quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Deus Falou Comigo

 "Se você fala com Deus, você é religioso. 
  Se Deus fala com você, você é um psicótico."
  [House]

  Hoje em dia evito ir em qualquer reunião religiosa, aliás qualquer tipo de reunião, não gosto de sair de casa.
  Aniversários, enterros e casamentos por vezes sinto que é preciso então vou.


  Lembrei de uma reunião religiosa, havia uma pessoa gravida, a pastora olhou para ela e disse:

 "Deus falou comigo; sua criança será um menino com o espirito guerreiro de Moisés."

  A maioria dos casais querem que o primeiro filho seja menino.

  Esperam que ele vire um homem alto e forte para se preciso "proteger a família". 
  Quando a pastora "profetizou" o desejo de tantos, dizendo o que tantos queriam ouvir ... ficou todo mundo alegre, os pais radiantes. 
 "Oh, glória a Deus!"

  Algum tempo depois o exame de ultrassom apontou que era menina.

  Os participantes da igreja tinham a pastora como grande profeta, alguém com linha direta pra Deus.
  Ficaram a espera de um milagre: "Deus irá revelar seu poder!"
  Acompanhando a historia de longe confesso que achava tudo muito engraçado.

  NÃO! Não se tratava de algum "ódio a mulheres em uma sociedade machista".

  Se tratava de mostrar a todos o grande poder da pastora.
  Se ela tivesse profetizado que seria menina e o ultrassom apontasse menino a "mobilização de fé" seria a mesma.
  
  Teve uma vez que ouvindo certos comentários tive que sair do local, me ocorreu um ataque de risos.
  Na minha mente sem noção eu ria muito, pensei:

  "Na próxima visita ao ultrassom há de ter um pinto ali.
    Senhor, faz crescer o pinto!"
😆
  É uma babaquice, eu sei ... a loucura esta sempre em meu encalço.

  Bom, nasceu uma menina, ninguém na igreja ou na minha família falou mais nisso.
  Evidente que a anjinha foi maravilhosamente recebida.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Vejo na TV o pastor diante daquele auditório lotado dizer:

 
  "Deus está falando comigo que tem alguém aí com muita dor, dor na barriga, dor na cabeça, dor nos pés."

  Poxa vida! 

  Naquele auditório lotado, as dores sendo algo tão comum ... a meu ver "Deus esta falando" com ele o óbvio.

 
[Quero deixar claro que acredito em milagres, porem muita coisa ali é sugestão, um tipo de hipnose coletiva.]

   O indivíduo quer tanto receber um milagre que o alivio da dor é uma “somatização ao contrário”.
  Não dá pra dizer que é “efeito placebo” porque o cidadão realmente tem algum problema físico que continua lá.

  
  [Somatização se refere a uma ou várias queixas físicas, que uma investigação adequada não revele existência de patologia orgânica ou mecanismo patofisiológico que expliquem a intensidade da queixa física.
  Geralmente é considerada resultado como resposta a um extremo sofrimento psicológico]

   Minha teoria é que assim como podemos somatizar doenças ... apresentar sintomas que não correspondem a condição física aparentemente saudável.
  Podemo somatizar um alivio dos sintomas de uma doença que realmente existe, esta apontada nos exames médicos.

  O problema é que saindo daquele estado de hipnose (e se um milagre real não aconteceu) a dor volta a nos assombrar.


  Por essas coisas uma das piores maneiras da pessoa começar uma conversa comigo é dizer que Deus falou com ela, tudo indica que estou diante de um neurótico e/ou fanático.


  O chato é que se a previsão do líder religioso se confirma 
[Afinal algo tem que acontecer]  
  Deus é o Senhor, o líder um cara cheio do poder de Deus.
  Quando não se confirma...NÃO SE FALA MAIS NISSO!


  Exemplo: 

  "Deus falou comigo que seu câncer será curado."
   Oras, se você esta em tratamento médico, dependendo do estagio da doença, suas chances de cura são muito boas, curas de câncer acontecem todo dia.
  É raríssimo alguém abandonar o tratamento médico e ser curado.

  Se a pessoa parar de orar ... suas chance continuam muito boas.
  [A oração/fé melhora um pouco as estatísticas de cura por motivos que depois eu escrevo ... fica para um outro texto.]
  Então o paciente em sendo curado foi cumprida a profecia do pastor.

  Se ele morre, para os religiosos não se fala mais nisso ... a não ser que seja para culpar o médico.


  Observem que no caso da criança só havia duas possibilidades menino ou menina.
  As chances da pastora acertar a "profecia" eram muito boas.

  Encerrando essa meditação:
  
  Tenha muito cuidado quando ouvir de uma pessoa que Deus fala com ela.
  A possibilidade de estar diante de alguém neurótico ou fanático é muito grande, pode ser também um mentiroso.
  
 Tem uma pequeníssima possibilidade da pessoa ser uma escolhida, um espirito guerreiro de Moisés, um dos poucos homens com quem Deus falou ... mas é uma aposta bem arriscada, eu passo.

  




.