terça-feira, 8 de novembro de 2011

Paraiso Mental

  Por que engordamos?
  Psicanálise Psicossomática defende que a obesidade inclui razões inconscientes, entre elas, a fragilidade.

 “O que chama a atenção é o caráter de culpa que atribuem ao obeso.    
  A pessoa obesa é cobrada constantemente pela sua condição de ser gorda, por comer muito, por ter uma depressão, compulsão, como se fosse uma opção equivocada que a pessoa faz.
  Ninguém escolhe ser obeso.
  A comida tem múltiplos significados e preenche necessidades determinadas inconscientemente”.



  Deixando de lado a característica genética, filosoficamente digo que a obesidade é um efeito colateral do PRAZER COMER.

  Um dos grandes problemas do Freudianismo é conhecer pouco da estrutura de pensamento Prazer, como não entende vê como doença, nos transforma todos em "pacientes".

  O individuo sabe que se comer demais irá engordar, mas aquele pedaço de bolo esta tão bom, esta lhe dando tanto prazer que continua comendo, se deliciando com o sentido do paladar.

  Muita gravidez indesejada tem esse mesmo processo, a moça sabe que deveria exigir camisinha, o cara sabe que tem que tirar na hora H, mas esta tão gostoso, o ato sexual esta lhes dando tanto prazer que param de PENSAR e se entregam ao prazer.
  A moça podia diminuir os riscos usando pílula. 
  Enquanto esta "fria" consegue planejar, pensar.
  Se não usa a racionalidade antes ... não vai usar durante o fogo da paixão/instinto.

    O Freudianismo se perde buscando causas distantes em situações que são de momento.

  No Freudianismo o bolo não é tão gostoso.
  O que acontece é que faltou "doçura" [amor] na infância do "paciente".
  Ingerir açucares é uma forma de "compensação"...

  Haja saco!😆


  O Freudianismo e as Religiões nesse quesito se parecem muito.

  Psicanalise - Vê o prazer como uma disfunção emocional que provoca uma falha na química cerebral.

  Religião - Vê o prazer como uma tentação da carne, a ação do demônio.

  Se você sente muito prazer em comer chocolate (por exemplo), isso não é normal, esta camuflando uma grande ansiedade 😓 ou é o demônio 👿 em sua vida.

  [Claro que estou exagerando para facilitar o entendimento.]

  Lembrei de uma situação singela, porem bem ilustrativa.

  Minha esposa estava comendo um doce com muito gosto, não conseguia para de comer.
  Em certo momento disse:

 "Alguma coisa está errada comigo, devo estar com muita ansiedade, não deveria estar comendo tanto esse doce."

  Santa novela mexicana Batmam!

  Seria tão bom que ela dissesse simplesmente: 

 "Garotão, esse doce está uma delícia!"

   Filosofei com minha esposa vou filosofar com você...

   Ao invés de ficarmos alegres por estarmos vivenciando um prazer, nos entristecemos buscando doenças!

  Porque é tão difícil admitir simplesmente que algo esta nos dando muito prazer?

  Quando como algo muito gostoso vem naturalmente ... "Humm, que delicia."
  Juro que até rio sozinho, o paladar fica em festa.
  
  Se algo esta muito gostoso, tem fartura, eu sinto que estou comendo demais ... paro de comer, pois sei que todo excesso é prejudicial.
  Não entendo a opção de muitos por seguir o caminho tortuoso de negar que o alimento esta muito gostoso e preferir uma teoria de estar doente emocionalmente!

  Senhoras e senhores, esta é mais uma das falhas estruturais nas teorias de Freud, uma ignorância quase que completa a respeito da estrutura de pensamento PRAZER.

  "Engraçado" que Freud fumava feito louco, morreu de câncer na boca dizendo que "as vezes um charuto é só um charuto."
  [Não o desejo de chupar uma rola😆]

  Concordo com ele, na maioria das vezes um doce (ou salgado) gostoso é só isso mesmo, NÃO um trauma de infância ou ansiedade incontida.

  Um bolo gostoso é só um bolo gostoso, coma um ou dois pedaços, crie vergonha nessa cara de pau ... ou fique gordo.

  Vamos terminar a meditação com sexo.😉

  O cidadão não segurou a ejaculação, não tirou na hora H.

  Para Psicanalise tem que fazer uns *10 anos de terapia.
  Talvez descubra que na infância urinou na cama por muito tempo e de alguma forma isso é culpa da sua mãe, do seu pai ou de toda sociedade...
  Se entender que é vitima de todo um processo ... continuará gozando antes, mas agora culpando os outros😆

  Filosoficamente digo que  o cara não tirou na hora H porque estava muito gostoso, foi uma situação de momento que pode acontecer com qualquer um de nós, da próxima vez é melhor entender o PODER DO PRAZER e usar camisinha, planejar antes, para não lamentar depois.
  Há exercícios para controlar a ejaculação, são trabalhosos, porem mais eficientes que o "vitimismo".

   






PS*10 anos de terapia
  Uma informação útil.
  Freud NÃO desenvolveu esta psicanálise de longa duração, para ele o jogo tinha que ser bem mais rápido.
  Mais uma vez concordo com ele.
  Os seguidores da metodologia de Freud tornaram a Psicanalise uma ida frequente a "missa" sem tempo para acabar.
  O divã é um confessionário,o psicanalista uma espécie de padre... 

 "Ninguém chegará ao paraíso mental senão por mim."
 [Seu Psicanalista]





.