sábado, 23 de fevereiro de 2013

E Agora André?

  “A lei de causa e efeito reflete a perfeita justiça e sabedoria do Criador para com suas criaturas.

   Tudo o que fomos reflete-se em nossa vida atual.
   É a lei do retorno que nos devolve pelas mãos da justiça divina, tudo o que fizemos no passado distante ou próximo.

    A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória.”



  O Kardecismo defende que tudo é ação e reação.
  Necessariamente “colhemos o que plantamos”.
  NÃO é o que observo.
____________________________________________________________
  “Segundo a Polícia Militar, o condutor de um veículo, ao fazer uma ultrapassagem, invadiu a contramão e bateu de frente com o motociclista que morreu na hora.”
____________________________________________________________

  Qual foi a ação do motociclista que teve como reação a sua morte?

  Qual a ação para evitar que um outro veículo avance o sinal vermelho?
  Qual a ação para evitar uma bala perdida?
  Qual a ação para evitar ser assaltado dentro do ônibus?
  Qual a ação para evitar nascer com leucemia?
  Qual a ação de um cidadão paulista para evitar que Renan seja Senador por Alagoas?

  Fica claro que muito “efeitos” que sofremos não tem como causa nossas ações e sim a de outros.

  Para essas questões da existência atual o espiritismo não consegue se sustentar então ele recorre a existências passadas.
  O problema é que por esse método fica muito fácil criar CONTOS.

  Veja essa historinha de uma livro psicografado:

  “Conta o espírito André Luiz, através da psicografia de Francisco Cândido Xavier (Chico Xavier) que certa mulher pediu para reencarnar com determinado defeito físico, porque queria preservar-se de tentações e quedas, já que em sua última encarnação fora muito bonita e caíra espiritualmente pelas vias do sexo.”

  Primeiro eu tenho que ter Fé que Chico entrou em contato com uma entidade chamada André Luiz que lhe psicografou a história de uma “certa” mulher que pediu para reencarnar com defeito físico.
  Qual o nome da mulher?
  Não tem, mas poderia dizer qualquer nome comum... Márcia.
  Se pesquisarmos o período de 200 anos atrás não deve ser difícil encontrar uma Márcia com alguma deficiência física qualquer.
  Quero dizer que se for possível uma pesquisa e encontramos em algum lugar do passado alguém de nome Marcia com deficiência física ... não prova nada.
  Sem citar um nome tudo fica mais subjetivo ainda.
  O que não falta no presente ou no passado e alguém com deficiência física.

  Mas se tudo isso é muito subjetivo vamos analisar o que André Luís está nos dizendo, suponhamos que realmente seja assim.

  Como não temos provas contundentes que André Luís está falando a verdade, vamos aplicar aquele método do 50%.
  Se alguém lhe fala que tem um gato dentro da caixa e você não tem como confirmar isso você trabalha com as duas hipóteses possíveis.

  1ª - Há um gato na caixa e você constrói teorias baseadas nessa hipótese.

  2ª - Não há gato na caixa e você constrói teorias para essa hipótese.

  Esse método é muito mais aplicado do que você imagina.

  “Essa casa de show não vai pegar fogo.” [50%]
  Mas “E SE” pegar? [50%]
  Quais os dispositivos contra incêndio, qual a rota de fuga...

  Vou convidar aquela garota para sair comigo.

  Ela vai aceitar [50%]
  Ela não vai aceitar [50%]

  Se ela aceitar devo ter dinheiro pelo menos para um cinema, se ela não aceitar ... mais um sábado atirando para todo lado na internet.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  E se André Luís estiver certo?

  Na escola lhe são ensinadas várias matérias e tem uma nota de corte em todas.
  Vamos supor que para passar de ano, “evoluir”, a nota mínima é 7.
  Você tirou 7 em Geografia, 10 em Historia, 8,5 em Português, 5 em Matemática.
  No nosso mundo terreno de “baixa evolução”, nós reprovamos o aluno em Matemática, ou o submetemos a aulas de reforço.
  No nosso entendimento a evolução do aluno em outras matérias esta satisfatório.
  É em Matemática que ele precisa se esforçar mais e nós lhe darmos um melhor auxilio.
  Mas no evoluído mundo de André Luís é diferente, é um mundo “além da imaginação” ... [literalmente]
  Nesse mundo o aluno pode simplesmente pedir para tirar matemática do currículo para ele não ser reprovado novamente!!
  Veja bem, nossa amiga Márcia não soube lidar com a beleza sem cair em tentação então ela pede para tirar essa matéria do seu currículo!

  Acho que todos concordam que roubar é algo errado, mas eu sou um espirito que sente prazer em roubar.
  Sabendo disso eu peço para nascer sem membros, então passo uma encarnação sem roubar.
  Gente, gente, gente!
  Não houve evolução moral ou ética, eu não roubei porque NÃO TIVE OPORTUNIDADE.

  Tirar Matemática do meu currículo não irá fazer eu superar minhas dificuldades com essa matéria.
  Eu nascer sem membros não fará que meu espirito deixe de sentir prazer em roubar ou veja isso como algo errado.
  Essa lógica entra em sua mente?

  André Luís nos fala de um mundo e sistemas patéticos.

  Não encontrando fundamento para teoria da ação e reação nessa existência o espiritismo cria contos que não resistem a mínima analise racional.

  Outra analise que coloca em xeque toda essa teoria é:

   Se ao “desencarnar” percebemos todas nossas falhas morais, nos arrependemos delas ... nessa situação de “espíritos” somos muito evoluídos.
  É a vida espiritual que conta.

  Porque ter sua mente nublada com o esquecimento e ser enviada de volta a um corpo biológico!?

  O LÓGICO seria se eu morri avarento, permaneço avarento e fico reencarnando até superar essa falha moral, se quando morro fico perfeito porque ser mandado de volta a imperfeição?

  Ao invés de nossa amiga Márcia nascer deficiente poderia nascer saudável e bonita em uma família que lhe passasse melhores conselhos sobre a sexualidade.
  Se ela foi reprovada na matéria “beleza/sexualidade” e essa matéria é importante para sua evolução, qual a lógica em tirar essa matéria do seu currículo!?

  E agora André Luís?


 “Decifra-me ou te devoro!”



anterior                      COMENTAR                             próximo



17 comentários:

tripitaka 939 disse...

Bom dia ao sr.

Discordo do André Luiz em algumas coisas.
Uma delas,é a possibilidade de pedirmos para reencarnar "zicados".
Isso não precisa acontecer.
Acho que se erramos em algumas atitudes importantes,automaticamente, produzimos uma certa deficiência em nossas faculdades,que irá se intensificar depois.
Pode ser que em grande parte do tempo,quando estamos em outros mundos,nós dormimos.
Então,é a natureza que decide por nós- não somos nós quem escolhemos.

Outrossim, lembra do Blaise Pascal,de quem o sr.falou por um tempo,no "Filosofia Matemática" do Terra.
Ele disse mais ou menos que usamos o corpo para treinarmos o espírito.
Então,não é exagero imaginar que a perda provisória de algumas habilidades,irá desfazer os vínculos com as tentações.
Para esse fim, serve a abstinência de drogas,para isso servem também os presídios,e para isso servem as proibições.

É melhor do que a pessoa ficar tentando superar um mau hábito,e recair diversas vezes,expondo o bem estar de outras criaturas.
Acredito que um criminoso hediondo só consegue ser um criminoso hediondo uma vez.
Nas vidas subsequentes,ele poderá ficar aleijado,e assim,estará por muito tempo sem poder fazer o mal.
Quando sua saúde voltar se normalizar, talvez ele ainda será um psicopata,mas será um psicopata mais brando.

Na educação comum dos mais novos,o sistema de "restrições e proibições" é muito usado.
Então,por que isso não ocorreria ao longo da trajetória "da alma"?

Já falamos bastante em nossos assuntos,sobre a importância da disciplina,das proibições e das restrições.
Dr.André errou no excesso de imaginação,mas foi do nosso sistema de vida aqui no mundo que ele tirou suas teorias.

tripitaka 940 disse...


meu problema em minhas poesias,são os finais,que eu acho difíceis,umas vezes.

encantadora 142 disse...

encontro das flores.

Terapia da Lógica Filosofia disse...


“Dr.André errou no excesso de imaginação,mas foi do nosso sistema de vida aqui no mundo que ele tirou suas teorias.”
===========================
Faz algum tempo que não escrevo sobre MANIPULAÇÃO.
Se a manipulação não tiver um fundo de verdade é difícil que dê certo, eu diria “impossível”.

Eu digo “maliciosamente” para um colega que vi a namorada dele se “engraçando” com outro na escola.

Vejam que eu não afirmei nada, “engraçando” pode ter muitos sentidos.

Para que a manipulação dê certo a garota tem que ter ido a escola e de preferência ao menos ter conversado com outro rapaz.

Se não tem nenhum fundo de verdade a manipulação não dá certo.
Suponhamos que a garota nem foi a aula naquele dia.
A pior coisa para um manipulador é ser tido como mentiroso.

Vamos supor que a garota foi a aula mas ficou o tempo todo perto do namorado, meu colega não teria duvidas de que estou mentindo.

Se o CONTO de André Luiz não tivesse fundo de verdade, ele seria taxado de mentiroso, isso é péssimo para um manipulador.

Dizer que um carro não anda sem gasolina tem um fundo de verdade se eu esconder de você a informação que o motor é Flex você será induzido [manipulado] a não usar um carro que poderia se mover a álcool.

“A manipulação precisa da mentira, mas sua base tem que ser a verdade.” [William Robson]

Relendo os textos do Filosofia Matemática deparei com uma enormidade de frases que “a principio” eu criei, como essa acima.
Não me lembro de te-la lido em nenhum lugar.
Sempre admirei meus amigos mortos por sua capacidade de criar boas frases filosóficas e nem havia percebido que desenvolvi essa habilidade... FASCINANTE!

Terapia da Lógica Filosofia disse...


Lembram das teorias Kardecistas?
Ao invés de nos esforçarmos para punir os crimes aqui mesmo na Terra, ficamos esperando por uma justiça que virá em outras existências, em complicadíssimas interações entre espíritos resgatando dividas por séculos. [FILOSOFIA MATEMÁTICA]


Daniel disse...

Contar até dez ou ter um chapéu como o do seu madruga. Talvez aquele seja um chapéu mágico.
Sempre quando indignados deveríamos nos doutrinar para saber qual ação tomar.
É sempre que nos deparamos com situações assim, provocantes e que facilmente poderia ter dimensões menores se usássemos a sabedoria.
Lembro de um evento que voce participava no exercito, e pensou de perguntar a quem o oprimia se ele queria a paz ou a guerra. Foi uma atitude sabia e corajosa, e incrivelmente isto fez voce o respeito do ser repugnante.
E mesmo eu com todo acumulo de sabedoria me faço tedioso por coisa pouca, apenas pelo prazer de ser assim (talvez isto), seja numa brincadeira no momento errado, seja pelo comentário de que a obra não está saindo lá estas coisas. O grande segredo aqui é como não falar nada.
O grande segredo aqui é até que ponto vale suportar uma provocação.
Não gosto e ninguém gosta de levar desaforo para casa. Não é remédio para ninguém ficar remoendo uma situação depois no quarto escuro. Não é uma satisfação que não tenhamos atitude decisiva frente a um infortúnio que estamos vivendo.
O grande o segredo é não meter-se em situações que possam gerar desconforto. Porque é sabido de todos que não quereríamos ser presenciados por nossas mães que desde sempre se preocuparam para que tivéssemos boa educação, que elas vissem o quanto somos vis e desprezíveis quando somos chateados sobremodo.
Doutrinar-se é uma pratica que se aprende com o tempo, logo a mão fica cansada e já não queremos levantar nenhuma pedra.

Terapia da Lógica Filosofia disse...




Rosemary. pachecotorrescosta10:37Responder
+Terapia da Lógica Filosofia como acredito fielmente em Deus,para mim tudo que vejo,toco,sinto é real, minha vida é vivida e muito bem vivida, tenho momentos de tristeza e alegria, isso é fato, cabe dentro de toda realidade,O primeiro amor é dado por Deus, num sopro de vida, :::>>>> como posso duvidar de Deus, se ele é a razão de tudo. Depois de muitas batalhas entendi que Deus não é homem para mentir :> o sopro de vida que me deu, tenho o dever de mante-lo ,kkkk para falar a verdade, a vida é muito bela para não senti-la dentro de mim!!!! vivo, vivo,e viverei até morrer, fato !!!!! 

Daniel disse...

http://www.naointendo.com.br/fotos/11-maneiras-de-ser-insignificantemente-mediocre

11 Maneiras De Ser Insignificantemente Mediocre

tripitaka 941 disse...

quaréplica ao sr.William,

_irei pensar no que o sr.disse sobre manipulação.

Todavia, não precisa de nenhum André Luiz para nos contar que a vida é "fogo cerrado" o tempo todo.
Essa quantidade de interferências que sofremos,deve ter um fundo "de justiça civil divina".
Caso tudo seja gratuito e caprichoso,então nem há motivo para levar Deus em consideração,pois aí,ele não tem caráter...

...quero acreditar que Deus seja um cavalheiro.

tripitaka 942 disse...

Aê, sr.William.

Se eu tivesse continuado a praticar a Kryia Yoga,talvez hoje em dia,eu falaria que nem a Rosemary,e me sentiria como ela.
Isso,caso eu houvesse permanecido na civilização.
(receei acabar fugindo para algum mosteiro)

Terapia da Lógica Filosofia disse...



Qual a “ação” da moça para ter a “reação” do tiro?

“Uma moça de 22 anos foi atingida por uma bala perdida enquanto estava dentro de um ônibus fretado, em Campinas, na madrugada deste sábado, 23.”

PASSEANDO


Terapia da Lógica Filosofia disse...


“Nos últimos sete anos, a quantidade de auxílios-doença concedidos a usuários de drogas em geral, como maconha, álcool, crack, cocaína e anfetaminas, passou dos 900 mil. O Ministério da Previdência Social não informou o total gasto em 2012 com os benefícios relativos ao uso de drogas, mas O GLOBO apurou que o montante chegou a R$ 100 milhões. O auxílio-doença varia de R$ 678 a R$ 4.159, de acordo com a contribuição previdenciária. O valor mensal médio pago a um dependente de drogas psicoativas é de R$ 975,29, e a duração média de recebimento do valor é de 308 dias. Para ter direito a ele, o segurado precisa de autorização de uma perícia médica e tem de apresentar laudos e exames que comprovem a dependência química.” [O Globo]
=======================================
Cada coisa que a gente lê!
Nós termos clinicas de tratamento publicas é aceitável, mas pagar salário!!!

É o que eu digo.
Precisamos arrecadar algum dinheiro de impostos com as drogas.
Não conseguimos elimina-las e os gastos só fazem aumentar.

PASSEANDO

tripitaka 943 disse...

no novo Filosofia Matemática

Nihil Metilene disse...

Vi as notícias.

tripitaka 944 disse...

Eu estava procurando o sr.esotérico em referência,pois ele trabalhava também com turismo,e eu queria saber se ele tinha programada alguma viagem internacional,em seus roteiros.

Esse homem foi um grande influenciador do meu pensamento religioso,e das minhas teorias abstratas.
Juntamente com o brother budista, que foi o jornalista sr.Antonio Carvalho,que morreu em 2.008.
Ultimamente,por mais que procurasse o prof.Adhemar Ramos na rádio Mundial,não o encontrava.
Passou-se mais de um ano para eu saber que ele morreu.
Estou perplexa,o senhorzinho ainda tinha muito a fazer aqui no mundo,e ele "vendia" ânimo e vitalidade.
em memória.

tripitaka 944 disse...

O prof.Adhemar Ramos sabia tudo mesmo sobre esoterismo,e sobre a potencialização do uso da inteligência.
Ouvindo os programas dele,aprendi alguns truques para a turbinagem da memória,sem tantos remédios.
Foi um gênio,cujo Q.I eu estimo que podia estar acima dos cento e vinte pontos.
Foi dele que eu ouvi,a previsão no início de 2.005,sobre aquelas tragédias climáticas ocorridas nos EUA,em setembro desse ano.
Entre suas "invenções de moda",figuravam as viagens rápidas(e mais baratas) de turismo,a regiões tradicionais do mundo,com Israel,Tibete,ou alguns países da Europa.

Eu estava à procura dele,devido ao desejo de conhecer a Grécia...

O que sobrou na minha mente,foi a canção de abertura dos seus programas radiofônicos,feita por outro rapaz que também não durou muito.
Oxalá,ele esteja com esse pique todo,atualmente,lá nos mundos do renascimento.
Talvez,em breve,irá pilotar naves espaciais,transportando turistas curiosos entre dimensões possíveis...

Uma "tapona nas costas" do sr.,prof.Adhemar.

viver e não ter a vergonha de ser feliz.

encrenca 1.174 disse...

(fritex)

Irei pesquisar de novo,sobre a religiosidade dos hititas,para saber a possível origem da crença que Safo tinha na reencarnação.
Até adicionei mais alguns links ao Favoritos.
(quando eu for limpar tudo,acredito que vou eliminar uns duzentos...)

(acredito que ela descendia deles)

Falei nisso no blog da Selma,numa pergunta feita ao Adilson,por esses dias.

Por ora,desejo um bom domingo a todos.
Até mais tarde.