sábado, 19 de novembro de 2011

Mulheres Valorizadas


  Jesus valorizou as mulheres da sua época?

  "Jesus conversou, escutou com paciência, ensinou, perdoou pecados, atendeu aos pedidos, curou e libertou muitas mulheres, mas não foi só isso.
  Jesus valorizou a mulher da sua época, ele sabia do papel destinado à mulher e resgatou sua posição social, não teve preconceito, não agiu como os homens da época agiam, não se esquivou de corrigir uma situação cultural e histórica, Jesus fez a diferença." 

 Sei Lá! 
 Conversar com mulheres todo mundo conversa, atender pedido de mulheres era normal não foi algo que Jesus inovou.

 O que dizer de Salomé e Herodias:

  “Nos relatos de Mateus 14:1-11 e Marcos 6:17-28, descreve-se uma festa no palácio de Herodes Antipas, na qual Salomé, sobrinha e enteada do tetrarca, dança para ele.
  Entusiasmado com o espetáculo, Antipas (provavelmente embriagado) compromete-se a lhe dar a recompensa que ela houver por bem pedir.
  É quando intervém Herodias, mãe de Salomé.
   Ela odeia João Batista, preso nas masmorras do palácio, porque ele a acusa de adultério, por ter deixado seu esposo, Herodes Filipe, para juntar-se ao irmão dele, Antipas.
  Herodias instrui a filha para que peça a cabeça do profeta e ela assim o faz.
  A Antipas, que empenhara sua palavra, não resta outro recurso senão atender à exigência da sobrinha, ainda que isso o constranja, pois receia as consequências dessa decisão, haja vista o prestígio de João junto ao povo.”

  Evidente que no passado acontecia amor entre homem e mulher.
  Davi por exemplo se apaixonou por Betsabá.

  Quero dizer que embora pelas "leis/tradições" do passado a mulher fosse um ser de segunda categoria se comparada com homens, graças ao amor e sedução esse jogo de poder não era tão desequilibrado quanto tantos querem nos convencer.

  Eu conheço muito de Historia e Bíblia.
  Como Livre Pensador persigo a verdade.
  A verdade (até aqui) é que analisando a Historia e aceitando "hipoteticamente" os relatos bíblicos ... não tenho como defender o argumento que Jesus e seus apóstolos promoveram alguma "valorização da mulher".

 O que efetivamente Jesus fez para valorizar a mulher!?

  Os 12 apóstolos escolhidos foram homens.

  [Lembremos que os egípcios tiveram como rainha a Cleópatra, dar grande poder a alguma mulher não seria nenhuma inovação trazida pelo cristianismo.]

  Muitos teólogos gostam de colocar em destaque a passagem em que Jesus evita que uma mulher supostamente adultera seja apedrejada.

  “Aquele que não tiver pecado atire a primeira pedra.”
 [Jo 8:1-11]

  Mas é um caso particular, Jesus nem ao menos foi até a mulher, trouxeram até ele.
  Não é que Jesus foi um "ativista" contra o apedrejamento de mulheres.

  Sabiam que:

 “A Torá previa que o ato de adultério fosse punido com a morte por apedrejamento, mas na prática a pena capital só podia ser aplicada pelos governantes romanos.

  Vejam que Roma não permitia o apedrejamento puro e simples de mulheres com base em adultério.
  Isso não estava previsto nas leis romanas.
  Me parece que os romanos e egípcios bem antes que os judeus valorizavam bem mais as mulheres.

  Depois da morte física de Jesus não vemos no Novo Testamento nenhuma mulher ganhar grande destaque.
  Paulo inclusive chegou a dizer que mulheres não devem presidir culto.

  “A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição.
   Não permito que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.
  Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva.
  Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.
  Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, se permanecer com modéstia na fé, no amor e na santificação.”
 [1 Timóteo 2:11-15]

  Logo, por mais que me esforce não consigo ver essa valorização das mulheres por parte de Jesus e seus apóstolos a ponto de fazer uma diferença histórica.
  Tratar com respeito, sinceramente era o mínimo que Jesus poderia fazer, não vejo mérito nisso.
  Respeito as mulheres, não agrido minha esposa, mereço ganhar parabéns!!

  





.