quinta-feira, 15 de março de 2012

30 Anos

  “A argila fundamental de nossa obra é a juventude. Nela depositamos todas as nossas esperanças e a preparamos para receber idéias para moldar nosso futuro.” [Guevara]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Che teve sorte de não envelhecer, me parece que seria um grande sofrimento para ele.
  Por outro lado também poderia ser um grande aprendizado, mas não vamos ficar divagando sobre o que poderia acontecer vamos analisar o que aconteceu.
  Sou alguém por quem Che teria profundo desprezo.
  Já nasci velho do ponto de vista do Che.
  Puxo pela memória e não me lembro de uma única fase em que queria revolucionar o mundo.
  Nunca tive esta idolatria pela juventude e repulsa pelos mais velhos. Na minha infância e adolescência nunca deixei de conversar com pessoas com mais de 30 anos. Nunca achei que elas tinham ferrado o mundo e só minha geração poderia salva-lo.
  É evidente que se pudesse me congelaria fisicamente  ali pelos 20, 22 anos, mas mentalmente prefiro como sou agora.

  Basicamente quem lê Che com ISENÇÃO nota que ele quer acabar com o legado dos “velhos” e doutrinar os jovens de acordo com sua ideologia.

  Não sei se Che chegou a perceber isto, mas quando os jovens envelhecem se comportam muito próximo de como se comportavam seus pais.
  Che morreu com 39 anos, antes disso chegou a ser ministro em Cuba e se comportou tal qual se comportam outros ministros em outros países.
  Lembram do exemplo dos transistores e das válvulas?
  Che e Fidel poderiam ter governado Cuba muito eficientemente colocando suas ideologias a prova, Cuba se tornaria um país tão avançado que os outros países se tornariam obsoletos e as formas de governo seriam substituídas pelo modelo Cubano.
===========================
  Che vivia de sonhos e ilusões, como ministro foi confrontado com a realidade e na realidade seus sonhos eram fantasias infantis que custaram a vida de muitas pessoas.
  Infantil que era desistiu de adaptar seu sonho a realidade e foi para a Bolívia estimular que mais jovens pegassem em armas contra os velhos, contra tudo isto que esta aí.

  Observem que ele teve a maior oportunidade de sua vida para provar que estava certo, mas ao desistir de Cuba a única conclusão que podemos chegar é que ele NÃO ESTAVA CERTO!

  As gerações que nos antecederam não ferraram com  o mundo, fizeram o melhor que puderam.
  Cabe a nossa geração  fazermos o melhor que pudermos, esquecer as lições do passado não me parece INTELIGENTE.
  Defender a Liberdade, a Democracia, o Capitalismo porque foram as experiências que deram mais certo ou menos errado [como preferirem]. As outras experiências de convivência social ficaram obsoletas.
  Antes de querer acabar com tudo que esta aí, procure entender como chegamos até aqui. Não dá para melhorar o desempenho de um carro se você nem ao menos sabe como ele funciona.
  Mas se prefere não confiar em ninguém com a mais de 30 anos...tudo bem!
  Quando você fizer 31 os textos ainda estarão aqui. Não vejo sinais de que esta geração que esta crescendo no Brasil seja formada de “revolucionários”, não me parece que irão acabar com o legado democrático deixado pela minha geração, então “matematicamente” a Internet no Brasil não será fortemente censurada no futuro próximo.
  Os textos estarão aqui lhe falando de Liberdade, Democracia e Capitalismo.
  Vida longa e próspera a estas experiências que FUNCIONAM.
  Deixemos que Bolivianos, Venezuelanos, Cubanos... continuem tentando fazer dar certo os ideais fracassados de Che.


anterior                                           <>                                                próximo

                                                                         

Postar um comentário