sábado, 12 de novembro de 2011

Aviso Prévio

  "O AVISO PRÉVIO é um "direito de mão dupla", beneficia tanto o trabalhador quanto a empresa.
   Se a iniciativa da demissão é do empregado, cabe a ele cumprir o aviso prévio proporcional ao tempo de serviço."

   


  Ou PENALIZA tanto o trabalhador como a empresa?
  Essa é mais uma daquelas leis questionáveis que leva o Brasil a praticar um Capitalismo de má qualidade.
  Por trás da conversa macia sabemos que muitas de nossas leis trabalhistas visam dificultar a demissão.  

  Já se perguntaram porque é bom a Sociedade em geral dificultar as demissões?

  Para entrar no emprego atual tive que pedir demissão do anterior.
  Não dispunha de 1 mês para assumir a vaga, era pegar ou largar.
  O que eu deveria fazer, perder a nova oportunidade?

  Pensemos em outra situação.
  Por N motivos meu desempenho no emprego não esta satisfatório, atrapalho a produção ou desagrado clientes.  
  No "politicamente correto" a empresa não deve me demitir, tem que contratar psicólogos para me tratarem, tem que ceder a toda e qualquer reivindicação minha porque me demitir é um sacrilégio desumano o qual ela terá que se penitenciar pagando multas cada vez mais altas.

  Meditemos sobre outra das inúmeras situações. 
  Minha empresa estava bem, mas com a subida do dólar perdi um grande contrato no exterior, tenho que diminuir 30% da minha produção, não posso demitir os funcionários ociosos!
  Esse processo deveria ser bem natural, se tem trabalho eu contrato, se não tem demito.

  Sei que muitos irão dizer que a empresa deve deixar uma reserva de capital para estas situações de baixa nas vendas ...mais uma!!
  Brasileiro tem essa visão infantil que toda empresa é uma galinha que bota indefinidamente ovos de ouro.
  Se eu enquanto empresario tenho sempre que estar preparado para o pior, prever tudo que possa dar errado, fazer reserva de capital para tudo ... é um excelente motivo para eu pagar o menor salário possível, contratar o menor numero de funcionários possível.
  É preferível até terceirizar, afinal se tudo esta bem este mês nada garante que o mês que vem também estará.
  O aumento salarial é algo que fico amarrado não tenho como voltar atrás, demitir fica cada vez mais caro.

  Ser demitido ou se demitir NÃO é a pior coisa que acontece ao trabalhador.
  A pior coisa é ter muita dificuldade para conseguir outro emprego.

  Sempre que o "Estado" (Nossa legislação) dificulta a demissão dificulta também a contratação, a economia fica engessada.

  Se eu entrei em um emprego para ganhar 800 reais é porque precisava dele naquele momento, foi importante consegui-lo , eu sabia as regras do jogo, as condições de trabalho.
  Se depois de um ano já não aguento mais o serviço, deveria ser fácil me demitir.
  Se a empresa nota que eu já não tenho motivação e não tem muito que ela possa fazer a respeito deveria ser fácil para ela me demitir.
  Talvez eu precise mesmo mudar de clima, posso até ganhar os mesmo 800 reais em outra empresa, fazer um serviço diferente procurar MEU TALENTO.
  O posto que eu deixei ou fui demitido irá ser importante para alguém que está vivendo o momento que eu vivi há um ano atras.
  Percebem?
  Sem a interferência protecionista do Estado engessando as coisas, empregados e empresários vivem e deixam viver, qualquer abuso por uma das partes temos  poder judiciário para arbitrar, não precisa o executivo ficar engessando as coisas.

  Esse Estado que se mete em tudo só estressa as pessoas, leva tensão desnecessária para dentro das empresas, torna o país menos produtivo.
  Queremos o desenvolvimento que o Capitalismo pode trazer aplicando leis Socialistas!?
  Repense.





.