sábado, 19 de janeiro de 2013

Hotel Amor

     Crescei, luar, pra iluminar as trevas “santas” da paixão...
[Djavan]



  Imagine que você fosse trancado em um hotel de luxo.
  Boa comida, boa bebida, dependências confortáveis, um lugar muito agradável o detalhe é que você não pode sair dele por nada.
  Mesmo estando nesse lugar maravilhoso é difícil apagar da sua mente que está em uma PRISÃO.
  Só o fato de ser uma prisão o Hotel Amor já deixa de ser tão maravilhoso.
 
  Uma SITUAÇÃO CONFORTÁVEL será se você de vez em quando puder dar uma “fugidinha” desse hotel e ser aceito de volta, nem que leve alguma repreensão.

  Uma situação desconfortável é mesmo você querendo ficar no Hotel, ser dispensado, levar um fora.

  Uma mulher dependente e submissa sempre estará à disposição, isso é muito atraente para qualquer homem.
  Você tenta não trair sua companheira, mas se acontecer ... uma mulher submissa aceita isso muitas vezes.
  A mulher “normal” não é tão tolerante.

  Sei que você mulher consegue entender imagine a situação:

  Você ama seu namorado, mas apareceu aquele cara super legal no seu trabalho, ele é bonito, te atrai bastante.
  Você não quer terminar seu namoro, são tantos momentos, tantas histórias, seu namorado é realmente um bom cara para casar, ele te ama muito.
  Mas sabe como é, pintou aquele clima e como o Universo conspira contra nós apareceu uma situação onde você poderá passar bons momentos com seu amigo e dificilmente será descoberta.

  Você pensa: É uma “saideira” antes de casar, depois nunca mais.

  Você está colocando muita coisa em risco, mas se você tiver certeza que seu namorado é muito dependente de você a ponto de perdoar até mesmo uma traição a situação fica muito mais CONFORTÁVEL.
  [O risco é mais aceitável]
 
  Como podem observar, toda essa situação não tem absolutamente nada a ver com inteligência.

  Tem a ver com dependência ou independência que temos de uma relação nos seus mais diferentes graus.

  É algo mais EMOCIONAL que mental.
  Os brutos amam, os inteligentes ... também.

O que pode a razão diante da emoção?

  O amor é uma emoção, a aventura sexual é uma emoção, não ser descoberto é uma emoção ... o sentimento de culpa é uma emoção.            
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Entrando nas trevas santas da paixão.

   Niet se apaixonou por uma mulher inteligente e independente.
   Ela não cedeu aos seus encantos e fama, isso o deixou desgostoso.

   Porque Niet se apaixonaria por um tipo de mulher (inteligente) que não é, em teoria, do seu agrado?

  Para nos aproximarmos de uma resposta satisfatória temos que relembrar “diferença de potencial.”
  O Amor é indefinível, essa é a sua Natureza.

  O que nos leva a ficar apaixonado por uma pessoa e não por outra é uma equação sem solução no universo dos números reais.

  Você pode gostar de mulatas, sentir uma forte atração por esse tom de pele, mas não vai se apaixonar por todas as mulatas que conhecer embora possa sentir vontade de transar com todas.
   Esqueça aquela imbecilidade de que “sexo é o termômetro do amor.”
  Amor é algo muito maior que desejo sexual.
  Transar podemos transar com qualquer uma, até com uma boneca inflável, se apaixonar é um “pouco” mais complicado.☻


  Nietsche se apaixonou por uma mulher inteligente e independente, Lou Andreas.
  Ele a pediu em casamento, mas ela não aceitou.
 
  Podemos dizer que Lou Andreas teve “medo” da inteligência de Niet ou simplesmente ele não era o homem que ela queria?
  Se Niet se afasta de mulheres inteligentes porque quis casar com Lou?
  Quem consegue defender o ARGUMENTO que Lou era uma mulher burra?

  Lou Andreas-Salomé foi uma bela mulher que escandalizou a sociedade e quebrou regras morais.
  Teve vários amantes.
  Conheceu Sigmund Freud, Friedrich Nietzsche, Rainer Maria Rilke, Paul Rée, entre outros grandes homens.
  Mulher sensível, tinha fama de sedutora.” [Wikipédia]

  Niet, como qualquer mortal, não planeja amar essa mulher, mas o amor é indefinível, não está nem aí com o que planejamos, não está nem aí com nossos PRECONCEITOS.

  O Amor é uma das dinâmicas astutas do Universo para criar DIFERENÇA DE POTENCIAL.

  Sim, o amor pode alterar nossa vontade, mas isso não aconteceu com Lou Andreas, pelo menos em relação a Niet.

  Muitas mulheres ao serem rejeitadas no amor dizem que foram rejeitadas por sua inteligência, isso é tão CONFORTÁVEL mentalmente.

  Niet foi rejeitado por sua inteligência!?
  Ou simplesmente Lou Andreas não se apaixonou por ele?

  I’ll be Back!


Eu quis lutar contra o poder do amor
Cai nos pés do vencedor para ser o serviçal
De um samurai
Mas eu tô tão feliz!
Dizem que o amor
Atrai... ♫♫♫♫♫







Postar um comentário