quinta-feira, 2 de maio de 2013

Nascemos Ditadores

   “Democracia é quando eu mando em você, Ditadura é quando você manda em mim.”
[Millôr Fernandes]


  Quando nasce uma criança todas as atenções são voltadas para ela.
  O bebê consegue tudo no grito, não tem como ser diferente.
  Por um bom tempo mãe, pai, quem estiver por perto, serão súditos do rei bebê.

   A criança cresce tendo todos seu desejos atendidos, quando a situação vai mudando não recebe muito bem. ​​
  No momento que os pais começam a dizer não, recebem mais choro e mais birra.
  Com pouco mais de um ano de vida os bebês começam testar o limite da nossa paciência.

  Vai ficando difícil ter acesso a nossa memória de quando fomos bebês, mas podemos observar as crianças a nossa volta e ter a certeza que não fomos muito diferentes.

  A maioria de nós foi sendo enquadrado nem que a mãe precisasse dar uns cascudos ou o pai nos colocar de castigo.

  Embora tenhamos que nos adequar à vida em Sociedade duas coisas não mudam.

a) Nossa vontade de fazer o que quisermos na hora que tivermos vontade.

b) Preferimos mandar que receber ordens.

   Essas nossas característica fazem com que automaticamente questionemos qualquer ordem ... mesmo que não pretendamos desobedecer.

  Isso é importante porque dizem que na Democracia todo poder emana do povo.
  Precisamos entender que na ditadura acontece a mesma coisa.

Todo poder emana do povo.

  Por mais bem treinado que um soldado seja sempre haverá um questionamento interno sobre qualquer ordem.
  A obediência cega tem um limite, o ditador testa esse limite.

  Militares são um bom exemplo.
  [Mulheres que apanham dos “companheiros” também ... mas vamos seguir com os militares.]

    Se o soldado está há quilômetros de casa lutando em terras estrangeiras é mais fácil esquecer seu lado cidadão.
  Mas em um ditadura o soldado está diante de seu próprio povo, seus pais, tios, primos avós fazem parte dessa população.
  É praticamente impossível esquecer seu lado cidadão.

  Se um ditador se mantem no poder apoiado pelo exército é difícil ignorar que boa parte da população o apoia

  Segundo esse plano de raciocínio chego à conclusão que nenhum povo e inocente ao escolher a ditadura.
  Se um Fidel Castro se manteve no poder é porque a maioria dos cubanos apoiam o regime.
  O exército é reflexo dessa vontade da maioria.

  [Ou de uma minoria significativa - 20% a 40% da população - mas melhor armada.]

  “Quando todas as armas forem de propriedade do governo, este decidirá de quem são as outras propriedades.”
✧ ✧✧
[Benjamin Franklin]





  Transformaram o conceito de “povo” em algo tão subjetivo quanto fizeram com o conceito “Sistema”.

  Lendo os comentários na Internet fico sem saber o que é povo.
  Militar não é povo.
  Empresário e filho de empresário não é povo.
  Líderes religiosos não são povo.
  Políticos não são povo.
  Classe média não é povo...para o Governo qualquer família que tem renda per capita acima de 300 reais é classe média.
  Minha família tem 4 membros, eu, minha esposa e nossas duas filhas, quer dizer que se eu e minha esposa juntos ganharmos 1200 reais...somos da classe média!!
  Notem que pelo que lemos na Internet e em outras mídias, para ser “povo” você tem que ser muito pobre ou viver na miséria.





anterior                      COMENTAR                                próximo
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
  “DEMOCRACIA É QUANDO EU MANDO EM VOCÊ, DITADURA É QUANDO VOCÊ MANDA EM MIM.”
.
[Millôr Fernandes]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   Quando nasce uma criança todas as atenções são voltadas para ela.
  O bebê consegue tudo no grito, não tem como ser diferente.
  Por um bom tempo mãe, pai, quem estiver por perto, serão súditos do rei bebê.
.
   A criança cresce tendo todos seu desejos atendidos, quando a situação vai mudando não recebe muito bem. ​​
  No momento que os pais começam a dizer não, recebem mais choro e mais birra.
  Com pouco mais de um ano de vida os bebês começam testar o limite da nossa paciência.
.
  Vai ficando difícil ter acesso a nossa memória de quando fomos bebês, mas podemos observar as crianças a nossa volta e ter a certeza que não fomos muito diferentes.
.
  A maioria de nós foi sendo enquadrado nem que a mãe precisasse dar uns cascudos ou o pai nos colocar de castigo.
.
  Embora tenhamos que nos adequar à vida em Sociedade duas coisas não mudam.
.
a) Nossa vontade de fazer o que quisermos na hora que tivermos vontade.
.
b) Preferimos mandar que receber ordens.
.
   Essas nossas característica fazem com que automaticamente questionemos qualquer ordem ... mesmo que não pretendamos desobedecer.
.
_____________                    


#Democracia
Postar um comentário