quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Sacolinhas

 "Pense no meio-ambiente recicle sua mente." [Arthur Vilarino]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
" Projeto de lei em Campinas quer sacolas 'verdes' grátis para clientes." [G1]
  
   Esse pessoal que não conhece o Capitalismo faz cada proposta idiota.  Nos pagávamos a sacolinha de plástico, elas estavam incluídas no custo do supermercado.
  Se nos fornecerem sacolinhas mais caras, também pagaremos por elas.
  Não acho o fim das sacolinhas tão terrível assim.
  O atendimento fica mais rápido porque o que certas pessoas demoram para guardar nas sacolinhas é um teste para paciência, principalmente aposentados que tem todo tempo do mundo.
  A principio eu acho que as sacolinhas deveriam ser cobradas em qualquer lugar.
  Seria proibido fornece-las gratuitamente ou abaixo do preço de custo...depois eu explico.
  Para entender esse texto precisamos entender o Capitalismo.
===========================
  Para  Filosofia nos trazer propostas coerentes temos que definir o melhor possível a SITUAÇÃO.
  Não sou dono da verdade, se alguém discordar apenas traga um ARGUMENTO convincente.
  No caso das sacolinhas a situação principal é diminuir o dano ambiental.
  Temos um fato matemático [estatística], sabemos que quanto mais um povo se desenvolve mais consome e o consumo  tem como um dos efeitos colaterais o lixo.
  O Brasil esta se desenvolvendo e isto é muito bom, mas temos que nos preocupar com o que fazer com nosso lixo, devemos perder esta mania  de esperar a água bater no traseiro para depois irmos atrás de soluções.

  Tudo que puder preservar os recursos naturais do planeta, o uso INTELIGENTE de energia, o não desperdício...deve ser meditado.

  Espíritos ou mentes com maior grau de consciência já fazem isso no automático, mas infelizmente este estado não é predominante em nossa espécie.
  O que a pessoa tem em abundância e é de graça [ou que ela pensa que é de graça] fatalmente ela acaba desperdiçando.
  Um exemplo: Nas empresas os papéis toalhas são disponibilizados de graça para o funcionário, mas como você tem uma mente Capitalista [espero] sabe que isso tem um custo para Empresa, o papel toalha não cai do céu.
  Mas na pratica para o funcionário é algo abundante e de graça então ele usa de uma forma exagerada como não usaria em sua casa se ele pagasse pelo papel.
  A conseqüência ambiental disto é que se consome muito mais papel desnecessariamente e isso caracteriza desperdício.
  Não sei qual é o custo de uma sacolinha, mas digamos que seja 10 centavos, oras, se você utilizar 10 já são 1 real, é pouco dinheiro, mas acredito que você vai preferir trazer a sua sacolinha de casa que com certeza será reutilizável derrubando muito o DESPERDÍCIO.
  Vamos dizer que você não esperava fazer compras, mas encontrou uma promoção e resolveu aproveitar e precisou de 10 sacolinhas, oras, 1 real não me parece grande coisa se a promoção foi boa.

  Percebem que Filosoficamente analisando a situação, chegamos a uma solução onde diminuiremos os desperdício sem PROIBIR  o uso de sacolinhas.

  Estava conversando com uma colega e ela disse que o que tá pegando é a sacanagem dos supermercados em ficar com esse “lucro”.
  Vamos meditar sobre isto, não esqueçam que nossa prioridade é a preservação ambiental.
  Hoje os produtos e marcas que tem em um mercado tem no outro também, é muito fácil comparar preços.
  Se você vai sempre ao Walmart e o preço dos produtos esta sempre mais caro que no Enxuto você irá acabar optando pelo mercado mais barateiro.
  Mas digamos que você goste muito do Walmart por um motivo qualquer, ir lá te dá mais prazer, então não se importa de pagar um pouco a mais...tudo bem!
  Como os hipermercados são muito parecidos, todos buscam que você se sinta bem neles logo voltamos para a situação de você acabar optando pelo que tem preços melhores.

  Se tiver interesse pesquise senão confie em mim. Há pesquisas muito sérias comprovando que a existência de Hipermercados baixou bastante o preço dos alimentos e produtos.

  Como eles compram em grande quantidade as negociações com produtores é muito dura, pergunte a qualquer produtor de qualquer tipo de produto exposto nos hipers.
  Então se o supermercado conseguiu diminuir um custo, na medida do possível ele repassará ao cliente justamente para se manter competitivo.
  Agora, gente, gente, gente! A sacolinha é um custo pequeno diante de todo custo do supermercado.
  Por conta do fim das sacolinhas as pessoa querem que os preços caiam em 50%, assim não pode, assim não dá, vocês precisam de aulas de matemática na matéria sobre porcentagem.
  Então minha gente, ao menos você que lê este Blog, seja mais coerente.
  A situação é a de minimizar os danos ao meio ambiente evitando desperdícios.
  Você já sabe que a lógica não alcança a mente das pessoas, campanhas de conscientização do uso eficiente da sacolinha surtirão efeitos pífios, porque quem é consciente...é consciente, quem não é, não adianta belas, maravilhosas campanhas. 
  O cara SENTE que é de graça e que ele pode usar a vontade e é isto que ele vai fazer.

  O cidadão só vai evitar o desperdício da sacolinha se tiver que pagar por ela, aliás estou falando da sacolinha, mas cabe a qualquer produto.

  Aqui no meu prédio não temos medidores de água individuais e a matemática me dá certeza que muitas famílias desperdiçam porque é como se elas não estivessem pagando, esta incluído na conta do condomínio. Ainda bem que os medidores de eletricidade são individuais.
  Mais uma vez, para quem se interessar isto é estatística pura, não é achometro.
  Você tende a usar com mais eficiência as coisa pelas quais tem que pagar, o que é de graça você desperdiça, até seu filho faz isto em casa quando não é ele que paga as contas.
  Em uma festa você cansa de ver frascos de refrigerantes ou cerveja deixados pela metade, espetos com carne esquecidos em um canto, afinal foi de “graça”.
  Na sua casa dificilmente isto acontece, a carne que sobrou do almoço você aproveita na janta, bebe a cerveja da latinha até a ultima gotinha, cê tá pagaaaannndooo...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!
  Bom senhoras e senhores, vamos colaborar com esta campanha contra o desperdício de sacolinhas, os Hipermercados deveriam ter nosso apoio, o Governo deve ter o nosso apoio.
  Podemos deixar um planeta menos poluído para a próxima geração.
  Você cristão que fala tanto do amor ao próximo, que tal amar a próxima geração?
  Você que fala tanto de cuidar do templo do espirito que é o corpo, que tal cuidar do templo da humanidade que é nosso querido planeta Terra?

                  



anterior                       <>                                próximo