terça-feira, 18 de setembro de 2012

Faça o Bem

  “Se seus pensamentos (William) nunca trouxeram nada de bom para você porque trariam para outra pessoa?"  [Comentarista no G+]

  Quem acompanha esse Blog há algum tempo já entende como é complexo definir o que é bem ou mal.

  Algumas situações são bem claras, mas nas regiões fronteiriças das estruturas de pensamento é preciso uma grande habilidade filosófica, por vezes definimos algo como bem ou mal apenas pela força da tradição [moral e bons costumes].
  Mais difícil ainda é adivinhar o que nos trará bons resultados, o que será um tempo perdido, o que nos trará grandes prejuízos.

  Jogar futebol é bom ou mau?
  É um jogo divertido então se você gosta é bom.
  Eu tive colegas que adoravam jogar futebol e o que o futebol lhes trouxe de bom?
  Além da diversão...NADA!
  A ida ao jogo provocou briga com a namorada, desentendimento no casamento, discussão no campo, joelho estourado, pé quebrado, luxação, por futebol há até crimes de morte cometidos por  meros torcedores.
  Percebe que o gostar de jogar bola pode não lhe trazer nada de bom e até causar grande prejuízo?
  O futebol traz prejuízo à todo mundo?
  Claro que não, pergunte para o Neymar, Robinho, Zico, Romário e tantos outros.
  Mesmo jogadores não tão famosos juntaram bom dinheiro jogando bola o que lhes proporcionou momentos muito felizes.
  Esta dinâmica acontece nas mais diferentes profissões e situações.

  Lutar para implantar o Comunismo no Brasil ferrou muita gente, mas para a Dilma deu muito certo.

  Não acredito que algum dia antes da Dilma ser Chefe da Casa Civil ela tinha alguma Fé ou Esperança de ocupar a Presidência.
  Foi um agradável desvio de percurso para ela.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Virar Blogueiro foi um agradável “desvio” de percurso para mim.
  Eu participava de grupos de debates e nunca pensei em iniciar um Blog, de repente os grupos foram tirados do ar.
  Como foi feito de improviso, sem experiência, o Blog ficou estranho no início.
  Acredito que agora cheguei a um formato aceitável que me proporciona tornar mais claro a estruturação dos pensamentos.

  Existe por exemplo o pensamento “amor”, filosofamos sobre todas suas formas, tudo que conhecemos sobre ele, tudo que OBSERVAMOS sobre ele.
  Sem impor limites ao pensamento, eliminando dogmas religiosos ou ideológicos.
  Este processo eu comecei a chamar de Filosofia Matemática.
  Podemos estruturar pensamentos sobre o amor e suas extensões... casamento, ciúmes, traição, puro, verdadeiro.

  Visualizando a estrutura em toda sua complexidade conseguimos nos localizar dentro de uma situação e decidir a maneira mais eficiente de agir, esta AÇÃO diante da Filosofia Matemática eu chamei de Terapia da Lógica.
  Um rápido exemplo:

  Pensamento: “Faça o bem sem olhar a quem.”

  Não concordo com essa proposição.
  De repente eu posso desperdiçar energia ajudando alguém que nem está precisando tanto assim e deixo de ajudar alguém que realmente precisa de minha ajuda. 
  Isso é uma Filosofia Matemática.
  Eu não tenho como ajudar a todo mundo então tenho que estabelecer prioridades.

  Estruturando o Pensamento: Antes de ajudar alguém preciso analisar o problema, qual a melhor forma de ajudar a pessoa, a melhor forma de resolver ou amenizar uma situação de necessidade.
  A pessoa precisa de minha ajuda ou precisa assumir suas responsabilidades?
  Esse planejamento de como AGIR é se devo agir é a Terapia da Lógica.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  A Filosofia Matemática nunca me trouxe nada de bom além da diversão, do prazer em escrever e estruturar pensamentos.

  A Terapia da Lógica me trouxe muitos benefícios, minhas ações diante das dificuldades foram no geral muito eficientes.
  Veja o exemplo acima, “faça o bem sem olhar a quem” é um dogma poderoso e sempre que eu escrever que ele não me parece correto vou levar bordoadas de todos os lados, a grande maioria o tem como uma “grande verdade”, para eu não passa de uma ilusão sem sentido, sem lógica, como é possível eu ir ajudando as pessoas sem nenhum critério!?
  Imaginem que uma criança diabética me peça um doce, imaginem que alguém me peça dinheiro para comprar drogas, imaginem que eu ajude alguém que luta para implantar uma ditadura no país!?

  Usando a Terapia da Lógica eu não desperdiço meu tempo nem meu dinheiro, então apesar de levar bordoadas nos debates, minha vida fica bem estruturada, “os cães ladram e a caravana passa.”

  A Filosofia Matemática poderia ter me trazido coisas muito boas?
  Claro que sim, eu poderia ter sido um grande escritor, ter vendido muitos livros, ser colunista em algum jornal ou revista e influenciar a opinião de muitos... como aqueles jogadores de futebol de sucesso ou como os comunista que acumularam muito capital...

To be continued....

  A Terapia da Lógica é uma ferramenta importante, não uma formula mágica para ter sucesso na vida, tanto que eu não tenho sucesso.
  Não se iludam!
  Sofremos “Interferências” e somos movidos pela Emoção.
  No entanto usar a lógica, o bom senso, é a parte da equação da vida a qual podemos ter CONTROLE.
  A emoção ... não escolhemos o que sentir.
  As interferências ... quem controla a “vontade de Deus”.

Anterior          <>        Próximo