quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Construções Mentais

  "Existem 3 opções nessa vida: ser bom em algo, ficar bom ou desistir."
[Dr. House]

  Cada um de nós nasce com um talento, muitos até com mais de um. 

  Seu talento pode ser bonito e lucrativo como uma bela voz, útil e muito requisitado como habilidade para mecânica de automóveis ou algo dispensável como alcançar o nariz com a ponta da língua... 
😆

  Antigamente se você tivesse uma má formação física como nascer com duas cabeças ou outra anormalidade interessante qualquer, poderia ser atração em algum circo, hoje o politicamente correto não permite.





  Dependendo do "presente" que você recebeu ao nascer pode facilitar bastante sua vida se tiver juízo.
  Infelizmente não nasci com nenhuma habilidade rentável, gosto de escrever, mas todo mundo torce o nariz para o que escrevo, logo, é uma habilidade tão útil quanto a do cara que alcança o nariz com a língua...



  Tentei ficar bom em outras coisas, mas só consegui ficar "mais ou menos", por exemplo:
  Acho fantástico os computadores, me informei sobre programação e descobri que é terrivelmente chato, me dá sono e muito tédio, aliás sou muito bom em dormir, atualmente nem sonhar sonho, não descobri uma utilidade comercial para esta minha habilidade.

 
Chega uma hora que a opção desistir começa a não nos parecer de todo mau, até facilita muitas coisas, evita que percamos tempo com coisas que só irão nos entediar, nos manter irritados.


  Aqui eu já vou preparando terreno para entrarmos no incrível mundo dos pensamentos, uma estrutura que deixa a do prazer parecendo coisa do ensino fundamental.


  Tão importante quanto você pensar o que quer é "pensar sobre o que não quer."
  Isto não é tão simples e sabe porque?
  É difícil descobrir o que realmente queremos e querer não é poder, o talento é um presente, não somos nós que escolhemos.
 

  Esqueça por hora aquela infantilização sobre "mentalização", no mundo dos pensamentos você tem que ter um "FIRME PROPÓSITO" e AGIR neste sentido.

 
DESISTIR é uma sinalização [ação] poderosa do que você não quer para sua vida.


  Quando você constroe uma casa tão importante quanto decidir o que quer é decidir o que não quer, se não quer escadas por exemplo tê-las será um grande transtorno.
  Para entrar no mundo dos pensamentos terá que se despir de muito preconceito, "não desistir jamais" é um deles, a desistência tem que ser considerada como opção lógica.
  Não esta convencido?
  Se você desistir de um serviço insuportável aumenta sua chances de que o próximo seja suportável ou você acha mais lógico "aprender a gostar" de algo que não nasceu com o dom, não consegue fazer bem ou se sentir bem fazendo?


  Em um "exercício de Livre Pensamento" vou expandir essa meditação para alem das fronteiras biológicas.
  Entenda que é tudo hipotético, uma certa sensação, não uma "lei universal" da qual só eu tenho conhecimento.

  Estas construções mentais são muito limitadas aqui na Terra, mas é interessante que treinemos muito esta habilidade, mesmo limitadas elas podem influenciar consideravelmente sua vida para melhor se souber utiliza-las.


 
"Desconfio" que a habilidade de CONSTRUIR SITUAÇÕES usando a força do pensamento será importantíssimo em uma hipotética vida pós morte.


  Meditem sobre isto, vamos devagar que o baguio é doido.


  Se um cara problemático e limitado como eu consegue ter uma boa vida imagine para quem tem talentos aproveitáveis, como talvez seja seu caso.


  Esqueça aquela baboseira de "pensamento positivo", nas minhas meditações aquele negocio de Yin/Yang faz todo sentido deste e do outro mundo.
  No mesmo instante que você "mentaliza" vou ter isto uma mentalização contraria "não vou ter isto" acontece, porque? 

  Não sei caraca, não foi eu que criei esta coisa toda, eu apenas observo.

  Você ouve água, pensa em fogo.
  Ouve frio, pensa em quente.
  Ouve que vai conseguir alguma coisa, pensa que não vai conseguir.

  Eu digo homem você pensa em mulher. 
  Mulher é uma coisa má, uma oposição ao homem?
  Claro que não, isto é um exemplo para te preparar para a complexidade.

  Nossa percepção de bem e mal é muito "linear".
  Taxamos de bem algo que supostamente nos favorece e de mal algo que nos desfavorece.
  Mas se ampliamos nossa visão percebemos que bem e mal se entrelaçam é difícil dizer onde começa um favorecimento ou desfavorecimento.

  Ter carro é bom?
  Acredito que a maioria acha que isso o favorece, é algo bom.
  Entretanto onera bastante os gastos financeiros, aumento de custo nos desfavorece, é "mal".

  "Se você tiver fé do tamanho de uma semente de mostarda moverá montanhas." 

  De certo essa frase é um exagero apenas pra causar impacto mental.
 Mas talvez a fé seja mais efetiva em algum mundo paralelo, uma força do pensamento capaz de construir situações.

  Com nossa mente biológica limitada o firme propósito é mais efetivo.

  Vamos ver como isto se processa, mas não aqui não agora, precisamos caminhar mais umas casas além da virgula...







.