terça-feira, 18 de junho de 2013

Idolatria aos Jovens

  “Nos indivíduos, a loucura é algo raro - mas nos grupos, nos partidos, nos povos, nas épocas, é regra.” 
[Friedrich Nietzsche]

  “Manifestações de 2013” no início foi o protesto contra o “alto” preço da passagem de ônibus.
  Como até os caras perceberam que não tinha fundamento começaram a trazer inúmeros temas ... quanto mais confusão melhor.

  “Não é só pelos 20 centavos...”

  Protestavam contra o “baixo crescimento econômico”.
 
  Protestavam contra a Copa do Mundo de Futebol.

  “Não vai ter Copa!”

  Do jeito que falam na Internet parece que a construção de estádios começou do nada no mês passado...coisa de louco!
  Meditemos; a Copa foi trazida no Governo Lula, tanto o brasileiro concordou que sua popularidade estava nas alturas, coisa de 80% de aprovação.
  VOTARAM na sucessora dele que a bem da verdade pegou o bonde andando o que ela poderia fazer... desistir de tudo!?
  
  Os “jovens” se dizem vítimas de “tudo isso que está aí”, vamos ver se procede.

  [Para efeitos didáticos vamos supor que a juventude vai até os 30 anos.]

1) Façamos alguns cálculos ... Filosofia Matemática.

2013 – 30 anos = 1983
1983 + 18 anos = 2001

  No Brasil a partir dos 18 anos o voto é obrigatório.
  O jovem que em 2013 tem 30 anos participou das eleições de 2002 e todas as outras depois dela.
  Estamos falando de Presidente, vereadores, deputados, governadores, prefeitos.

  Dilma foi eleita em 2010.

2010 – 18 anos = 1992

  Quem nasceu até 1992 foi OBRIGADO a votar para Presidente e Governador em 2010.

  Porque esses cálculos?

  Nas Redes Sociais as manifestações passaram a ser um movimento de “jovens” contra o “lixo de país” que as pessoas com mais de 30 deixaram!!

  Quem está com 30 anos nasceu em 1983, lá por 2000 tinha uma boa consciência das coisas e votou em 3 eleições para Presidente e Governadores.
  Logo, dizer que esses “jovens” não tem nada a ver com as direções tomadas no país não resiste a uma argumentação básica, nem vou me estender com isso.

2)  Lula é corintiano, gosta de futebol, não me parece que Dilma tivesse alguma paixão em trazer a Copa para o Brasil, a grande maioria da população aprovou o empenho do Governo Lula nesse sentido, o que Dilma poderia fazer!?
  Cancelar a Copa contra a vontade do povo!?
  Não entendo as vaias a Dilma se ela fez tudo que o povo quis que ela fizesse, as pessoas ainda perguntam onde está a Democracia?
  Está na vontade da maioria, não conheço nenhuma lei Universal onde a maioria está sempre certa.
  Religiosamente se a voz do povo é a voz de Deus...então foi feita a sua vontade.
  A maioria quis a Copa, agora dá uma de quem não tem nada a ver com “tudo isso que está aí” !?

  Acho legal o povo reconhecer que fez opções erradas, mas substituir o voto nas urnas pôr fogo nas ruas (vandalismo) é uma opção ainda mais insensata.


3) Quanto ao crescimento econômico todos sabemos que o Socialismo/Comunismo quer distribuir riquezas que não produz.
  Aqui nós temos um país em tese Capitalista, mas que só elege ideologias Marxistas.
   Nas eleições de 2010 concorreram Dilma e Serra, duas pessoas com grande histórico de militância Marxista.
   No Governo Lula eu temi muito por uma nova Ditadura “Democrática” como ocorreu na Venezuela.

   Lula ter um terceiro mandato foi discutido abertamente em 2009.

 “Proposta de emenda à Constituição (PEC), de autoria do deputado Jackson Barreto (PMDB-SE), que viabilizaria mais quatro anos do governo Lula, teve 171 assinaturas.”

  Enfim, não crescemos muito porque praticamos um Capitalismo de péssima qualidade e fazemos isso porque O ELEITOR QUER ASSIM.

  Não existe “povo inocente”.

  Agora dizem que o dinheiro gasto nos estádios poderia ter ido para saúde.
  Em 2006 nossos hospitais eram maravilhosos então decidimos fazer uma Copa para comemorar, tínhamos que apoiar nosso Líder Lula Supremo!?
  Os hospitais ficaram horríveis de repente em 2013 ... acredite quem quiser!

  Tal qual venezuelanos, brasileiros (sem generalizações) atribuem o baixo crescimento econômico a uma conspiração internacional, imperialismo econômico estrangeiro (Estadunidense)...nada mais “Hugo Chávez”.
  Temos que “nacionalizar tudo” um Nacional Socialismo tupiniquim.
  É importante você perceber que o socialismo/comunismo é a vontade do nosso povo, mas como somos muito atrapalhados tipo um Macunaíma, não queremos deixar de passear em Miami ou comprar “ipads e galaxis.”

  Dilma faz exatamente o que o povo quer, um Capitalismo mambembe, mínimo possível.

  Nosso jovens tão idolatrados nas manifestações [e que também elegeram Dilma/PT] acreditam que podem ter o melhor dos dois mundos, Socialismo e Capitalismo.
  O excesso de Socialismo afundou a Europa que também fez essa estranha aposta, principalmente os gregos.

  Claro que o Capitalismo mambembe praticado não consegue promover a qualidade de vida que queremos.

  Conseguimos ficar com o pior dos dois mundos ... muito, mas muito pior que os gregos.

IDH Grécia 2013 posição 29.
IDH Brasil  2013 posição 85.

  Essa lógica entra em sua mente “Jovem”?




Agosto de 2010.
(As eleições foram em Outubro de 2010)

  "Os jovens querem votar em Dilma Rousseff.
   É o que aponta a mais recente pesquisa CNT/Sensus.
   O crescimento mais espantoso aconteceu na faixa etária dos 16 aos 17 anos.
   Mais da metade (50,5%) dos jovens que votarão pela primeira vez em um presidente, quer eleger Dilma.
   Em maio, apenas 35,4% afirmavam que votariam nela.
   São mais de 15 pontos, em menos de um mês!
   Na faixa etária dos 18 aos 24 anos, também houve aumento em relação a maio.
   No mês passado, 35,9% dos jovens entrevistados afirmou que votaria em Dilma. Agora, são 39,8%.
   Entre os entrevistados que tinham de 25 a 29 anos, a preferência pela candidata permaneceu inalterada: 44% votam nela."
  [Juventude PT]

  “Somos a Juventude de Arcoverde, que acredita no socialismo por afirmar que apenas com o fim da sociedade dividida, entre exploradores e explorados resolveremos as contradições existentes entre o nosso povo.
   Hoje fazemos parte da Juventude que ajudou a conquistar o grato período de mudanças que hoje vivenciamos.
   E não podemos parar de lutar pela construção do Brasil socialista, essa é a razão de ser Ujs.
  Não acreditamos que melhorar o sistema capitalista é a solução para os problemas da juventude e do povo, queremos construir uma nova sociedade e é isso que nos move.”






anterior                       <>                                próximo

Postar um comentário