terça-feira, 26 de junho de 2012

Crime Administrativo

  "A corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa." [Jô Soares]

  "A EBC foi criada em outubro de 2007 como um grande projeto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para criar uma TV Pública.
  O ministro Franklin Martins é quem comanda o setor.
  A relação entre EBC e a Tecnet desperta a atenção não só pelo fato de o filho do ministro trabalhar na empresa contratada pela pasta comandada pelo pai.
  O processo de concorrência é nebuloso." [Estadão]
                                                 
  Protegido pela lei o Estado pode literalmente acabar com sua empresa ou leva-la a ser líder de mercado, veja o caso da construtora Delta e tantas outras.
  Porque você acha que os proprietários das Empresas terceirizadas não dizem nada quando ocorre atraso nos repasses de pagamento?
  Eles não podem dizer a verdade e não tem mentiras que consolem os funcionários que não receberam seus salários acredito que em alguns casos eles de maneira discreta até incentivem a greve para pressionar o Governo a lhes pagar.
  A verdade é que a empresa contratada pelo Estado depois de algum tempo não tem mais de onde tirar dinheiro.
  Brigar com o Estado na justiça é uma péssima estratégia a pendenga vai demorar anos e anos, o Estado pode esperar você não.
  Se você ficar quietinho na sua e pagar algum por fora a pessoa certa tudo ficará bem.
  O problema é que você sacrificou sua margem de lucro para ganhar a licitação, pagando propina o contrato passa a não ser satisfatório, é muito trabalho para baixa lucratividade, você até sente saudades do tempo que seu maior contrato era com uma pequena Empresa Privada.
                                                 
    Claro que o administrador público “certo” entende sua situação afinal foi ele que a criou.
  Ele pode colocar aditivos no contrato aumentando sua margem de lucro, mas sabe como é, uma mão lava a outra.

  Para você não ter grandes problemas ao prestar serviços para o Governo tem que ter muita SORTE para se relacionar com um administrador de bom caráter e ciente de suas responsabilidades.

  Caso contrário terá que ter muito, muito, muito capital de reserva.
  Isso é mais que injusto, é perverso, porque vira coisa para cachorro grande, ricos empresários que até pagam campanhas dos políticos invertendo a supremacia da relação, “você me arruma bons contratos ou não financio mais sua eleição”.

  Você cidadão que teoricamente deveria competir em igualdade de condições e ter os contratos sendo respeitados se verá obrigado a ficar mais sujo que pau de galinheiro.
  Se as coisa derem errado e um Tribunal de Contas resolver levar a sério suas atribuições de fiscalização não tenha dúvidas que o grande prejudicado será você.
  O Marcos Valério está preso e os políticos que ficaram com o grosso do dinheiro estão todos soltos.

  No caso da Delta agimos emocionalmente demonizando seus proprietários, mas se fossemos um pouquinho lógicos tentaríamos uma revisão urgente destes processos de licitação pública.

  A Supremacia da Administração não deveria servir para extorquir empresários que se veem obrigados a se corromperem caso queiram ter algum sucesso na relação comercial com o Governo.

  O não pagamento em dia do Governo a um fornecedor só deveria ser admitido em situação de grande tragédia, uma grande impossibilidade, algo excepcional.

  Sem uma boa justificativa deveria ser CRIME administrativo, o responsável deveria ser destituído do cargo ao mesmo tempo que o Estado seria obrigado a efetuar o pagamento.
  Por isto tome cuidado quando jogar toda a culpa nas costas de um “empresário corrupto”.
  Ele é peixe pequeno, o grande tubarão é o Governo e o Governo é responsabilidade nossa.
  Mas tudo isso que escrevi não é importante, o importante mesmo é que vamos sediar a Copa! [Escrito em 25/06/2012]
  Isquindô, isquindô, 200 milhões em ação pra frente Brasil SALVE A SELEÇÃO!




Anterior          <>        Próximo 

Postar um comentário