes" não sabem ainda quem foi o arquiteto que desenhou Brasília...

...se bem que Brasília não foi nenhum marco na história da Humanidade,devido à galera que lá se encontra...(Deus me livre)

Daniel disse...

Excelente texto.
Mas a fé não se explica pura e simplesmente. Não como ensinar a ter fé.
Ela só existe.

Daniel disse...

Não tem como ensinar a ter fé.*