sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Automação

  “Um dos direitos assegurados na Constituição é a proteção em face da automação na forma da lei. Então, temos de transformar o que está no papel em direito real.” [Ives Gandra]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Em um texto recente eu alertei o quanto temos que tomar cuidado quando o indivíduo usa como sua melhor argumentação a geração ou manutenção de empregos.
  Tem coisas na Constituição de 1988 que não saíram do papel e é bem melhor que continue assim.

  Vejam o absurdo desse item para uma nação que pretende praticar um Capitalismo de boa qualidade.
  Imagine que em seu condomínio tenha um portão de abertura manual, então você emprega 2 trabalhadores, um para ficar abrindo e fechando o portão e outro para ficar na guarita controlando a entrada de visitantes e serviços.
  Pelo que me lembro da Constituição serviços ininterruptos com vários turnos não podem ter carga superior a 6 horas diárias, logo você precisa de 8 trabalhadores e mais ao menos 2 para revezarem as folgas, totalizando 10 trabalhadores.
  Se você automatizar a abertura dos portões dando a cada veiculo cadastrado um controle remoto você precisará apenas do trabalhador da guarita, mas pela Constituição você não pode demitir os 5 trabalhadores que ficaram ociosos, se vira nos trinta e arruma alguma coisa para eles fazerem.
  Isto funciona bem no Comunismo se ignorarmos o detalhe de que o Comunismo não funciona bem para melhorar da vida da população.

  No Capitalismo perder eficiência por conta de gerar ou manter empregos é algo
incompreensível. A dinâmica é bem diferente.

  Todos sabemos que a automação precisa de manutenção, logo a fabricação e manutenção deste tipo de portão gera “naturalmente” muito empregos.
  O indivíduo que perde seu posto de porteiro pode se habilitar a seguir uma nova profissão na fabrica de portão ou prestando serviço de manutenção ou buscar serviço em outro condomínio, porque não foi extinto o cargo de porteiro, simplesmente a economia ficou mais eficiente, aumentando a PRODUTIVIDADE no setor.
==========================
  A maioria das pessoas não tem o habito de ficar colecionando dinheiro, elas infelizmente até gastam mais do que conseguem ganhar.
  Quero dizer que o dinheiro poupado no gasto do Condomínio será gasto em outras coisas gerando empregos em outras áreas da economia.
  Veja o caso dos bancários, qual de nós, até mesmo os bancários, abriria mão da praticidade dos caixas eletrônicos? 
  Os caixas tiraram emprego de muito bancários, mas tornaram nossa economia mais eficiente gerando empregos em outras áreas, eu preciso pesquisar, mas não observo que o numero de bancários no Brasil tenha diminuído, esta é a dinâmica do Capitalismo, economia eficiente, barateamento dos produtos, aumento do consumo...manutenção e geração de empregos.
  Com esta onda de explosões de caixas tem cidades pequenas em situação muito desconfortável, mas não sei de nenhuma morte humana nestas ações o mesmo não podemos falar de assaltos a bancos onde os funcionários ficam no mínimo muito traumatizados.
  Para não alongar muito esse texto termino dizendo que não concordo com Ives Gandra. Esse item sobre automação na Constituição é ridículo e deve permanecer letra morta.
  Nós já temos garantias trabalhistas como FGTS e Seguro Desemprego, alem de uma gama de serviços prestados pela Seguridade Social.
  Penalizar empresas que buscam mais eficiência é um desserviço a nação e quem paga pela ineficiência somos todos nós.

O ministro afirmou que muito do que é previsto na Constituição ainda está no papel. Um dos maiores problemas da sociedade da tecnologia, segundo ele, é a substituição do homem pela máquina, gerando desemprego. [Ives Gandra]


anterior                       <>                                próximo
                                                                        
Postar um comentário