quinta-feira, 24 de maio de 2012

A Rosa Rosa

  “Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo.”   [Leon Tolstoi]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
    Eu gosto de flores, são fractais interessantíssimos.
  A rosa branca é bonita, a rosa vermelha é bonita e a “mistura” rosa rosa...é bonita.

  No caso das rosas não sou um estudioso de plantas então não sei se a diferença de cor muda alguma característica da flor, tipo resistência, perfume, melhor adaptação em um tipo de solo.
  Quanto a aparência é uma questão de GOSTO, eu sinceramente não sei definir qual cor de rosa gosto mais. 
  Se eu estiver por muito tempo cercado por rosas brancas ao ver uma vermelha ela me parecerá especial.

  Parte do nosso VAZIO EXISTENCIAL vem dessa nossa facilidade em enjoar das coisas por melhor ou mais bonita que elas sejam. 

  Nos passam na escola que a miscigenação é uma grande maravilha, o brasileiro é o melhor do homem branco, negro e índio, o brasileiro é o melhor de todos os povos.
  Por mais que as escolas nos encham desse ufanismo patriótico é preciso ser muito tapado para perceber que nós não somos lá essas coisas.
  Esse tema pode nos levar para flutuações infinitas, muitas brechas se abrem a minha frente, fica muito difícil escolher uma, mas para tentar me fazer entender optarei por algo light, a musica, outro belíssimo FRACTAL.
                                                =====================
 Acredito que nada contribuiu mais para a melhor aceitação social do negro americano que a qualidade de sua musica.
  Sabem como é, a musica, a poesia, pensamentos provocativos nos tocam de uma maneira toda especial, não enxergamos mais cor, nacionalidade ou raça, apenas a ARTE.
  A lógica não entra facilmente na mente das pessoas, mas o sentimento, a emoção esta impregnada em nossa ALMA.
  O Blues em seu inicio era uma oração/lamento cantada, o negro naquele duro trabalho no campo possivelmente não tinha energia disponível para cantar notas altas então murmurava canções que como não podia deixar de ser geralmente eram melancólicas, tristes, um canto de dor, a dor do Blues.
  Nas igrejas, em uma situação física melhor e com um melhor animo diante de Deus as notas ficavam mais altas e esperançosas, toscamente surgia a musica gospel.
 Se esta musica gospel não tinha letras religiosas era chamada de Rhythm and Blues.

 Claro que essa divagação sobre musica não é oficial é o MEU modo de observar, de estruturar meus pensamentos sobre a Black Music.
 Toda essa miscigenação musical influenciou o surgimento do Soul que designava uma musica de ALMA negra.

  Pela beleza da música os negros americanos passaram a ter alma para os brancos americanos. 

  E todos percebiam que éramos irmanados na mesma angustia existencial, na mesma esperança de uma salvação, que embora exista uma diferença no tom de pele, somos todos HUMANOS.

Quando eu me apaixonar
Será para sempre
Ou então eu nunca me apaixonarei
Em um mundo agitado como esse
O amor se acaba antes de começar
E tantos beijos ao luar
Parecem esfriar ao calor do sol  [Nat King Cole]


 Como literalmente não se apaixonar pela maravilhosa voz de Nat?

 Como não ficar extasiado com a alma exposta na música e voz de Stevie Wonder?   Clique Aqui
                            ================================
   Senhoras e senhores, irmãos de todo mundo, os humanos Anglo Saxões desenvolveram uma encantadora forma de vivermos em sociedade, algo que começou lá longe barbaramente no passado com Celtas, Vikings e outras tribos Normandas e por N caminhos chegou até nossos dias como uma forma de viver muito CIVILIZADA.

  Na Alemanha  [Por exemplo] existe o voto distrital misto que seria interessantíssimo ser testado no Brasil, diminuiria muito todo esse fisiologismo em nossa política e conseqüente corrupção.
  No Estados Unidos existe um respeito impressionante a liberdade de imprensa, chega a ser considerado um Quarto Poder, neste quesito até que estamos bem, não devemos deixar que essa situação mude.
  Noruega, Austrália, Holanda, Estados Unidos, Nova Zelândia, Canadá, Irlanda, Liechtenstein, Alemanha, Suécia...
  Países com uma qualidade de vida de cair o queixo, mas nós tão empolgados com a ilusão que nossa miscigenação nos transformou em um super povo, um “gigante pela própria natureza” nem percebemos que vivemos na média muito pior que os atualmente problemáticos gregos.

  Imaginem se a Black Music fosse proibida de ser tocada só porque veio de povos “supostamente” inferiores.
  É mais ou menos o que fazemos com a cultura organizacional anglo saxã, apesar de seus ótimos resultados, da boa qualidade de vida que proporciona ao povo, demonizamos a Inglaterra, Estados Unidos, Alemanha e santificamos indianos, árabes, latinos, africanos.     
    
  Porque a cultura anglo saxã é culpada pela falta de organização de todos os outros povos!?
  
  O Brasileiro é uma mistura de raça que não deu certo?
  Tente me responder porque a rosa rosa é superior a rosa branca ou a vermelha?
  Oras, somos apenas mais uma mistura de raça, se estamos vivos e procriando é porque biologicamente demos certo.
  Somos INTELIGENTES, podemos ouvir todo tipo de musica.
  Somos INTELIGENTES, podemos observar toda forma de governo.
  Somos INTELIGENTES, podemos apreciar flores independente do solo que nascem.
  Podemos ser SÁBIOS, apreciar a beleza, os diferentes gostos e copiar ou melhorar o que deu muito certo em outros povos.
  Branca, vermelha, rosa...são flores.
  Preto, branco, índio, latino, europeu, asiático...somos todos ALMAS HUMANAS.
  Ás vezes um triste Blues outras vezes um agitado Rock in Roll.
  O mundo pode ser composto de belas canções...o que eu posso te dizer?
  Seja a melhor música que você puder ser e tenha certeza, você pode ser muito mais do que sua “ideologia”, pense nisso.
  PENSAR é preciso, viver bem é consequência...
 



Anterior          <>        Próximo