sexta-feira, 5 de abril de 2013

Terra de Node

   Possivelmente sou um amaldiçoado descendente de Caim ou Cam.
  Para nós criaturas ... nem Jesus na causa. 😆







  Quem acompanha o Blog sabe que já enfrentei grandes dificuldades. ​​
  Não vivi no pior dos mundos, tem gente que nasceu e nasce em condições muito piores, mas não dá para dizer que nasci em condições satisfatórias.
  Dificuldade econômica, violência doméstica, problema de saúde na família.
  Tudo foi de uma precariedade que não vi na vida de muitas pessoas.
  O que não faltou foi drama, até enchente em casa já passei, daquelas de perder "tudo"... não tínhamos muita coisa.
  A boa sorte não esteve comigo na infância, adolescência e também não deu as caras na fase adulta...

  Depois de trabalhar anos em uma fábrica de óculos, chegar ao cargo de chefia, a empresa passou por uma fusão com outra bem maior e eu fui “fritado”.
  Poderiam me demitir logo de cara, tinham dinheiro para isso, mas sabe-se lá porque preferiram me manter por cerca 8 meses meio que jogado às traças, em um verdadeiro “purgatório”. (2 meses foram de férias quase que consecutivas)

  Abri um pequeno comércio, era inacreditável como as coisas davam errado.
   Parecia que “demônios” estavam a minha volta ferrando minha vida pelo puro prazer de me destruir.

  Orei muito, tive muita Fé, mas chegou uma hora que não deu mais.
  Orando ou não orando as dificuldades eram as mesmas então parei de orar.

  Me apeguei a Lógica, não esperava nada, apenas não iria mais ficar implorando por migalhas, se a vida ficasse insuportável eu me mataria... não via e não vejo grande problema nisso.

  O limite seria eu me tornar um peso para minha esposa ou família se isso por algum motivo chegasse acontecer, seria um excelente dia para morrer.

  Essa insistência em as coisas não darem tão certo quanto poderiam dar é muito irritante.

  Lá por outubro de 2012 eu e minha esposa esperávamos um 2013 de muito sucesso financeiro... para os nossos padrões.
  Não, não era nada de fenomenal, um investimento que fizemos há alguns anos poderia gerar algum dividendo, tudo caminhava para isso.
  Depois de batalhar muito estou em um emprego simples, mas estável, passei em um concurso público.
  Minha esposa com 15 anos na mesma empresa alcançou um salário satisfatório, estava muito adaptada ao que fazia.
  Sem dividas e com tudo financeiramente estável até pensávamos em adquirir um novo imóvel para alugar.
  Enfim, 2013 poderia ser um ano onde acumularíamos capital poupando mais ou adquirindo outro imóvel.
  Bem, poderia ser.
  Uma "reengenharia" na empresa que minha esposa trabalhava acabou na demissão dela, aquelas historinhas de sempre, mas sabemos que na realidade quando você começa a ganhar um pouquinho melhor algum diretor tem a formula magica de contratar 2 no seu lugar.
  Minha esposa é daquelas funcionárias que não atrasa, não falta, não se nega a fazer horas extras, faz mais do que é para fazer.
  Perfeito ninguém é, mas profissionalmente não havia motivo para demissão.
  Claro que nós não éramos tão inocentes quanto a essa possibilidade, minha esposa contava casos semelhantes de pessoas com vários anos de casa serem demitidas sem algo que justificasse, mas procurávamos não pensar nisso.
  Minha esposa tem uma boa "estrela" e quem sabe fosse poupada.
  Bem, não foi.
  Não, não é nenhuma tragédia, somos muito ajuizados economicamente, nosso padrão de vida não sofrerá grandes alterações, mas aquele salto de qualidade não acontecerá.
  Minha esposa está dando um tempo recebendo o seguro desemprego, e não terá grandes dificuldades para arranjar um outro emprego, mas terá que começar tudo do zero, com uma salário bem menor.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Li uma reportagem na Veja sobre a vida daquele jogador de futebol Casa Grande, ele foi um bom artilheiro, mas nada de excepcional.



  Casa Grande teve uma vida muito boa o que não impediu dele se envolver profundamente com drogas.
  Apesar de toda sua irresponsabilidade é comentarista de futebol na Globo, alguém que poderia ser facilmente substituído uma vez que também não é lá aquelas coisas como comentarista.
  Sabem quanto o cara ganha por mês para comentar algumas partidas de futebol?
  Oitenta mil reais!
  Vejam bem, eu e minha esposa [inúmeras criaturas] damos um duro danado para conseguir algum dinheiro, conseguir algum conforto e por mais que a gente faça parece que a vida não deslancha, sempre tem alguma coisa que impede nosso desenvolvimento.
  Vamos vivendo aos trancos e barrancos sempre readaptando nossos sonhos para menos.

  Outras pessoas tem tantas oportunidades, jogam fora, e recebem outras oportunidades!!

  “Os tempos de loucura ajudaram a destruir um casamento de 21 anos com a ex-jogadora de vôlei Mônica Feliciano e puseram em risco o trabalho de comentarista na Rede Globo, que lhe rende atualmente um salário de cerca de 80 000 reais por mês.”


  Embora tenha “inveja” da facilidade com que Casa Grande consegue as coisas, obviamente não lhe desejo nenhum mal.
  Se ele nasceu com “sorte” ou de uma “descendência mais protegida por Deus” que culpa lhe caberia!?
  Já que não existe “igualdade” de oportunidades ...  eu também gostaria de ser um escolhido.

  A reportagem cita como grande mérito Casa Grande ser um dos comentaristas mais populares do Brasil!!
  Caraca!
  A Rede Globo é a mais assistida, como ele não seria popular!
  Consigo facilmente lembrar de uns 10 ex-jogadores de futebol que se fossem escolhidos para serem comentaristas da Globo seriam igualmente ou mais populares: Vampeta, Roberto Carlos, Raí, Tafarel, Neto ...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Essa crença de muitos que sorte não existe ... NÃO corresponde com tudo que observo na vida.

  De certo não está ligado ao caráter da pessoa nem mesmo a “fé”.

  Veja essa passagem bíblica, não dá para falar que Caim tinha um bom caráter, mas podemos dizer que ele teve muita sorte.

  Depois que Caim matou Abel aconteceu o seguinte:

_______________________________________________
  Deus: Maldito você é na Terra por ter assassinado seu irmão Abel, fugitivo e vagabundo serás na terra.

  Caim: Minha maldade foi tão grande que o Senhor não possa perdoar?
  É maior minha maldade que sua capacidade de Perdoar?
  Com essa maldição TODO AQUELE que me encontrar vai querer me matar.

  Deus: Qualquer que o matar, sete vezes será castigado.
[E pôs o SENHOR um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse.]

  E saiu Caim de diante da face do SENHOR, e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden.
  E conheceu Caim a sua mulher, e ela concebeu, e deu à luz a Enoque; e ele edificou uma cidade, e chamou o nome da cidade conforme o nome de seu filho Enoque;
  E a Enoque nasceu Irade, e Irade gerou a Meujael, e Meujael gerou a Metusael e Metusael gerou a Lameque.
  E tomou Lameque para si duas mulheres; o nome de uma era Ada, e o nome da outra, Zilá.

[Gênesis 4:10-19]
______________________________________________ 

  Passeando pela Internet você irá encontrar os comentários mais sem noção possível, eles se aproveitam da sua ignorância sobre a Bíblia.
[Esse livro que você idolatra tanto, mas pouco lê.]

  Por isso eu coloco a localização da passagem para você conferir.
  Como sei que muitos não tem o habito da leitura tiro a linguagem rebuscada, mas não tiro do contexto.

  O papel e a imaginação aceitam tudo, alguma coisinha que o cidadão mude no que está escrito na Bíblia toda uma nova estrutura de pensamento é formada.

  Exemplo:

  Li um comentário onde ao ser amaldiçoado por Deus “Caim e sua esposa” partem para Terra de Node, o comentário faz você acreditar que Caim e sua Esposa viviam no Éden.
  Se você ler o texto bíblico verá que Caim primeiro foi para Terra de Node e depois se casou, qualquer coisa fora dessa dedução é baseado na IMAGINAÇÃO/INVENÇÃO, não no que está efetivamente escrito na Bíblia que chegou até nós.

  Porque fiz questão de ressaltar isso?

  Fica claro que na Terra de Node tinha humanos NÃO DESCENDENTES DE ADÃO E EVA.

  Seriam Adão e Eva os primeiros Homo sapiens e os habitantes de Node os antigos Neandertais?

 







anterior                       COMENTAR                          próximo

Postar um comentário