domingo, 18 de março de 2012

Crise de 2008

   “Deu no que deu e me admira muito o fervor exaltado de um leitor que parece desconhecer as raízes da crise de 2008!!!   Para o capitalismo significa também mercantilizar o supérfluo, o que já passa ser uma indignidade.”  [Roberto Martins]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Mercantilizar é o mesmo que tornar comerciável e não entendo porque o “supérfluo” não pode ser comercializado!? 
  Porque devemos viver uma vida de subsistência como os índios?
  O sabonete que uso custa um pouco mais caro é o Dove hidratante, comprar um sabonete que é também hidratante é supérfluo então é um pecado eu comprar ou alguém comercializar este produto?
  Eu gosto de andar cheirosinho compro uma colônia do Boticário, andar perfumado é supérfluo? Maldito Capitalismo! [ e Gay é seu pai...HAHAHAHAHAHAAH!]
  Mas me desculpem, eu trabalho, posso comprar e COMPRO! Acreditem sem culpa nenhuma, devo ser um cidadão maldito, então nada mais lógico que eu ser um maldito capitalista.
  Passeando por Blogs Comunistas é comum depararmos com a expressão “Crise de 2008”.
  Os caras falam sobre isso como se fosse um troféu, um ano para comemorar, uma prova inconteste do fim do Capitalismo.
  Isso já ocorreu outras vezes, lá em 1929 era nosso fim, no estouro da bolha da Internet era o nosso fim, agora em 2008 é o nosso fim...
  Ops! Alguém tem que avisar os caras que já estamos em 2012...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAH!
  Será que o fim do calendário Asteca será o fim do capitalismo que levará o  mundo junto com ele?

  O Obama não fez uma administração muito boa dos EUA, não se mostrou um governante excepcional, o esforço de guerra, por exemplo, deveria ter acabado bem antes.

  Mas a administração de Obama também não foi uma catástrofe, pareceu mais uma continuação do Governo Bush.

  De qualquer forma quem pode dizer que a economia Americana esta a beira de um colapso? Baseado em quais números?

===========================
  A Europa capitalista passará uns 10 anos estagnada? É bem possível.
  
  Depois de 2008 algum país comunista se destacou no cenário internacional?
  Não me venham falar da China, ela esta mais capitalista que nunca. A poderosa Foxconn tem uma empresa aqui perto em Jundiaí, é a China com as mesmas Multinacionais tão comuns ao Capitalismo e tão demonizadas pelos Comunistas.
  A China não esta só capitalista, passeando pela Internet leio noticias sobre a China que antes eram impensáveis, desde que me conheço por gente nunca vi a China com tanta liberdade.
  Não é uma Inglaterra, uma Alemanha, mas esta longe de ser aquela China totalmente na retranca.
  Na Terra Brasilis até a teimosa Dilma percebe que a privatização é a solução para muitos de seus problemas administrativos, sorte a nossa que ela não esteja levando sua ideologia Comunista até as ultimas conseqüências, deve ser porque ela tem mais de 30 anos...HAHAHAHAHAHAHAHA! 
  Não é mais uma jovem revolucionaria.
  Então senhoras e senhores eu realmente não sei o que estes Blogs Comunistas comemoram tanto sobre fatos ocorridos em 2008, isto faz parte da série coisas que não entendo.
  Comemoram resultados “favoráveis ao Marxismo” que só eles enxergam!
  Lembrei que Che disse que por mais que os poderosos matassem as rosas não impediriam a primavera.
  Me parece que as flores [só a rosa é muito limitado] foram todos aqueles que lutaram para defender o direito ao lucro e a propriedade privada, em regimes Comunistas foram dizimados como moscas. Lenin e Stalin que o digam.
  Fico alegre ao observar que a primavera é capitalista.
  Uma primavera bonita, diversificada, rica, democrática...
VIVA NÓIS!


  “Muita gente quis sacar o que tinha guardado (crise de 2008) e os bancos não tinham dinheiro pra dar porque ao atropelarem o padrão-ouro, emprestaram mais dinheiro do que tinham).” [Comentarista no G+]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Há várias opiniões sobre isso, mas para encurtar:

 Na “minha” opinião o Governo dos USA falhou na fiscalização do mercado financeiro.
  Quando se deram conta já estavam diante de uma grande “pirâmide financeira” que iria estourar mais dia menos dia.

  As pessoas não gostam quando escrevo isso, mas mais uma vez o Governo FHC foi nosso grande protetor nessa confusão mundial toda.
  Quando sua equipe econômica desenvolveu o PROER estabeleceu um limite para “alavancagem” dos Bancos.
  A grosso modo os Bancos do EUA não tinham um limite de alavancagem e fizeram empréstimos várias vezes maiores que seu patrimônio.
  Se esses empréstimos tivessem sido feito com mais critério nem haveria tanto problema, o investimento retornaria com juros.
  Acontece que muitos desses empréstimos foram feitos para pessoas comprarem imóveis, pessoas que não tinham condição de pagar.

  “Há 18 anos, através da MP 1179 (03/11/1995) o presidente FHC criava o PROER, Programa de Estímulo à Reestruturação do Sistema Financeiro Nacional. Fundamental para o processo de estabilização da moeda, o PROER impediu um possível colapso do sistema bancário, o que afetaria a poupança dos brasileiros e desencadearia grave crise econômica.

   Atacado desde o início pelo PT, o PROER recebeu posteriormente elogios do presidente Lula e de seu presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, por ajudar a conter a crise mundial de 2008.

 Sem o PROER a economia do Brasil teria sucumbido naquele momento.” Clique Aqui


anterior                                           <>                                                próximo
                                                                  
                                                                         

Postar um comentário