sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Um Brinde!


 "Para evoluir espiritualmente não precisa aceitar todos os desafios que a vida lhe propõe, mas sim os que a vida lhe impõe ou valham a pena."

  Não sei definir o que é "evoluir espiritualmente". 
  Se espirito é parte de um plano de pensamento bem maior ... não tenho acesso a essa informação.



  Olhando o ser humano apenas como uma forma de vida biológica prefiro pensar no CIDADÃO.

    “O conceito de cidadania tem origem na Grécia antiga, usado para designar os direitos relativos ao cidadão, o indivíduo que vivia na cidade e ali participava ativamente dos negócios e das decisões políticas.
   Cidadania pressupunha todas as implicações decorrentes de uma vida em sociedade.
   Ao longo da história, o conceito de cidadania foi ampliado, passando a englobar um conjunto de valores sociais que determinam o conjunto de DEVERES E DIREITOS de um cidadão.”
[Wikipédia]



    Considero um cidadão evoluído aquele que tem uma "consciência social", quer viver bem e que os outros também vivam bem.


  Um cidadão evoluído tem grande habilidade para lidar com situações de sucesso ou fracasso, de depressão ou euforia, própria ou dos outros.


  Vejo pessoas pregando que para evoluir é preciso sempre buscar desafios ... não acredito que essa seja uma boa pratica para todos. 
  Desafios constantes trazem prazer para alguns indivíduos, não para todos, lembrem-se que nenhum de nós é a medida de todas as coisas.
  Buscar sempre uma auto-superação pode ser estressante, fazer mais mal que bem, fazer-nos "regredir".
  Aplico isso em minha vida.

  Trabalho 6 horas por dia, mais uns 60 minutos gastos no transporte [ida e volta].
  Muitos esperavam que eu arranjasse um segundo emprego, eu "odiu" essas pessoas 😆 que mal fiz a elas?
  A vida me propõe este desafio de um segundo emprego o qual não sinto obrigação nenhuma de aceitar.
  O que eu faço com o tempo que sobra?
  Divido com minha esposa a criação das crianças, lavo, passo, cozinho, conserto alguma coisa na casa. 
  Faço minhas especialidades, bolo de banana com goiabada, macarronada, asinha de frango bem fritinha...
  Leio revistas, assisto algum programa gravado, durmo...na realidade não me sobra tempo algum, trabalho 6 horas servindo a sociedade em troca de algum dinheiro, fazendo minha parte no todo e 18 horas dedico a ir vivendo sem grandes preocupações.

  FUJO DE DESAFIOS.

  Gosto de escrever e debater, mas procuro não passar muito tempo escrevendo ou conectado a Internet.
  Escrevo textos quase que automaticamente, porem só publico quando tenho vontade ... os rascunhos vão se acumulando.

  Um desafio que aceito de bom grado é tornar mais popular/inteligível a FILOSOFIA.

   Um fortíssimo abraço a todos que se aventuram comigo nas infinitas brechas do Abismo dos Pensamentos, você não precisa aceitar este desafio, mas fico alegre e grato pela companhia.

  Ler este Blog é um desafio que a vida lhe propõe.

  Desejo que você descubra a mãe de todas as artes, todas as ciências, a árvore que produz o fruto do conhecimento ... uma mordida que nos custou tão caro e nos foi imposto o desafio de pagar seu preço ... perseguir a verdade mesmo que não seja nada do que queríamos encontrar  ☛♫♫♫♫

   Um brinde a FILOSOFIA!




.