segunda-feira, 2 de abril de 2012

Companheiros Sindicalistas

 “Não deixem que “esquerdistas infantilóides” ditem as diretrizes para toda esta classe trabalhadora, a primavera é CAPITALISTA e DEMOCRÁTICA, são com estas regras que os sindicatos atuais deveriam jogar, poucas coisas precisam de uma reforma mais urgente neste país do que o jeito dos sindicatos atuarem, os caras ainda não saíram da década de 50.”
[Parto de Adulto]



  Depois da 2ª Guerra em 1945 o mundo ficou dividido entre duas grandes potências e dois modelos de Governo.
  Nos USA acontecia uma Democracia Capitalista.
  Na URSS acontecia uma Ditadura Comunista.
  Neste tempo ainda fazia sentido ficar em duvida sobre qual modelo de Governo seguir, tanto uma potência quanto a outra se mostravam imbatíveis em todos os campos do conhecimento humano.
  Todos sabiam da grande qualidade de vida do povo Americano, sobre a URSS não se sabia muita coisa, o que era permitido e possível saber falava em uma qualidade de vida superior a dos Americanos.

  Na URSS todos tinham bom atendimento médico hospitalar, não havia desemprego, não havia fome, era o proletariado e o camponês no poder, sem empresas exploradoras do povo e sem patrões.

  Com os avanços nos meios de comunicações a URSS já não conseguia ficar tão isolada e as noticias que vinham de lá falavam de uma vida muito difícil para o povo que nem de longe lembrava a prosperidade Americana.
  A Rússia era o centro do império Comunista e servia como cartão postal para os poucos visitantes que tinham sua entrada no país permitida, o belo cartão postal era mantido a custas das regiões satélites.
  Cuba também servia como um ilusório cartão postal nas América, a URSS despejava bastante dinheiro alí e podemos dizer que o dinheiro foi bem empregado, Cuba foi uma das melhores propagandas ideológicas usada pela URSS, mas sem duvida o maior beneficiado foi Fidel que se tornou um mestre para milhões de esquerdistas nas América.
  Tanto que a URSS nem existe mais e Fidel só não esta mais tão ativo devido a velhice, no entanto continua sendo tratado como um grande gênio, um mestre.
  O cara mesmo com todo dinheiro fácil enviado da URSS não conseguiu modernizar seu país, torna-lo eficiente, sua genialidade foi gastar o dinheiro vindo da URSS como um play boy faz com o dinheiro dos pais, quando a fonte secou Cuba mostrou sua face real... mas voltemos ao Brasil deixemos os Castro para outro dia...
==========================
  A situação dos sindicatos no Brasil, a maneira como eles aprontam suas pautas é tragicômico.

  Para os caras a URSS ainda existe  e as teorias Marxistas se mostraram na pratica maravilhosamente eficientes para produzir e distribuir riquezas.
  Os caras não perceberam que a tão esperada primavera de Che Guevara é Democrática e Capitalista.
  Você sai de casa de manhã, esta meio friozinho então coloca uma blusa de lã.
  O sol surge, os termômetros marcam 30° , mas você continua usando a blusa porque o frio pode voltar.
  Oras, se o frio voltar você coloca a blusa, enquanto esta calor persistir em usar a blusa só prejudicará seu corpo.
  Quero dizer que nem a esperança de que um dia o Comunismo dará certo em algum lugar é motivo lógico para que os sindicatos não atuem de acordo com o modelo econômico existente.
  Os sindicatos seriam muito mais úteis para nós trabalhadores se eles reconhecessem que vivemos em uma democracia capitalista  e não se esforçassem tanto para acabar com tudo isto que esta aí, para colocar o que no lugar?
   Uma URSS que não existe mais ou uma Cuba com sua economia deficiente em todos os sentidos.
  Se eles aceitassem o Capitalismo tentariam o compreender, entenderiam melhor como tudo funciona e seriam capazes de boas intervenções a nosso favor, intervenções eficientes e inteligentes.
  Mas os caras sempre querem basicamente o fim  do Capitalismo e um governo Marxista, assim fica difícil.
  Se você fosse tratar de uma doença grave como o Câncer, em pleno 2012 procuraria um médico com praticas da década de 50? Acredito que não.

  Você é um trabalhador em 2012, qual a lógica em permanecer em sindicatos com estratégias da década de 50?

 “Decifra-me ou te Devoro!”


anterior                                           <>                                                próximo