segunda-feira, 20 de maio de 2013

Deus Masculino

  Ester é uma das poucas mulheres que tem algum destaque na Bíblia.

  “O livro de Ester conta como uma jovem judia que estava entre os deportados, tornou-se a imperatriz da Pérsia, ao se casar com o imperador Assuero (geralmente identificado como Xerxes I).
   Mordekai (primo e tutor de Ester) descobriu um complô contra a vida do rei.
  O Grão-vizir Haman queria liquidar todos os judeus.
  Ester interveio, arriscando a própria vida.
  O Grão-vizir Haman foi enforcado.
  Esse foi o início da festa do Purim.

  Purim é uma festa judaica que comemora a salvação dos judeus persas do plano de Haman, para exterminá-los, no antigo Império Aquemênida.
  Os judeus estavam exilados na Babilônia, desde a destruição do Templo de Salomão pelos babilônios e da dispersão do Reino de Judá”

  A narrativa do Velho Testamento sobre a vida de Ester é incompatível com os poucos dados históricos.
  Diz a lenda que Ester chegou a ser imperatriz dos Persas, mas sendo “otimistas” provavelmente foi apenas uma amante querida de Xerxes.
  O que está registrado na história?

  “Amástris foi a esposa de Xerxes I e a mãe do seu sucessor, Artaxerxes I.
  Casou-se com Xerxes I, filho de Dario I, e teve vários filhos; o primeiro, Dario, seguido, dois anos depois, por Histaspes e Artaxerxes I, e duas filhas, uma chamada Rodógine e outra Amitis.”

  Fora Ester você não vê no Velho Testamento alguma mulher que tenha chegado ao poder como Cleópatra [por exemplo], não lembro que os judeus tenham tido alguma RAINHA.

  Outra mulher que teve algum destaque na Bíblia foi Sara mulher de Abraão, mas não fez nada de tão grandioso se comparado aos feitos do marido.
  Sara não podia ter filhos, aceitou que o marido tivesse um filho com a escrava e quando finalmente Deus permitiu que Sara tivesse um filho ela pediu que a escrava e seu filho fossem expulsos de sua casa.

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  No Novo Testamento as coisas para o lado feminino só pioram.

  Os Cristãos gostam de dizer que a mulher foi valorizada na passagem em que a adultera foi perdoada por Jesus.
  Mas nessa passagem nem é falado nada sobre o adultero é como se o adultério só fosse pecado para a mulher.
  Jesus não escolheu nenhuma mulher para ser sua apostola e o Novo Testamento é essencialmente escrito por homens.
  “Não me lembro” de nenhuma mulher realizando milagres de cura ou qualquer outro.
  A resposta “insatisfatória” dos Cristãos sobre essas questões é sempre a mesma.

  "Jesus veio em uma época patriarcal e não ficava bem mudar os costumes machista porque chamaria muita atenção."

  Caraca!
  Transformar água em vinho, andar sobre a água e ressuscitar mortos não chamou a atenção. 😲
  Se auto intitular filho único de Deus não chamou atenção!?
  Diante dessas coisas o que seria ter uma mulher apostola!?
 
  Lembrei desse debate o qual me provocou esse texto:


 👨  “William Robson, encontramos, no Novo Testamento, as pessoas cometendo ainda muitos erros.
  Não é fácil mudar uma cultura como a do Antigo Testamento da noite pro dia. 
  As pessoas vão amadurecendo pouco a pouco.
  As mulheres, por exemplo, não conseguiriam se livrar da cultura machista, principalmente defendida pelos homens da religião.”
  [Comentarista no G+]          
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  É estranho porque as mulheres nunca foram minoria e são elas que educavam/educam as crianças.
  Passei muito mais tempo com minha mãe que com meu pai.
  Se eu sou “machista” e nasci “folha em branco” meu machismo vem mais de uma mulher que de um homem...

  Deixo para você uma provocação interessante:

  “Cleópatra foi uma grande negociante, estrategista militar, falava seis idiomas e conhecia filosofia, literatura e arte gregas.”

   Você está querendo me convencer que para um Deus Egípcio colocar uma mulher no poder é possível para o Deus de Abraão NÃO!?

  Tome cuidado com as teses que defendes, elas podem se voltar contra você...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   Cleópatra nasceu 60 anos antes de Cristo, logo, já havia um enorme precedente em OUTRA RELIGIÃO a respeito de TER UMA MULHER NO PODER.




  Se eu fosse Cristão teria vergonha de defender que minha religião não é machista só por um adultério feminino ter sido perdoado enquanto em outra religião uma mulher foi aceita como Rainha.

  Sei, sei você deve estar pensando:

  Então porque comparativamente as mulheres na sociedade judaica/cristã [no geral] respiram muito mais liberdade que as mulheres do Oriente?

  Hã, você nem chegou a pensar nisso?
  [Uma das coisas que me entediam é a falta de boas perguntas.
  De qualquer forma já escrevi sobre isso.]

  A “liberdade” da mulher ocidental tem mais a ver com o Capitalismo e a Democracia que se desenvolveram melhor no Ocidente que com alguma ação do judaísmo ou cristianismo em favor da mulher.

  Você é ateu e sempre alertou sobre o “machismo dos religiosos”?
  Você ateu conhece alguma mulher que chegou e exerceu grande poder em algum regime Comunista/Ateísta?
  Eu não me lembro de nenhuma...

  Mas vamos onde nenhuma mente jamais esteve.

  Outras religiões tem DEUSAS o cristianismo, judaísmo e Islamismo NÃO.

  Deus só pode ser do gênero masculino?


    I’ll be back!

anterior                       COMENTAR                              próximo


--------------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário