quarta-feira, 8 de maio de 2013

Pedagogia

  O curso de pedagogia do jeito que está é algo obsoleto, fora da nossa realidade.
  Não é ciência é IDEOLOGIA.

_______________________________
“O que justifica a existência da pedagogia é o fato de esse campo ocupar-se do estudo sistemático das práticas educativas que se realizam em sociedade como processos fundamentais da condição humana.
  A pedagogia, serve para investigar a natureza, as finalidades e os processos necessários às práticas educativas com o objetivo de propor a realização desses processos nos vários contextos em que essas práticas ocorrem.
  Ela se constitui, sob esse entendimento, em um campo de conhecimento que possui objeto, problemáticas e métodos próprios de investigação, configurando-se como "ciência da educação".
_________________________________ 

  O que faz um pedagogo?

  “Atualmente, denomina-se pedagogo o profissional cuja formação é a Pedagogia
  É um curso que cuida dos assuntos relacionados à Educação, confere ao pedagogo, de uma só vez, as habilitações em educação infantil, ensino fundamental, educação de jovens e adultos, coordenação educacional, gestão escolar, orientação pedagógica, pedagogia social e supervisão educacional, sendo que o pedagogo também pode, em falta de professores, lecionar as disciplinas que fazem parte do Ensino Fundamental e Médio, além se dedicar à área técnica e científica da Educação, como por exemplo, prestar assessoria educacional.
  Devido a sua abrangência, a Pedagogia engloba diversas disciplinas, que podem ser reunidas em três grupos básicos: disciplinas filosóficas, disciplinas científicas e disciplinas técnico-pedagógicas.”

  Vejam que a descrição do curso é um chute para todos os lados, na educação pedagogo é “deus”
 
   Qual a condição básica para ensinarmos qualquer coisa a alguém?

  É sabermos fazer a tal coisa e ter paciência para ensinar.
  Qualquer um de nós que sabe ler e escrever pode ensinar alguém a ler e escrever, não precisamos de alguém formado em pedagogia para isso.
  Nós ensinamos nossos filhos a falar sem termos nenhum pedagogo por perto e no entanto 100% das crianças com capacidade para falar...falam.

  “Doutor em Pedagogia” deveria ser um especialista em ESCOLARIZAÇÃO pesquisador e aplicador das formas mais eficientes de ensino.
  No Brasil definitivamente não é o que vemos.
  Nossos resultados em escolarização são pífios, mas nossos doutores pedagogos insistem na mesma metodologia, isso não me parece nenhum pouco “cientifico”, é mais teimosia.

   Pedagogia poderia ser um curso de extensão ministrado por um doutor Pedagogo.

  Duração de 6 meses na parte teórica e 6 meses de estágio.
  (Não vejo necessidade de mais que isso)
  Qualquer pessoa com formação superior em qualquer área, se tivesse interesse em dar aulas bastaria fazer esse curso de extensão.

  Eu, você, todos nós que estudamos vários anos temos muita experiência em sala de aula.
  Tá certo que é como aluno, mas o ambiente escolar não é algo estranho, um mundo a descobrir.

  Deveríamos padronizar o que é dado em sala de aula.
  Instituir o famoso livro do professor.
  O indivíduo daria aulas daquilo que tivesse mais afinidade.
  “Sem estabilidade” o professor que se mostrasse insatisfatório poderia ser demitido.



  Só um doutor pedagogo poderia dirigir uma escola?
   Não vejo necessidade.
   Quem faz Administração, Engenharia, Advocacia, Medicina...por que não pode administrar uma escola?
.
   “Di Genio começou dando aulas de física enquanto cursava medicina na USP, o qual NUNCA CONCLUIU, no Cursinho Preparatório 9 de Julho, juntamente com Dráuzio Varella, Roger Patti e Tadasi Itto” 
.
  “Pedro Sampaio Malan é um engenheiro eletricista e economista brasileiro, tendo sido professor da Pontifícia Universidade Católica.
  Formou-se engenharia elétrica pela Escola politécnica da Pontifícia Universidade Católica em 1965, e conquistou um doutorado em economia pela Universidade de Berkeley.”

  Esses caras não tem capacidade para dirigir uma escola porque não fizeram Pedagogia!?
  Di Genio é dono do Objetivo uma grande rede de ensino.
  Pedro Malan foi muito importante no sucesso do Plano Real.





  Precisamos repensar certos “dogmas” estabelecidos em nossa “cultura educacional”.

1 -  “A carência para concessão da aposentadoria por tempo de contribuição, conforme o artigo 223, inciso I, da IN/PRES nº 45/2010, é de 35 anos de contribuição para homens e de 30 anos para mulheres.

 No entanto, NO CASO DOS PROFESSORES, HÁ UMA DIMINUIÇÃO NESTE TEMPO, QUE PASSA PARA 30 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO PARA O PROFESSOR E 25 ANOS PARA A PROFESSORA, INDEPENDENTEMENTE DA IDADE, desde que comprove, exclusivamente, tempo de efetivo exercício em função de magistério na educação infantil, no ensino fundamental ou no ensino médio.

Esse tipo de aposentadoria, que alguns chamam de “aposentadoria especial”, é garantido desde 1998, a partir da alteração do artigo 40, § 5º da Constituição Federal de 1988, trazida pela Emenda Constitucional nº 20, TENDO EM VISTA A ATIVIDADE SER CONSIDERADA MAIS CANSATIVA QUE AS DEMAIS.

  Professores “realmente” precisam de uma aposentadoria mais vantajosa que a de outros trabalhadores?
  É uma atividade mais cansativa que todas as outras?

  Vejam esses comentários:
 .
2 - “Também sou professora e vejo que para quem não conhece o cotidiano da sala de aula é muito fácil falar.
  Do ponto de vista do pai de aluno, do tio, do amigo que tem filho em idade escolar realmente é muito fácil, quero ver dizer o mesmo SENDO o professor, trabalhando em escolas diferentes, em turnos diferentes, voltando pra casa com pilhas de exercícios, redações, cadernos e provas para corrigir naquele feriado emendado...”
[Professora no G+]
▬▬▬▬▬▬
  De certo essa pessoa não tem vocação para essa profissão, deveria tentar outra.
  Mais que isso.
  Nossos “gênios pedagogos” colocam matéria demais no currículo.
  Para você ter uma ideia o Brasil ensina dez vezes mais tópicos de matemática que Singapura que figura no topo mundial.
  Enchem os alunos de matéria e não se aprofundam em nada, isso é “cientificamente eficiente” pra você!?

  Observe no depoimento, que as pessoas que estão à frente das diversas secretarias da educação não tem competência para organizar uma escala de trabalho.
  Porque trabalhar em escolas diferentes em turnos diferentes virou uma regra e não exceção!?
  Porque professores auxiliares não podem se dedicar a corrigir provas e conferir trabalhos?
  Principalmente no ensino médio e fundamental estamos falando de conhecimentos básicos, alguém que trabalhe com isso inevitavelmente passa a conhecer as respostas “de cor e salteado.”

  Professores trabalham em geral 5 dias por semana (quando trabalham)
  Se a escola não dispor de professores auxiliares podemos determinar que a cada 10 dias de trabalho 1 dia o professor compareceria à escola só para corrigir provas e trabalhos.

  Enfim, fica fácil perceber que há grandes falhas administrativas.
  Lembremos que professores são administrados por professores.
  É difícil alguém ocupar um cargo de direção no MEC e não ser muito ligado a área da educação.
 .

3 - “No Brasil, as assistentes sociais parecem não ter utilidade alguma para nada.
  Muitas delas trabalham como vendedoras, operadoras de telemarketing e etc, fazem de tudo, menos orientar as adolescentes quanto ao que vem a ser uma família ou um planejamento familiar´.
  Muitas delas, não tem educação dos próprios pais e o papel dessa profissional não só seria, como é DE UMA IMPORTÂNCIA PESADA em termos educacionais, sociais etc, mas uma pergunta que te faço..:PERGUNTA SE ALGUM "MERDA" DESSE, QUE ESTÁ LÁ NA CÂMARA OU NO SENADO, PENSA NISSO??? SÓ PENSAM EM ARTICULAÇÕES EM BENEFÍCIOS PRÓPRIOS, A FIM DE ROUBAR OS COFRES PÚBLICOS E FICAR CAUSANDO ESSA BALBÚRDIA QUE A GENTE VÊ OU TEM VISTO COM O ENVOLVIMENTO DE VÁRIOS DELES...NA equipe desse presidente não há ninguém que tb pense em nada para se resolver isso.., analise só...Nos EUA é uma prioridade como cuidar da saúde vc manter contato com uma assistente social.
  É através dela que o governo vê e acompanha de perto a situação do povo.”
[Comentarista no G+]          
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Educação vem da FAMÍLIA.

  NÃO ENTENDO PORQUE BRASILEIROS ACREDITAM QUE A RESPONSABILIDADE DE EDUCAR É DE POLÍTICOS OU PROFESSORES DO ESTADO!!

  A culpa agora é de assistentes sociais!!!

  Tenho duas filhas adolescentes, elas sabem muito bem que transar sem usar nenhum contraceptivo pode gerar uma gravidez.
  Eu e minha esposa fazemos nossa parte lhes dando educação, se a pesar de tudo agirem impensadamente a “culpa” é delas mesmas.

  Como se não bastasse as más consequências do sexo irresponsável passam na TV, nos livros, revistas, jornais, internet...
  Quero dizer que crianças e adolescentes não tem só a família ou a escola como fontes de informações.
  Pessoas fazem escolhas independentemente da idade.
  Outro dogma a ser questionado é esse que que crianças são “folhas em branco” que podem ser totalmente moldáveis a sociedade a sua volta, ignorando que elas já nasçam com um caráter, uma personalidade.
 .
  Como última provocação...

William Robson vs Paulo Freire
 . 
  “Ensinar NÃO É transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.”
__________________________________________

  Não vejo necessidade da Escola ter “ideologia”, “formar cidadãos”.
  Me basta que ela TRANSFIRA CONHECIMENTOS.
[William Robson]

  Professor ensine matemática, química, física, português, geografia... transmita CONHECIMENTO.

  Escolarizar é com a Escola, Educar é com a Família.

   Se sou judeu não me interessa que a escola passe valores cristãos ou de qualquer outra religião.
  Se sou ateu não me interessa que a Escola passe valores de qualquer espiritualidade.
  Se sou hétero não me interessa que a escola induza meu filho ao homossexualismo.
  Se sou marxista não me interessa que a escola passe valores capitalistas.

  Enfim, cada pai que passe para seu filho os valores que acredite.
  Depois os filhos que façam suas próprias escolhas.

  A escola deve ser o mais neutra possível, deve focar em ESCOLARIZAR.








anterior                       COMENTAR                              próximo


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário