quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Esta Amarrado

  "Pior que aprender com o sofrimento é não aprender nem com o sofrimento."
  [William Robson]

  Uma colega muito querida, evangélica ao extremo, por estes dias lavando o banheiro, caiu e quebrou o braço em 3 partes, uma delas fratura exposta.

  Não gosto de trabalhar, mas como preciso procuro fazer meu serviço da melhor maneira possível, não gosto de faltar.
  Ficar em casa é bom, porém  não desempregado ou doente mesmo com atestado médico.
  Minha colega também não, então imagino que  não esta vivendo um bom momento com sua enfermidade.

  Tenho colegas assíduos frequentadores de suas igrejas que estão desempregados ou em empregos que deixam muito a desejar.
  Basta ligar a TV em um dos inúmeros cultos que vemos lá pessoas com todo tipo de dificuldades.

  Porque estou escrevendo isso?

  Na minha fase de católico depois evangélico quando alguém estava com grande problema/sofrimento era incentivado a frequentar a igreja.
  Se já estava era incentivado a orar mais, ter mais fé.

  Então ficamos assim.

a) Se me afasto ou não frequento a igreja sofro por isso.

b)  Se vou e continuo sofrendo, preciso ter mais fé.

c) Se vou a igreja, notam que minha fé é grande ... "Deus está me testando com provações" ...

  Disse a um colega (assíduo frequentador de uma igreja evangélica) que faz alguns anos que não frequento nenhuma igreja, não  faço orações , não professo nenhuma religião.
  As coisas estão boas em minha vida, não tenho muito que reclamar, ainda mais depois de tudo que já passei.
  Claro que a gente sempre quer estar melhor, mas estaria mentindo se dissesse que tenho algum grande problema de saúde, amoroso ou financeiro.
  O colega disse algo muito provocativo.

  🙎 “O Demônio só atenta quem é de Deus, atenta para que perca a Fé.”

  Ou seja, como já não tenho Fé o Diabo não tem motivação para me perseguir, minha alma já é dele.
  Caraca!
  Se eu soubesse disto já teria desistido de ter Fé há mais tempo, nunca quis o diabo no meu cangote...
😆
 A meu ver o grande problema nesta teoria é que nas igrejas há  bastante pessoas "vitoriosas", pessoas com a vida boa e tranquila  talvez até melhor que a minha ... pelo menos financeiramente.
 O Diabo não deveria tirar essa vida vitoriosa delas!?
 Nas igrejas só encontraríamos pessoas com a "vida destruída".

  Depois de frequentar bastante a igreja e observar tudo que ocorria a minha volta cheguei a conclusão que alguns tem mais sorte (ou azar) que outros independente de frequentar igrejas.
  Isso não está sob nosso controle.

  Se você gosta de frequentar igrejas, se isso te conforta ... faça isso.

  É como beber cerveja com os amigos, não vai resolver seus problemas, mas dá uma relaxada, "refrigera a alma", é como em uma longa caminhada sob o Sol parar a sombra de uma árvore.

    O que está ao nosso alcance é ter juízo, planejar nossa vida o melhor possível, entender que certos acontecimentos fazem parte da vida ... como a morte.

  Por esses dias me emocionei ao sentir a dor de uma moça que perdeu o pai, ele foi atropelado por um menor de 17 anos dirigindo carro.
  A moça não parava de suplicar: "Deus me dê forças".
  Por mais que suplicasse nenhum anjo viria tirar a enorme dor em seu peito.
  Já vi essa dor varias vezes, nunca observei um "fenômeno" nesse sentido.

  Seu pai morreu, a dor não cederá facilmente, a cicatriz só vira depois de muito tempo, o que lhe aguarda é dias e dias de muito sofrimento, um vazio insuportável cada vez que lembrar do pai.

  Sei que daqui um ano ela dirá que se não fosse Deus a lhe dar forças não teria suportado.
  Sei lá!
  Ela pediu, pediu e não observei ser poupada de nenhum sofrimento, se Deus quisesse podia ter evitado o atropelamento.
  Tudo indica que naquele momento estava sozinha com seu sofrimento,
suportava a dor por si mesma.
  Se ao menos seu pai se recuperasse até poderia agradecer a uma espiritualidade, mas o "pior" aconteceu, seu pai morreu.

  Tem gente que aprende com o sofrimento, tem gente que não aprende nem com o sofrimento.
  Imaginam que estão recebendo alguma ajuda, que estão sendo "carregadas no colo" ... mesmo quando a dor/sofrimento lhes grita que estão sozinhas.
😞

  Não!
  Por favor não fique deprimido, não estou dizendo que você esta sozinho a todo momento, estou dizendo que muitas barras da vida terá que enfrentar por si mesmo.

  Veja o caso da moça, seu pai tinha 70 anos, o acidente foi muito grave.
  A possibilidade de morte ou grande sequela não tinha como ser descartada.
  Mas ela descartou:

 👩 "Meu pai vai ficar bom está amarrado em nome de Jesus!"

  Será que seu pai ficar preso a uma cama com sérias limitações, sendo um peso para família, teria sido melhor que a morte?
  Eu acredito que não.

    Muito sofrimento acontece ou é multiplicado várias vezes porque temos a ilusão que nada de mal pode nos acontecer então não nos preparamos para situações difíceis.

   Um exemplo rápido comum a todos.

  Casos de traições sexuais são tão antigos quanto a humanidade.

  Você que vai a igreja e lê bastante a Bíblia sabe que Davi mesmo tendo dezenas de esposas se interessou por uma mulher casada e ela cedeu ao seu assédio.
  Por mais alienado que alguém seja de certo deve ter tomado conhecimento de muitos casos de infidelidade conjugal.
  Isso esta nos livros, novelas, filmes ... vida real.
  Mas não sei porque as pessoas começam um relacionamento e alimentam uma estranha certeza que com elas tudo será um eterno conto de fadas...

  Não devemos viver esperando o pior da vida, desconfiando sempre de tudo e de todos, mas acreditar que "deus está sempre do seu lado e nenhum mal nunca te atingirá" ... é um extremo oposto igualmente "preocupante".
  
  Espero que ao terminar essa meditação você esteja mais forte para cuidar de si mesmo.
  Coisas ruins acontecem, temos que estar preparados.

  Não se trata de esperar ou desejar o sofrimento como se esse fosse um ritual de purificação da alma.

  Se trata de estar preparado para aqueles dias que estaremos sozinhos com nossa dor...





Esta amarrado em nome da RAZÃO?







anterior                       <>                                próximo