domingo, 2 de outubro de 2011

Vampiro de Emoções

  "Estamos no melhor lugar possível, e onde nossa "consciência animal" aguenta ficar."
  [Nihil]

  Isso é muito parecido com o pensamento:

  "Deus dá o frio conforme o cobertor." 
  [O qual eu já coloquei em duvida inúmeras vezes]


  Mais de um milhão de pessoas cometem suicídio a cada ano, tornando-se está a décima causa de morte no mundo.
  Trata-se de uma das principais causas de morte entre adolescentes e adultos com menos de 35 anos de idade.
  Entretanto, há uma estimativa de 10 a 20 milhões de tentativas de suicídios não-fatais a cada ano em todo o mundo.

  [Wikipédia]

  No Brasil há em torno de 1.800.000 moradores de rua, sabem de uma coisa, Jesus em uma fase de sua vida virou meio que andarilho espalhando sua Filosofia, sem duvida foi uma boa MISSÃO SECRETA, como diria a Clarice Lispector.
  Da minha parte acho difícil acreditar que alguém se matar ou ficar andando pelas ruas sem destino na maioria das vezes se entorpecendo seja a "missão secreta" de alguma alma.
  Não invento a Realidade apenas a observo e Filosoficamente só posso chegar a conclusão que O FRIO FOI DEMAIS
.
   A pessoa não quer morrer, não tem coragem de se matar e também não vê muita razão para viver então ela vai vivendo [ou sobrevivendo] a cada dia tentando se manter inconsciente para o sofrimento e até tendo algum prazer com drogas de qualquer tipo.
  Na musica "Ouro de Tolo" meu amigo Raul Seixas abre tão maravilhosamente sua mente sobre estas coisas nos levando a planos de pensamento complexos, lindos, assustadores, constrangedores.




  
"Eu devia estar feliz pelo Senhor, ter me concedido o Domingo, pra ir com a família, no Jardim Zoológico dar pipoca aos macacos...,
   Ah!, Mas que sujeito chato sou eu, que não acha nada engraçado, macaco, praia, carro, Jornal, tobogã
  Eu acho tudo isso um saco..."
  [Raul Seixas]

  Sabem senhoras e senhores, como um vampiro eu vivo de sugar os momentos felizes dos outros porque como meu amigo Raul eu acho tudo muito chato, tudo é um saco. 

  Como não consigo me drogar como ele, me isolo dentro de meu apartamento com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar, bom, convenhamos, é melhor que me tornar um morador de rua...
  Senhoras e senhores como um vampiro eu vivo de sugar os momentos felizes dos outros, gosto de ver sorrisos, gosto de ver meus companheiros de trabalho alegres, gosto de facilitar a vida de todos a minha volta sendo pratico e eficiente.
  Minha esposa e filhas gostam de todas essas coisas que fazem a alegria da maioria e elas tem tudo isso, vê-las alegres me deixa alegre também e:


    Como um vampiro eu vou vivendo da alegria dos outros, mas se isto me deixa alegre quem pode dizer que minha alegria é uma fraude?

  Hoje [01/10/2011] esta quente em Campinas não gosto de piscinas, mas fico pensando em todos aqueles que estão muito alegres nos clubes e parques e fico alegre por eles, mas não me convidem para estes lugares eu acho tudo muito chato...

  Quero dizer que muitas vezes o frio em nossa alma é tão intenso [por favor não se limitem a pensar em dinheiro, amor ou saúde] que o cobertor que recebemos não é suficiente, na verdade acho que isso acontece de propósito por parte "Daquele que nos Controla", deve ter algum propósito que algum dia entenderemos.
  Temos que dar um jeito, completar a parte do cobertor que falta ou de alguma maneira diminuir o frio, o meu jeito foi me tornar vampiro. 

  Se não vale para que eu tenha a salvação eterna ao menos me ajuda a suportar a vida. 

   Sobrevivendo a cada dia como um morador de rua, me drogando com a alegria dos outros, um vampiro de emoções... só as que forem boas.




  Hoje está um lindo dia, tudo está em paz, desejo do fundo do coração que com você também esteja tudo bem, imaginar você alegre faz com que minha vida fique melhor, eu devia estar contente e ESTOU!

                                                CARPE DIEM!








anterior                       <>                                próximo
Postar um comentário