quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Gay de Luxo

  "O refrão diz: "Não sou afeminado, eu tô pegando tudo e não tô nem ligando para o que vão dizer. Dar a rosca não é pecado e, se eu estiver errado, vou com todo mundo para a parada gay". [R7]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
   Não vou citar a fonte porque não me lembro, mas certa vez li sobre a descoberta de uns escritos muito antigos referente a um espetáculo de humor na Grécia bem antiga,  alguém que escreveu piadas.
  O interessante é que o tema das piadas não mudaram tanto de lá para cá.
  Havia a sátira ao governante, há alguma "celebridade" da época, piadas sobre infidelidade, chamando outro povo de burro e sobre homossexualismo.


  Se eu fosse contar todas as vezes que me chamaram de gay, inclusive colegas, eu perderia a conta, é uma brincadeira muito comum entre homens.


  Principalmente no tempo que eu desfilava algumas pessoas tinham minha homossexualidade como fato inegável.
  Um dia chegando na academia onde eu dava aula de passarela encontrei uma amiga muito triste sentada na escadaria, quando olhou para mim, começou a chorar.
  Achei aquilo meio estranho, como a aula já iria começar não deu para perguntar o que tinha acontecido.
  No dia seguinte fiquei sabendo que um outro professor homossexual assumido havia dito a ela que eu era um gay de "luxo", fazia programas com gente endinheirada...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
  Ainda bem que ele me achava uma bichinha chique no úrtimo, senão eu iria dar uma bolsada nele...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
  Eu nem fui tirar satisfação com o cidadão, não valia a pena, não tinha razão de ser.
  Esta amiga gostava de mim um pouco alem da conta e nós já havíamos saído algumas vezes, como não era um compromisso sério eu saia com outras também, sabem como é, aula de modelo, mulheres incríveis é difícil resistir e nem havia motivo para isto, já disse que me manter casto nunca fez parte de meus planos.
  Quando a vi chorando na escadaria a principio pensei que nem fosse comigo e se fosse seria um caso de ciuminho bobo que logo passaria.
  Certas situações não há muito o que fazer, ela era muito bonita e muito legal, mas eu não estava pronto para um compromisso sério.
  Lembro que ela ficou radiante quando teve certeza que eu não era nenhum "gilete".

  Para quem não conhece esta antiga gíria é aquela pessoa que "corta para os dois lados", um bissexual.
=========================
  Mulheres são inacreditáveis, contra todas as evidencia que sou hétero ela preferiu acreditar em uma fofoca sem nenhum fundamento, isto explica porque há mais ateus homens que mulheres, mesmo discriminadas por muitas religiões elas são devotas fervorosas, mulheres não levam muito em consideração EVIDENCIAS, preferem historinhas novelescas.

  Voltando para o presente não sei como tem gente que ainda se ofende em ser chamado de gay!!!


  Se o cara é não tem problema algum é até admirado por ser autentico!!!!
  Se não é leve na esportiva, é inveja, brincadeira ou um pouco dos dois.
  Processar o cara que fez a parodia em termos de marketing vai ser muito bom para o cidadão e até um tanto negativo para o Luan Santana.
  Eu não gosto da musica original e também não me animei a ouvir a parodia infantiloide de um homem insinuando que outro homem é gay, isto já vem desde a Grécia antiga.
  Pensem bem, se o Luan se ofender com alguma coisa que eu escrever no Blog e tornar isto publico, de uma hora para outra recebo milhares de acessos, no final das contas ele me fará mais bem que mal.
  Claro, não estou falando do caso do cara estar ganhando dinheiro com a parodia e não estar repassando parte dos lucros ao compositor da musica, isso obviamente é um crime que deve ser punido separando para o autor a parte financeira que lhe cabe.
  Se é só uma parodia sem fins lucrativos deveria ficar por isto mesmo e Luan é muito "viadinho" se ficar se incomodando com isto...



anterior                       <>                                próximo