sexta-feira, 27 de abril de 2012

Deus de Abraão

  “Não se pode amar quem não se conhece. Ainda que seja um conhecimento superficial, ainda que seja conhecer de longe, como acontece com pessoas que se encontram pela web, é necessário um mínimo de conhecimento para se manter qualquer tipo de relacionamento pessoal com alguém. Com Deus é a mesma coisa.” [Sombra do Onipotente]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Mas o conhecer não se transforma automaticamente em amor.
  Por vezes estamos encantados com uma pessoa em um conhecimento superficial, mas ao aprofundarmos esse conhecimento entendemos que é melhor apenas manter uma boa amizade sem perder o nosso senso critico.

  Para conhecer o “Deus de Abraão” um bom meio é ler a Bíblia, mas se só lermos aquelas partes de um Deus maravilhoso que o Pastor ou padre seleciona para nós temos um conhecimento superficial.

  É como paquerar ou ficar com alguém em uma festa,  e depois namorar de fato essa pessoa.
  O namoro é importante para conhecermos bem melhor a personalidade e sentirmos se um casamento será satisfatório.
  No caso das religiões as pessoas pulam a etapa do namoro, o pastor diz que Deus de Abraão a ama e ela se entrega de corpo e alma, cega pelo amor.
  Veja um exemplo: Quem é contra a escravidão...é contra a escravidão [O óbvio].
  Quero dizer que a escravidão como punição ou modo de governo é inaceitável para quem é contra a escravidão.
  Podemos dizer que Deus de Abraão é contra a escravidão?
  Claro que não, ele permitiu  que os judeus ficassem escravos no Egito.
  Dá para amar um Deus que acha a pratica da escravidão aceitável?
  Até dá, menos para quem acha a pratica da escravidão INACEITÁVEL.
                                       ==============================
  Eu já fui Católico e não lia muito a Bíblia, eu frequentava a missa o padre escolhia uma passagem bíblica que vinha impressa no roteiro que pegávamos ao adentrar a igreja.

  Na parte “selecionada” da Bíblia sempre aparecia um Deus muito preocupado e cuidador da humanidade. A vida sem duvida nenhuma era um grande presente do Criador

  Claro que quando eu era católico, presbiteriano ou Kardecista o aborto era um ato inaceitável em qualquer circunstancia.
  Quando eu fui para Igreja Presbiteriana não encontrei o roteiro do culto na entrada, todos carregavam uma Bíblia dispensando um roteiro na entrada.
 Ali no Culto ou na escola dominical não liamos qualquer texto, liamos o que o “pastor” selecionava para pregação, os textos de Paulo eram os preferidos. [ na Presbiteriana o único pastor é Cristo então não tem o termo pastor para quem dirige o Culto]
  Mas é claro que era sugerido estudar a Bíblia em casa pedindo a orientação do Espirito Santo, um irmão da igreja dizia que deveríamos abrir a Bíblia aleatoriamente e ver o que Deus tinha para nós, qualquer duvida era para falarmos com os presbíteros.
  Ao invés de ficar lendo aleatoriamente comecei pelo começo lá em Gênesis.
  Uma das minhas primeiras surpresas foi ver que Deus praticamente não puniu Caim por ter assassinado Abel... mas não vou flutuar por esta brecha.
  Vamos avançar e dizer que o aborto era inaceitável e depois de eu muito meditar o considero lamentável, mas aceitável em alguns casos.
  Eu mudei de opinião porque minha opinião pode ser mudada a de Deus não, ele [segundo os religiosos] é o mesmo ontem, hoje e sempre.
  Quero dizer que se a escravidão era aceitável para Deus... continua sendo.
                                       ====================
  Você esta Filosoficamente confuso? É porque você tem “certeza” da sua crença.
  Vou dar mais um exemplo daí você escolhe entre a Filosofia e sua crença.
  “Tome a pílula vermelha ou a azul.”
  Para você a pena de morte é inaceitável, você se acha um espírito muito iluminado.
  Então em hipótese alguma, em tempo nenhum você aplicará a pena de morte.
  Não importa o que um bandido faça, nem que mate seu filho, nem que te deixe tetraplégico, nem que estupre e mate sua esposa, não importa, a pena máxima que você aceita é a prisão perpetua, a pena de morte é inaceitável, a vida a Deus pertence e só ele pode tirar.
  Oras, ao permitir que o povo Judeu ficasse escravo no Egito ficou claro que para Deus a escravidão é aceitável, ontem, hoje e sempre.
  Quando eu li que Deus não interferiu quando as filhas de Ló o embebedaram e transaram com ele ficou claro para eu que o aceitável para o Deus de Abraão vai muito alem daquelas passagens selecionadas pelo padre ou pelo pastor.
  Bom, eu não quero que o Deus de Abraão seja meu inimigo, a licenciosidade dele não tem limite e pode ser usada tanto para o bem quanto para o mal. Devido o seu grande poder é melhor manter uma amizade.

  Mas confesso que eu espero que exista um Deus que vá alem dessas historias Bíblicas, um Deus que eu possa ao menos admirar e confiar, porque este Deus apresentado pela Bíblia é ASSUSTADOR...

 Você esta Filosoficamente confuso? É porque você tem “certeza” da sua crença.
  Escolha entre a  Filosofia e sua Crença.
  Comece a pensar por você mesmo ou continue vendo apenas o que o pastor quer que você veja.
  “Tome a pílula vermelha ou a azul.”


anterior                                           <>                                                próximo