quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Mórmon


  A religião Mórmon surgiu da descoberta de alguns escritos antigos em placas de ouro por JOSEPH SMITH quando um certo anjo Moroni lhe fez revelações.

   Isso aconteceu por volta de 1820.
  Para eu textos escritos em placas de ouro considerados como um evangelho de Jesus complementando a Bíblia deveriam ser muito bem guardados, entretanto até onde sei desapareceram sem deixar vestígios.
  Segundo relatos 11 pessoas viram o tal livro, mas apresentar um "livro dourado" as pessoas não é nada de extraordinário, não precisa nem recorrer ao ilusionismo.
  O problema aqui são as "placas de ouro".
  Qual a quantidade de  textos para ser considerado um livro?
  Ouro é um metal pesado, os tais "escritos de Jesus" devem ser bem poucos, a maior parte do livro deve ser do "Anjo Moroni" ou do próprio Joseph.

  


  Mas não estou aqui para colocar em duvida a historia de Joseph, ele disse que teve revelações divinas ... quem sou eu para falar que não teve.
 Quero falar que considero a religião Mórmon como uma corrente do Cristianismo.

 Jesus disse que quem não era contra ele e fizesse boas obras em seu nome então seria por ele.

  Os Mórmons tem valores morais que de certo Cristo aprovaria.
  No passado teve a história da poligamia para os homens e que se mantém em setores ultra conservadores da religião, mas são uma minoria.
  Fanáticos radicais há praticamente em todas as ideologias.
  Temos que lembrar também que a poligamia masculina não pode ser considerada anti bíblica, ela ocorreu por muito tempo e com as bênçãos de Deus.

  Para os Mórmons nós NÃO podemos ser salvos por nosso próprio esforço, mesmo assim temos que nos esforçar ao máximo para ter uma vida que Jesus aprovaria.

   Deus observa nosso esforço na pratica do bem e nos concede a graça da "exaltação".

  É como se você precisasse de um bem de 1 milhão de reais e o máximo que consegue ganhar por mês é 2 salários mínimos mesmo se esforçando bastante.
  Deus com sua graça lhe dá a exaltação de presente, reconhecendo seu esforço completa o que falta para 1 milhão.
  Acontece que só seu esforço não basta, não é suficiente, a parte mais importante é que aceite Jesus como seu salvador, filho de Deus que redimiu seus pecados.

  Percebem que embora essa doutrina tenha algumas peculiaridades a base do Cristianismo HISTÓRICO está presente?
  Exemplo, eles não usam o termo salvação, usam exaltação, os Mórmons serão exaltados em nome do Senhor Jesus Cristo.
  Em se falando de um Deus justo e amoroso a pregação dos Mórmons me parece melhor estruturada que a dos Kardecistas.

  Os Mórmons consideram impossível nós nos purificarmos por nós mesmos então [digamos] o Deus deles vem e concede o perdão e a graça.
  No espiritismo nós somos capazes de nos purificar através de talvez milhares de anos resgatando as falhas em varias existências, o perdão é muito raro.
  Todos sabemos que viver não é fácil, há algum prazer, mas também sofrimentos inevitáveis, é mais provavel acumular pecados que resgata-los.
   O Deus dos espiritas não me parece tão bom porque nos fez puros e ignorantes, nos força a adquirir conhecimento e nos poluir para depois voltarmos a ser puros!!
  Claro que em termos de bondade tanto o conceito de Deus Kardecista quanto Mórmon são bem melhores que outras religiões que condenam a maioria a um horroroso inferno eterno.

    Para os Mórmons pouquíssimas almas irão para o Inferno.

  A maioria das pessoas são boas e irão para um bom lugar. 
  Deus é bom e não deixará que tantas almas se percam ou sejam descartadas.
  Elas não serão exaltadas como os Mórmons  não ficarão em um lugar tão maravilhoso, mas será um bom lugar.
  Cada um terá segundo seu "galardão".

  Depois de meditar muito sobre o Inferno, lendo as mais variadas fontes, debatendo com inúmeros pensadores eu mesmo cheguei a conclusão que caso exista é para bem poucos e não deve ser eterno, sempre há uma chance de ir para um mundo melhor se você resolver buscar esta melhora, mas isto fica para outro dia...

  Vejam a enormidade de seguidores que a Igreja Mórmon atrai, a foto é nos EUA (país desenvolvido), não dá para vir com a historinha de povo humilde e ignorante...

   




.